13 de agosto de 2014

MINI IMAGINE - ALIVE

MINI IMAGINE COM ZAYN MALIK - PARTE 3/3




YOU REALLY FALL IN LOVE, JUST ONE TIME...

ANOS DEPOIS

NARRAÇÃO: Zayn Malik

É ... eu não sabia que essa garota poderia mudar minha vida assim, mas mudou, e hoje com 25 anos, ainda lembro dela... 


Lutei tanto, com faculdade completa, acabei descobrindo vários artistas.. agora sou um produtor musical renomado. Não vou reclamar, gosto disso, mas... não sou feliz. Não me sinto feliz, sinto que falta alguma coisa está faltando. 
- senhor Malik? 
Sai dos meus pensamentos, e encarei Bridgit minha secretária. 
- sim? 
- a nova cantora. Sabe, aquela que Louis disse que era boa. 
- hum... sim, sei - disse com desinteresse - vamos ver se ela é tudo isso mesmo - me levantei 
Não sei se Louis estava apenas querendo agradar uma garota (ele sempre faz isso, quando acha uma garota mais bonitinha, acaba jogando pra mim). E de todas, apenas uma serviu de fato, então não tenho esperança nenhuma que essa tal garota seja boa. 
Entrei na sala de música, me sentei, acho que ela entrou mas não lhe dei atenção, estava fazendo algumas anotações. 
- Zayn? - disse Louis 
- oi cara, e aí? - fizemos nosso toque - o que temos dessa vez? - revirei os olhos 
- não, agora é diferente 
- diferente como todas as outras. 
- olha se for pra escutar esse cara me tratando como uma qualquer uma, vou me mandar, tá legal? 
- ei, garota - eu disse - eu posso ser seu futuro, mas se continuar assim, te mando embora 
- olha, eu vou, com todo prazer - se levantou 
Então finalmente olhei pra garota. Mas Louis a impediu que saísse. 
- seu nome, esse é o Zayn! 
- me encarou - Zayn? 
Então reconheci aqueles olhos claros. Fiquei assustado, sem reação, depois de anos, fiquei sem reação ao ver alguém. 
- seu nome... hum... é.. bom te ver, depois de... é... anos 
- riu - meu Deus, Zayn - me abraçou 
Hesitei, mas correspondi ao abraço, era um abraço tão sincero, até me assustava com a sinceridade do seu abraço. Ela me soltou e me encarou com um sorriso, ela tinha um sorriso de uma mulher, mas continuava com aquele brilho adolescente. 
- Eu não queria te atrapalhar - sorriu - não, eu queria sim. - rimos - bem... só queria te rever mesmo, queria ver se você... estava feliz 
- ah .. eu, não, quer dizer, sim... sim estou muito feliz, obrigado por vir aqui, se preocupar - sorri de canto 
- bem... não vou mais te atrapalhar, já vou... vamos Lou? 
- claro - sorriu 
- vocês viraram amigos? 
- ah, não comentei, ela namora meu amigo, então fugimos rapidinho
- namora? - perguntou 
- aham - mostrou o anel - eu sei... incrivel - riu - espero te ver de novo 
- é... - suspirei - espero te ver também.. bem... tchau
Beijei seu rosto, e ela me abraçou de novo. Eu sorri com seu abraço, e depois ela saiu. 
Espera... eu deixei ela ir de novo? 

{...} 
Narração: seu nome
Não sei porque... mas me sentia tão feliz por ter reencontrado Zayn. 
É tão estranho, não o conheci por muito tempo, mas o pouco que o conheci, ele me marcou muito...
Mas acabou, o momento acabou, passou eu sei, tudo bem... 
Eu já estava em casa, morava sozinha em um apartamento pequeno, depois de um tempo meu celular tocou, mas era um número desconhecido. 
- alô? 
- seu nome, é o Zayn 
- Oi -sorri - como conseguiu meu número?
- Louis - riu - queria... saber se por um acaso não queria... sei lá, ir num restaurante
- quando? 
- amanhã? 
- tudo bem 
- sério? - disse surpreso - quer dizer... okay, te pego em casa, amanhã, as 20h00, certo? 
- ri - tudo bem, Zayn. 
- então, tchau 
- tchau, qualquer coisa liga 
Deixei meu celular na mesa de centro da sala. Meu namorado havia viajado, ele é um empresário, vive viajando. Ainda não creio como fui achá-lo, e como ele pode me amar, somos diferentes, no começo estava tão divertido, mas... não sei, bem, deixa isso quieto. Depois de um tempo, fui tomar um banho, e coloquei um pijama e fui dormir... 
Narração: Zayn Malik 
Depois de um tempo de trabalho, eu já estava um pouco cansado. Mas depois de algumas horas, voltei pra casa. Ao chegar, tirei minha jaqueta, e a joguei na poltrona, olhei para o calendário. 
- merda! 
Esqueci totalmente do jantar com a seu nome, como eu consegui esquecer? Fui correndo para o meu quarto, logo depois, fui ao banheiro, tomei um banho, e saí com a toalha na cintura. Olhei para o relógio, e era 18h30, fui para o closet, procurei uma roupa, e logo coloquei. Arrumei meu cabelo, e desci as escadas, olhando no relógio, notei ser 19h27, peguei minhas chaves e me direcionei ao meu carro. 
O endereço, consegui com Louis, porque quando ela disse sim, por algum motivo fiquei tão nervoso, que esqueci de pedir seu endereço. Mas eu não posso me iludir, ela está noiva, além de que, deve ter mudado bastante, não deve ser mais aquela adolescente louca, que vivia fazendo piadas, bebendo, e não levando nada a sério. 
Depois de um tempo, cheguei em sua casa, melhor, no condomínio, era simples, porém bonito. Pedi para que a chamassem, e assim fizeram. 
Logo ela apareceu, estava com uma roupa nada extravagante, porém linda. Ao me ver sorriu, veio até mim e me abraçou. 
- Oi Zayn - sorriu 
- Oi seu nome... vamos?
Ela assentiu, abri a porta pra ela, algo que a fez rir, mas mesmo assim entrou no carro. Quando entrei, ela ainda ria baixo, e depois me encarou. 
- Você ainda faz a linha cavalheiro? 
- hum... se isso é ser cavalheiro - dei de ombros e comecei a dirigir 
- pensava que depois de tudo, tinha deixado isso pra lá, afinal é só estalar os dedos que tem várias aos seus pés 
- é... mas, nenhuma delas é quem eu de fato quero 
Ela ficou um tempo em silêncio, enquanto eu dirigia normalmente. 
- Afinal... eu deixei de ser o idiota de antes 
- hum? Idiota? Qual é, Zayn? Você era legal 
- um legal idiota - resmunguei 
- você e essa sua mania de se colocar pra baixo- revirou os olhos
- apenas a verdade 
- eu sou uma pessoa verdadeira, se fosse verdade eu concordaria
- sabia que você é uma das poucas pessoas que consegue me enfrentar, tipo, comprar briga comigo - ri 
- poucas?
- você e os meninos, especialmente Louis... 
- deve ser porque sabemos quem você é 
Eu apenas sorri como resposta, e depois de um tempo chegamos no restaurante. Entreguei a chave para que estacionassem meu carro,e  pedi a mesa que havia reservado. Nos sentamos, ela olhou em volta, e logo voltou a me encarar com um sorrisinho de canto. 
- o que foi? - perguntei 
- nada - riu - mas da próxima vez, vou te levar na melhor lanchonete da cidade, sério, é a  melhor
- comecei a rir - eu jurava que você tinha mudado 
- claro que eu mudei, olha, meu cabelo cresceu - riu
- fiz um sinal negativo e ri - seu nome, sendo a mesma seu nome
- Louis e Harry falaram que você mudou 
Fiz os pedidos, e logo a encarei para responder sua pergunta. 
- mudei... 
- disseram que você está meio ignorante e frio, não acreditei 
- por que não? - ergui uma sobrancelha 
- um cara como você não poderia ser isso 
- coisas mudam - dei de ombros 
- prefiro não acreditar - sorriu
É ela continua a mesma... a primeira garota que me apaixonei de verdade e não... não Malik, esquece isso por favor, seu nome tem namorado, de um cara bem melhor que você, preciso esquecer. 
Então comemos, conversamos, rimos e rimos um pouco mais... ela continuava com as piadas, e as risadas. Quando acabamos o jantar, já era 01h30, paguei a conta, por mais que ela quisesse ajudar, não deixei, então fomos embora... 
A levei até seu condomínio, nos despedimos e eu voltei pra minha casa. 
1 Semana Depois < 
Narrador On * 
Havia uma semana desde que eles haviam jantado juntos. 
O noivo da dela, Bradon, havia chegado da viajem. 
- amor? 
Seu nome foi até Bradon e o beijou. 

- sentiu saudades? - ele perguntou e sorriu 
- sim - sorriu - como foi em Miami? 
- tudo bem - piscou - e você fez algo por aqui? 
- hum... só revi um amigo da época de colégio. 
- amigo é? 
- é, Brad, um amigo - riu - e... - ouviram a campainha. 
Seu nome estranhou, pois não esperava ninguém, abriu a porta e era Zayn. Ela sorriu e o abraçou. 
- Eu... estava no tédio, achei que você também estaria 
- estava, mas Bradon chegou 
- Bradon? 
- namorado dela, prazer - se aproximou e estendeu a mão 
- Zayn Malik - apertou sua mão 
- você... não é aquele produtor musical, famoso
- é, sou - deu de ombros 
- ah - mudou para um sorriso - entre Sr. Malik 
Zayn entrou, mesmo estranhando o interesse visível em Bradon, algo que odiou. Seu nome trouxe um café (evitava beber perto de Brad, pra não parecer uma louca bêbada). Então começaram a conversar, mas Bradon apenas falava de negócios, Zayn achava a conversa um tédio legal, então agiu como age com qualquer um, sempre com certa frieza. Até assustava a Seu nome, afinal estava totalmente diferente do jantar noite passada. 
- bem... eu vou indo, já está meio tarde - Zayn disse
Wikia (Vampire Diaries)
- ah claro, Zayn - sorriu - te acompanho 
Ele se despediu de Brad, e seu nome o levou até seu carro. Antes de sair. Ele a abraçou. 
- Não acredito que você vai casar com esse cara - disse se soltando do abraço 
- o que? p... por quê? 
Ele colocou a mão em seu rosto e ficou próximo, e ela apenas encarava seus olhos. 
- ele é um careta, que só fala de negócios, nada haver com você 
- e.. ele não era assim no começo -gaguejou
- você não tá gaguejando? eu não acredito - ele riu - uau, me lembro que eu que gaguejava quando você ficava perto, aliás, mesmo com esse suéter grande, e uma calça jeans você fica linda 
- Zayn, você deveria não pensar em mim desse jeito 
- ah, você não gosta? Então por que ainda não se afastou? Ainda deixa eu segurar seu rosto, e em nenhum momento desviou o olhar 
- porque... eu... você é meu amigo, só isso 
- me fala, por quê continua com ele? Você merece mais que isso 
- mais, tipo quem? Você? - ela sorriu 
- tipo eu sim, não vou negar. 
- Por quê? Senhor Malik - ela disse com sarcasmo - você tem dinheiro? É famoso, eu sou muito feliz por você, mas não é isso que vai me fazer me apaixonar por você 
- então o que vai fazer você gostar de mim? 
Ela saiu de perto dele, e enquanto ela se afastava, se virou. 
- é só você ser quem você é! 
- tipo o quê? 
- o cara debaixo dessa roupa de marca e carro importado! 
Ela foi embora, e Zayn não se lembrava da última vez que se sentira tão alegre. Entrou no carro, apenas com suas palavras ecoando em sua mente. Isso era um chance, ele tinha uma chance... mal acreditava... 
seu nome volto pra casa, com um sorrisinho no rosto, mas logo o desmanchou, quando viu Brad deitado na cama dormindo, então lembrou que estava namorando, quase noiva, e que não poderia ter dado essa esperança ao Zayn... 

 Dia Seguinte < 

Zayn acordou, tomou um bom banho, colocou uma calça, tênis, e uma camiseta. Foi para o estúdio. Ao chegar já se focou no trabalho, depois de um tempo, alguém entrou no seu escritório, olhou, e viu Louis adentrando o local, já se jogando no sofá. 

- acho que eu deveria começar a pedir pros seguranças te barrarem 
- haha, super engraçado Malik - riu 
- o que você quer? 
- au, me tratando assim até machuca - ele disse sarcástico 
- haha, super engraçado Tomlinson 
- vim saber como está sua alma gêmea 
- cara, eu não sei se eu te agradeço ou se te jogo pela janela 
- por quê? 
- NAMORANDO! Esse é meu problema, o pior é que ela continua a mesma. 
- meu amigo, não é porque tem goleiro que você não pode fazer gol. O tal cara é apenas um obstáculo 
- ei, ei... ele não era seu amigo? 
- que nada, o cara é um saco... mentira, ele é legal, simpático, ótimo empresário 
- por favor, só fale coisas ruins dele 
- riu - mas ele é um saco, considero amigo, porque meu pai quer que eu o considere amigo, sacou? 
- saquei, então você acha que... 
- você tem chance? olha se eu fosse ela não, mas como ela é simplesmente a seu nome, sim 
- olha você é um péssimo amigo 
- mas um ótimo cupido - piscou 
- nossa, ótimo... tanto que me arrumou uma garota namorando
- todas as garotas que já te arrumei, você arrumava um defeito, todas estão aos seus pés, mas não... você quer a velha seu nome - revirou os olhos 
- porque a seu nome é a única que não está aos meus pés 
- você é difícil de entender 
- só que... eu sei que ela quer que eu tente... ontem foi meio que ela me deu uma esperança... e nossa, o tal Bradon é inteligente, mas um saco 
- agora você sabe como eu me sinto com seus amigos pé no saco
- okay, agora eu compreendo... mas sei lá, acho que ele não é um cara pra ela... ela até muda na frente dele... 
- por isso Malik, ele não é o cara certo, você é o cara certo 
- e o que eu tenho que fazer? 
- se a seu nome gosta de você do jeito que você é, seja quem você é, só que de um jeito bem mais simples... sem coisas caras, apenas esse Zayn aí 
- "Zayn aí" até parece que sou qualquer um 
- bem... 
- com um amigo como você, posso entrar em depressão 
- vamos lá, convide ela... não sei, sair, só para andar, tenho certeza que no meio do caminho ela arrume algo interessante 
- ela disse que me levaria na melhor lanchonete da cidade. 
- então, fala pra ela te levar lá, ai vocês conversam, se beijam, transam e vivem felizes pra sempre 
- riu - okay, Louis... você me ajudou muito - disse sarcástico - vou ligar pra ela 
- se levanto automaticamente - deixa no viva voz 
- sabia que parecemos dois adolescentes idiotas? 
- e daí? Cala a boca, coloca no viva voz 
- Tomlinson... 
- viva voz - ele disse pausadamente e se aproximou da mesa do Malik 

Zayn revirou os olhos, colocou no viva voz, e ligou pra ela. 

- Zayn? 
- Oi seu nome
- hum... é ... Oi - riu 
- queria saber se você ainda poderia me levar naquela lanchonete 
- Zayn... namorando okay? 
- cara, fala que é na amizade - Louis sussurrou 
- só na amizade - Zayn disse 
- suspirou - certo, pode ser... hoje? 
- já? hoje? 
- algum problema? 
- não, nenhum... bem, te pego as 18h00? 
- tudo bem, tchau Zayn 
- tchau - desligou 

- yes! - Louis comemorou - não estrague tudo 
- eu?! Olha Louis, não vou discutir, são 17h00, então 
- vai pra casa agora! 
- não grita 
- grito sim! Agora vai! 

Ele deu algumas ordens para o pessoal, e foi direto pra casa, tomou um banho, escolheu uma roupa não muito extravagante. Arrumou o cabelo, deixou seu velho topete, e saiu. 
Chegou em ponto, e pediu para que a chamassem. Depois de alguns minutos ela desceu, estava com uma maquiagem leve, rímel, lápis de olho e batom. Calça, tênis, camiseta da sua banda preferida, e uma jaqueta. 
Se aproximou e beijou o rosto de Zayn, que a abraçou. 

- bem... - ele começou
- vamos nos divertir - ela riu 
 - o que você tem em mente? 
- hum... vou dirigir 
- não sei se... 
- não foi uma pergunta - pegou as chaves de sua mão 
- seu nome! 
- relaxa, eu sei dirigir, vamos. 

Ela entrou no carro, ele ficou encarando a situação, até que ela buzinou, ele deu um pulo, suspirou e entrou no carro. 

- Olha, qual o problema de mim, Zayn Malik, cujo é o dono do carro, dirigir? 
- Zayn Malik, cujo é o dono do carro, não sabe se divertir 
- sei sim 
- ligou o carro - pode até saber, mas não como eu - sorriu 

Ela começou a dirigir , e até que dirigia bem, Zayn estava começando a relaxar quando... 

- e aí Zayn, com emoção ou sem emoção? 
- como assim... 
- sem emoção - ela continuou dirigindo normalmente - agora - acelerou - com emoção 

Então ela acelerou,e  por alguns segundos tirou as mãos do volantes, Zayn quase teve um ataque, até que ela voltou a dirigir, ultrapassando alguns carros. Depois desse sufoco ela voltou a dirigir normalmente, enquanto ele estava com a respiração descompensada. 

- sem emoção por favor - ele suspirou 

Então ela começou rir, rir de verdade da reação dele, ela tinha uma risada tão boa, que o deixou calmo, e acabou rindo também. 

- Eu quero me divertir sim seu  nome, mas... preciso estar vivo amanhã tenho que trabalhar 
- uau, você tem que trabalhar - ela disse sarcástica 
- e você trabalha? 
- trabalho, faço algumas pinturas e vendo, então tenho uma grana guardada 
- riu - mesmo assim preciso trab... 
- SILÊNCIO! Se você falar outra vez "eu tenho que trabalhar amanhã" - o imitou com uma voz ridícula - eu dirijo com emoção até chegar na lanchonete 
- okay - nada de... hum... essa frase, você sabe qual 
- ótimo - riu - mas - virou a esquina - chegamos. 

Ela estacionou, e logo saíram. 

- Vai devolver minhas chaves? 
- não. Fica de boa não vou roubar seu carro, só pra você não fugir da diversão 
- se a diversão envolver você, por mais insana que seja eu não vou fugir - riu 

Ela o encarou e sorriu, mas logo desviou o olhar, e foi até o balcão. Começou a fazer pedidos, e depois que terminou, eles (depois de um resistência do Zayn) racharam a conta. Procuraram uma mesa, e se sentaram. 

- Gostei da lanchonete 
- sorriu - não é nada luxuoso, mas o hambúrguer daqui é uma obra divina 
- do jeito que você fala, até parece algo abençoado 
- ela riu - bem - os pedidos chegaram - experimenta, e você vai me entender. 

Zayn experimentou, e entendeu totalmente o que ela estava falando. 

- uau - ele disse de boca cheia 
- eu sei! 

Depois de comer até cansar, saíram da lanchonete ainda rindo de uma das piadas idiotas da seu nome. 

- hum... são 00h30 - ela disse 
- passou meio rápido o tempo - ele riu 
- vamos no parque restrito? 
- qu... ah, não está meio tarde pode ser meio perig... 
- ah, é, lembrei... eu estou com a chave - riu e correu até o carro. 

Zayn acabou correndo atrás dela, ambos entraram no carro, e ela dirigiu para o parque restrito, enquanto Zayn rezava mentalmente para que ela não dirigisse "com emoção". 
Mas isso não aconteceu e eles chegaram no parque restrito, ela estacionou e logo foram pular a grade para entrar. 
Ao chegar, se deitaram na grama, e ficaram olhando a lua, em um breve silêncio. 

- fizemos isso a um tempo.... - Zayn lembrou 
- eu gosto daqui.... 
- não dá... eu preciso perguntar de novo por que você está com esse cara? 

Ela se levantou, mas ele logo foi atrás dela segurando seu braço. 

- me fala, preciso saber
- suspirou - porque eu gostei dele.. quando nos conhecemos foi tudo um mar de rosa, mas ele começou a trabalhar e as coisas ficaram meio chatas
- porque não deixa tudo isso, você... você me tem agora 
- cara, você caiu de paraquedas na minha vida, eu não posso largar tudo e ir com você 
- olha só, seu nome, você que me ensinou e ainda ensina o que é ser feliz.. mas ironicamente vai viver com um cara que é não é o amor da sua vida 
- o que você quer que eu faça?! JOGUE TUDO PRO ALTO?! 
- quero, quero você jogue tudo pro alto e fique comigo - a beijou

No inicio ela não correspondeu, tentou o empurrar, mas ele era persistente, então acabou cedendo. Mas depois, se separaram. 

- ah que merda - ela disse - namorando, quase noiva, seu nome!
- de um cara que você não ama, um pé no saco 
- eu já amei muito ele, posso voltar a amá-lo de novo! 
- e eu? Me fala! 1 mês juntos, e fomos felizes, fomos perdidamente apaixonados, não foi só um amor idiota adolescente eu sei! 
- Zayn eu... 
- fala, mas fala olhando nos meus olhos que me esqueceu totalmente, que nunca se pegou pensando em mim e sentiu minha falta, vamos, FALA! 
- olhou em seus olhos - eu... Zayn, por que você está fazendo isso? 
- porque depois de todo esse tempo, eu pensava que eu tinha te esquecido, que era melhor sozinho mas ... não, te encontrei um dia desses e já quero você de novo..
- Zayn - ela disse 
Ela estava disposta a dispensa-lo, mas as palavram simplesmente não saíam de sua boca. seu nome abria a boca, mas não conseguia dizer "não dá", "não posso" "vá embora." a única coisa, que ela tinha certeza que poderia falar era "fique por favor". 
- o que foi? - ele perguntou 
- sempre fui sincera então...  eu ia falar pra você ir embora, mas não consigo, porque... quando eu disse que sentiria sua falta eu não menti... sinto falta, sinto muita a sua falta. Por esses anos, doeu muito, porque parece que só depois que você foi pra faculdade eu... eu senti mesmo tudo- suspirou - não te esqueci - o beijou
Era um beijo calmo, sem pressa, como se o mundo parasse de girar,e  eles pela primeira vez sentissem as famosas borboletas. 

- Zayn... 
- quer que eu me declare? tudo bem... seu nome, te conheci por um mês e foi o mês mais feliz da minha vida, você não tem ideia quantas garotas já passaram por mim, e eu nunca notei, mas eu procurava em todas as qualidades que você, só você tem... parece bem louco, na verdade é, só que não posso deixar você escapar de mim de novo

Seu nome ficava sem palavras, cada palavra do Zayn fazia seu coração disparar, eram tão sinceras, a vontade de beijá-lo era enorme, então notou que assim como ele disse, não podia deixa-lo escapar assim. 

- você é louco - ela riu - mas tem razão - sorriu 
- eu sei, costumo ter razão 
- não sempre, senhor Malik - ela disse ironica 

Ele sorriu e a puxou para perto de si, a abraçou forte e ela correspondeu, fechou seus olhos sentindo apenas seu abraço, nem parecia acreditar que teria essa "sorte" talvez, de reecontra-la.  
Depois de sair desse assunto, e conversar coisas aleatórias, enquanto olhavam para o céu. Notaram que tinha que ir embora, que sem demoras iria amanhecer. Ele a levou até seu condominio. Ao chegar, ela saiu, estava entrando quando ele a puxou e lhe deu um beijo. 

- Zayn - ela riu - alguém pode ver 
- e daí? - ele disse voltando pro carro 
- ei! 
- que? - se virou 
- boa noite - sorriu 
- boa noite - sorriu

Ela entrou, e foi até seu apartamento, tomou um banho, colocou um pijama, e se jogou na cama. 

- Eu estou ferrada - disse a si mesma. 

1 SEMANA DEPOIS

Narração: seu nome

em uma semana estou tentando terminar com Brandon mas nunca pensei que ele fosse tão persistente assim. Mas terminamos ontem, oficialmente... pensava que eu sentiria mais, só que... incrivelmente, parece que o sentimento que veio com ele, foi algo incrivel. 
Estava em casa, pintando um quadro, e talvez Zayn tenha sido uma ótima inspiração... estava pintando uma paisagem, que era a praia onde ficamos na formatura... Eu tenho quarto apenas pra pintura... escutei o telefone tocar, mas não queria atender agora, afinal Brandon estava me ligando bastante. 
Continuei pintando e depois de um tempo escutei alguns barulhos, acabei tomando um susto, me virei abri a porta e dei de cara com o Zayn. 

- que susto! - eu disse 
- riu - foi mal.. acho que você está um pouquinho suja de tinta 
- sorri - estava pintando, quer ver - abri a porta 

Ele entrou no quarto, não sei porque não me sinto a vontade pra mostrar meus quadros a ninguém, mas por algum motivo queria que ele visse. 

- parece um pouco familiar - se virou pra mim - bem familiar - sorriu 
- notou?
- claro que eu notei - se aproximou - recebi a noticia que tem uma garota solteira - sorriu 
- uma noticia que veio do Louis, imagino - ri 
- não me deixaria sem saber, será que posso me candidatar pra ser seu namorado? imagino que tem vários caras na fila - brincou 
- se você se candidatar, acho que já ganhou - sorri 

Zayn tirou a mecha de cabelo do meu rosto, me deu um longo selinho e iniciou um longo beijo, que era calmo, e sem exageros, perfeito. 

- então, quer namorar comigo? 
- fácil assim, Malik? 
- o que será que tenho que fazer pra te convencer? em? 

Sorriu malicioso, e beijou meu pescoço, fechei meus olhos, e depois voltei a olhá-lo.  O beijei, e rodeei seu pescoço com meus braços. 

- aceito sim - sorri 
- parece que hoje é meu dia de sorte 
- mas... é meio estranho sair de um namoro assim e entrar em outro 
- não é... quando você sai de um namoro chato, mas para ficar com Zayn Malik 
- uau, aprendeu a ficar convencido? - ri 
- só em horas apropriadas - me beijou 
- tenho uma surpresa pra você 
- ah é? 
- aham - assenti - esse quadro é pra você - pisquei 
- sério? - sorriu - é lindo... mas minha surpresa é melhor presente é você - me beijou

Acabei sorrindo, e sem querer o sujando de tinta, ele riu e obviamente acabamos os dois sujos de tinta totalmente. Parecia que tudo começava de novo mas tudo começava bem, e ele? me faz sentir simplesmente viva. 

FIM 


-----------------------------------------------------------------------------------------------------
OI OI ! 
Final pode ter ficado mais ou menos, não sou boa em finais haha, mas espero que tenham gostado amores, hehe, amanhã eu acho que posto THG to com a vida meio corrida aqui kk ai complica um pouco, então torço com a calma de vcs :v 
R.I.P. Robin Williansnão é demagogia, esse cara era um puta ator, e merece o luto de todo mundo, dead poets society, é um filme pft dele, assistam, valeu pessoal, é isso, beijão - mi

12 comentários:

  1. Gente que pfto *-* Mds amei <3 Awn sem palavras aqui hashuas
    Nuus primeira a comentar >< Amei sinceramente cê poderia transformar numa fic seria legal e eu leria ^^ Bjoos

    ResponderExcluir
  2. eu também leria, ficou perfeito, alias você escreve muito bem, todas as suas historias que eu li foram sensacionais, as melhores, arrasou parabéns!

    ResponderExcluir
  3. A-m-e-i ficou exageradamente pft
    -Ingrid

    ResponderExcluir
  4. Adorei ;) Tô com saudades de THG viu? :3 Posta logo *---*

    ResponderExcluir
  5. Ameiii!!!!♥♥♥ Amúh seus imagines!♥ Posta THG!!!!♥♥

    ResponderExcluir
  6. Ficou mt lindo awwwwn :) parabéns!!! ❤ ~Anna Bia

    ResponderExcluir
  7. wendy styles malik horan payne tomlinson13 de dezembro de 2014 14:28

    FICOU LINDOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO

    AMEIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII PARABENS

    ResponderExcluir
  8. Aii mdss eu ameii ficou perfeito uns dos melhores ahazzou liamda
    Malikisses

    ResponderExcluir

Não saia sem comentar. Dê sua opinião!!! Malikisses *-*