29 de agosto de 2013

Moments - 10º Capítulo: Marry me?


 Niall passou a manhã toda na sacada do quarto, observando o arrumado e confortável hotel em que estávamos hospedados ser lento e calmamente rodeado por fãs, que declaravam cada vez mais, com gritos altos e estridentes, seu amor por nós. O fato de um integrante desejado estar à vista dos fãs só fez com que a barulheira aumentasse.

- Ali! – gritou Niall, olhando para a multidão enlouquecida logo abaixo. – É ela – corri até ele, acompanhando seu olhar e tornando os gritos ainda mais ensurdecedores.



Depois de sorrir e acenar para o enorme grupo que se formara, avistei a tal garota que prendera a atenção de Niall. Ela era, sem dúvida, deslumbrante. Seus olhos brilhavam e seu sorriso era angelical. Ela segurava uma placa que, depois de estreitar bem os olhos para conseguir enxergar direito, consegui ler “Marry me, Niall? I love you, my leprechaun :) x” Dei mais alguns tapas nas costas dele, sorrindo maliciosamente.

- Vai aceitar o pedido? – brinquei, mas sem obter resposta. Sendo assim, dei tchau para os fãs e entrei, observando Niall hipnotizado. Agora só não sei responder se era pelo cartaz ou por quem o segurava. Tenho minhas dúvidas de que seja a segunda opção...



Pouco a pouco os meninos foram se levantando, também estranhando o fato de Niall não ter os acordado. Zayn foi tomar banho, Harry desceu e Louis se sentou ao meu lado na cama, olhando o rapaz parado na sacada.



- O que ele tem? – perguntou Louis que, assim como eu, não acreditava na quietude de Niall.
- Obsessão por uma garota que ele nem sabe o nome – respondi calmamente, atraindo seus olhos confusos. – Ele a vê em todo e qualquer lugar, mas – fui brutalmente interrompido por um Harry curioso pulando atrás de nós para ouvir a conversa alheia.


- Quem? – perguntou ele. Depois de o olhar com cara de bravo por me interromper, apontei para Niall, ainda parado lá, no mesmo lugar, sem ter mexido um músculo sequer.
- Como eu estava dizendo – continuei, fazendo Harry também observar Niall. – Ele não tem a ousadia e cara de pau de Harry para chegar nela. Ou mandar um segurança fazer isso – Louis começou a gargalhar, tornando sua risada mais alta e escandalosa a cada olhar feio que Harry dava para um de nós. Curioso pelas risadas, Niall se aproximou, sorrindo.
- De que estão rindo? – perguntou ele, demonstrando sua curiosidade extrema. Zayn chegou atrás dele, apenas de boxer, enxugando os cabelos com a toalha e sorrindo.


- De você – respondeu Harry, com a maior inocência. Bem, só com a cara mesmo, já que de inocente ele só tem isso. Niall franziu a testa, sem entender, assim como Zayn. – Obcecado pela garota e nem faz nada – Harry riu, fazendo surgir um sorriso levado no rosto do irlandês.


- Que pena que não sou o safado do Styles – dizendo isso, Niall correu pela porta, em disparada, sendo perseguido por Harry, completamente furioso.

E isso fez Louis, Zayn e eu gargalharmos bastante, principalmente quando Niall voltou quase sem fôlego e com o mesmo sorriso, trancando Harry para fora por cinco longos minutos enquanto este batia e gritava desesperadamente para entrar.


Alguns dias depois do beijo inesperado, fui até a casa de Andy chamá-lo para andarmos de bicicleta no parque, como de costume, mas ele não estava. Foi a primeira vez que vi Julie depois do ocorrido no parque (quanto parque, meu Deus!).

- Posso falar com você? – pedi a ela, me sentando no sofá para esperar meu amigo que tinha ido ao mercado, ou a padaria, não sei. Depois de revirar os olhos e bufar, ela finalmente consentiu. – Por que fez aquilo, no parque? – perguntei baixinho, com medo de alguém escutar.


- Queria saber como é beijar, já que todas as minhas amigas já beijaram – ela respondeu com indiferença. – E você era o garoto menos idiota que conheço – ela me olhou, sorrindo desdenhosamente.
- Menos idiota? – perguntei, incrédulo. Como assim “menos idiota”, sua doida varrida? Você que veio me beijar e depois disse que me arrebentaria se eu contasse para alguém, e o idiota sou eu?


- É – respondeu ela, virando-se para mim e dando leves tapinhas em minha bochecha. – Considere-se sortudo por isso – ela sorriu e saiu andando. Minutos depois Andy chegou, dando um sorriso surpreso ao me ver ali.


O show daquela noite foi incrível e surpreendente. A animação, principalmente por parte das fãs, era completa. Elas faziam total questão de nos acompanhar em cada verso de cada música, sempre gritando ao extremo no final de cada canção, um fato que nos deixava ainda mais empolgados.
Saímos do palco completamente suados, ouvindo gritos eufóricos do nome da banda. A sensação era extasiante!

- Isso foi... Isso é... – Zayn nem conseguia terminar a frase, de tão maravilhado que estava. Todos nós estávamos.
- É incrível! – completou Louis, com olhos brilhando igual ao de cada um de nós. – E merece comemoração!


Niall simplesmente amou a ideia, pois todas nossas comemorações se resumiam em três pizzas grandes com cinco litros de refrigerante e algumas barras de chocolate. E hoje não seria diferente.


Já era fim do ano escolar. Desde aquele dia de explicações sobre o tal beijo, Julie e eu não trocamos uma palavra sequer, nem no aniversário de Andy, algumas semanas atrás.
Andy e eu estávamos mais que animados. No outro ano estaríamos na 7ª série, o que era sinônimo de adolescência e puberdade para nós. Tão novos, tão ingênuos. Foi nessa época que começamos a ver as garotas com outros olhos, as apreciando e admirando. Mas nenhuma me encantava tanto quanto Maria, que, infelizmente, era melhor amiga de Julie.
Estávamos sentados em um banco, no intervalo, aproveitando nosso último dia de 6ª série, quando Maria se aproximou de nós, acompanhada de duas garotas estranhas e com cara de patricinhas nojentas e metidas. Preciso dizer que esse foi o dia que deixei de gostar dela, passando a ignorá-la total e completamente.

- Liam! – disse ela, sorrindo, enquanto Andy ainda procurava alguém.
- Cadê a Julie? – perguntou ele, a interrompendo.
- Ela não faz mais parte do grupo – respondeu uma das garotas, rispidamente.
- Por quê? – perguntei, já sentindo um certo receio pela garota à minha frente.
- Porque eu não quero – retrucou Maria. – Mas ela nos contou um segredo. Acho que o maior deles – ela sorria malvadamente, me fazendo estremecer.


- Um segredo? Como assim? – perguntei, curioso e ao mesmo tempo tendo nojo de Maria e seu bando. Ela olhou para os lados e deu outro sorriso idiota.
- Julie gosta de você, bobinho! – Maria disse isso em alto e bom tom, saindo rapidamente dali com suas “maléficas seguidoras” nojentas e tão irritantes quanto a “chefe” idiota. Mas, no momento em que saiu da minha frente, vi Julie logo atrás, parada com as mãos na boca e os olhos cheios d'água.






Oooooooooooooooooooi? Julie? Como assim, gente? Que menina mais doida!
E vocês? O que estão achando dessa fic mais do que maluca?
Desculpem só postar hoje, é que terça não parei em casa e ontem fiquei 7 horas no hospital, esperando ser atendida, porque to com dor de garganta =/

Bom, me perguntaram o porquê do nome da fic ser Moments: é porque o Liam lembra do passado dele, tipo a música "Moments in time..."

E parabéns ao nosso boy da fic <3


Sabem esse garoto ai da foto de cima? Então, hoje ele está completando 20 anos.
Eu não sei se choro porque nosso menino cresceu ou se fico feliz por isso. Nosso garoto, o responsável da banda, que já tomou 64 injeções por dia, que um rim tinha parado de funcionar mas voltou há um ano, e que, agora, é desejado e amador por milhões de garotas no mundo todo.
E ainda me perguntam porque o amo, porque ele é meu orgulho. Ele é meu herói simplesmente por ser Liam James Payne, o garoto que foi desclassificado do X Factor de 2008, que conquistou o Reino Unido dois anos depois e que hoje conquista o mundo!
Eu te amo, Lee <3

17 comentários:

  1. continuaaaaaaaaaa by vivi

    ResponderExcluir
  2. Aaaaaaaaaa contiiinuuaaa !!! *-*

    ResponderExcluir
  3. Fic pfta *-* continuaaaaaa

    ResponderExcluir
  4. Continuuuaaa, vc é mtt diva cara S2 nao precisa se desculpar por nao postar, seus caps já recompensam o tempo haha, essa fic é maravilhooosaaa

    ResponderExcluir
  5. Desisto da Julie, nunca vou conseguir entende-la kkkk Continuua

    ResponderExcluir
  6. kkk a julie tem probleminhas pq tipo como fica a explicaçao kkk tadinha!!! Bjs e continua antes q eu tenha um heart attack

    ResponderExcluir
  7. Continua porfavooor!!

    ResponderExcluir
  8. Continua!!
    Bjbj
    - Júlia A.

    ResponderExcluir
  9. cara tua fic é bem legal continua

    ResponderExcluir
  10. cara tua fic é bem legal continua

    ResponderExcluir
  11. Mt perfeito, ta começando a ficar + interessante... Julie, bipolar retardada?? Magiiina Kkkkkk continua
    Bjs da Leh <3

    ResponderExcluir
  12. cotinuaaaaaaaaaaaaaaaaaa perfeito
    xx adhara

    ResponderExcluir
  13. Só acho que a Julie é uma perfeita louca!Mas deu pena dela

    ResponderExcluir

Não saia sem comentar. Dê sua opinião!!! Malikisses *-*