13 de março de 2014

Ours - Capitulo 13: Somewhere Over The Rainbow

                                                                          ~Seunome on~


Eu: Então é que... Bom... Ahn....
Harry: Então...?
Eu: A verdade é que... Eu sempre te amei , mas você me tratava como uma irmã! Até teve uma vez que nós ficamos num baile e tal, mas isso não mudou nada entre nós. Aí, eu me mudei para Londres, comecei a namorar o Scott e quando eu termino com ele, você me diz que me ama?!
Harry: Bom... Ahn... Eu sempre gostei de você, muito mesmo, era completamente apaixonado. Porém eu achava que você só gostava de mim como amigo, por isso não tomei uma iniciativa, não queria acabar com a nossa amizade. Mas ao ver o Scott com você, anos depois, me fez ter certeza de que eu te amava e não ia deixar um babaca ficar com você!
Eu: Isso faz sentido, mas por que você não quis manter contato depois que eu vim pra cá?
Harry: Eu não sei... Acho que eu me senti magoado, traído, por você me deixar. - Disse de um jeito fofinho, corando de vergonha.
Eu: Awn, que bonitinho! - Disse com voz de bebê - Você ficou magoadinho, foi? - Disse apertando as bochechas dele.
Harry: Muito engraçado, Seunome! - Disse me derrubando no chão.
Eu: Você me derrubou no chão?!
Harry: Sim!
Eu: Eu vou te pegar, seu idiota!
Harry: Pode vir, Olivia palito!

Ele correu e eu corri atrás dele. Depois de um bom tempo correndo, ele se cansou e diminuiu o ritmo. Aproveitei a oportunidade e pulei em cima dele, fazendo com caíssemos no chão.



Eu & Harry: Hahahahahahahaha!
Eu: Que droga! Era para ser uma conversa séria sobre os nossos sentimentos!
Harry: Ah, assim foi mais divertido!
Eu: É...
Harry: É sempre bom relembrar os velhos tempos, né? Principalmente voltar a te chamar de Olivia Palito!
Eu: Eu não sou e nunca fui magrela desse jeito!
Harry: Sei...
Eu: Caderudo!
Harry: Eu só tinha os quadris um pouco largos, tá?
Eu: Então não me chame de Olivia Palito que eu não te chamo de caderudo!
Harry: Okay, temos um trato? - Disse estendendo a mão.
Eu: Temos um trato! - Falei apertando a mão dele.
Harry: A gente aqui nesse parque... Não te lembra alguma coisa?
Eu: A nossa primeira viagem à Londres!
Harry: Isso mesmo!
Eu: Nós vimemos com a Gemma e a minha tia Lena.
Harry: É. E elas só queria ver coisas chatas, então nós fugimos para esse parque.
Eu: E ficamos correndo pra lá e pra cá, alimentando os pombos.
Harry: E elas ficaram nos procurando por horas.
Eu: Lembra que apareceu um velhinho que deu um colar pra gente?
Harry: Aham. Você ainda tem o seu?
Eu: Tenho e você?
Harry: Também. É muito legal, são dois pombos prateados.

O resto da tarde foi muito legal, ficamos relembrando os velhos tempo e rindo das idiotices que fizemos juntos. Até que meu celular tocou. "When all the world is a hopeless jumble and the raindrops tumble all around..."

Eu: Desculpa. Preciso atender, é a minha tia.
Harry: Não, tudo bem.

~Ligação on~

Eu: Oi tia.
Lena: Oi Seunome! Eu só liguei para avisar que o Arthur volta hoje e eu vou ficar até mais tarde no trabalho, por isso, não demore para voltar pra casa, está bem?
Eu: Tá, mas não quer que eu o busque na estação de trem?
Lena: Não, eles vão voltar de ônibus e a mãe da Waliyha se ofereceu para leva-lo em casa, okay?
Eu: Okay. Tchau.
Lena: Tchau.

~Ligação off~

Eu: Daqui a pouco eu tenho que voltar para casa porque o Arthur volta hoje do acampamento.
Harry: Ah, okay, sem problemas. Mudando de assunto... Pelo visto você ainda gosta do Mágico de Oz!
Eu: Sim! Minha paixão eterna!
Harry: E se eu te dissesse que tenho ingressos na primeira fila para o musical " O Mágico De Oz" você iria comigo?
Eu: Sério?! - Ele assentiu - É claro que sim! - Disse abraçando-o - Muito obrigado! Obrigada! Obrigada! Obrigada!


Harry: Seunome... Tá... Me... Sufo-cando!
Eu: Ah, desculpa. - Disse partindo o abraço. - É que eu tentei comprar, mas já estavam esgotados e quando eu fui para Nova York não estava em cartaz. Ai, Harry nem sei como te agradecer! Muito obrigada mesmo.
Harry: Não foi nada, eu ia com a Gemma, mas ela furou comigo.
Eu: Ah.... Bom, eu tenho que ir, Arthur já deve está chegando. E mas uma vez obrigada.
Harry: Por nada e você tá de carro?
Eu: Não, vou de ônibus.
Harry: Quer carona?
Eu: Não precisa, sério.
Harry: Eu insisto!
Eu: Não, Harry. Eu vou de ônibus mesmo.
Harry: Não vai, não! - Me pegou no colo.
Eu: Harry me põe no chão!!!!!
Harry: Não! Você vem comigo!
Eu: Nossa, quanta maturidade! - Falei irônica.
Harry: Se você não fosse tão teimosa eu não precisaria fazer isso!
Eu: Eu não sou teimosa e me põe no chão, por favor. Todo mundo tá olhando.
Harry: Foda-se! Pouco me importa o que as pessoas pensam! - Falou me colocando no chão e abrindo a porta do carro.
Eu: Vamos logo! - Disse entrando no carro.
Harry: Como quiser, Mademoiselle.
Eu: Dando uma de cavalheiro, Harry?

Ele deu meia volta, entrou no carro e deu partida. No caminho fomos cantando "Somewhere Over The Rainbow"  - cantamos várias vezes porque minha casa fica um pouco longe do parque.

Harry: Chegamos!
Eu: Obrigada por me trazer.
Harry: Ah, não foi nada.
Eu: Sendo assim até amanhã.
Harry: Até. Passo aqui às nove e meia.
Eu: Combinado.

Harry foi embora e eu entrei. Arthur ainda não tinha chegado. Tomei banho, troquei de roupa, escrevi algumas coisas para o trabalho, li um pouco, assisti TV, joguei e o Arthur não chegou. Liguei pra ele e ele não atendeu. Ele só chegou umas quatro horas depois.

Eu: Até que enfim! Que demora!
Arthur: Sai com uns amigos, só isso!
Eu: Mas por quê você não ligou avisando?
Arthur: Sei lá, achei que não ia demorar.
Eu: Tá, mas quando for na próxima vez, avise, okay? - Disse me aproximando dele. - Perai, você tá fedendo a álcool?! Você andou bebendo?! Você ficou doido?!
Arthur: Eu bebi um pouco e daí?! Você não é minha mãe!
Eu: Eu não sou sua mãe, mas enquanto você estiver aqui vai ter que me respeitar!!!!
Arthur: Acontece que eu não respeito vadias! - Dei um tapa na cara dele.
Eu: NUNCA MAIS ME CHAME ASSIM, ENTENDEU?!!!
Arthur: Chamo você do jeito que eu quiser! Aliás, você traiu o Scott primeiro e quando ele te trai você faz esse maior drama?! VADIA! - Avancei em cima dele.
Eu: NINGUÉM ME CHAMA DE VADIA!
Arthur: VADIAAAAA!!!!! - Ele me empurrou para um armário e o mesmo caiu em cima de mim. É tudo o que eu lembro.

                                                                                    ************

Heeeeyyy dreamers!!!!!!! Vocês devem estar se perguntando porquê eu não postei na terça, então só continuo com pelo menos 10 comments! Ou seja, só vou continuar no fim de semana (ou amanhã dependendo) se tiver pelo menos 10 comentários, okay? Outra coisa, vou responder os comentários do capitulo passado só amanhã. Beijinhos e tenham uma boa noite!


14 comentários:

  1. !Pftoooo!!! Continua logo! Please!
    FerAndrade

    ResponderExcluir
  2. Ahh q ansiedade de ler isso hahah tava igual uma doida esperando esse cap!!

    ResponderExcluir
  3. Ta cada vez mais interessante essa fic, to amandooooo!!!!!

    ResponderExcluir
  4. continua poe favor!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  5. AHHH tava mt ansiosa por esse cap ta ótimo contiiinuuuuuaaaaaa

    ResponderExcluir
  6. Continua eu amei sua fic! por faveor!!!! :)

    ResponderExcluir
  7. Tudo PERFEITO! Estou ansiosa pelo próximo! :D

    ResponderExcluir
  8. Ahhhhh eu amei!!!!
    O Arthur ta fora da asinha é? efeito da bebida só pode ser.
    Obs: E u to esperando viu!

    ResponderExcluir
  9. http://imaginesu-hot.blogspot.com.br/2014/03/vem-ai-little-things-harry-styles.html indica?

    ResponderExcluir
  10. Amei a parti do harry e da seu nome <3

    ResponderExcluir
  11. Oi, Nova leitora aqui! Eu quero ler do começo essa fic mas não estou achando alguém pode me ajudar? <3

    ResponderExcluir

Não saia sem comentar. Dê sua opinião!!! Malikisses *-*