27 de dezembro de 2013

I See Fire com Harry Styles (Part. Final)






- Nós vamos ter que voltar! – disse Harry de maneira firme. Naquele momento eu percebi que ele achava que eu o iria contrariar , então eu olhei para aquele home, eu tinha a certeza de que por dentro ele estava pulando de alegria mais não podia se mover, nem mesmo os olhos, o porte físico dele é grande, musculoso e alto, imaginei se isso poderia acontecer com Harry se ficássemos ali, e nesse instante senti medo, muito medo.

- Mas é claro que vamos voltar! – disse com ainda mais firmeza.

Harry, pareceu pouco surpreso pela minha reação, a preocupação nos bateu logo em seguida, será que aquele homem sobreviveria, até chegarmos no hotel?, qual será seu nome?, o que fazia aqui sozinho? Perguntas e preocupações invadiram nossas mentes, não sabíamos direito o que fazer, então montamos a barraca e ficamos por ali, até amanhecer. Harry e eu dormimos em um saco de dormir juntos, como nas outras noite e o homem dormiu no outro fizemos de tudo para manter ele quente e esperávamos que ele estivesse melhor na manha seguinte, e foi o que aconteceu, de manha eu abri meus olhos levemente e ele estava virado de lado e com os olhos fechados, sua posição tinha mudado, o que era bom afinal era um sinal de vida, mas como eu estava ainda com muito sono, e aposto que ele também, voltei a dormir. Senti alguém acordando no susto perto de mim, e acordei também, era Harry, e quando olhei pra o homem que estava conosco ele estava paralisado, nos olhando fixamente, ainda coberto com o saco, porém estava encolhido num canto da cabana, que não era tão grande mas ele manteve o máximo de distância de nós. O olhar dele era de quem estava assustado e eu percebi que ele não era muito de conversar e ainda mais Harry com aquela cara de desconfiança, ele estava ficando ainda com mais medo, por um instante foi engraçado ver um cara daquele tamanha com medo de dois adolescentes.

- Hey, Esta tudo bem com você? O vimos e ficamos preocupados.

- Quem são vocês? – fiquei feliz por ele saber nossa língua.

- Meu nome é Seunome Cooper e o nome dele é Harry Styles. Como você se chama?

- Jack Fawlling muito prazer.

- Prazer Jack! – estiquei a mão e sorri simpaticamente, ele a apertou mais ainda olhava Harry com receio, cutuquei Harry com o braço e ele o cumprimentou dizendo “prazer” o homem fez o mesmo mas ainda com receio. 

– Porque você estava lá sozinho?

Então Jack nos explicou que ele havia vindo com um grupo, porém eles o haviam mandado seguir, pois uma das pessoas havia desistido e os outros tiveram que voltar pra ajuda-la, e como ele tinha um porte físico excelente o pediram para continuar depois o alcançariam, mas nem ele nem os outros imaginavam que aquilo poderia acontecer, enquanto explicava ele espirrou umas 7 vezes então o que mais no apressou pra voltar e manter ele quente. Jack tinha todo o equipamento necessário em sua mochila e Harry decidiu voltar pelo caminho no qual Jack havia vindo, pois seria mais rápido e acabaríamos no centro de treinamento, onde na maioria das vezes havia movimento e carros que nos podiam ceder.
O tempo era curto e o caminho longo, então Harry preparou sopa pra nós, agora você se pergunta, sopa? Sim foi a única coisa quente que sobrou e Jack tinha que tomar algo bem quente. Depois que almoçamos, começamos a volta, era difícil subir tudo aquilo, descer também não era tão legal assim, mas pra ver um filme que a gente ama vale tudo né?
Andamos muuuuito dessa vez, e cada vez que dávamos um passo e que eu ficava mais longe do topo, foi como se aliviar aos poucos. Nós andávamos rápido, muito mais rápido, Harry disse que tínhamos que chegar lá antes de anoitecer, pois parecia que a nevasca viria e não tinha cavernas por aquele lado da montanha, ele tinha muita disposição e garra, porque ele andava demais e não parava pra descansar.

(...)

Cansados, com fome e frio e quase mortos chegamos ao hotel, paramédicos atenderam Jack com seriedade enquanto enfermeiras davam a mim e a Harry cobertores e outros, para a gente se esquentar, a caminhada foi tão longa que quando vimos o centro de treinamento na frente dos nossos olhos, nos abraçamos, nesse meio tempo conhecemos Jack, ele era um sujeito muito gente boa, era irlandês dos olhos azuis quase cinzas e com um sotaque incrível que as vezes eu e Harry ficamos tirando sarro disso, mas ai depois começaram a falar do meu sotaque de “garota da califórinia” (e isso virou o jeito de Jack me chamar) e não foi legal, perdeu a graça. Enfim, ficamos bem amigos, e Jack no primeiro instante que começamos a conversar ele percebeu que eu e Harry tínhamos algo, afinal ele tinha 20 anos, quase a nossa idade, um porte de mais velho, porém muito simpático, também era um palhaço, de 10 coisas que ele dizia 9 fazia a gente rir, depois de todas as risadas e distrações vimos o quanto ele era incrível e definitivamente não foi só ele que teve sorte de nos encontrar, nós também fomos sortudos.

(...)

Liguei para o meu pai logo depois que me esquentei e ameacei voltar a escalar se ele ousasse interferir na carreira de Harry, mas houveram condições a mim também, no voo da manha do dia seguinte eu teria que voltar para a Califórnia, por mais contrariada que eu estava aceitei a oferta, mas na mesma noite Harry e eu dormimos no mesmo quarto, e tivemos uma grande ajuda o Leonard pra isso, Leonard o Bellhop na qual me dava sempre uma dica, meu pai logo depois de eu ter ligado pra ele, ele deve ter pedido para os seguranças que vigiassem minha porta para que ninguém além de funcionários do hotel entrassem lá, fiquei indignada com a ação do meu pai! Afinal eu já sou dona de mim mesma, então liguei para a recepção e pedi para falar com Leonard pois Harry havia ido ao meu quarto, mas não o deixaram nem bater na porta pra falar comigo por aqueles malditos seguranças, fiquei sabendo disso porque Harry me mandou uma mensagem, os seguranças estavam em um silêncio mortal lá fora, quando chegaram eu nem percebi. Depois do meu “pedido de jantar” que fiz a Leonard, demorou alguns minutos para que ele vir com um carrinho daqueles em que costumam levar a comida para os quartos, ele entrou com a comida e uma “entrega especial”, quando abri a porta Harry saiu com um pouco de sacrifício de dentro do carrinho. Leonard era incrível, adorei aquele entregador desde o dia em que cheguei, então ele deixou a comida na mesa que havia no quarto e depois saiu do quarto deixando eu e Harry a sós lá, onde jantamos e depois ficamos deitados na cama aproveitando os morangos com chantili enquanto assistíamos um filme de comedia e romance na tv. E foi assim que dormimos, juntos da mesma maneira na qual havíamos dormido em todos os dias durante a escalada.



Quando acordei, que vi aquele rosto ainda dormindo parecendo um anjo, comecei a passar meus dedos por sua pele, eu brincava com os dedos nela, e quando ele abriu os olhos sorriu mostrando aquelas covinhas fofas que me devam vontade de morder, ele segurou em minha cintura e me puxou mais pra perto, e foi quando eu senti, levantei a coberta e olhei estranhando.

- Harry! Você ta nu?! – disse rindo.

- Eu só durmo assim quando não estou escalando. – nessa hora eu comecei a rir desesperadamente.

- Porque?

- Porque eu vim pro mundo assim e posso ficar do mesmo jeito na hora que eu quiser. – fez uma cara de superior. E eu rindo demaaaaaais.



Saímos do quarto de mãos dadas, e Harry segurava minha mala na outra mão, soltamos juntos um leve “Bom dia” para os seguranças e saímos divando. No elevador demos muita risada porque os seguranças fizeram uma cara de MASCOMO? Rimos tanto com isso que chegou a doer nossas barrigas, mas assim que o som do elevador tocou, e que ele anunciava que tínhamos chegado no térreo o silencio foi mortal, as risadas sumiram como se nunca tivessem nem existido, Harry me levou até a gente da van, Jack estava lá e se despediu de mim com um grande abraço, ele foi incrível, e eu definitivamente nunca vou esquece-lo depois que se despediu, ele se afastou me deixando sozinha com Harry, ele olhava pra baixo, então eu levantei seu rosto e encarei seus olhos, e vi o sofrimento que ele tentava esconder.

- Esse não é o fim.

- Mas está parecendo.

- Mas não é, nós vamos nos falar todos os dias e vamos dar um jeito de nos encontrar de novo, e nem meu pai nem nenhum segurança do mundo vai impedir isso de acontecer.

- Adoro seu jeito firme de dizer as coisas. – ele disse olhando nos meus olhos de maneira supreendente.

- Eu sei – disse me gabando e olhei pra cima, pra dar mais chame. Nessa hora ele largou a minha mala no chão segurou em meu rosto e me beijou como da primeira vez, no desespero, como se quisesse aquilo há dias.

- Eu te amo – ele disse com as nossas testas coladas e me olhando de uma maneira na qual ele nunca tinha me olhado antes.



- Eu te amo também Harry.

Depois disso entrei no banco da frente da van e ela partiu, quando olhei pelo retrovisor Harry e Jack estavam parados a vendo partir, me vendo partir. E nessa hora a votade de chorar e as lágrimas vieram. Me contive até entrar no avião, mas na hora em que ele começou a partir foi impossível de conter, e as comissárias de bordo tiveram que me dar um calmante com isso.

(...)

Já se passaram 5 dias, 5 dias em que eu não comia direito, não saia de casa, não falava com ninguém, que não dormia, pois não conseguia sentia falta de algo, sentia falta dele, não disse uma palavra pro meu pai, pois ele que tinha me forçado a voltar a ter a minha vida que não fazia mais sentido nenhum e a ser infeliz novamente.
Eu simplesmente não aguentava mais, não ia ficar mais naquela casa nem mais um segundo então simplesmente fiz minha malas e sai de casa, eu tinha dinheiro suficiente e sabia que Harry ainda estava no Hotel, saí de casa sem o conhecimento de ninguém, deixando só um bilhete onde dizia “Fui ser Feliz!” e parti.
Quando finalmente sai da van, foi como um dejavu, e consegui sorrir novamente, e olhando pra montanha, lembrei dos momentos, prazerosos e de desespero que passamos, entrei no hotel e logo vi Leonard, ele me disse que Harry estava naquele bar que eu conhecia muito bem, então pedi pra que ele levasse minhas coisas pra o mesmo quarto em que eu estava antes. Eu corri o máximo que pude, a saudade que sentia dele era enorme e incontrolável, não via a hora de vê-lo, toca-lo e senti-lo novamente. Imaginei milhares de cenas, de como nós podíamos nos encontrar novamente, me iludi com várias delas, e quando eu cheguei lá e abri a porta, não pude acreditar no que meus olhos estavam vendo, ele estava lá sim, sentado no balcão e beijando uma garota. Eu fiquei parada na porta, a garota parou e ficou me encarando pasma e nervosa também, era... não pode ser... era a garota da recepção! Era ela sim! Logo depois Harry olhou para a direção em que ela estava olhando e me viu, eu olhei no fundo dos olhos dele e uma única lágrima caiu dos meus olhos, eu a limpei rapidamente e sai dali, eu estava cansada e despedaçada, mas corri, sem nem olhar uma única vez pra traz. Pude ouvi-lo chamar meu nome, mas não dei atenção apenas continuei seguindo em direção ao hotel, e então eu parei, parei e estava no meio da floresta, no escuro, sozinha e desiludida, sai da trilha e sentei entre dois arbustos atrás de uma arvore, onde ninguém podia me ver, me encolhi e fique lá chorando, poucos minutos depois ouvi ele correndo e gritando meu nome e dizendo que não era o que pensava, gaguejando todas as palavras, mais continuei onde estava e quieta, logo atrás dele a garota da recepção passou chamando por ele, ainda fiquei naquele lugar mais um tempo e depois, voltei para o bar, e lá eu bebi, uma dose atrás da outra freneticamente.



Eu havia, bebido demais e estava me sentindo péssima, uma pessoa me ajudou, e só de sentir seu perfume percebi que era Jack, mas eu não sabia que ele ainda estava ali, ele me ajudou a lavar meu rosto e depois de vomitar umas 5 vezes, eu estava com a famosa ressaca, só não entendia porque ele ainda não havia chamado Harry, Tomei uns remédios e consegui conversar com ele.

- Jack, por mais que eu esteja nesse estado, é ótimo ver você! Ai! – disse sorri mais depois a dor na cabeça foi maior, a moça do bar tinha me dado uma bolsa de gelo pra ajudar a aliviar a dor.

-Eu sei disso, agora presta atenção. Não sabia direito onde você estava, mas sei que Harry está louco atrás de você... – eu o interrompi.

- Sério, não parecia pois ele já estava pendurado no pescoço daquela recepcionista lá...

- Sei que isso tem explicação! Agora deixa eu falar! Depois que ele te viu aqui, e que você saiu correndo pela floresta ele foi até o hotel e olhou em todos os quartos, e eu não estou exagerando, foram em todos mesmo atrás de você! Chorando muito e pedindo desculpas a todo instante! Depois disso ele quis sair e procurar pela floresta, e foi nessa hora que me chamaram no centro de treinamento e eu corri pra lá e conseguiram segurar ele com calmantes na recepção, na hora em que ele me viu veio correndo e dizendo tudo completamente embolado se eu já não o conhecesse muito bem, não teria entendido nada, e depois que ele terminou ele sentou na entrada da recepção e disse que não sairia de lá enquanto não a visse e falasse com você. E ele esta lá há 2 horas!

Era muita informação pra minha cabeça, ela já doía demais e com tudo isso ainda.

- Ele fez tudo isso mesmo? – disse preocupada.

- Fez! E é por isso que eu quero que você escute ele.

- Tudo bem! Vamos – ele sorriu, e voltamos para o hotel.

Na hora em que olhei para a recepção, tinha muitas pessoas na frente mais ouvi assim que cheguei perto uns “Vamos lá pra dentro, por favor!” “Você vai congelar aqui fora” “Pelo menos tome esse chocolate quente!” A todas as propostas o ouvi recusar. E então me aproximei, as pessoas saíram da frente e ele se levantou assim que me viu, seus olhos estavam inchados demais e muito vermelhos, como se ele estivesse chorando há muito tempo, eu nunca tinha visto alguém nesse estado na minha vida. Desesperado era pouco quando eu o encontrei.

- Seunome, me perdoa por favor! Eu juro que não queria aquilo... Eu te imploro! Por favor me perdoa!

- Eu não sei o que dizer Harry – disse me sentindo mal, agora, as situações haviam se invertido e eu estava muito mal!

- Você não precisa, deixa eu dizer! – e então ele respirou fundo e começou - Should I? Could I?
Have said the wrong things right a thousand times
If I could just rewind, I see it in my mind
If I could turn back time, you'd still be mine
You cried, I died
I should've shut my mouth, things headed south
As the words slipped off my tongue, they sounded dumb
If this old heart could talk, it'd say you're the one
I'm wasting time when I think about it
I should've drove all night
I would've run all the lights
I was misunderstood
I stumbled like my words
Did the best I could
Damn! Misunderstood

(Eu deveria? Eu poderia?
Falei as coisas erradas certo mil vezes
Se eu pudesse rebobinar eu veria em minha mente
Se eu pudesse voltar no tempo, você ainda seria minha.
Você chorou, eu morri.
Eu deveria ter fechado minha boca, as coisas pioraram.
Como se as palavras escorregassem pela minha língua, elas soaram estúpidas.
Se esse velho coração pudesse falar, diria que você é a única.
Estou desperdiçando tempo quando penso sobre isso.

Eu deveria ter dirigido á noite toda
Eu teria ultrapassado todos os sinais
Eu fui incompreendido
Eu tropecei como minhas palavras
Fiz o melhor que eu pude
Droga! Incompreendido.)


E quando ele terminou a minha reação foi a mesma da primeira vez que ele havia cantado pra mim...


Fiiiiiiiim s2 

Olaaaaa! 
O ultimo capituo de I See Fire com HAROLDOOOO! *-* 
;.[ 

Tive que caprichar nesse, espero que vocês tenham curtido ele! 
Adorei todos os elogios, e chorei vendo vocês falando que ele devia virar Fanfic e tudo mais *0* 
Enfim, só agradeço a todas que leram e elogiaram! Lisamo! s2

Bom eu vou viajar agora e melhor eu ir antes que minha mae comece a me puxar pelos cabelos! :sss

Amoooooo vocês! 

Aaah, e ano que vem não vai ser só Rocket Love *-* que vai começar não, GIVE ME LOVE COM O LIAM VAI VIR JUNTO!!!
TUNTS TUNTS TUNTS TUNTS \0/ 
QUERO VÊ! 
Me aguardem Liamdas! 

Beijos galera, a minha mãe vai me matar aaaaaah! Scccorrro! 

Malikisses s2 
A paz glr \/ (a paz mãee :D)
Liam's Girl ;]

34 comentários:

  1. Respostas
    1. Amei perfeito ! Chorei um poko no final mas amei !!

      Excluir
  2. Perfeito, amei. Concordo Maria Fernanda, vc poderia fazer uma fic com o Harry Déb.
    xxx Juh

    ResponderExcluir
  3. Eu tambem acho!! Queria uma fic com o hazz :/ hahha bjs ameiiii d+

    ResponderExcluir
  4. Aiiiiiiin ameiiiiiiiiiiiiiii muito divo ♡♡♡♡♡!!!!!

    ResponderExcluir
  5. awwwn chorando aqui ao som de misunderstood, que coisa perfeita, ameeei demais sério <333

    ResponderExcluir
  6. ADOREI,PFTA,MARAVILHOSA,DIVA,LIAMDA (esses elogios foram a vc e a imagine kkk) adorei, ficou pfta, aaah q bom q vai ter outra fic, to Fumada com essa ideia (ok nem é pra tanto) kk
    Pfto o cap...pena q foi o último :'(
    Bjs e abraços apertados (so o abraço kk)
    ~isa

    ResponderExcluir
  7. Amei o ultimo cap,foi mt divoo! A sua mãmae ée igual a minha kkkkk!!! Estou mt anciosa com a fic Rocket Love,eu sei que sou mt calada e n cmt mt + prometo que vou começar a cmt nos cap! Bijoooos Liamda! <3

    ResponderExcluir
  8. Amei DEMAIS! :D Ficou muuito perfeito o final! <3

    ResponderExcluir
  9. Ahhhhhhhhhhhhhhhh que divoso! Você é diva eu te amo sua linda. Eba ansiosa pra Give Me Love com o meu marido Liam. Beijokas esse imagine ficou perfeito!

    ResponderExcluir
  10. AMEI MUITO MESMISSIMO!!!!!!!!!!!!
    Essa historia eh mt demais ,você deve pensar seriamente em transforma-la em fanfic pq com certeza seria uma (se num a)das melhores do blog!
    MALIKISSES pra vc LIAMDA e a sua historia eh completamente FABULOUIS! *.*

    ResponderExcluir
  11. Ahhhhhhhhhhh amei (eu amo esse jeito Romantico do nosso Styles);)
    #Rocket Love vem logo 2014!!!!!!!!!!!
    #ANCIOSA

    ResponderExcluir
  12. Acompanhei desde o começo e adorei *---* mas acho q ela n devia ter perdoado taaaao rapido. Tudo q eles passaram e ele n explicou nada. Acho q isso vc tinha q ter visto e colocado mais detalhes. Q ela demorasse mais pra perdoar ele.

    ResponderExcluir
  13. Mt legal amr, vc é mt criativa, gostei 😁
    Bjs da Leh, aguardo ansiosamente sua fic huehue 💜

    ResponderExcluir
  14. PQP AMEI INTEIRO TUDO DESDO INICIO AO FIM

    ResponderExcluir
  15. MTOOOO perfeitooooo, so q ele disse q o beijo n era o q ela pensava, e dps n falou mais sobre isso oq me deixou c uma "?" na cabeça mas ok, e adorei tb aquele "fui ser feliz" se minha mae visse aquilo ia ate no japao pra gritar cmg... mas voltando perfeitooo

    ResponderExcluir
  16. mds muito perfeito amei,amei,amei,amei

    ResponderExcluir
  17. Lindaaaaaaaaa!!!! Ameeeei demais!! Foi simplesmente perfeito!! Amei a SeuNome e como ela era fofa junto com o Harry!!! Lindos <3 muito obrigada por ter escrito essa história tão linda e tê-la compartilhado com a gente!!! Beijos

    ResponderExcluir
  18. ahhhhhhh muito perfeito ameii msm isso foi simplesmente per-fect

    ResponderExcluir
  19. Meu Deus que talento e esse seus sonhos sao muitos perfeitos parece um fimle cara muito bom parabens .continua assim ficou muito lindo

    ResponderExcluir
  20. Eu pireiiiiiiii aiinn ameiii mesmoo e muitoo..nao tem nem palavras pra esplica...❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤

    ResponderExcluir
  21. Tô quase chorando aqui !!
    Muito PERFEITO !!
    Acho que nunca li um imagine tão bom assim Pireiii !!

    ResponderExcluir
  22. AMEIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII....AMO STYLES !!!!!!!!!!!!!!!


    ASS:wendyh styles

    ResponderExcluir
  23. Aii meu deus quase morri aqui que lindo . To me estrangulando de tanto chorar essa foi uma das melhoresssss :.)

    ResponderExcluir
  24. Parabéns pela história!!!! Que por sinal, eu ainda estou me recuperando de tanta emoção que eu senti,eu meio que mergulhei de cara na história e me coloquei no lugar dos personagens, tanto que eu acabei até chorando no final deste capítulo, e eu acho que isso daria um ótimo filme.
    Parabéns pela sua escrita impecável e pelo seu trabalho e talento.
    (licença tô me recuperando dos sentimentos e sensações causados por este imagine)
    Karen Camila de Oliveira, 13 anos e Directoner faixa marrom
    Twitter :Karen_Oliveh
    Facebook :Karen Camila de Oliveira

    ResponderExcluir
  25. nossa esse foi o melhor imagine q eu li em toda minha vida linda!!! parabéns
    to chorando até agr !!!!

    ResponderExcluir
  26. QUE LINDOOOOOOOO! Quase chorei <3

    ResponderExcluir
  27. QUE LINDOOOOOOOO! Quase chorei <3

    ResponderExcluir

Não saia sem comentar. Dê sua opinião!!! Malikisses *-*