26 de dezembro de 2013

I See Fire com Harry Styles (part.4)






Era possível dividir a escalada nas partes fáceis e difíceis, as fáceis eram quando estávamos andando, apenas subindo, as difíceis eram aquelas que precisávamos das cordas, só no começo dessa etapa, apareceram 5 paredões, e nós os encaramos, e continuamos viagem. 

Sempre com a esperança renovada seguimos viagem pelo caminho coberto de gelo, a cada vez em que eu olhava pra baixo e via a distancia em que já tínhamos percorrido era gratificante, eu parava as vezes ficava olhando e pensando “A gente já andou pra porra eim!” As vezes dava pra conversar com Harry, tinham trechos onde andávamos um ao lado do outro e a gente conversava enquanto andava. Eu me fascinava quando ele falava, o jeito como ele conta as coisas é impressionante, porque você vê pelos olhos dele um meio que conflito interno, ele é bem confuso consigo mesmo em relação as coisas simples porque as complexas ele leva e entende muito bem. Acho que essa viagem só vai me fazer ficar mais apaixonada por ele, é que eu já estou completamente apaixonada por esse ser humano de olhos claros e místicos, e por esses lábios tão beijáveis e que beijam tão bem, não sei direito ainda o que eu realmente sinto por ele mas tenho certeza que no meio dessa confusão que esta a minha cabeça bem no meio dele paixão é a palavra que se destaca em tudo, pois eu estou apaixonada por TUDO no Harry.

Tudo se escureceu, e já tínhamos jantado e montado a barraca, hoje não houve nevasca então não procuramos a caverna, nós entramos na barraca e sentamos, conversamos um pouco e depois ele comentou

- Eu to com uma musica na cabeça.

- Isso é terrível, você não consegue tirar de jeito nenhum. – disse e ri um pouco

- O bom, é que eu gosto dessa musica – ele disse olhando pra baixo.

- Canta um trecho então. – disse o olhando bem profundamente.

- Should I? Could I?
Have said the wrong things right a thousand times
If I could just rewind, I see it in my mind
If I could turn back time, you'd still be mine
You cried, I died
I should've shut my mouth, things headed south
As the words slipped off my tongue, they sounded dumb
If this old heart could talk, it'd say you're the one
I'm wasting time when I think about it
I should've drove all night
I would've run all the lights
I was misunderstood
I stumbled like my words
Did the best I could
Damn! Misunderstood

(Eu deveria? Eu poderia?
Falei as coisas erradas certo mil vezes
Se eu pudesse rebobinar eu veria em minha mente
Se eu pudesse voltar no tempo, você ainda seria minha.
Você chorou, eu morri.
Eu deveria ter fechado minha boca, as coisas pioraram.
Como se as palavras escorregassem pela minha língua, elas soaram estúpidas.
Se esse velho coração pudesse falar, diria que você é a única.
Estou desperdiçando tempo quando penso sobre isso.

Eu deveria ter dirigido á noite toda
Eu teria ultrapassado todos os sinais
Eu fui incompreendido
Eu tropecei como minhas palavras
Fiz o melhor que eu pude
Droga! Incompreendido.)

Na hora em que ele começou a cantar, eu já sabia que musica era, e eu simplesmente amava aquela musica, mas a musica foi o de menos. Aquela voz, sim, aquela voz rouca, me envolvia e seduzia de uma maneira que eu não pude evitar, eu fiquei parada apenas olhando aqueles lindos lábios e conhecendo mais um dos talentos daquele cara, que me encantava mais e mais a cada segundo que se passava. 



O “Misunderstood” do final cantamos juntos, depois dele abrir aquelas esmeraldas e olhar pra mim depois de cantar, foi um momento em que nenhum de nós nem ninguém podia explicar, eu me arrepiei com o som da sua voz até ele acabar e simplesmente não consegui não beija-lo por isso.



Um beijo ainda mais apaixonado ainda mais cheio de sentimento, uma lágrima minha caiu ao beija-lo e ser beijada da mesma maneira, a musica, a voz dele, o fato de nós estarmos a pouco mais de 20 centímetros de distância isso foi apenas o necessário para que eu visse que o mundo ao meu redor não era mais o mesmo, enquanto nos beijávamos eu perdi a noção do tempo, do lugar, perdi a noção do mundo, de exatamente tudo e apenas quando paramos foi que eu consegui raciocinar.

- A sua voz... ela é... Incrível... Olha só! – disse a ele mostrando meu braço todo arrepiado.



- Nossa! Eu realmente deixei você nesse estado só por cantar? – ele disse incrédulo.

- Pra você ver... – dei uma risadinha.

Então nesse momento ele aproximou aquelas mãos grandes sobre o meu rosto e passou seu polegar suavemente tirando os vestígios da lágrima, depois com a mesma mão segurou meu rosto de lado me fazendo fechar os olhos pra sentir melhor seu toque, então ele se levou até a minha boca e a beijou, era incrível a maneira de nos beijarmos parecia que nossos lábios dançavam uma musica lenta e prazerosa, minha mão sempre ia em direção a seus cachos e os puxava de maneira feroz, Harry com a outra mão segurou em minha cintura e me puxou mais pra perto.



Ele estava ajoelhado e eu com minhas pernas por sua volta, nossos beijos se tornaram selvagens, sussurros com mordidas na orelha me deixavam louca e ele havia descoberto isso, ele com sua língua descia pelo meu pescoço o saboreando e me dando cada vez mais prazer, ele se deitou e eu continuei com minhas pernas por sua volta, e como já estava louca de prazer decidi o deixar louco, então comecei o beijando de uma maneira feroz depois desci até seu pescoço, dando leves chupões, minhas mãos por impulso foram descendo até chegarem onde eu queria, deu pra perceber que Harry estava se empolgando e isso era bom, naquele momento o frio havia sumido nas sentíamos mais nada além do calor de nossos corpos, um calor tão grande que havia dominado a barraca que estava fechada a zíper, ouvi seu gemido rouco e sensual assim que comecei movimentos delicados mas bem envolventes em seu membro, Harry gemia muito, mas não deixou de querer tirar a jaqueta que me protegia me olhando sensualmente e aquele olhar já dizia o que ele queria, sim ele queria a mim, e com o mesmo olhar correspondi dizendo que queria o senti em mim, então ele tirou minha jaqueta e depois a blusa de frio na qual estava por baixo com calma e sensualidade, o que não faltava em relação a ele assim que conseguir tirar todas as partes de cima de minha roupa e viu os meus seios praticamente expostos, foi em direção a eles e espalhando delicados beijos e chupões que mostravam sua experiência e conhecimento.




 inclusive quando estávamos bêbados naquele bar ele me contou muitas coisas e uma delas é sua obsessão por seios, o que eu achei engraçado na hora mas agora aquilo não era nada, nada engraçado. O que mais nos atrapalhou foram as roupas que afinal eram muitas por conta da temperatura que nesse momento era alta e eu cheguei a estranhar que o frio não nos tenha impedido de estar seminus. Com Harry em cima de mim, meus seios já estavam a sua disposição ele estava só de cueca e ela era branca, a animação de Harry ficava bem exposta nela, isso era impossível negar, então depois deu dizer um longo gemido de “agoraaaa” pois ele estava me torturando com seus dedos de um jeito que era de outro mundo.



E eu finalmente consegui tirar sua cueca e o sentir com cuidado e intensidade em mim, seus movimentos me arrepiavam e só faziam com que eu quisesse mais, eu estava em um estado de vicio, implorava por mais força e ele obedecia



Não da maneira como eu queria mas sim melhor, seus movimentos circulares eram de me fazer gritar e sim, nós podíamos pois estávamos no meio do nada, com ninguém exatamente ninguém por perto, éramos apenas nós fazendo amor quente no meio do frio, como? Não sei explicar, só sei que o frio e tudo aquele gelo não foi capaz de apagar a chama entre nós.
Quando amanheceu acordei com aquela carinha de sono bem perto de mim, assim que o vi lembrei de tudo o que acontecera ontem, e impossível foi não sorrir, estávamos vestido agora, mas foi porque uma hora nossa barraca iria ter que esfriar um pouco então nos vestimos antes de dormir e depois Harry dormiu no mesmo saco de dormir, isso o deixava extremamente perto de mim, comecei a mexer a em seus cachos com uma das mãos e depois de um tempinho ele acordou sorrindo e com uma cara de sono, mas o incrível é que até com a cara toda inchada de sono ele ainda consegue ser lindo.



Levantamos e começamos a fazer nossa rotina e assim poder seguir viagem, conforme fomos subindo o frio foi aumentando muito, assim que Harry percebeu a temperatura mais baixa que estava nós colocamos mais uma jaqueta, o que aliviou do frio excessivo. E continuamos, muito difícil era parar, já estávamos nos aproximando do topo, e era por volta das 4 da tarde, decidimos parar pra comer algo e descansar

- Nunca fiz uma viagem assim antes... – ele tava com um sorriso debochador no rosto



- Vai se foder Harry! – disse rindo um pouco

- Pq? Eu realmente nunca fiz uma viagem como essa, no extremo gelo, as pessoas na qual queriam escalar, sempre escolhiam montanhas tropicais e sem muitos paredões... Você já tava pensando que eu tava falando sobre ontem ne?!

- Sim – respondi baixinho

- Também... – ele disse em um tom safado



- Idiota! – ele riu

- Mas é sério, essa viagem se tornou inesquecível pra mim. E eu não quero que acabe tudo quando ela acabar –“ Eu também não quero isso Harry” pensei, mas decidi ver o que ele vai falar.

- Aé, e porque?

-Porque parece que eu estou completamente apaixonado por uma patricinha da Califórnia! – disse sorrindo e com os olhos penetrados nos meus.

- Não sou uma patricinha! – disse fingindo estar brava, e virei as costas.
Então ele me puxou e nossos rostos ficaram colados de novo, o que ele não esperava é que fosse escorregar e cair, me puxando junto.



Nós rimos e eu o ajudei a levantar e ficamos um de frente pro outro.

- Acho que isso quebrou o clima – ele disse e eu dei risada.

- É sem duvida!

Eu estava olhando pra ele mais uma luz piscou atrás dele, tinha certeza que algo piscou rápido á uns metros de distancia atrás do Harry.

- Algo piscou ali.

-Deve ser o reflexo do sol batendo no gelo.

- Não piscou mesmo, parecia uma lâmpada.

- Tem certeza?

- Claro que eu tenho!

Então nós fomos até lá e vimos um homem estirado no chão, Harry desesperadamente pegou nos pulsos daquele homem e disse que ele ainda estava vivo, o alivio me domou, mas quando olhávamos nos olhos dele, eles não se mexiam, o frio foi tanto que conseguiu congelar os olhos do cara, e olha que ele é um cara grande e musculoso, cobrimos ele com nosso saco de dormir.

- Nós vamos ter que voltar! - disse Harry de maneira firme.

CONTINUA...





Olaaa minhas Liamdas! ;3
Olha mais um cap ai pra vocês! 
FELIZ NATAL ATRASADO! ÊêêêêH \0/ 
Virei na noite de natal, hj eu tava uma bagaça de sono mais fiquei até as 03:43 pra postar o capitulo de vocês como eu prometi!
Sabe pq? Pq eu amo vcs leitoras do meu heart! s2 

Comentem bastantão okay?! ;3

AMANHÃ SAI O ULTIMOOOO! \0/ TUNTS TUNTS \0 \0 \0 \0

Malikisses s2
Ah paz glr! \/ 
Liam's Girl

22 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. OMG OMG OMG OMG OMG!! Rsrsrs.... Devia virar uma fic! Prq eu to completamente apaixonada por essa fic e esse Harry!! Hahahaha...

    ResponderExcluir
  3. Aaawn, Que Perfeitoo. Continuaaaaa
    Tbm acho que deveria virar uma fic!
    Larissa <3

    ResponderExcluir
  4. Vira imagineeeee, poha. Heuheuheu

    ResponderExcluir
  5. Você escreve hot muito bem rsrsrsrsrsrsrsr. A unica coisa ruim desse imagine é que ele já está acabando. Continua logo minha flor. Muitos beijos pra você!

    ResponderExcluir
  6. Cara....TA PERFEITO tipo...Aaahrg o Harry... aaah o Harry kkkk
    Mas tipo...eu acho q a s/n nao vai achar muito boa essa ideia de voltar...sabe, eles ja estao quase chegando no topo...voltar vai ser quase q eu desperdício, mas acho q ela volta mesmo assim, se for pra ajudar esse "homi" ela.volta (okok eu sei q ta confuso).
    Bjs, Feliz Natal atrasado pra vc tbm
    ~isa

    ResponderExcluir
  7. Cra eu n leio Moments , mas esse imagine me chamou muuuuuuita atenção! Eu fiquei in love por ele! Continuua fazendo bons imagines como esse , faz com o zazza ou com o meu amor o nini!

    ResponderExcluir
  8. Omg q perfect!! Vc postou tao rápido ameii *---* ebaaaa amanha tem mais :P
    Isaxx

    ResponderExcluir
  9. Nossa, amanhã já é o último? Me prendi tando ao imagine que é até estranho pensar que amanhã já vai acabar. Continua logo então, até amanhã gatona Diva!
    Beijinhos!!

    ResponderExcluir
  10. Que perfeitoooo!! *---* continua LOGOO!! Feliz natal!!

    ResponderExcluir
  11. CONTINUAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA, MTOOO PERFEITO!!!!!!!

    ResponderExcluir
  12. Você poderia me falar o nome da música please ?

    ResponderExcluir
  13. Nossa cara que top ! <3

    ResponderExcluir
  14. Maaan. *000*
    Vira uma ficcc :'( eu amo esse imaginee :"")
    ~leitora nova~
    Xx Liz

    ResponderExcluir
  15. AMUH TODOS !!!!!!AMEII O PRIMEIRO O SEGUNDOO EO TERCEIRO II AGORA O QUARTOOO OMG OMG OMG AMUH HARRY STYLES!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ass:wendy styles

    ResponderExcluir
  16. você é mto foda! esse imagine tá mais que perfeito! mto mto mto mto mto bom! ainda mais com a musica do Bon Jovi ♥ pena que já está acabando :'(

    ResponderExcluir

Não saia sem comentar. Dê sua opinião!!! Malikisses *-*