24 de agosto de 2014

♠ Rocket Love- Capítulo 4: Queimada ♠

~ Narradora ON~ 
+cupcakes, eu não postei ontem porque no dia do sábado vai ser impossível eu postar, portanto postarei toda QUINTA agora okay? +



***  
Silêncio perturbador. Olhares Rápidos. Constrangimento explícito. Louis perdeu a paciência com a atitude de Malu e Harry durante todo o dia. Nenhum dos dois dizia o que estava acontecendo e nem mudavam seu modo de agir.

Pode ir dizendo... o que houve? - Tomlinson encurralou os dois na hora do almoço – No café da manhã você nem apareceu Malu e depois quando nos vimos na sala você ignorou o Harry. E agora vocês nem se olham...

Não foi nada... - Harry falou irritado com a insistência do amigo em saber o que ocorrera.

A garota não interpretou bem aquele ´´nada´´, porque para ela não havia sido nada, ao contrário, era coisa demais, algo que não conseguia segurar, que estava quase a esmagando. De fato, aquela expressão veio a confortá-la algum tempo depois quando fazia esforço para engolir a sopa de milho morna, talvez o nada significasse ´´vamos esquecer o assunto, nunca mais falar dele, fingir que nunca aconteceu. ´´. Isso seria uma benção para a menina angustiada.

Porém após se livrar de sua sobremesa, a entregando para Louis, ela entendeu que aquele assunto não havia acabado.

Precisamos conversar... - Styles falou olhando em seus olhos profundamente. Louis olhou para os dois amigos o cenho franzido desconfiado.


Não Harry, não precisamos. Eu te devo um pedido de desculpas. Apenas. Espero que me perdoe. - falou tentando não jogar todo seu sentimento naquela mesa redonda do refeitório e acabou sendo de certa forma até fria. Styles assentiu.

-Então, está tudo bem? Como antes? - ele perguntou coçando a cabeça


Sim, está. - Respondeu prontamente. Não. Não está. Sua cosciência pensou.

Ótimo, mesmo vocês sendo uns chatos que não me contam nada, fico feliz que está tudo bem. Agora animem-se que o fim de semana está chegandoooo – Louis gritou e alguns do lugar riram com ele ... ou dele.

Malu revirou os olhos, os seus fins de semana eram sempre um horror, tinha que voltar para casa, com seus pais, que a enchiam de perguntas e superproteção. Ela nem ao menos contara sobre Louis e Harry, eles não entenderiam e fariam algo para separá-los sem dúvidas. Era sempre a pior parte da semana em que via sua vida regredir, tendo que agir como se fosse a garotinha de alguns anos atrás. Quando por dentro ela sabia que não era. Ao contrário agora tinha pensamentos puros e impuros a todo o momento com seus dois melhores amigos. Isso não devia ser algo que seus pais ou sua irmã entenderiam. 

Então só restava se trancar em seu quarto, se entopindo de toda besteira extremamente doce e calórica presente na casa, ouvindo os cds de suas bandas preferidas enquanto lia romances sobre histórias que nunca aconteceriam em sua vida. Depressivo? Talvez. Mas isso resumia seus sábados e domingos.







Boa parte dos alunos seguiram para suas casas, alguns nem moravam mais com seus pais. Eram um problema e tinham uma condição boa de vida. Portanto seus responsáveis logo compraram um lugar bem longe para que estes passassem seus fins de semana. Poucos alunos permaneciam ali, menos de cinquenta, um número muito pequeno quando se pensa na proporção do lugar, que era para atender centenas de internos.

O sábado veio a tona e com ele o vazio do Internato, a equipe de cozinha e funcionários era super reduzida. Só ficavam alguns poucos, os horários das refeições e toque de recolher continuavam tocando no mesmo horário. Liam se sentou na mesa sozinho e se lembrou do seu abraço de despedida em Kathy antes dela partir para sua casa.

´´ Te vejo na segunda. ´´ - ela disse e sorriu de um jeito que fez Liam estremecer, andou de costas para o carro dos seus pais olhando para ele. Se ele pudesse ia junto com ela. Sem dúvidas. Era o que mais queria, sair daquele lugar por um tempo, logo ele que precisava tanto sair, era um dos que por situações da vida precisava permanecer ali.

Pela distância conseguiu ver que Angel estava no mesmo lugar de sempre mas agora sozinha. Sem nenhum de seus soldadinhos. Ele fez uma cara de repulsa ao ver as olheiras da menina. Como ela é descuidada – ele pensou. Não a descreveria como ´´feia´´ mas sem dúvidas alguém que parecia não se importar com beleza.

O modo como ela comia, algo nela era selvagem, demonstrava desapego com as normas éticas e sociais. Isso deixava Payne estarrecido, ela não parecia humana, nem nas suas atitudes e nem na forma como olhava para ele. Quando percebeu que ela vira seu olhar em direção a ela, Liam desviou. Após alguns minutos viu sua sombra se levantando e indo em direção à saída do prédio.

Liam não sabia o que faria naquele fim de semana, não era um dia tão frio ao contrário o sol estava reinando, quem sabe uma corrida pelo bosque e depois nadar um pouco. Sua parte preferida do fim de semana era pode usar a piscina livremente, era praticamente só dele naqueles dias. Foi o que fez, passou a manhã organizando seu material e arrumando seu quarto e depois do almoço decidiu correr pela trilha.

Não era um lugar perigoso, era bem bonito, tinha uma flora muito diverificada, uma mistura de pinheiros e árvores altas de troncos grossos, algumas flores campestres, poucos animais, somente alguns pássaros, borboletas, de vez em quando se viam esquilos mas era bem raro.

Payne já suava com seu exercício, ouvia no seu ipod, uma música agitada do The Strokes, fazendo com que ele se movesse em um ritmo acelerado. Parou após percorrer mais de cinco quilômetros, andou um pouco e se sentou em uma rocha, observando atentamente uma lagarta que se remexia em cima de uma folhinha no chão.

Naqueles minutos em que descansou de sua corrida, pensou em Kathy e em como a ´´história´´ deles evoluira em tão pouco tempo. Ele acumulava afeto por ela a algum tempo mas nunca imaginou que seria correspondido. Bem, pelo menos ele sentiu que era assim, pela forma carinhosa com que ela o tratava, a forma como ela lhe dava esperanças para algo... Isso não saia de sua mente.

Por outro lado, em sua memória, surgiu o rosto de Josh Devine, eles não eram a definição de amizade, ao contrário, os dois não se deram bem quase que de cara. Porém não fez Liam desejar sua morte, não fazia com que não possuísse um sentimento de desejo por justiça. Sabia que tinha fortes chances de Chadwick estar envolvido. Mas não somente ele, provavelmente, ele refletiu, não é o tipo de crime que se faz sozinho.

Entretanto aquela conversa que ouvira, a pergunta de Angel como se realmente não soubesse de nada... Isso pode ter sido apenas para disfarçar? Ou foi algo concreto? Payne não sabia. E sua mente não parava de funcionar. Lembrou do detetive, do que ele havia dito. Respirou e quis realmente voltar naquela sala e ter provas contra seus inimigos.

Bebeu um gole da sua água e se levantou, hora de dar um mergulho. Seguiu para a área das piscinas. Viu algumas fitas amarelas jogadas de lado, aquela área havia sido isolada também por ficar próxima à sala de equipamentos em que o corpo de Devine estava. Apesar de todos os ambientes já estarem liberados,  o garoto acredita que isso afastou os alunos do lugar já que em pleno sábado, finalmente, a piscina era só dele, literalmente. Sorriu automaticamente com a visão. Sem dúvidas, gostava da solidão, pena que durante todo o ano, só a possuía em seu quarto.

Entrou no vestiário, tirou sua bermuda e sua regata preta. Ligou o chuveiro e se deliciou com a água gelada nos fortes jatos. Não ficou por muito tempo, apenas o necessário para tirar seu suor. Colocou sua bermuda novamente, a molhou junto ao seu corpo. Secou seu rosto com a toalha e seguiu cantarolando para fora. A vida podia não ser das melhores mas passara por momentos bons que mereciam ser celebrados já que eram super raros.

´´ One love, one heart...´´ - sua voz parou e até mesmo a canção do Bob Marley se tornou extremamente depressiva quando viu aquela sombra deitada na arquibancada.

A cabeça de Liam girou, pronto seu dia parecia desfeito só em vê-la ali. Inspirou fundo e só deu mais alguns passos, até que a visse virar sua cabeça que estava fixa no teto e encará-lo. A forma como ela o olhou foi sombria mas de certa forma o deixou envergonhado. Angel simplesmente rolou seus olhos por todo o corpo de Payne, de cima a baixo. Ao sentir o peso daquele olhar, ele vestiu sua camisa   e permaneceu calado esperando o que ela iria dizer dessa vez.

Não precisa ir embora... não vou fazer nada com você agora. - ela disse debochada- Até mesmo eu preciso de uma folga da sua cara não é mesmo? - riu

Liam cerrou os olhos, ele não conseguia mais disfarçar todo o ódio que sentia por Angel. Todo o mal que ela proporcionou a ele agora só se acumulara em seu peito, só queria despejá-lo de volta.

Você correu de mim ontem... eu sei o porquê. Mas acho que compreende as consequências de seus atos, de suas... palavras. - o olhou desafiadora

Sim, eu sei. - respondeu firme e andou para a beira da piscina.

A garota nunca admitiria, mas aquela resposta tinha a surpeendido, não as palavras e sim a forma como foram ditas. Isso a alertou para algo.

Fica esperto, criança que brinca com fogo, amanhece... queimada. - ela piscou e andou varagosamente para fora da área.

Fazendo a respiração de Liam começar a desacelerar à medida que a sentia mais longe dele. Ele se sentou sentindo a água nos seus pés e pernas. Sem pensar, pulou na água, indo direto para o fundo. Queria tentar ficar ali por um tempo, esfriando sua cabeça. Não conseguiu. A sua consciência o fazia perder a concentração. Como uma garota? Aquela garota conseguia ter aquele poder sobre ele? De intimidá-lo? De fazê-lo tremer? - Payne se afundava em seus pensamentos e mesmo assim fez com que seu corpo boiasse pela  massa de água.

Não era mais um momento feliz ou de paz ou de solidão. Não estava sozinho, junto com ele estava seu desejo incessante e impiedoso por vingança.

O fim de semana acabou mais rápido do que ele imaginou. Não encontrou mais Angel sozinho. Apenas a viu uma vez durante o jantar de domingo. Nas refeições anteriores não a vira.


***    

Um beijo de despedida separou Malu de sua mãe, ela deu um tchauzinho e entrou pelos grandes portões de bronze do Internato. Respirou aliviada pelo fim de semana ter passado como um raio. Como esperava passou a maior parte do tempo em seu quarto, sozinha, afinal não tinha mais amigos desde sua revolta na Igreja. Esta aliás em que fora obrigada a ir no domingo de manhã. Encarar todas aquelas pessoas que cochichavam enquanto ela passava, provavelmente falando em como seus pais não tinham poder de a controlar, isso a deixava sem paciência, aguentou o culto fingindo ouvir cada palavra quando na verdade via em cada azulejo da parede ou em cada mosquinha que passava, uma distração.

Sua irmã parou umas duas vezes para conversar com ela no sábado, mas o modo como falava, como a aconselhava, falando que tudo ia passar, que era só uma fase, que o poder do senhor ia agir na obra dela. Malu odiou ouvir tudo aquilo ainda mais de sua irmã mais nova que parecia ser a cópia perfeita de sua mãe. Não tinha a mínima vontade de ouvir alguém que na sua opinião, era somente sem personalidade. Se sentiu mal ao julgá-la assim, ainda era sua irmã e a amava. Só que suas ideias definitivamente não batiam. Por fim, somente se ignoraram o resto das horas.

Assim que abriu a porta de seu quarto no Internato levou um susto que fez seu coração acelerar mais que carro de fórmula 1. Sentado em sua cama lendo um dos livros de sua pequena estante, estava um de seus melhores amigos.

Nossa Harry, você me assustou – disse colocando a mão no peito. Entrou, colocou sua mochila em qualquer canto e se jogou na cama, o abraçando logo em seguida.

Desculpe. Eu só passei aqui mais cedo para ter certeza que está realmente tudo bem entre nós dois. - ele a olhou, dando ênfase no ´´realmente´´.

Sim, sem dúvidas. - May respondeu o tranquilizando.

Depois dos dias em casa ela resolvera colocar uma pedra sobre o vexame que aconteceu com Harry. Era um assunto para se esquecer e não seria ela que impediria isso.

Styles sentiu seu peito se preencher novamente, saber ou pensar que algo não estava bem com a amizade que eles tinham o deixou para baixo. Aquele fim de semana foi difícil, ainda mais porque não podia ir atrás dela para eles conversarem.

Eu senti sua falta. Eu queria mesmo poder ir te visitar no sábado ou no domingo. Mas você nunca me disse onde mora e eu já perguntei várias vezes... - o garoto se queixou cruzando os braços.

Hazza... não faz diferença, nós passamos a semana inteira juntos, não é o bastante? - ela pergunta rindo

Não, não é. Quero passar todo tempo que eu puder com você – ele sorriu e a puxou lhe dando um abraço de urso, fazendo com que eles caíssem na cama rindo.

Harry começou a fazer cócegas e subiu em cima dela, colocando suas coxas em cada um dos lados de seu quadril. Sem cessar a tortura que provocava risadas intensas na garota. Então ele cansou a puxou, os dois rolaram de novo, e a menina ficou por cima.

Malu encarou aqueles olhos verdes por alguns segundos, não conseguia não se afundar na profundidade daquele olhar. E se sentiu mal por maliciar os carinhos que ele a dava. Não era para pensar daquele jeito. Isso era... desleal.

Chega né? - ela disse se levantando, Styles assentiu.

Te vejo no café da manhã, acho que vou dormir um pouco. - ele disse se dirigindo pela porta

Mas faltam apenas quinze minutos para soar o alarme do café da manhã. - a garota o lembrou.

Em quinze minutos eu faço milagres. - piscou e saiu.
Aquela frase mexeu com a cabeça perdida de Black.

´´ Obrigada Harry por me deixar aqui pensando no que você faria em quinze minutos... ´´ - pensou alto e caiu em sua cama. Sentindo o cheiro dele... ainda estava ali e ela gostava disso.

CONTINUA...

Agradeço a todas que me deram parabéns <3

Leticia
Francyelle
Mariana 
Izabelle
Lia
Duda
Isa
Iasmin
´´T´´ hahah
Jo
Izzy
Mari
Vitória
Angélica
Veeh

Continuo na quinta com mais de 30 coments

Malikisses

35 comentários:

  1. AH MY JOSH! Que capítulo diwonico (como sempre), fiquei feliz pois a amizade de Malu e Harry continua firme *-* E sobre a ameaça da Angel pro Liam, até eu fiquei com medo '-'... Em fim Eu tô amandooo demais essa fanfic, aguardo quinta-feira ansiosamente...

    ResponderExcluir
  2. eu to com preguiça de fazer um comentário descente, como se eles fossem. então, continua...

    ResponderExcluir
  3. Mds que perfeição ♥♥ ta lindo continua linda..Mds tô sem palavras aqui >< ta realmente perfeito ^^
    Ain chorei meu nome ta ali genteee <3 que amor c':

    ResponderExcluir
  4. CONTINUAAAAA SCRRRR ♥♥♥
    /yas ♥

    ResponderExcluir
  5. continua, ta mt booooommmm

    ResponderExcluir
  6. Mtt perfeito dri, continuas se superando !!!! Continua logo

    ResponderExcluir
  7. Mtt bom cont ta perfect

    ResponderExcluir
  8. Continuaaaaaaaw muitoooo divonico

    ResponderExcluir
  9. Mtt Divo esse cap Dri, ah e feliz niver atrasado :-(, tava sem net por isso nao comentei, muitas felicidades. Malikisses :* ♡♥♡♥

    ResponderExcluir
  10. OMG como sempre perfeito,cada cap é mais um suspense,continua
    Rayla Brito

    ResponderExcluir
  11. "-Em 15 min eu faço milagres" SOCORRO Jakaksk se o Harry fala isaopra mim eu caiomorta sem or
    Que cap mds continua :3
    IasminXx sua fa

    ResponderExcluir
  12. Ahh não acredito que acabou! Mas eu amei esse capítulo *-* bjss
    Isa xx

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah e como eu amo um romance nem que seja pouco :P eu amei esse momento (s) da malu e do Harry *-*

      Excluir
  13. To mega ansiosa pra que chegue quinta!!! lol
    Quero maisssss mto maisssssssss
    fic perfeita feita pela garota perfeita <3

    Te amo Dri
    (ps: adoraria ver o Liam todo molhado de bermuda, seloko *-* pura s3duça1)
    Malikisses
    Liam's Girl ;]]

    ResponderExcluir
  14. Cada capitulo mais perfect que o outro..... Congratulation Drica haha e continua rapidoooooo!!

    ResponderExcluir
  15. Mds, eu pensei que tinha sido postado ontem e eu não tinha lido. Ufa, alívio hehe :3
    Eu queria ter realmente visto o Liam todo molhado de bermuda 3:) heuheu
    Malu e Harry. Que caso hein?? O.o
    E agora é toda quinta né... acho que é melhor que no sábado, por causa de compromissos e tals ;)
    Bom é isso, beijos Drica :* ♥♥

    ResponderExcluir
  16. Que capitulo divo!!! Deve ser difícil não ter pensamentos poluídos tendo 2 melhores amigos como o Louis e o Harry kkkkkk

    ResponderExcluir
  17. ahhhh que perfeito continuaa pelo amor se deus *-* vc divia posta tipo tem dia kkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. de*
      td*
      merda de corretor automático

      Excluir
  18. Aaaahhhhh menis dias pra esperar os caps!!! Tuts tuts tuts!!!! Continuaaaaa!!!!
    nunca vi fic mais perfeitabque essaa!!!
    Continuaaaaa !!!!♥♥♥ BJKAS DA IZZA!!♥♥

    ResponderExcluir
  19. Está perfeito como sempre!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A propósito, de nada, merece!!

      Excluir
  20. Driii ta muuuuuito perfeito!! Continua logo pff

    ResponderExcluir
  21. Dri quer me matar? Kkk continua logo!!

    ResponderExcluir
  22. Aiii vc é mt perfeita!!! Continua logo

    ResponderExcluir
  23. Maravilhoso, perfeito amo o seu jeito de sempre deixar um suspense, continua Drii bjus nathi

    ResponderExcluir
  24. ameiii feliz aniversario superrr atrasado mas ta valendo que vc realize todos os seus sonhos e seja muito feliz drica bjss continua logo ta per fect !!!!!!

    ResponderExcluir
  25. Awwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwwn , está perfeita Drica :3 . Eu já estou shippando Marry <333 PQ , PQP ELES SÃO MUITO FOFO JUNTOS .. CONTINUE , E EU DE NOVO ALI <3333

    ResponderExcluir
  26. Ahh Drica eu só consegui ler agora ta perfeito!! Omg!!

    ResponderExcluir

Não saia sem comentar. Dê sua opinião!!! Malikisses *-*