2 de agosto de 2014

♠ Rocket Love- Prólogo ♠

~PRÓLOGO~

~ Primeiramente, seja bem vinda (o) a esse mundo novo, quero que você me dê a sua mão e viaje comigo para dentro dessa história ~ 




Era mais um fim de tarde frio no Internato de Wolverhampton...

O lugar era conhecido por ser bem rígido, mas depois foi sendo perdido aos poucos e com a mudança final na direção acabou se assemelhando a um presídio, com as regras firmes mas uma grande bagunça. A Lei que vale aqui é o caos. Assim como toda escola, os indivíduos se dividem em grupos, os mais ricos, os mais inteligentes, os mais bonitos, os mais mais, os mais menos. Não importa em que clã estivessem, cada indivíduo do lugar tinha algum problema ou algum segredo oculto. Afinal para que seus pais ou responsáveis o colocassem naquele lugar, algo grave deveria ter determinado isso.

O lugar é bem espaçoso, fica na região mais afastada da cidade, tinham grandes muros para impedir escapolidas indesejadas, tinham duas quadras, uma revestida com grama fofinha e verde, que ficava perto dos jardins e árvores silvestres, e uma que ficava na parte interna, era poliesportiva, perto dali tinha o espaço das piscinas para as aulas de natação.

O espaço que aconteciam as aulas eram bem variados, tinham salas comuns com quadros brancos e carteiras convencionais e também salas para aulas de arte, a diretoria, as salas dos professores, da coordenação e um auditório enorme que normalmente eram para palestras sobre comportamento, ética e doenças sexualmente transmissíveis.

A parte das salas ficavam no segundo andar, assim como o grande refeitório em que eram feitas todas as refeições do dia. No terceiro andar ficavam os dormitórios separados por ala XX e ala XY, que dividiam as meninas dos meninos. Além disso, uma sala de jogos com sinuca, uma estante cheia de jogos de tabuleiro e uma TV de umas 50 polegadas. Apesar de ter uma sala de cinema no fim do corredor, que já não funcionava a bastante tempo.

E enfim a parte preferida de um certo nerd, ficava exatamente entre a sala de estudos e a sala de cinema, era uma mini biblioteca, no andar de baixo tinha uma enorme, mas aquela menor era a sua preferida, os livros velhos que ninguém queria exibir lá na principal, jogavam aqui. Era onde ele enfim podia ter alguma paz, afinal era uma biblioteca apenas para ele, para os outros era um depósito de livros velhos. Aquele lugar era seu refúgio, onde podia respirar de verdade, mesmo que o ar seja tão empoeirado. 

Seu nome era Liam Payne... um verdadeiro enigma por estar ali mesmo sendo considerado ´´normal´´ fora daquele lugar diferente de todos os outros. O garoto acabou ali pelas adversidades da vida e não por si mesmo, descobriria então que poderia ser o único elemento completamente são do Internato de Wolverhampton.

~Liam On~




A noite já começava a cair, eu estava sentado em um canto da minha biblioteca, massageando a maçã do meu rosto, estava dolorida. Fomos liberados mais cedo, todos ficaram felizes mas eu fiquei apreensivo, era mais tempo livre, mais tempo para eles me machucarem. Eu já previa isso, assim que saí da sala da Senhora Martin, senti uma sombra me perseguindo, não somente uma, sabia que eram eles... todos os cinco.

Aumentei os passos em direção ao terceiro andar, mas antes disso...

– Espera aí... Certinho Payne, não precisa correr da gente. - aquela voz me fez parar sentindo um terror percorrer todo meu corpo

Era ela. Meu pior pesadelo...

Tudo começara quando eu entrei aqui nesta instituição, ela já estava a algum tempo, sei pouco sobre sua vida, só sei que ela é órfã de pai, sua mãe é algum tipo de viciada em drogas ou traficante, não sei, é o que soube pela rádio corredor. Depois de ser expulsa de várias escolas, o conselho tutelar decidiu encaminha-la para cá, péssima ideia.

Desde então, ela e seus amiguinhos aterrorizam o colégio, não sei bem sobre a história de como eles se juntaram, mas o Drew era o mais velho de todos, já tinha 19 anos e ainda estava no segundo ano, ainda bem que não era a mesma sala que a minha. Quase nenhum deles era da minha sala, apenas o que eles chamam de ´´ Nialler´´, ele nem era tão mal assim, só era extremamente debochado.

Além desses dois, tinha Zayn Malik, ele devia ter uns 17 anos mas tinha repetido um ano, ele tinha um irmão mais novo Jake que também participava do grupo, ambos de cabelos escuros e olhos negros. E por algum motivo, eu acho que Malik gostava da garota dos meus pesadelos.

Não consigo entender como alguém possua sentimentos por aquela figura, ela nem se vestia como uma garota de verdade, sempre com roupas de cor escura e largas, e nem mencionei a touca preta que usava. Não tirava nunca. Acho que debaixo dela, devia ter os cabelos mais horríveis do mundo, para não querer mostrar nunca, só podia ser isso.

Os cinco dedicavam a vida para infernizar a vida dos outros, por algum motivo eles não mexiam com os chamados ´´populares´´ que eram os mais ricos e esnobes, acho que eles tinham uma espécie de acordo.

Nem consigo entender como alguém que tem dinheiro vem para um lugar como esse. Provavelmente é um marco do abandono dos pais. Esse lugar é um inferno.

– Hey nerdizinho, solta esses livros! - ela gritou e bateu com força nos meus livros fazendo eles caírem ao chão

Olhei para seus olhos grandes e negros, acho que ela provavelmente tinha descendências latinas,os traços de seu rosto, sua boca, isso fica mais claro pelo seu sobrenome, González. Era tipicamente latino. O Seu primeiro nome ou o segundo eu não sei. Mas todos a chamavam de Angel.

Angel? Que tipo de ironia foi imposta a isso? Essa era a última coisa que ela seria, um anjo.

Eu observava ás vezes o modo como ela era agressiva e grossa com os outros estudantes, muito cruel. ´´Angel´´ era terrível com os professores, certas vezes tive o desprazer de ficar nas mesmas aulas que ela, realmente uma louca, descontrolada, sem respeito nenhum a nada, nem a ninguém.

Ela também estava no segundo ano, mas graças ao bom lord ficou na mesma sala que Drew, longe de mim. Nem sei o que faria se ela estivesse comigo por tanto tempo. Nós ficávamos das 9 da manhã até as 4 ou 5 da tarde em atividades em sala, deus me livre passar esse tempo todo com aquela energia negativa por perto.

Eu já evito fazer algumas atividades físicas em que estão incluídos para não ter que cruzar com eles. Sim, é medo. Não medo deles, mas medo do modo como eles me faziam sentir, medo de como eles me faziam parecer na frente de todos que viam as agressões, era muita humilhação. Me sentia um lixo.

– Olha bonitinho, não precisa começar a chorar, só estamos atrás do seu amiguinho. - disse Drew.

Amiguinho? Eu não tenho amigos aqui nesse lugar, me abaixei para pegar meus livros, mas Jake Malik me empurrou me fazendo cair ao chão.

– Espera Jake... - disse Angel ou como gosto de chamar Devil antes dele começar a me chutar, eu acho. - Nós só queremos saber onde está o Devine.

Ah sim, o amiguinho que eles se referiam era o Josh Devine, bem, eu não sei o que fiz de errado mas ele assim que pode se transferiu do quarto a alguns dias atrás.

– Ele não está mais no quarto. - falei, mas acho que minha voz não saiu como deveria

– Fala mais alto seu otário- ouvi Zayn esbravejar atrás da Devil, me levantei e tentei encontrar força para minha voz sair firme

– Ele se mudou, não sei nada dele. - acabou que eu gritei e senti um soco atingir meu rosto

Caí ao chão, mais um chute em minha barriga e uma discussão. Foi Jake quem me bateu. O mais abusado e esquentadinho, apesar de ser o mais novo de todos. O Niall que era da mesma sala que eu, estava dizendo algo, parecia estar me defendendo.

– Só vamos embora okay? - gritou Angel

– Por que está tão bravinha? Só porque eu bati no garoto que você acha bonitinho? - debochou Jake

– Cala essa boca, seu estúpido. - e vi ela dar um grande tapa na cara dele - Malik segura seu irmão, ou se não vou matar ele agora mesmo. - o modo como as palavras saiam de sua boca... não parecia piada, era como se ela realmente fosse capaz de mata-lo com as próprias mãos.

Ouvi eles resmungarem mais alguma coisa.

– Vamos antes que o inspetor apareça! E você, Looser, se eu souber que você está cobrindo aquele traidor do Devine, você já sabe... - falou ameaçadora e antes de ir me deu mais um chute no estômago que me fez grunir de dor

E eles se foram, fiquei ali por mais algum tempo. Mas logo me levantei com esforço, não queria ficar ali e ser visto por outros alunos, completamente frágil e derrotado. Caminhei em direção ao meu quarto mas decidi não entrar, fui direto para meu refúgio.

Sim, era verdade que eu não era o único que ficava nessas condições, mas não, comigo era diferente. Eu via eles zoando os outros, mas era diferente apenas quando se referia a ela. Sim, independente dela ser a única garota deles, ela era a mais temida, a mais cruel.




E o que foi aquilo que o Jake falou? Ela me achava bonitinho? Só o que me faltava, não... ela é a úlima garota que eu ficaria. Nem uma garota mesmo ela é. Eu tive alguns relacionamentos... bem, foi só um na verdade Celine, conheci ela com 13 anos, começamos a namorar, ela era loira, tinha os olhos verdes e era um exemplo de menina doce e delicada, sabe... o oposto da ´´Angel´´ argh só pensar nesse nome já me dá náuseas.

Foi com Celine que tive minha primeira vez, mas logo eu estava vendo meu lar se despedaçando, com meu pai ficando desequilibrado depois de ter sido demitido, minha mãe tentando sustentar a casa com seu trabalho como costureira, mas não deu, as dívidas só aumentavam e então... acabei vindo para o Internato de Wolverhampton.

Alguns meses depois que cheguei, recebi a notícia de que meu pai havia sumido de casa fazia três semanas, ele não retornara, a típica história do ´´ fui comprar cigarro e nunca mais voltei´´. Desde então minha mãe se mudou para a casa da minha avó. Fico mais tranquilo por isso, mas a casa da minha avó não fica na cidade, fica a catorze horas daqui. Ou seja... não posso sair nos fins de semana, preciso continuar nesta tortura mental.

A maioria dos alunos vão para suas casas nos fins de semana, poucos ficam. Alguns que moram distante ou alunos de intercâmbio. E o pior de tudo, Angel... Ela não vai para casa, se é que ela tem uma. Todos os outros do bando vão, quase não a vejo. Talvez não seja tão legal sair pelos corredores desprotegida não é mesmo? Covarde.

Agora que eu estava no dormitório sozinho novamente, acho que me sinto mais confortável. Sentei na minha cama e encarei a cama vazia que era de Devine. Todos os meus colegas de quarto pediram para sair, não entendia, eles pareciam tão desequilibrados, eu somente tentava ajudá-los, aconselha-los, mas nada era o bastante. E acredito que eles não gostavam da ordem mental que eu demonstrava. Só que eu não ligava de ficar sozinho, ao contrário, achava até melhor. Ter um lugar todo para mim, o banheiro só para mim. Era mais espaço para eu malhar.

Era uma das coisas que gostava de fazer, mas fazia mais no quarto, muitas flexões por dia. No ambiente externo nada de esportes grupais . nem nada, apenas corrida. Acho que conseguia manter meu corpo saudável.

O Internato até tinha pessoas legais, eu não consegui criar laços fortes com ninguém. Mas tinha os três, que era a May Lucianne Black, que gostava de ser chamada de Malu, o Louis Tomlinson e o Harry Styles. Eles me tratavam bem e isso já era ótimo, eles não se desgrudavam, eu admirava aquela amizade.

Além deles, tinha uma garota que eu gostava, ela é perfeita, doce, meiga, simpática... tudo que eu amo em uma garota. Katherinne, todos a chamavam de Kathy, só não entendia o que alguém como ela fazia ali. Eu tentava me aproximar ás vezes, ela sempre foi muito gentil. Só que minha timidez não permite que eu dê grandes passos, aos poucos pretendo conquistá-la.

Ainda estamos na quarta-feira, que droga. Realmente passei a curtir os fins de semana, era quando podia passear livre por aí, até mesmo me permitia nadar um pouco na piscina, eles liberavam das duas da tarde, logo após o almoço, até as cinco da tarde. Não mais que dez alunos se estendiam pela grandiosa piscina. Um dos melhores momentos da semana. Como se minha rotina tivesse muitos momentos bons... Não mesmo.

Meu relógio apitou e vi que era hora do jantar, mas não tinha fome. Sabia que essa atitude teria consequências mais tarde e que eu sentiria fome, mas não queria sair do quarto. Olhei para o espelho do banheiro após tomar banho. Apesar de meu rosto latejar com uma dor pulsante, só havia uma marca rosa ali que logo desapareceria, eu sabia disso... não foi a primeira vez que aconteceu...

~ Flashback~

Fazia mais ou menos duas semanas que eu havia chegado, estava me adaptando ainda e não conhecia todas as partes da escola, me lembro que tinha um colega de quarto e a comando do diretor ele me apresentou toda a escola. Ele não fazia o tipo nerd, mas também não era popular, era só um adolescente normal, estava no último ano. Não me recordo seu nome.

– Olha... agora que conheceu a escola inteira, eu vou ter que te deixar um pouquinho aqui sozinho, tenho que pegar umas coisas na secretaria, mas vê se conhece alguém aí, faz amizades, sei lá. - ele aconselhou
-Okay, obrigada por me apresentar a escola. Valeu mesmo- eu disse

-Ah não foi nada. - apesar de eu saber que alguém o obrigou a fazer aquilo, pelo menos ele foi legal

Ele saiu e eu fiquei lá sentado em um banco, e foi então que a vi pela primeira vez. Estava rodeada com alguns amigos, alguns não estudam mais aqui. Acho que apenas Zayn e Drew estavam naquele momento. O meu novo colega de quarto esqueceu de me avisar das regras, bem, eu não sabia.
Seu rosto era mais novo, bem, já se passaram quase dois anos, muitas coisas mudam em dois anos. E como quem não quer nada, eu fiquei olhando pra ela. Aparentemente ela era a mais nova do grupo, além de ser a única mulher. E então eu sinto um arrepio correr pela minha espinha.

-O que tá olhando otário? Perdeu alguma coisa aqui? - ela gritou em minha direção, eu abaixei a cabeça e olhei atrás de mim – É com você mesmo que eu estou falando, idiota!

– Comigo? - perguntei baixo

-Quem é esse otário? - ouvi Malik perguntar

– Espera aí que vou descobrir – ela disse e então aquele ser que eu nunca havia visto, caminha em minha direção

Apenas a observo receoso, não sabia o que estava por vir mas já sabia que algo não estava bem, a forma como ela me olhava. Aquilo não era como um desejo de boas vindas.

– Perdeu alguma coisa filhinho da mamãe? Hein? Tá olhando pra mim por que? E que roupinhas são essas? Foi a mamãe que escolheu para você? - e então eu acho que perdi o chão naquele momento

Foi simplesmente torturador passar por aquilo pela primeira vez, a forma como o tom da voz dela me devastava por dentro, o jeito que as pessoas que passavam olhavam para mim ou com sorrisinhos debochados no canto da pena ou somente como se sentissem puramente pena. Enquanto isso eu me sentia sendo despido para toda a escola. Eu era novo, não tinha amigo nenhum. Nunca havia me sentido tão sozinho em toda a minha vida. Queria sumir dali mas não podia.

Somente tentava apanhar as minhas coisas do chão enquanto aquelas pessoas estranhas chutavam meus livros e espalhavam meu material pelo chão. Ao mesmo tempo em que diziam atrocidades para mim. O que eu havia feito para eles?

Com o passar do tempo eu somente tentei conviver com aquilo. Mas o desejo de vingança só cresce a cada dia mais. Eles ainda irão pagar por tudo que me fizeram sentir fisicamente e emocionalmente. E principalmente ela...

CONTINUA....



E aí genteeeee???? O que acharam?
Socorrooooo
Eu estava muito ansiosa para postar para vocês
Comentem, dependendo da quantidade posso postar o capítulo 1 ainda hoje, de qualquer forma, vou selar um acordo com vocês e postar coisa nova todo sábado :3 

Link para os personagens AQUI

Malikisses 



36 comentários:

  1. não li ainda , mais sei que está perfeita :3

    ResponderExcluir
  2. Estou vendo que eu vou sofrer junto com o Liam nessa fic

    ResponderExcluir
  3. não sou boa com comentários, mas eu vou tentar fazer um em todo capítulo, okay? eu não queria comentar só "continua", mas tudo bem. vamos lá.
    então quer dizer que a dona "angel" acha o liam bonitinho? interessante.
    liam vingativo? gostei.
    eu não sei fazer isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awn ficou bom seu comentário

      Excluir
  4. Que fic perfeita,Serio Drica amei o primeiro capitulo Continuaaaaa

    ResponderExcluir
  5. Cara, eu simplesmente amo a sua mente,porque sai coisas tao pfts dai, posta hoje, pfvr *-*

    - Menina dos Sonhos Escritos ( Luh Graciotto) *_*


    ResponderExcluir
  6. Woww que surpresa incrível!! Ameiii esse adiantamento :P sério dá vontade de comentar cada frase desse prólogo vc escreve muito bem e eu estava com saudades ♡ arrasou Dricaa! Aii não faz isso com meu coração mulher!! Posta hoje :3 bjss
    Isa xx

    ResponderExcluir
  7. nao acreditooooo rocket love *-* posta mais
    Xrose

    ResponderExcluir
  8. OMG que perfeito,estou prevendo que vou pirar com essa fic,muito perfeita,posta logo please pequena ❤️
    Rayla Brito

    ResponderExcluir
  9. AHHHH FINALMENTE!!! OMG QUE PERFEIÇÃO QUE MAGNÍFICO!! Ok voltei a respirar pq vc tirou meu ar!

    ResponderExcluir
  10. MA-RA-VI-LHO-SO *U*

    ResponderExcluir
  11. Incrivelmente pft!! Cê vai postar no proximo sabado né?! To anciosa!!! ^.^

    ResponderExcluir
  12. MDssssss
    Respira, respira, respira!!!!! Sem.or não dá. Como você termina um capitulo assim?
    Mdssss Adriiii, assim você mata alguém, sem.or!!!
    Tá perfeito, mas isso você já sabe né? O que talvez você não saiba, é o quanto eu esperei por uma Fic assim, uma na qual não tivesse essa mesma historinha que tem nas Fics por mais que as Fics que você fez desse tipo ficou perfeita, esse negocio de ser diferente é bem mais top! u-u
    Imaginar os minos em seu lado mal, uns paranaues loucos ai, mdsss. Tinha que ser escrito por você né Adrii? Mas enfim, eu realmente amei esse prólogo e to rezando pra que esse povo que tá lendo comente, porque ai vai ter o 1º ep. *-----*
    e-e
    Desculpa pelo textinho inicial, mas sabe como é né? Eu não consigo dizer só um "Tá perfeito, continua!!", não por favor, isso é impossivel pra mim.. Hu3'
    Beiiijos, poste ainda hoje e-e
    -Iza'

    ResponderExcluir
  13. Bom essa é a primeira fic sua que eu estou acompanhando :) mas já li LT e tô terminando TQSV :3 E sério, eu adorei.
    Gostei do prólogo, muito mesmo. Continua logo viu? *---*

    ResponderExcluir
  14. DRICAAAAAA, TA PFTO AI MEU SANTO NICKLAUS SÉRIO DRICA, AJANAHANAH 💕 TA MTO PFTO ESSE COMEÇO ROCKET LOVE VAI DESTRUIR CARREIRAS 💞💞💞💞
    XOXO Yas 💗

    ResponderExcluir
  15. AAAAAAAAAAAAAAAH
    DRICA, POSTA PFFFFF!!
    EU SEI QUE VC DISSE QUE SÓ VAI POSTAR DE SABADO, MAS SÉRIO, AGR TA NO COMECINHO MANDA MAIS UM AIIIIIII

    SABE, TO CONHECENDO MAIS UM POUCO DO CHÃO! E ACHO QUE NAO SAIO DELE HJ!
    *-*
    PQPQPQPPQPQPQPQPPQPQPQPPQPQPQPQPQPPQP
    COITADO DO LEE CARA, ELE TINHA ACABADO DE CHEGAR E JÁ ACONTECE ISSO, ATE AGORA.... AI SEM OR
    ME SEGURA
    EU NAO GUENTONFLSDHFGDSFGFFXG

    MALIKISSES <3
    Liam's Girl

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ri muito com isso "TO CONHECENDO MAIS UM POUCO DO CHÃO! E ACHO QUE NAO SAIO DELE HJ! " hahahahaha

      Excluir
  16. continua pelo amor de lord em kkkkkkk ta peerfeita *---*

    ResponderExcluir
  17. Nossa está muito, mas muito perfeito mesmo Drica! Continuuua logo, estou vendo que não é só eu que está ansiosa para o proximo capitulo! Continuuuuuuuaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!

    ResponderExcluir
  18. Perfeito eu to ansiosa pra ler o 1º capitulo :) <3

    ResponderExcluir
  19. Tá muitooo ótimo ( tá meio esquisito esse 'muito ótimo', mas é um elogio rsrs). Eu sei que comentar "continua" é meio deprimente por o fato de não conter elogios e sim uma palavra que só simboliza 'continua' e também nos satisfaz, e também não entra nos padrões críticos da fanfic (não sei de onde tirei isso, mas dá pro gasto, rsrs), então continuando o assunto, vou ser mais clara agora; só os "besta" comenta isso, meu... Sério, se quer que continue a fic tem que incentivar a pessoa à postar, porque só com um 'continua' não se vai a lugar nenhum. Então partindo para minha "incentivação postativa" : Dricaaaaaaaaaaaa, tá muito perfect, preciso dessa fic, necessito dela pra viver, ai papaaaaii! Aii, tô com uma peninha do Liam, mas sei que um dia ele vai dar um belo tapa na cara dessa bitchee, Angel má! Raramente vejo erros nassua postagens, ou seja, não vejo porque nunca tem rsrs. Já chegou ahazzando com este prólog haha. Então, lembrando que vou sempre comentar em todos caps, e não vai ser uma misériade continua, mas eu não posso me segurar....... CONTINUAAA
    (eu essa minha mania de comentar textão, aff então vou colocar um fim nisso, aliás, já esgotei minha cota de elogios, rsrs ;])
    Malikisses Dudda-

    ResponderExcluir
  20. Puta que pario ADRIELLE FERNANDES menina voce é perfeita VCE TEM QUE FAZER UM LIVRO UM DIA . Esse capitulo ficou perfeito a fic vai ser perfeita eu tenho certeza.CONTINUA HOJE MULIER
    malikisses iasmin Xx (sua fa que ainda nao esqueceu que é mais alta que voce akjsjdjd)

    ResponderExcluir
  21. Aiiinnnn Driiiiii!!!( olha a intimidade da criança) Sério vc me pegou de surpresa com esse prólogo!!! Eu tva MUITOOO ansiosa pra essa fic começar!!!!! Sou sua grande fã!!!♥♥ E eu acho que cada uma da suas fics deveriam virar livro!!! Bom... to SUPERRR ANSIOSA para o proximo cap.!!! Vc tem que continuar logoooo!!!!
    BJKAS NOS PULMÕES!!!♥♥♥♥ XxIza♥

    ResponderExcluir
  22. Drica sério responde nós

    ResponderExcluir
  23. maravilhosoooo!!! nossa tava tao anciosa <3

    ResponderExcluir
  24. ''ELA '' voltou,, voltou pra ficar pq ,,, pq aqui é seu lugar ♫♪♫♪.! kkkk
    ahh já nñ vejo a hora .. qero o logo os 1ºcapítulo.

    ResponderExcluir
  25. Tava com saudades de ler suas fics muié... e ansiosa pra ler essa (:

    ResponderExcluir
  26. Ain adorei! *-* lendo esse prólogo só consegui pensar numa coisa: será q a Angel tem algum tipo de paixão doentia pelo Liam?? amei mto Drii, já vi q essa fic vai ser divastica *-*

    ResponderExcluir
  27. Como sei que hoje é seu aniversário... vim até aqui pra te desejar felicidades!!! Tudo de bom mesmo,e continue logo com essa fic!!!!
    bjs

    ResponderExcluir
  28. Socorro! Já tô amando ♥
    - Julyana Esther

    ResponderExcluir

Não saia sem comentar. Dê sua opinião!!! Malikisses *-*