30 de agosto de 2014

Sweet Dance - Vigésimo Terceiro Capítulo: went fast




              SeuNome on~

SeuNome: Sim mas… é por uma boa causa - disse sentindo meu olhos arderem -
Zayn: E porque não me disse ? - falou afastando-se de mim -
SeuNome: É que eu estava tão ansiosa para fazer tudo certo na apresentação esqueci desse pequeno detalhe - disse dando um passo mais à frente vendo-o recuar - 
Zayn: Pequeno detalhe ? Você não pensou em mim quanto à isso ? Você não imaginou como eu ficaria vendo você atravessar uma boa parte do oceano ? - enquanto falava gesticulava com as mãos - E então porque me quis colocar nessa escola ? Pra que todo o momento em que eu olhasse para a sala que passamos a maior parte do tempo nos conhecendo e nos apaixonando eu lembrasse que você não está mais aqui, comigo ?





SeuNome: Zayn, eu nunca queria te machucar. Eu só quis ajudar você à estudar aqui para ter uma escola de qualidade e fazer oque você gosta, por favor não fique zangado comigo, agora mais do que nunca preciso de você me apoiando. É apenas seis meses, depois disso eu posso pedir transferência para trabalhar aqui. Vai passar rápido, eu prometo.
Zayn: Você tem certeza ? - falou aparentemente triste -
SeuNome: Claro, nossos corpos podem estar longe um do outro mas nossos corações e pensamentos estarão sempre juntos. 
Zayn: Ok - acalmou-se abaixando os olhos (gif) - Vou sentir sua falta - disse por fim abraçando-me forte -




SeuNome: Eu também vou Zayn - finalizei retribuindo o abraço -
Poderia demorar um minuto, um ano, um século mas tudo o que eu não queria fazer no momento era me desprender daquele abraço tão aconchegante em que me encontrava. 
Tinha de aproveitar o momento pois passaria meses sem poder senti-lo, apertá-lo, beijá-lo… Por mais doloroso que fosse, eu tinha de ir era meu futuro que estava em jogo e sei que Zayn irá se sair bem aqui sozinho. 
                                                     ***
Zayn: Então adeus - disse após a última chamada para o voo até NY -
SeuNome: Não é um adeus é apenas um… até logo! - reconfortei-o - Fique bem, vou mandar cartas, mensagens qualquer coisa para que podemos nos comunicarmos ok ? - assentiu - Eu te amo - selei cautelosamente nossos lábios encostando nossas testas em seguida -




Depois de um leve sorriso, virei-me e despedi-me dos outros rapidamente. Lexi continuaria na escola para terminar o ano, ela era uma “repetente” de lá, mas o assunto é um pouco delicado. Brandon conseguiu um emprego na loja de música mais popular da cidade e até quem sabe, da Inglaterra inteira. Ele teria de procurar pessoas que cantam bem e mandar para as gravadoras do local. Todos os outros colegas de dança também iriam continuar na escola junto à Lexi.
Enquanto à Zayn, como conseguiu a vaga na escola, iria ficar por lá para não só ser um simples aluno mas também teria de dar aulas para os aprendizes e terminar as poucas horas que faltavam do acontecimento pouco bom de se lembrar. 
Já no portão de embarque, mostrei meu passaporte e os documentos necessários, tudo graças à Violet por ter pego-os para mim, e após a aeromoça ter dado uma pequena assinatura no passaporte, olhei pela última vez Zayn que se encontrava um pouco mais à frente dos outros, sorri levemente não recebendo nada em troca e um tanto melancólica adentrei ao corredor em direção à pista de avião. 
             Zayn on~
Depois de vê-la partir, voltei para casa recusando o convite de todos os outros para irmos tomar um café juntos. Sentei-me no sofá cansado e refletindo um pouco em tudo oque ocorrera comigo desde ontem. Primeiro uma coisa desagradável me ocorreu quando aquele louco me sequestrou e me deixou um dia inteiro preso àquele lugar fedorento e úmido, depois a apresentação foi mais que espetacular e por último tive que ver minha garota me deixando por seis meses. Não queria pensar em muitas coisas apenas na felicidade dela e no que eu iria fazer agora, não só estudar mas teria de encontrar um emprego e logo. 
         
                      ~ Seis meses depois ~

Durante esses seis meses em Bradford foi tudo muito satisfatório. Dei aulas e também aprendi muita coisa na Escola de Artes, fiz algumas novas amizades boas, Danna, como pediu que eu à chamasse, ficamos mais próximo por conta do afastamento de SeuNome, firmei em um emprego e com o dinheiro que ajuntei comprei uma passagem à Nova Iorque, durante as férias do serviço e da escola, para fazer uma pequena surpresa a SeuNome… A única coisa ruim que aconteceu foi a morte de Niall. Foi a partir daí, que Greg e eu ficamos muito mais próximos, se é que era possível, encontramos amizades novas, ficamos longe de drogas e brigas e tentamos levar uma vida basicamente legível. 
Só de pensar no dia da morte de Niall me dá calafrios, foi simplesmente um dos dias mais terríveis da minha vida. 
     
              Flashback on~

Um mês e meio depois da partida de SeuNome, a vida para os três e bons amigos aqui ficou ótima. Nos aproximamos mais, indo à bares, festas e em vários outros lugares juntos. 
Era uma noite qualquer e eu estava na casa dos irmãos encrenca assistindo ao jogo de basquete em que jogavam Chicago Bulls versus Phoenix Suns enquanto comia algumas batatas chips. Sra. Granger havia acabado de sair de casa deixando um aviso de que Niall dessa vez não era para sair de casa junto à mim e a Greg. Claro que o pequeno ficou todo aborrecido e bravo, o que não fez Greg desistir da implicância. 
Havia uma festa na casa de uma conhecida e nós dois fomos até lá. Tudo estava indo muito bem, dançávamos, bebíamos, comíamos… Até que Greg percebe alguém buzinando ao lado de fora. Quando fomos ver era Niall que havia roubado um dos carros da gangue de Tilley. 
Niall: Ei, olha só a belezinha que eu consegui ? - disse apreciando o carro -
Greg: Aonde você conseguiu isso? - falou aparecendo na janela da casa em que acontecia a festa -
Niall: Eu roubei. Você não dizia que eu nunca conseguia roubar um carro que prestasse ? E então, o que me diz desse ? - exibia-se - 
Greg: Moleque, o que que você tá fazendo ? Sai desse carro antes que arrume confusão. Você é burro ou oque ? - falava bravo -
Niall: Não - protestou -




Greg adentrou novamente para a casa seguido por mim e em questão de segundos todos da casa já haviam se assustado pelos três tiros disparados na rua. 
Nós dois saímos em disparada para fora novamente mas dessa vez encontrando um Niall caído, ao chão gélido e úmido da rua, e molhado com o seu próprio sangue.
Greg desesperado, agachou até o irmão colocando a cabeça dele em seu colo. Eu rapidamente olhei aquilo tudo assustado e coloquei as mãos na cabeça





Depois abaixei ao seu lado e tentava estancar o sangue que manchava a sua camisa bem passada hollister. Gritávamos para que chamassem uma ambulância para as pessoas que apenas assistiam o triste acontecimento. Era tarde de mais, Niall havia ido…  
O enterro foi rápido e simples. Havia um pouco mais de meia dúzia de pessoas lá, contando com o padre. Sra. Granger chorava tanto que seus olhos pareciam que iam escorregar para fora das pálpebras. Greg estava de cabeça baixa engolindo o choro. Os outros apenas assistiam aquilo tudo com muita tristeza nos olhos. E eu, apenas observava tudo, aparentemente e sentimentalmente triste e angustiado pela perda e pensava o que se passava na cabeça de cada um que estava ali naquele instante.




Os dias se passaram lentamente após a morte de Niall. Eu e Greg estávamos nos vendo pouco por conta disto. No terceiro dia após o enterro, fui atrás dele que estava jogando a bola de basquete na sexta errando todos os arremessos sozinho. Quando parei ao seu lado, deixou a bola escorregar de suas mãos fazendo-a quicar três vezes e após isso me abraçou fortemente chorando. Foia primeira vez que o vi derramando lágrimas. Percebi que por mais deles sempre estarem brigando, eles se completavam, tinham de estar sempre juntos e agora não estavam mais. Retribui o abraço e ficamos ali por bastante tempo, isso fez com que eu visse além de tudo oque passamos, que somos mais que amigos somos quase irmãos e se ele precisava de um abraço de irmão, eu estaria ali pra dá-lo.
         
              Flashback of~

De tanto lembrar da tragédia, percebi que o avião havia pousado e a aeromoça já estava entregando as pequenas malas que se encontravam no pequeno bagageiro à cima das poltronas. 
Peguei a minha e desci do aeroplano. Fui até o saguão aonde estava as malas dos passageiros. Agarrei minha outra mala maior e rapidamente fui para fora do local. A neve caía levemente sobre os ares da grande New York City. Após apreciar todos os edifícios e arranha-céus do lugar, peguei uma pequena folha aonde estava escrito um endereço qualquer. Segundo Danna, era lá aonde SeuNome estaria às três da tarde, ela sempre passeava pelo local para dar uma “esfriada” na cabeça e pensar sobre tudo. 
Entrei em um táxi que estava parado à frente do aeroporto e entreguei o endereço ao motorista logo após ele guardar minha mala. Começamos a se deslocar do local.





Demorou apenas alguns minutos até chegarmos no destinatário sendo assim três e quatro. Paguei-o e desci do táxi com as malas. Percebi estar no famoso Central Park, tudo era muito bonito e aconchegante por lá. Olhei em volta apreciando o lugar até que alguns fios de cabelos finos e loiros (ou morenos depende de vocês) me chamaram a atenção. Era ela.
Me aproximei rapidamente da garota que parecia ser a mesma de quando à conheci. Não a confundiria com outra pessoa, era impossível. Ela estava de pé e com a cabeça baixa lendo algo que se repousava em suas mãos e quase inaudível, algumas palavras saíam de sua boca.
Parei à alguns poucos metros de distância e quase incontrolavelmente à chamei.
Zayn: SeuNome ?! - chamei-a vendo-a levantar sua cabeça rapidamente -




Ela estava ainda mais linda, seus olhos estavam mais claros e seus cabelos mais longos e mais cuidados. Suas roupas eram tipicas de frio, aconchegantes e belas. Tudo nela estava diferente, menos o sorriso. O sorriso continuava o mesmo, lindo, quente e encantador.
SeuNome: Zayn ?! - disse da mesma forma de quando nos conhecemos -


Continua...



Oi oi gente. Esse é o último capítulo desta temporada.
A segunda não sei quando irá começar, pois irei fazer novo capítulos para ela.
Só digo que a segunda temporada irá ter muitos flashbacks, que aconteceram durante
esses seis meses. 
Espero que curtem esse capítulo e comentem, chamem amigos, irmãos,
primos, parentes para ler a fic. 
Até logo babes,   xoxo'


9 comentários:

  1. Mds que perfeito continua sua Liamda :3

    ResponderExcluir
  2. Espero q vc poste logo a 2 temporada essa fic ee otima

    ResponderExcluir
  3. adorei amore jáa to ansiosa pra proxima temp.

    ResponderExcluir
  4. Aaahhhh!!! VAU TER 2* TEMPORADAAAA!!!(TUTS TUTS TUTS) SÉRIO, TA INCRÍVEL!!! CONTINUAAA RÁPIDOOOO!!!!!

    ResponderExcluir
  5. TO MUUUUUUUUUUUUUUUUUUITO ANSIOSA MDS bjos Luuh

    ResponderExcluir
  6. Ai meu Deus estou vomitando arco-iris!!!!
    Vai ter 2 Temporada TUTS TUTS TUST UHUU
    ta muito perfeito

    ResponderExcluir
  7. Uhuuuuuuuul vai ter 2 temporada, continua logo pq ta muuito foda. :)

    ResponderExcluir
  8. Continuua so num gostei que o Niall morreu :'( Mas continuaa ta Perfect
    XoXo Viih_Malik

    ResponderExcluir

Não saia sem comentar. Dê sua opinião!!! Malikisses *-*