22 de julho de 2014

Gardênia - Cap - 14

                                         Ride a bike

  

Anteriormente:  Abro os olhos desligando o chuveiro rapidamente, se isso estiver certo, então significa que (Seu Nome) pode enxergar algum dia, eu seria o herói dela e o primeiro a lhe mostrar o mundo, a lhe mostrar o céu. É minha chance de mostrar que sou um verdadeiro amigo. Enrolo-me numa toalha ainda com os cabelos molhados e sento na cama com o notebook nas mãos, abro o Google e digito minha pesquisa esperando ansiosamente que tudo dê certo. Os dedos inquietos sobre o teclado, só comprovam minha ansiedade. Clico na primeira página que apareceu e começo a ler tudo o que está escrito, e com tudo eu quero dizer tudo mesmo. [...]

(Seu Nome) P.O.Vs


         Naquela noite, a última coisa que consegui foi dormir, minha cabeça latejava com tantos pensamentos e meu coração pesava com a desorganização dos sentimentos. Alguma outra coisa, não sei ao certo o que é, mas lá no fundo eu sentia que algo estava prestes a acontecer na minha vida, o que me fez ficar feliz, já que da última vez em que tive esse sentimento, Harry apareceu mudando minha vida completamente.

               Acordei sábado de manhã e o dia parecia mais lindo do que todos os outros, apesar de eu não poder vê-lo, eu era capaz de sentir todas as harmoniosas vibrações. Como por exemplo, os pássaros pareciam cantar mais alegres e o som do vento era como uma doce música a ser ouvida. Tomei banho assim como nos outros dias, mas dessa vez havia algo saindo de meus lábios, era uma música que ouvi no carro de Harry. Harry. Na verdade desde que acordei só consigo pensar nele. 

              Diferente de como as pessoas cantam normalmente, eu cantava de uma maneira totalmente oposta e acabo de me dar conta do porque. Eu estava cantando como uma garota apaixonada. Não não, pare de ser boba (seu Nome), você nem sabe como é estar apaixonada por alguém, você nunca sentiu isso e nem deve se dar ao trabalho de sentir. Caminho cuidadosamente até a cozinha e antes que chego completamente Nana aumenta e voz e me fala:

- Ah, aí está ela! Eu já estava indo atrás de você.
- Porquê? -pergunto-
- Marvin acabou de chegar pra te ver, eu entrei pra te chamar.
- Ah, o Marvin. -não pude esconder minha frustração-
- Sim, o Marvin. Agora vamos, não o faço ficar esperando. -falou me empurrando pelas costas-

               Ai essa não! A ultima pessoa que eu queria ver no momento é o Marvin. Nesse e em outros momentos também. A presença dele nunca havia me incomodado tanto quanto incomoda nesses últimos meses. Saio para a varanda e já posso ouvir sua cadeira de rodas se movimentando.

- Linda (Seu Nome)! Sua beleza deixa meu dia mais feliz minha querida.

               Ofereço-lhe um sorriso forçado, mas não faço som algum.

- Como... Como você está? -ele pergunta quando vê que não falaria nada-
- Estou ótima. -seria chato não perguntar sobre ele né?- E você?
- Admito que estou bem melhor agora aqui com você.

               E... Mais um sorriso forçado. Meu Deus (seu Nome)! O que raios Marvin te fez pra você tratá-lo desse jeito? Ótimo! Agora minha consciência está tentando me fazer sentir culpa. Sento-me na mesma cadeira de sempre e tento parecer mais gentil do que tenho sido ultimamente com o pobre Marvin.

- Então... Como andam as coisas? -Porque raios eu fiz essa pergunta?-
- Ah que bom que perguntou! -falou pegando na minha mão- Está tudo indo perfeitamente bem!

                Por algum motivo não me agradou o tom que ele usou nessa pequena frase. Foi como um iceberg. O que está escondido é muito maior do que o que está na superfície. Resumindo, tem muito mais nessas palavras do que se pode imaginar. Pouso minha mão sobre os joelhos educadamente, mas não o bastante para que ele não perceba que eu não gosto deste ato.

- Que bom Marvin.
- E você... Está precisando de alguma coisa? Qualquer coisa. Você sabe que pode contar comigo, não é?
- Ham... É claro que sei Marvin. Obrigada mais... Eu estou bem, de verdade.
- Bom... Pode me chamar a qualquer momento que eu virei correndo.

                A ultima palavra saiu mais baixa do que o normal, talvez ele tenha percebido que literalmente não poderia vir correndo, pelo fato de não ter o movimento das pernas. O que me fez sentir pena e ficar com ainda mais remorso de tratá-lo de maneira indiferente. Ainda assim, não poderia deixar de perguntar se ele pretendia demorar, afinal, hoje é sábado e com certeza -eu espero- Harry vai me encontrar lá.

- Então... Você vai demorar?
- Eu estou atrapalhando? -ele pergunta-
- Não não, nada disso. Só queria saber mesmo, seria mais confortável entrar e tomar um café caso você fosse demorar. -sorri-
- Ah eu adoraria! -nossa que bosta hein- Mas, eu tenho algumas coisas... Pendentes a resolver, então não posso.

               Isso! É melhor eu conter meu entusiasmo para que ele não perceba minha felicidade, seria muito indelicado da minha parte agir dessa forma tão pouco acolhedora.

- Mais eu fico muito feliz que você tenha pensado em me convidar para um café. -ele pega minha mão novamente-
- Falando em café... -tiro minha mão de volta e passo sobre o estômago- Nossa que fome hein?! Pois é, acho que vou entrar para comer alguma coisa, estou faminta.
- Ah... Isso, isso! Faça isso, afinal, ficar sem comer pode te deixar fraca, e não queremos isso, queremos?
- Queremos? Não não, não queremos. De maneira nenhuma. Tchau Marvin, foi bom te ver.

                 Falei já de pé entrando pra dentro de casa, ainda a tempo de ouvir o seu tchau abafado do lado de fora. Depois de passado algum tempo, eu finalmente tomei meu café da manhã e me encontrava no meu lugar preferido no mundo inteiro, O Richmond Park!

Harry P.O.Vs

             (seu Nome) vai adorar a minha ideia eu tenho certeza absoluta, apesar de eu estar de que ela nunca fez isso antes, fico feliz de ser o primeiro a lhe dar esse gostinho de liberdade, o sentimento que ela tanto ama. Fecho o carro e assim que viro a primeira rua do parque, já avisto o lugar que aluga o produto que estou interessado. Me aproximo e há um senhor de costas que imagino ser o proprietário daquele pequeno cantinho.

- Com licença, quanto é?
- 10 dólares a hora.

                  Ele se vira pra mim e é então que tenho minha grande surpresa. Para o meu total espanto, ele é o mesmo senhor que me vendeu a flor que dei a (seu Nome) algum tempo atrás! Mal percebo e estou o encarando, e imagino eu com um ar de bobão do sétimo ano, aqueles que a baba escorre pelos cantos da boca. Eca.

- O senhor é... -minha frase fica no ar quando ele me dá um sorriso e assente com a cabeça-
- Eu mesmo!
- Mais...? Como...? Eu não te encontrei mais na loja flores!
- Ah eu parei de trabalhar naquele lugar há séculos. -ele falou erguendo as mãos pra cima-
- Então o que estava fazendo lá no dia em que eu fui comprar flores? -perguntei curioso-
- Ajudando um garoto com bom coração a fazer a escolha certa. -deu uma piscadela-
- Mais... Como o senhor sabia que eu estaria lá? Porque isso não faz sentido pra mim?
- Porque você faz muitas perguntas bom garoto. Pare de se questionar sobre tudo, são coisas da vida. Viva assim e vai ser muito feliz.
- Viver sem questionar? -perguntei à mim mesmo-
- Então? Vai querer uma ou não?

                 Por um momento havia me esquecido do meu real objetivo de ter ido até ali.

- Ah, sim sim, eu vou querer. -falei pegando dez dólares no bolso-
- Quer escolher?
- Pode ser aquela azul ali.
- Tudo bem. -ele disse-
- Vai estar sempre aqui?
- Porque? -perguntou desconfiado-
- O que aconteceu com o "não questione"? -perguntei divertido-
- Sou apenas um velho prevenido garoto. -ele sorriu para mim- Mas, a resposta para sua pergunta é não. Não estarei sempre aqui.
- Mais então... Como eu posso te encontrar de novo?
- Quando você menos esperar, ira me ver por aí.
- O que... -ele me interrompeu-
- Ande, vamos. Não quer deixar sua garota esperando, não é?
- Não. -sorri- Até mais.

             Acenei com a mão e corri com a bicicleta ao meu lado em direção a onde (seu Nome) fica, tenho certeza que ela vai amar, pelo menos a conhecendo como eu conheço. Mais agora aqui entre nós, aquele senhor sempre consegue me deixar encabulado. Aproximo-me do nosso querido banco e meu coração se incendeia de sentimentos, como em todas as vezes que vejo aqueles lindos cabelos ruivos balançando com o vento, e aquelas maçãs rosadas com aspecto fino. Sentimentos que só sinto ao lado dela e com ela, sentimentos tão bons que é impossível encontrar as palavras certas para descrevê-lo. A única certeza que tenho, é a de que eu nunca havia sentido algo assim por ninguém na minha vida, e Deus! Eu quero tanto que ela sinta o mesmo por mim.

              Meu sorriso se alarga à medida que eu caminho em sua direção, da mesma maneira minhas pernas parecem se alargar de tão moles que ficam, meu estômago dá voltar como se borboletas estivessem brincando lá dentro. O amor faz isso com a gente? A única coisa que eu quero, é tentar colocar naquela linda cabecinha, que eu não me importo se ela pode me ver ou não. Não me importo se ela é rica, famosa ou tem contatos importantes. Eu só me importo se ela é ela. Desse jeitinho meigo que só ela tem, com esse sorriso fofo que te faz sorrir involuntariamente, com esses olhos que ao mesmo tempo sem vida, trazem tanta alegria as pessoas. É isso que quero fazê-la perceber, e eu sei que vou conseguir.

- Me esperando? -pergunto sorrindo assim que fico à sua frente-
- Harry! -ela sorri se levantando- Cadê você?

                Largo a bicicleta e coloco minhas mãos nas suas. Rapidamente seus braços estão envoltos no meu pescoço em um grande abraço. Seus abraços são os melhores para mim. Quando estamos juntos é como se mais nada importasse ou existisse, nem mesmo aquele beijo da noite passada deixou que ficássemos receosos um com o outro. Tudo o que tem aqui e agora, são dois jovens que acima de tudo e todos tem uma linda amizade que nada nem ninguém pode abalar.

- Como você está? -pergunto assim que nos separamos-
- Bem melhor, aquele remédio que você me deu parece ser mágico! -ela falou animada e sorrindo-

                  Eu já mencionei o quanto amo o sorriso dessa garota? Pois bem! Tome notas disso.

- Eu fico muito feliz com isso, caso contrário teria que deixar minha surpresa pra outro dia. -sorri-
- Surpresa? -ela pergunta animada- Harry você tem uma surpresa? O quê é? -pergunta curiosa-
- Bem, nós vamos... Não sei se devo falar.
- Fala logo Harry! -falou em um tom fofo e fez biquinho-

                 Meu Deus! Ela quer me deixar louco fazendo biquinho desse jeito? Acho que ela já me venceu nessa batalha depois disso. Porque homem tem que ser tão fraco quando as garotas usam esse tom de voz e fazem biquinho? Que droga hein?!

- Ta bom ta bom, eu falo.
- Isso! Diz logo vai.
- Nós vamos andar de bicicleta!
- Ai Meu Deus Harry! Tá falando sério? Eu sempre sonhei em andar de bicicleta!
- Eu sabia que você ia gostar. Me dei conta disso por saber que você ama a sensação de liberdade, essa é uma grande maneira de se sentir livre.
- O que eu vou sentir quando estiver andando? -pergunta entusiasmada-
- Você vai sentir.... -penso- Vai sentir que é um pássaro dando seu primeiro voo. Você ira amar.
- Eu gosto de pássaros! -ela diz sorrindo-
- Então você vem? -falo tocando sua mão-
- Sim. -ela assente sorrindo, segurando minha mão com força-

                Peguei a bicicleta e expliquei a (seu Nome) exatamente como era. Ela estava tão feliz e animada ao mesmo tempo que acho que qualquer pessoa infeliz que tocasse nela seria contagiado pela sua alegria. Estávamos prontos para dar a partida.

- Tudo bem, eu quero se segure com força em mim e não solte, tá legal? -falei-
- Ta bom! -ela falou sorrindo-
- E... Lá vamos nós.

                   Comecei a pedalar e senti seus braços se apertando com força no meu peitoral, eu estava tão feliz por tê-la feito feliz que acho que nada vai superar a alegria deste momento. Começamos a ganhar velocidade e (seu Nome) parecia estar perdendo o medo aos poucos. Eu pude sentir quando seus braços se afrouxaram o suficiente para que eu pudesse voltar a respirar normalmente.
                

(Seu Nome) P.O.Vs

            Acho que esse é o dia mais feliz da minha vida! Um dos dias mais felizes da minha vida na verdade, já que o primeiro foi quando conheci Harry. Meu Deus, tudo o que ele faz é tão perfeito que não parece ser real, e acreditem eu me questiono toda hora se ainda não estou sonhando e a qualquer momento vou acordar vendo que tudo não passou de mais um filme sem figuras na minha mente.

               Eu estava receosa, na verdade quando começamos a nos movimentar o meu coração deu um salto triplo e foi parar no meu estômago. Mas então eu comecei a pensar em Harry e no meu primeiro beijo noite passada com ele, e de repente eu me sentia tão segura nos seus braços, como se mal nenhum pudesse ser capaz de me atingir, é assim que me sinto ao lado de Harry. Esse sentimento é tão lindo que as vezes parece não caber dentro de mim e transbordar pra fora do meu coração. Qual o nome pra isso?

                                    Homenagem ao capítulo com: HARRY STYLES
      

Eu só tenho uma coisa há dizer para nossa querida (seu Nome): O nome disso é AMOR minha querida, acorda pra vida! Rsrsrs oooi minhass lindas, como vocês estão? Finalmente vou voltar a postar agora neh? A viagem foi ótima (ninguém perguntou). Mas enfim, quero saber o que estão achando então comentem okay? Vou terminar a longfics do Louis logo, porque estou louca pra postar a longfic interativa de terror que eu fiz. Alguém gosta de terror? Haha beijos Gardeners. -Deh ♥

22 comentários:

  1. Awn awn awn que lindo esse capítulo! hj eu tava pensando em como Gardênia é especial ♡♡♡ sei lá deu uma leve impressão de que o Marvin ia "me" pedir em casamento mas devo tá viajando hahah pra mim a fic tá incrível quero que nunca acabe! :P e eu to ansiosa para os novos projetos pq eu gosto de terror *-* e que bom que a viagem foi boa ♥ bjss
    Gardner Isa xx

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Primeira a comentar W O W ♡♡♡
      Isa xx

      Excluir
    2. Primeiríssima a comentar Isa kkk Hey! Acho que você está adiantando um pouco as coisas hein?! Está prevendo a fic O_o Que não gosta de um pouquinho de terror neh?! Bjsss Isa

      Excluir
    3. *---* hahah não te falei? Sou vidente...sqn ! hahahah bjss
      Isa xx

      Excluir
    4. Sua Fic é perfeita!! Vc escreve muito bem... ♥ Bjs Andressa!!

      #Bia

      Excluir
  2. Own, andar de bicicleta é uma das melhores coisas a se fazer na vida.... ♥♥♥ - Achei fofo o capítulo -
    E.... eu aoro histórias de terror (acho que já comentei isso com você) :3
    Posta logo viu?? Te adoroooo ツ

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awnn Angélica que saudades suas. Andar de bicicleta é vida neh?! kk Quarta eu posto mais :)

      Excluir
  3. Ela voltouuuu TUTS TUTS TUTS *---* anw gente eu não tô bem, esse capítulo diwo de Gardênia, e amanhã os 4 anos de 1D, sentimentos abalados com sucesso... Sobre o capítulo: Muito perfeito, e (SeuNome) e Harry, parem de enrolação, casem-se logo, tenham 2 filhos e um cachorro chamado Rex... Ta parei, é uma fanfic, tem muita história pra se contar ainda (que ótimo :) ) I'm Marry/Hariana shipper forever *-----* só mais um detalhe: EU AMO ESSA FANFIC MAIS QUE DEMAIS <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu vooolteeeei 0/ Todos os sentimentos abalados com esse dia. MEU DEUS ELES CRESCERAM! Mari você tem toda razão, (seu Nome) já ta dormindo no ponto. Cara, é HARRY STYLES! Rsrs to meio doida hoje. Bjssss Marii ♥

      Excluir
  4. nossa ta lindo! sua fic toda é per-fect !!!! eu já ai até reclamar sobre não ter fanfics do Louis no blog então você é uma ótima escritora divia escrever um livro! sério! olha queria perguntar se tem vaga no blog pra escritoras? eu amooo escrever fanfics e imagines só que não consigo me increver nesse blog espero sua resposta ok?
    meu face é: jara rampon se quiser procurar e meu twitter é @jyara1d

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oooi linda, então, eu não sou a dona do blog, é a Drica. Você teria que ver isso com ela, procura ela no facebook, o grupo do blog tá ali no canto direito da página escrito: GRUPO OFICIAL. Lá você pode perguntar pra ela ta bom linda? Bjss

      Excluir
  5. Hhhuuuuummm... eu ADOROOO TERROR!! Mais voltando ao assunto: CARALHOOO!!!( foi mal no palavrão) ESSA FIC TA MAIS QUE D+++ Ñ TENHO NEM PALAVRAS PRA DIZER O QUANTO EU AMOOO ESSA FIC!!(♥♥)
    E EU Ñ POSSO ESQUECER DA AUTORA MARAVILHOSAAA DIWAAAA E GOSTOSAAAA QUE TEVE A IDEIA DE CRIAR ESSA FIC!!! COMO EU JÁ DISSE E TORNO A DIZER: EU SOU SUA FÃ!! SE QUISER CASAR COMIGO TÓ ACEITANDO!! (kkkkkk) PSÉ, JÁ FALEI D+. ATÉ O PROXIMO CAP. BJKAS NOS PULMÕES!!! ♥♥♥♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu Deus, mais uma marida pra minha coleção de maridas virtuais kkkkk Eu caso Iza u.u Que dia a gente pode marcar a data? kk Não sei como é receber um beijos nos pulmões mais espero que seja bom kk Bjss ♥

      Excluir
  6. Ownty, gente, esse capitulo foi tão meigo *--* So Cute *.* Amei esse capitulo, assim como amei os todos os anteriores e amarei todos os que ainda estão por vim.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awnn que bom que você gostou Juh, eu realmente espero que você ame os outros capítulos linda. Beijossss ♫♪

      Excluir
  7. OMG que perfeito, que senhor misterioso esse eu hein, como foi a viagem??? ( viu eu perguntei kkkk parei), eu amo terror *-* a fic e com quem ????
    Bjkss

    XXChris

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai ser interativa amor^^ Que bom que você perguntou kk

      Excluir
  8. CONTINUAAAAAAAAAAAAAAA PLEASEEEEEE!!! TA PER-FECT! CONTINUA HOJE??? PLEASEEEEE!! MINHA VIDA DEPENDE DISSO!!!! -juliana :)

    ResponderExcluir
  9. Nossa graças ao meu bom Deus q vc voltou, ñ aguentava mais ficar sem Gardênia;o q eu posso falar? O capítulo tava perfeito como sempre, uuuu terror...adoro!!! Continua logo pq se ñ eu voltar um principio de um Heart attack *-*

    ResponderExcluir
  10. Awn cap perfect e muito fofo amei, andar de bike é vida.
    Eu pensei q vc tinha abandonado a fic quase entrei em depressão por isso kkkkkkkkk tava morrendo de saudades de gardênia <3
    Eu já falei que vc é diwa? Não desculpa. Então vc É DIWA kkkk
    por favor não demora pra postar o próximo.
    Xx Mariana

    ResponderExcluir
  11. esse capitulo foi maravilhoso eu adoro terror posta logo à longfic de terror

    ResponderExcluir
  12. Amei amei amei!! Please continua logo,está perfeito!

    ResponderExcluir

Não saia sem comentar. Dê sua opinião!!! Malikisses *-*