28 de agosto de 2014

♠ Rocket Love- Capítulo 5: Piscar de olhos... ♠

~Narradora ON~ 

~hey amores, espero que curtam esse longo caps~ 


Mais uma vez como nos outros dias, autoridades policiais apareceram nas salas. Eles continuavam tentando tranquilizar os alunos dizendo que achariam quem fez aquilo. Os internos achavam engraçado em como os detetives falavam como se de algum jeito, o assassino não fosse alguém daquele lugar. Como se fosse alguém que invadira ou algo assim. Não se podia saber se quem matou Devine era algum aluno mas pelo menos um funcionário que estivesse ali, isso era praticamente factual.
Não tinha como alguém de fora entrar no Internato, matar um aluno e sair como se nada tivesse acontecido. Ou tinha?

O começo daquela segunda foi bucólica, outra vez. Antes do almoço ficaram sabendo que haviam sido liberados mais cedo por conta de uma reunião de professores e funcionários.

O que vamos fazer no tempo livre? - Malu falou perguntando à Louis e Harry enquanto eles seguiam para o almoço.

Eu tenho que... - Louis ia falar quando alguém paira sobre ele com as mãos em seus olhos e ele sorri automaticamente.

Harry e Malu se entreolharam, ela tentou esconder a dor que sentiu quando aquela garota o tocou e o fez sorrir daquele jeito. Queria que fosse ela ali em seu lugar. Olhou para baixo não olhando mais para a cena.

Carly!!! - ele reconheceu e a menina pulou o beijando em seguida.

Aquilo foi demais. A dor começou a se espandir e Malu sentiu um nó em sua garganta. Apenas virou as costas e saiu deixando os outros pelo corredor. Logo sentiu que alguém a acompanhava. Harry.

Acho que o Louis não vem com a gente agora- ele apontou ao alcançá-la.

É né? O que ele viu nela? - revirou os olhos se arrependendo em seguida de sua dose de sentimentos que não podia contar a ninguém.

Sei lá, ela é ginasta, flexibilidade talvez. Ou suas curvas bem delineadas ou a boca apetitosa...- Styles parou de falar quando viu o olhar raivoso da garota em sua direção.


Não disseram mais nada até chegar no refeitório. Ela não tinha a mínima vontade de falar e Harry pensava sobre a reação de sua amiga. Ele pensou que Carly talvez pudesse ter feito algo ruim com ela ou então... isso seria ciúme. O que ele não entendia já que May nunca foi dessas. Louis já havia tido várias peguetes e o que ela fez foi sempre zoá-lo. Nunca foi o tipo de amiga de encrencar com a namorada do amigo, apenas dava conselho quando não gostava. O que fazia em relação a ele também.

Comiam a salada de batatas em silêncio quando Tomlinson chegou acompanhado. Não disse nada apenas se sentou com Carly. Quase imediatamente Malu viu seu apetite se perder. ´´ O que era aquilo? Ele nunca tinha levado ninguém para a mesa dos três. Quer dizer... alguém, uma garota. ´´ - pensou e não levantou a sua cabeça até que pudesse esmagar todo o seu descontentamento para o fundo de sua alma, aliviando sua expressão facial.

Gente, não sei se já conhecem mas essa aqui é a Carly. - falou e Harry deu um sorriso a cumprimentando, Malu sorriu sem querer mas ficou por isso mesmo.

Fico muito feliz em finalmente conhecé-los de verdade, Louis só fala em vocês – ela falou rindo- Seremos um quarteto agora...

Assim que ouviu isso, May não conseguiu se segurar e cuspiu seu suco de uva para fora como reação, um pedaço da mesa ficou manchada. Louis a olhou com espanto assim como Carly e Harry riu alto. Sem saber o que fazer depois da cena desastrosa, Malu somente riu também. Na verdade para ela era engraçado. No fim das contas, os três riam juntos e Carly ficou com um sorriso sem graça olhando para eles tentando fingir que também achava engraçado.

O almoço acabou e os quatro se levantaram indo deixar as bandejas sujas. Nesse pouco tempo Malu não pode deixar de lançar um olhar frio para Louis e balançou sua cabeça negativamente logo depois. O garoto soube que eles precisavam conversar, não sabia o que podia ser. Apenas tinham que conversar.

Carly disse que precisava encontrar suas amigas e os deixou. Black olhou para o céu aliviada.

Pensei que ela nunca iria embora. - comentou se sentando na fonte.

Nossa... vejo que adora ela. - Louis falou irônico e insatisfeito.

O que queria que eu achasse? Essa garota é super fútil, só sabe falar sobre a roupa e o cabelo dos outros. - disse aumentando o tom de voz.

Okay, você definitivamente nem dará uma oportunidade para conhece-la. - ele revirou os olhos

Não, não vou. - disse brava- Você não sabe escolher suas companhias mas que arque sozinho com as consequências, não traga suas peguetes para nossa mesa! - isso surtiu como uma ordem e Louis se estressou no mesmo instante.

Harry coçou a cabeça vendo que aquilo não acabaria bem. Mas decidiu não se meter ainda. Malu se levantou ficando frente a frente com Tomlinson, toda a sua confusão de sentimentos se uniram e agora sentiam fúria.

Não é você quem decide quem senta ou não naquela mesa – ele quase gritou- Levo quem eu quiser!


Então okay. - a garota falou desabando- Pode levar quem quiser mas não espere que eu esteja sentada lá. Chega! Não aguento mais me sentir inferior a vocês dois, como se tivessem tanto poder sobre a minha vida – ela já sentia as lágrimas lutando para sair.

Do que você está falando Malu? - Harry enfim se meteu.

Inferior a nós? Vai se fazer de vítima outra vez? - Louis disse e o modo como disse fez a garota estremecer.

Eu me faço de vítima? Não sou eu quem chora no seu colo sempre que se sente perdida não é? - ela cerrou os olhos para Tomlinson

Se eu soubesse que iria passar na minha cara depois nunca teria te contado os meus problemas. - ele falou e virou as costas sentindo a dor o possuir.

Não vá embora Louis, a única que precisa sair sou eu. Vá formar seu novo trio com a sua namoradinha. Eu não preciso disso, eu não preciso de vocês! - ela disse e imediatamente se arrependeu. Era a maior mentira que já saira de sua boca.

Pisou fundo andando e entrando no prédio, indo para os dormitórios. Só queria chegar no seu quarto e despencar. Mas não conseguiu chegar até lá, as lágrimas já despencavam sem pedir permissão alguma.

O que deu nela? - Louis gritou furioso – O que foi isso?

Não sei... a Malu não está bem, ela não está agindo do mesmo jeito, eu nem te contei isso mas ela... - Harry estava prestes a falar mas parou pesando se isso seria a melhor coisa a ser feita.

O que Harry? O que houve? - Louis o pegou pelo ombro, quase o forçando a dizer.

Eu acho que ela tentou me beijar. - Styles apenas disse e viu o amigo formar um ´´o´´ perfeito em seus lábios.

Isso... não faz sentido. Ou faz? Você já sentiu que... - ele não consegiu completar

Não, sei lá, ás vezes ela me olha mas eu... eu não sei – disse o menino de cabelos cacheados confuso. - Somos quase como irmãos Louis, coisas assim estragam tudo.

Eu sei. Você sente algo a mais por ela? - Harry negou com a cabeça- Acho que ela só está carente. Eu nunca a vi ficar com ninguém e ela nem gosta de falar sobre isso. - parou e pensou.



Acho que você e eu sabemos o que podemos fazer a respeito. - Os dois se olharam e se compreenderam.

Enquanto isso, as lágrimas insistiam em molhar o travesseiro de Malu. Se sentia como um lixo qualquer. E como doía amar e não ser correspondida... ainda mais duplamente.

***
Alguns alunos sabem aproveitar melhor seu tempo livre, assim como Liam e Kathy. Se sentaram em um dos bancos do jardim dos fundos, ao sentir o suave perfume das rosas brancas e vermelhas, eles se beijavam. Cada beijo um exemplo perfeito de amor juvenil, puro e delicado.



E como Payne se sentia feliz com aquilo, seu coração parecia se encher de amor e alegria a cada toque nos lábios da delicada menina.

Você é especial Katherinne, eu amo estar ao seu lado. - ele disse lhe dando selinhos apaixonados.

Não mais do que eu adoro estar com você Liam. - sorriu ao dizer.
Os dois estavam prestes a se beijar de novo quando uma voz os interrompe da pior forma possível.

Ora ora, não sabia que os nerds também pegavam alguém. - Zayn falou zombando e Liam cerrou os olhos para ele. Logo depois vendo Jake e Angel vindo logo atrás – Olha guys, os pombinhos estavam aqui no maior clima.

Hummm, finalmente esse babaca vai perder a virgindade hein? Tava na hora – ele gargalhou.

Payne olhou para cada um deles, pairando seu olhar sobre Angel, que estava calada sem dizer nada apenas o olhava como se o destruísse mentalmente.

Vamos, deixem esses dois idiotas aí – ela disse e saiu pelo outro lado.

Como uma ordem, os irmãos Malik apenas a seguiram, sem dizer nada. Naquele momento eu soube que não era só sobre a minha vida que ela tinha poder. Talvez Chadwick fosse o único que a encarasse de algum jeito, já que ele está a mais tempo no clã. Mas quanto aos outros, é Angel quem os domina.

Eu respirei aliviado quando eles saíram, sabia que se Drew estivesse ali talvez as coisas poderiam ser bem piores. Ele gostava de humilhar garotos quando eles estavam acompanhados. Já vi ele fazendo isso com Louis, aquele dia ficou na história, porque Tomlinson não conseguiu se controlar e avançou em Chadwick, que pode ter batido também mas ganhou uma bela marca roxa em sua face. Isso foi um dos melhores dias para Payne. Ver uma reação real aos ataques do clã o inspirava.

Liam sentiu a mão de Kathy pressionar a sua e logo depois a sua cabeça encaixar-se em seu ombro, ele passou a mão pelos seus cabelos e a abraçou de lado. Agradeceu por Angel naquela atitude estranha de apenas ir embora.

Só que seu ódio não diminuiu, ainda achava tinha força o bastante para apenas matá-la com as próprias mãos. Quanto aquela pessoa ao seu lado, ele sabia que precisava oficializar as coisas, precisava poder chamar Katherinne de sua namorada o mais rápido possível mas o faria de um jeito especial.

O dia acabou rápido, realmente o tempo passa mais devagar quando se está em uma sala quadrada estudando algo para o qual você não dá a mínima. Enquanto isso, eles mal sabiam que os detetives se juntavam com os professores para falar sobre o caso Devine. Não por supresa, o clã foi mencionado outra vez. Muitos achavam que ali estava a resposta para a solução do caso.


***  


Durante as próximas semanas só o que se falou foi sobre o caso de Josh. Os detetives começavam a sugerir a hipótese de que aquele colégio interno estava envolto por algo escuro, como um acordo entre os seus moradores. Porque para homens que já lidaram com tantos homícidios e outros crimes, era impossível algo assim acontecer em um lugar tão cheio e ninguém ter visto nada suspeito. O único que lhe deu um olhar de talvez foi um aluno. E este foi chamado especialmente em sua sala.

Liam suava frio enquanto o Detetive Jonhson o enchia de perguntas, ele pensava e repensava sobre o que vira naquele dia, o esbarrão que deu em Chadwick não era o bastante, ele pensou. Mas a conversa que ouvira...

Eu os ouvi, o clã. - Payne finalmente disse e foi acompanhado pelos olhos atentos da autoridade que fez um gesto para que ele prosseguisse- Josh... devia dinheiro para eles.

Dinheiro? Mas o clã vende algo? - ele arqueou a sobrancelha, na hora o adolescente soube que não lhe foram dadas informações reais sobre o grupinho.

Sim, eles estão envolvidos com vários negócios dentro do colégio, drogas, entorpecentes, cigarros e ações em geral. Toda a sujeira desse lugar pode eter certeza que tem seus dedos envolvidos. - falou com rancor

Viu a sombra do homem de pouco mais de quarenta anos andar pela pequena sala, olhando para o teto e digerindo aquelas últimas palavras. Liam realmente se arrependera de ter dito, foi demais. Agora sem dúvida ele estava envolvido mais do que nunca no caso, só que com a certeza de que estava mais desprotegido do que nunca.

Jonhson pairou em frente a Liam e apoiou seus braços finos na mesa o olhando atentamente, logo depois coçando sua barba desregular.

Então ´´ o clã´´ - fez aspas com as mãos – É muito mais perigoso do que eu pensava, eu acredito em você Liam, parece ser um bom garoto, o problema é que essas crianças são filhos de gente muito poderosa, não quero ser a pessoa que vai levá-los para casas de detenção ou até mesmo à prisões. - fez uma cara de descontentamento

Outra vez o garoto se sentiu sozinho e agora parte da impunidade que ele presenciou nos seus poucos anos em Wolverhampton fez um pouco mais de sentido. Não era fácil dizer que filhos dos políticos, empresários e homens mais poderosos da Inglaterra e até de outros países, eram criminosos.

Então nada será feito? - Liam perguntou quase afirmando.

Não disse isso amigo, eu tenho um caso e preciso resolvê-lo e o fato de Devine estar assim tão ligado ao clã merece minha atenção. Esses outros casinhos de colégio não me importam. - falou se sentando.

Os dois passaram mais alguns minutos conversando e logo o estudante foi liberado. O tempo que passou naquela sala não passou despercebido, os outros alunos o olhavam prevendo que Payne havia falado demais. Se afastaram dele como se o perigo fosse contagioso.

Oi meu amor! - Liam sentiu o corpo quente de Katherinne o abraçar e apenas sentiu aquele carinho. Precisava daquilo.

´´ Amor´´. Como menino amava ser chamado assim, era evidente que a relação dos dois havia evoluído muito nos últimos dias. Liam sorriu mais em uma semana do que em sua permancência inteira no colégio interno. Eles não se desgrudavam mais e isso agora era preocupante já que como ele mesmo entendia. Acabou falando demais. Teve certeza disso quando observou a imagem de Niall entrando na salinha do detetive.

Vamos sair daqui Kathy, precisamos falar a sós – ela assentiu com a cabeça e os dois saíram de mãos dadas.

No cantinho preferido de Liam, os dois se agacharam e sentaram no chão perto de uma estante empoeirada. A garota avançou e o beijou delicadamente e ao mesmo tempo com vontade.

O que queria conversar comigo? - ela perguntou parando os seus carinhos.

Bem, eu... - Liam abaixou a cabeça – Sem dúvidas eu estou em perigo.

Perigo? Por que? Você... oh – ela o olhou já adivinhando – Você contou o que sabia não foi? - ele assentiu.

Desculpe, não queria te afetar... sabe, agora que somos... - ele parou e ela sorriu tímida.

Somos? - ela o incentivou

Ah você sabe... - ele falou corando- Quer dizer... você não sabe. Eu acho que esse é o pior momento possível mas

Payne sentiu seu coração se acelerar, ele tinha pensado naquele momento várias vezes desde o primeiro beijo que deu na garota mas nada se parecia com seus sonhos. Eles estavam sentados na poeira e além disso agora ele tinha certeza que não estava seguro e com isso nem ela. Mas achou que mesm o assim seria a hora.


Katherinne, eu gosto de você, acho que sabe disso – ele sorriu e fez com que ela fizesse o mesmo, pegou na mão da garota – Será que você gostaria de ser a …

Liam não prevera isso nem em seus piores pesadelos, não conseguiu terminar sua frase e em um piscar de olhos já sentira o soco forte atingindo seu rosto. Foi tudo tão rápido, pode ouvir o grito de Kathy enquanto levava o golpe. Um corpo não tão pesado mas com um ódio mortal estava em cima dele e o golpeava ao proferir palavrões. Ele não conseguiu ouvir todos mas ´´Dedo-duro, filho da puta, você vai morrer´´ ela disse isso várias vezes.


Me solta, sai – em um súbito Liam conseguiu segurar nos braços de Angel e evitar mais golpes. Olhou para o lado e não viu mais Katherinne. Não havia mais ninguém apenas os dois, mas mesmo assim ele já tinha apanhado bastante.

Então pela primeira vez o garoto reagiu, ela estava sozinha. Sem os outros, isso já era uma grande vantagem. Ele a encarou e pode olhar dentro dos olhos da dona dos seus pesadelos, nunca havia feito aqui. Angel era dono de um par de olhos castanhos vivos, suas púpilas dilataram. Ela não parou com isso, continuou se movendo tentando se soltar.

Você vai se arrepender por ser um fofoqueiro – ela gritou e se moveu mas as mãos de Liam a seguravam firme.

Não, você vai se arrepender! Se arrepender por cada vez que me fez mal – acho que o garoto nunca havia falado naquele tom com tanta determinação e força com ela.

Acontece que González não era das fracas e conseguiu uma oportunidade de se livrar dos braços de Liam e dar um tapa na cara dele. Se levantou com tamanha agilidade e deu três chutes em seu estômago, ele gemeu de dor.

Não sabia que você falava seu otário! E agora sei que você fala até demais. Espero que entenda o valor de suas consequências – ela disse e então ouviu passos rápidos no corredor
É ali inspetor, ela está ali! - Era a voz de Kathy.

Angel não teve tempo de fugir, quando o inspetor chegou na pequena sala e viu o garoto com o lábio sangrando e no chão abraçado aos seus joelhos. Ele soube o que tinha acontecido. A menina rebelde não tentou fugir apenas bufou, olhou pela última vez para Liam com tom ameaçador e cerrou os olhos para Kathy, saiu acompanhada pela autoridade.

Katherinne se ajoelhou e abraçou Liam que ainda sentia dor. Ele sentiu seus olhos lacrimejaram mas se segurou para não chorar. A forma como Angel o olhava, antes de entrar naquele lugar nunca teve inimigos, nunca foi tão odiado por alguém. Esse alguém que nem ao menos o conhecia de verdade.

Sim Liam. - Kathy respondeu firme forçando o garoto a dar toda a sua atenção à ela. - Eu quero ser a sua... namorada.

Depois de uma grande tempestade algumas vezes há um lindo arco-íris no céu.

CONTINUA...

LIAM




O que dizer não é? Bem, eu falo dele em todos os dias do ano sem exceção, quem está perto de mim e mesmo quem não, sabe do meu amor por esse menino/homem. Aconteceu a quase anos atrás, eu o vi em um clipe de uma boyband qualquer, eu nem gostava daquele tipo de música, e então vi aquele par de olhos, aquela voz, aqueles cachinhos- sim ele tinha cachos. Não sei direito o que se instalou dentro de mim mas o amei, a primeira vista. Achei que seria apenas uma paixonite boba, já tive outras. Mas não, os dias, os meses, os anos se passaram e eu só conseguia pensar em Liam Payne, em como eu tinha que vê-lo pessoalmente, em como ele tinha que notar minha presença. Isso aconteceu, no dia 8 de maio de 2014, eu o vi tão de perto que até esqueci de como se respirava, ele acenou para mim e foi como se eu tivesse ganhado um par de asas. Tão pouco mas infinitamente grande pelas circunstâncias dos meus sentimentos por aquele pedaço de mau caminho. E o mais louco não meu amor de fã obsessiva e sim como meu amor só cresce a cada dia. Eu sempre achei e ainda acho idiotice amar tanto um ídolo que nem te conhece a ponto de abrir mão da realidade. Mas como viver o mundo real quando os sonhos são bem mais interessantes e satisfatórios. Por que se contentar com esses sapos da realidade se posso sonhar com Liam Payne? Isso que não faz sentido. Talvez alguém diga, que é impossível. Okay, é tipo improvável mas não filtre os sonhos que posso ter e não tente me convencer a desistir especialmente deste, um sonho tão lindo que só poderia mesmo ser um sonho. 

Parabéns meu amor...

De sua eterna apaixonada ...

Drica



Malikisses e quero 21 comentários para postar o próximo, um para cada ano do Lee. 
Ps: A história não tem muitos gifs pela falta de tempo mas tem muito texto, que acho que é o que mais querem.

28 comentários:

  1. Eu tô chorosaa, eu não tô bem... Caramba ele completou 2.1 anos :'( Nem acredito nisso ainda, cresceu tão rápido, my daddy, haha. Estranho poder amar tanto uma pessoinha que nem me conhece '-'... Te amar é uma promessa Liam... Parabéns vidinha *---*
    Hey, tô muito contente, não só pelo niver do Liam, mas também pelo capítulo, caramba a Angel ainda me surpreendente com tanta crueldade... Putz que mina má. E sobre o trio amoroso eu realmente espero que tudo fique bem entre os três. CONTINUE LOGO EU TÔ IN LOVE ETERNO COM ESSA FANFIC *-*

    ResponderExcluir
  2. caraca vc devia escrever um livro e a sua fic é D+ olha já to em altas emoções por causa do niver do Liamaí vc acaba com migo !!!

    ResponderExcluir
  3. não gostei do liam e a kathy namorando O/ nem um pouquinho. e tipo, eu só acho, sabe, que a dona angel tava com um "pouquinho" de ciumes alem da raiva do liam.

    CONTINUA...

    não vou dizer sobre o aniversário do liam, por que eu sou liam garota, e eu ainda estou digerindo que o liam já ta com 21.

    ResponderExcluir
  4. continuaaaa amei !!!!!

    ResponderExcluir
  5. OMG :o Adorei o capítulo Drica *---* E tipo, que nota final foi essa? Que lindo ♥♥ Que romântico ♥♥ Que perfeito ♥♥ Que fofo ♥♥
    Não dá para crer que o Lee está fazendo 21 anos! Simplesmente não dar! Como? Por quê? *o*
    Sei nem o que comentar aqui >< Tô digerindo ainda :33

    ResponderExcluir
  6. aiiii to jogada com esse cap e com esse
    testo que vc escreveu pro liam serio chorei com ele nem acredito q meu bebê ta com 21 aninhos *~* parabens daddy <3 !!!! :`)

    ResponderExcluir
  7. Nossa apesar de vc sempre dar atenção pra esse triângulo amoroso, eu sempre quero mais!! Mas enfim arrasou demais Drica! E que lindo sua declaração para o Liam, tenho certeza que faria ele sorrir. E eeu te entendo quando tu diz que acha "idiotice amar tanto um ídolo que nem te conhece a ponto de abrir mão da realidadee" pq eu penso igual mas só quem sente entende, não adianta explicar pra quem tá de fora. E sim vale muito a pena abrir mão da realidade para sonhar com nosso crush. Bjss ♡
    Isa xx

    ResponderExcluir
  8. Estou amando cada vez mais, você é ótima para escrever, li Little Things e fiquei super apaixonada e agora essa, as duas são perfeitas, você tem um dom, deveria escrever um livro, eu converteza iria comprar, sou sua fã deixa, sério, foi um sonho realizado ter te conhecido ter te abraçado no encontro. 💖💖
    ...
    Parabéns Liam 🎉🍴, adorei o texto 💕

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dá uma olhada em "Tem que ser você" é dela tbm e muitoo boa mesmo! Link: http://sonhoscom1d.blogspot.com/p/fanfic-tem-que-ser-voce.html
      Bjs

      Excluir
    2. vdd, eu ja li ela é mt perfect, alias, todas da drica sao :3

      Excluir
  9. cap perfect dri <3 !! e a notinha final, mt cute <3

    ResponderExcluir
  10. ameiiiiiiiiiiiiiiii Driam, shippo forte rsrs :3 <3

    ResponderExcluir
  11. Faz logo o do liam vc nao ta postando mais ele pf pf pf pf pf

    ResponderExcluir
  12. Parabéns Leeyummmmm!
    Parabéns Drica, o seu texto me tocou! Chega os 21 comentários logo...
    Tô muito ansiosa pelo próximo capítulo... E que seja tão grande quanto esse!
    Drica como sempre, escrevendo as coisas mais lindas que já li!

    ResponderExcluir
  13. Incrível sua capacidade de ME descrever quando VC se descreve!!
    Foi exatamente a mesma coisa comigo, eu coloquei no canal e eles começaram a cantar, a minha atenção foi diretamente para ele, esse garo de cabelos e olhos castanhos na qual eu já reparei logo e me apaixonei. <3<3<3<3<3
    Esse menino\homem, é único! porem pra nó duas ahahhahahahaha

    Ameeeeeeeei o cap, tirando a parte do Lee ter sofrido, mas ao momento que eles se olharam e Liam segurou a Angel forte, e falou com firmeza, aaaaaaaaaaaaaaahhhh eu gamava! (E CERTEZA QUE ELA TBM HAHAHAHAH) :p
    to mega ansiosa por quinta que veeeeeem!!! lol

    #VemLogoQuinta! #LiamFez21Anos! #ToChorosa #OForninhoCaiu

    Malikisses *-*
    Liam's Girl <3

    ResponderExcluir
  14. AH MEU DEUS!!! ISSO É REAL??!'!! QUE CAP PERFEITO FOI ESSE??!!! NEM SEI O QUE COMENTAR!! TO AKI SEM PALAVRAS PRA DESCREVER O QUANTO ESSA FIC TA PERFEITA!!!! E A SUA MENSAGEM??! TO CHORANDO AKI!!♥♥ CONTINUAAAAAA!!! E Ñ ME FAZ CHORAR DENOVO EIN MENINA!!!
    #ChegaLogoQuinta #LiamCom21Anos
    #ToNoChão
    BJKAS NOS ÓRGÃOS!!♥♥

    ResponderExcluir
  15. 17 !! #HappyBirthday21stLiamFromBrazil !!! continuah

    ResponderExcluir
  16. OK , N tenha uma fic que vc faça que algum cap n me faz chorar , sério na hrs que eu li que o Liam levou vários socos meus olhos se encheram . Sério , eu sou fã da da rebelde a Angel ... eu só acho que ela vai acabar com o liam no final da história , mais também acho uma fofura Liam e Katy e não queria q os dois terminasse .
    Continuaaaaaaaa <3 #HappyBDayLiamFromBrazil !!! yeeeeeeah

    ResponderExcluir
  17. Ta perfeito drica vc e demais e seu discurso então chorei pacas lembrando do liam aqueles cachinhos dele ele agora lembrei da festa de 16 ano dele q ninguém foi não me conformo com isso se eu estivesse la eu iria pq ele merece. :')

    -Flávia Malik.
    Bjs

    ResponderExcluir
  18. Ameiii 😍😍😍 amo todas as suas histórias Ps: Wil *-*

    ResponderExcluir
  19. OMG que perfect vc arrasou hein! Em tudo o q foi esse texto awnnn chorei ! Eu acho que eu sou o comment 21.. continuaa

    ResponderExcluir
  20. Eu nao tenho mais palavras para descrever como eu amo tudo o que você escreve, todas as suas fics que eu sempre acompanhei, nossa eu( e muitas outras pessoas eu acho) me sinto sortuda de ter achado esse blog sério.
    Esse capítulo ficou sensacional como todos que você já fez. Eu estou completamente apaixonada por esse trio, eles sao um vício haha ( coloca mais partes da história deles?? Se nao for pedir muito) E a Angel e o Liam...Isso vai longe ;D
    Eu adorei seu texto para o Liam, acredito que todas as directioners também estão emocionadas CARA JÁ SAO 21 ANOS MDSS
    Bem eu estou mesmo adorando essa fic e mal posso esperar pelo próximo cap divonico haha

    #chegalogoquinta
    #liam21aninhos

    Bjs de sua fã Iasmin Xx <3 :3

    ResponderExcluir
  21. Amei o capítulo. Amei essa parte do seu texto pro Liam " Eu sempre achei e ainda acho idiotice amar tanto um ídolo que nem te conhece a ponto de abrir mão da realidade. Mas como viver o mundo real quando os sonhos são bem mais interessantes e satisfatórios. Por que se contentar com esses sapos da realidade se posso sonhar com Liam Payne? " Definiu o que eu queria dizer. Beijos te adoro

    ResponderExcluir
  22. Heeeeey Iza voltou a comentar!!! kkkk, meu Deus Dri, que perfeito eu estou simplesmente amando essa fic, e esse capitulo então? na vdd.. TODOS né kkkkkk gzuis, você escreve muito bem, e sempre arrasa em todas as fics que você escreve parabéns, continua logo pq eu to morrendo aqui u.u kkkkkk -Iza @zaynmeagarra

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. não consigo escrever o amor que tenho por suas fanfics kkk <33 -@zaynmeagarra

      Excluir
  23. Ah cap maravilhoso e o texto para o Liam nem se fala né? *-*

    ResponderExcluir
  24. Man, falando serio. A historia é boa, mas ta tão zzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz Liam ta um completo demente e idiota, Não sei direito, mas não ta tão boa quando eu pensei que ia estar, não ta nada nem parecido. não to gostando muito, Tipo eu amo suas fics Drica e amo fics assim desse jeito, mas essa ta horrivel, ta sem emoção, vish. Espero que melhore pq ne

    ResponderExcluir
  25. Ameii o que você falou do Liam drica você tem muita sorte de ter o visto espero que um dia isso possa acontecer comigo e eu possa ver o Harry bem de perto ou pelo menos sentir sua presença não como um sonho mas como ele realmente estivesse ali malikisses de -Mari :)

    ResponderExcluir

Não saia sem comentar. Dê sua opinião!!! Malikisses *-*