28 de maio de 2014

Gardênia - Cap - 5

                                      O meio (do começo)
                          Untitled

Anteriormente: - Conhece ele? retruco com as mesmas palavras-

Harry P.O.Vs


     (Seu Nome) se mexeu desconfortavelmente no banco com a situação, e então disse:


- Deixa eu apresentar vocês. -(Seu Nome) fala sorrindo- Harry este é Marvin, e Marvin, este é Harry.

       Encarei o tal Marvin com olhos mortais, deixando bem claro que não estou em missão de paz!

- Harry que bom que está aqui! -sorriu animada, ela estava radiante-

       Então ela se levantou com cuidado me procurando, me aproximei e ela me abraçou de forma calorosa, os músculos de meu corpo ficaram mais tensos com seu toque apesar de a sensação ser delicada. Não estou acostumado a receber abraços desse tipo, digo, todas as garotas que me abraçam são diferentes, certamente estou ficando com elas ou namorando, mas com (seu Nome) é um tipo totalmente oposto, ela é minha amiga.

    O homem, Marvin, pigarreou e então ela voltou a se sentar segurando as duas mãos em cima de suas pernas, ela me parecia um pouco sem graça. Inclinei minha coluna aproximando-me dela e ergui a pequena florzinha na altura de seu nariz, ela abriu um largo sorriso inalando o perfume da flor e então pegou de minha mão delicadamente.

- Trouxe pra você. -falei-

     O homem ao lado soltou um risinho debochado e pegou o grande buquê de margaridas que estava sobre o banco falando:

- Sinceramente, você merece coisa melhor (seu apelido).

      Abaixei a cabeça sentindo-me constrangido por ter levado apenas uma pequenina flor, enquanto Marvin lhe presenteou com um enorme buquê de margaridas. Eu poderia ter comprado algo maior, mas fiquei tão encantado com a beleza dessa florzinha. (Seu Nome) balançou a cabeça negativamente para Marvin e disse:

- Na verdade Marvin, essa florzinha tem o perfume mais belo que já senti em toda minha vida! -sorriu-

         Meu sorriso acompanhou o seu e Marvin fez uma carranca pra mim. Dei de ombros mentalmente não me importando com a grande e mal educada pessoa que ele é.

- Eu preciso ir. -disse ele- Mais não me sinto confortável em te deixar sozinha com ele.

       Segurei meu riso.

- Harry é meu melhor amigo Marvin, pode ir sem medo.

     Chupa essa, otário. Pensei

- Tudo bem! -me encarou com olhos sombrios e eu retribui igualmente- Tchau querida (seu nome).
- Tchau Marvin. -acenou sorrindo-

     Como ela pode suportar esse cara? Ah claro, estamos falando da (seu nome), ela não odiaria alguém nem que quisesse. Após ele se afastar sendo arrastado por seu motorista, sentei-me ao lado de (seu apelido).


Seu Nome P.O.Vs

     Senti a presença de Harry sentando-se ao meu lado no banco e um arrepio me percorreu a espinha, ele suspirou e perguntou:

- Como você está? 
- Eu estou bem. -respondi- E você como está?
- Como sempre.
- Sabe... -comecei- Pensei que você não voltaria mais aqui. -admito-
- Porque pensou isso?
- Porque você é... Rico e... Famoso.
- O que isso tem?
- É só que... Porque gasta seu tempo falando com uma cega?
- Pensei que gostava da minha companhia. -falou ofendido-
- E eu gosto! Na verdade eu amo, sua presença me faz tão bem Harry.
- Então eu não entendo porque me faz essa pergunta.

                       

- Só... Me responda. Por favor.
- Acontece que... Você também me faz bem. E estar aqui com você, faz-me esquecer tudo o que está do lado de fora. É o suficiente pra você?
- Sim. -sorri permitindo que ele relaxasse-
- E então quem é o carinha?
- É só o Marvin, ele é um velho amigo, está sempre ajudando Nana nas contas de casa.
- Sabe, eu tenho uma surpresa pra você.
- Pra mim?
- Sim.
- O que é?
- Uma notícia que pode mudar sua vida!
- Está me deixando curiosa. -sorri-
- Mais eu não vou te falar agora.
- Como não? Porque não?
- Porque é uma surpresa oras!
- Harry você não pode fazer isso comigo! -reclamo-
- Ah é? E porque não?
- Deixar um cego ansioso é a pior coisa que se pode fazer! Sem contar que é muito perigoso! -falo séria-
- Porque? -perguntou com a voz falha-

    Não aguentei sustentar minha seriedade e gargalhei de seu momento espanto.

- Olha não tem graça nenhuma! -reclamou indignado-
- Ah teve sim!
- Talvez um pouco. -admitiu e senti que ele sorria-

                                

- Harry me conte! -imploro-
- Não, você vai saber quando for a hora certa.
- Ótimo, então não fale mais comigo.

     Cruzei os braços e fiz beicinho.

- E-Eu... -ele parecia atordoado-
- Tudo bem! -sorrio- Só prometa que vai me contar o quanto antes.
- Eu prometo. -senti alívio em sua voz-
- E então, me conta sobre você.
- O que você quer saber?
- Tudo, nos conhecemos à três semanas e eu não sei praticamente nada. -sorrio-
- Tudo bem, deixa eu ver por onde começo.
- Que tal do começo?
- Ah vá, jamais em toda minha vida pensei que começaria do começo! -falou irônico-
- Muito bem Sr. Engraçadinho Styles, já deu.
- Engraçadinho Styles? Sério isso?
- Foi muito ruim?
- Foi péssimo! -gargalhou-
- Chega disso, comece logo! -falo fingindo irritação-
- Não sei bem por onde começar.
- Como ficou famoso?
- Ah, essa é fácil! Tudo começou em um reality show chamado X factor.
- Já ouvi falar de reality shows.
- Foi lá que conheci os meninos e então formamos uma banda.
- Meninos?
- Sim, somos eu, Niall, Louis, Liam e Zayn.
- São nomes adoráveis.
- Sim, você iria adorar eles também.
- É eu acho que sim. -sorri-
- Qual o nome da banda?
- One direction.
- Bem criativo.
- Obrigado, eu faço o que posso. -se gaba-
- Ok, egocentrismo agora não. -dou um riso-
- Sabe você me deu uma ideia!
- Qual?
- Eu poderia te levar pra conhecer os meninos.
- Poderia mesmo! -falo animada- Mas, não posso.
- Deixa eu adivinhar, Nana?
- Exatamente. -sorri- É tão óbvio assim?
- Não, mais é imaginável. -solta uma risadinha-
- É, eu devia saber disso. É uma pena não poder conhecê-los. -abaixo a cabeça-
- Bem, se Maomé não vai até a montanha, a montanha vai até Maomé!
- Oi? -pergunto confusa-
- Vou trazê-los aqui.
- Sério?
- Porquê não?
- Não quero incomodar.
- Você jamais incomoda.

                     

    Sorrio com suas palavras, devo acreditar nele?

- Não duvide. -ele diz como se lesse meus pensamentos-
- Como você sabe?
- Não é difícil de saber, posso ver isso através de você.
- Sou tão invisível assim?
- Invisível? Jamais! Eu diria transparente, mas nunca invisível. -gargalha-
- Ta bom, nem foi tão engraçado.
- Sabe o que eu acho?
- O que?
- Que nossa conversa acabou.
- Porque?
- Nana está caminhando em nossa direção.
- É acabou mesmo então, depois que ela começou a trabalhar durante a noite seu humor piorou.
- Ela está trabalhando a noite?
- Sim.
- E você fica aonde?
- Em casa.
- Sozinha?
- Sim. -respondo confusa com sua pergunta-
- Não sente medo.
- Bem, um pouco. Noite passado senti bastante, pensei que alguém estava me observando, mais você sabe, não posso enxergar.

Nana P.O.Vs

     Eu realmente espero que (Seu Nome) não esteja conversando com aquele garoto hoje novamente, Harry. Ainda mais depois do que descobri, quero ele bem longe dela, caso contrário ainda terei problemas com o moleque, preciso dele longe do meu caminho para não estragar os meus planos.


      Avisto o banco e percebo ele ao lado de (Seu Nome), os dois conversam. O garoto me vê e murmura algo para ela, ele também parece não gostar de ver a minha presença.

- (Seu Nome) está na hora de irmos. -falo chegando aonde eles estão-
- Ah, tudo bem vamos. -ela diz-
- Posso te acompanhar até o carro? -Harry pergunta-
- Não tem neces... -começo-
- Seria perfeito! -ela diz entrelaçando o braço dele nela-

      Decido ficar de boca fechada por hora. Após um cumprimento mais do que longo, (Seu Nome) entra no carro enquanto o rapaz a observa do lado de fora. Eu entro no banco do motorista e giro a chave para ligar o motor, mais por incrível que pareça o carro não pega. Que droga! Isso não é hora pra você dar pau. Maldito seja esse rabecão!

Mais um, espero que tenham gostado do capítulo lindas. A longfic que eu disse que postaria, a interativa sabe? Então eu postei só a metade e depois vou postar a outra metade, talvez sábado. Espero que estejam gostando, e muito obrigada pelo carinho de vocês, eu fico tão feliz! E já amo muito todas vocês. Beijoss, até o próximo ♥ -Deh

28 comentários:

  1. Longfic sabado? SABADO? Calma coraçao, vc vai aguentar ate la de ansiedade! Haushaush capitulo perfeito, cada dia mais amando Gardênia, espero nao demorar a postar o proximo ein? Beijinhos.

    ResponderExcluir
  2. Eu to tão encantada pela sua fic q as vezes penso que ela poderia ser até um livro, simplesmente perfeito

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkk que bom que você gosta linda, fico feliz! ♥

      Excluir
  3. Eu infartei! Que lindo amei o capítulo vc é demaissss! Nossa sério muitooo obrigada por postar histórias como a longfic e a interativa são incríveis eu to amando muitoo ♡♡♡
    Isa xx

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que isso amor, não tem que agradecer em nada ta bom? Eu amo postar aqui e deixar vocês felizes. *---------*

      Excluir
    2. Nossa e eu fico feliz sério ♡ seu talento é mágico ;))
      Isa xx

      Excluir
  4. GEEEEENTEE QUE FANFIC PERFEEEITA JNEALH MT DEWA CONTINUA PLS :3

    ResponderExcluir
  5. Tuts tuts tuts (parei)... CARAMBAAA, que fanfic divaaa, sério eu amo muito, a cada capítulo ela me surpreende mais... haha acho que já sei quais os planos da Nana(ô mulherzinha arrogante viu!) Espero que o Harry faça companhia na noite pra (seunome) qualquer dia desses, quando a Nana for "trabalhar" a noite -_-, ... E pra não perder o meu costume: EU JÁ AMO ESSA FIC MAIS QUE DEMAIS!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem arrogante kkk você é tão fofa Mari (posso chamar assim?) Obrigada por comentar sempre, desde o começo. Obrigada mesmo! ♥

      Excluir
  6. #Perfeitaaaaaaaaaaaaaaaaaa

    #Anna

    ResponderExcluir
  7. Uou!! Que perfeição mds.. :3 Amei como sempre! Já anciosa pro próximo capítulo!
    O Marvin é um homem mais velho?? Ele realmente gosta da SeuNome?? Me responda por favor! :)
    Beijos Deh <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim sim, ele tem por volta de 32 anos (considero velho pra ela) e na verdade ele tem uma obsessão pela (Seu Nome), não é bem um amor. Ele é louco kk

      Excluir
    2. Affs, é velho mesmo! kkk Deve ser.. :)

      Excluir
  8. Aiiii amando eternamente essa fic!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  9. continua continua!!

    ResponderExcluir
  10. Ai meu deus. Eu acompanho a fic desde o começo mas como só vejo pelo celular demora muuuuuuuitooo pra ir o coment. Maaaas eu adoroooooo essa fic e ela está entre as minhas preferidas do mundo. E olha que só está no 5º capítulo. Continua logo se não eu tenho um treco. Ah eu já te amo tbm ?
    Larissa ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awnnn que bom que você acompanha desde o começo e que bom que vc gosta. Sexta e posto mais ta bom linda? (amanhã rsrs) Ainn que bom que vc tbm gosta de mim ♥♥

      Excluir
  11. Aceita afiliação? http://1d-imagina-com-voce.blogspot.com/
    Obrigada amor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O blog não é meu amr, pergunta pra Drica ta bom?

      Excluir
  12. Nova leitora!!Nunca vi uma historia igual a essa,flor você tem muita criatividade,fic perfeita :3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada linda, espero que continue lendo viu?! kk*---------*

      Excluir
  13. Cara... eu ainda ñ to acreditando que vc leu o meu comentario!!!
    Essa fic ta D+ vc escreve MUITOO bem!!
    E a longfic... ñ tenho nem palavras pra descrever o quanto ela é perfeitaaa!!
    Psé sua gostosaaa, continua logo!!
    Bjkas da Iza!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como assim amor? Eu leio todos os comentários de vocês sempre, e respondo todos também. É isso que me deixa feliz :-) Obrigada por tudo Iza, por estar sempre comentando, obrigada mesmo. Não pense que eu não vejo porque eu vejo tudo ta bom? kk ♥♥♥

      Excluir

Não saia sem comentar. Dê sua opinião!!! Malikisses *-*