11 de setembro de 2014

♠ Rocket Love- Capítulo 7: Young ♠

~ Narradora ON~ 

esse caps tá cheio de novidades


Aleatoriamente, boatos começaram a se espalhar por todo o Campus. Os irmãos Hemmings iriam fazer uma festa no Chalê de última hora. Esse lugar era praticamente abandonado, ficava bem atrás dos jardins, na divisa entre este e o bosque. Antes um funcionário morava ali com sua família mas gora estava inabitada.

 


 Luke e Ellen Hemmings, detinham de uma beleza típica, ambos de pele branca, cabelos loiros e olhos azuis da cor do céu. Sem dúvidas um dos mais ricos do lugar e apesar disso ser algo como uma blasfêmia para a Instituição, até mesmo ali o dinheiro podia comprar muitas coisas. Como funcionários de uma classe média baixa da Inglaterra iriam resistir a tantas notas de euro em suas mãos? Festas eram proíbidas mas nada que notas valiosas não pudessem conseguir.

Malu nunca tinha ido a nenhuma festa dos irmãos e nem de nenhum outro estudante rico. Porém dessa vez algo estava diferente, após o assassinato de Josh as pessoas diminuíram um pouco a distância entre pessoas que não participavam de seus grupinhos. Afinal, agora tinham um assunto em comum. ´´ Quem matou Josh Devine?´´ Não eram poucos os comentários, suposições, apostas... Mesmo assim Black não queria ir. Não conhecia bem os donos da festa, quer dizer... Até conhecia Ellen, eram da mesma sala e esse fato fez com que ela não quisesse mesmo ir.

Por favor Malu, vai ser muito divertido! – Louis pulava de joelhos na cama da garota enquanto ela permanecia sentada no encosto sem mudar sua expressão.

Tomlinson já estava pronto, com uma camisa polo de cor escura que fazia com que seus olhos se sobressaltassem. O cheiro de seu perfume masculino inebriava o quarto fazendo Malu sentir e suspirar em segredo.

Já disse que você e o Harry podem ir sem mim! Não vou na festa daquela garota, ela não gosta de mim. - falou e cruzou os braços fazendo Tomlinson parar sua agitação.

Ainda isso? Qual é? Foi a um ano atrás. - ele parou e se sentou ao lado dela

É Louis mas ela me xingou, disse que eu era uma droga, que devia estar morta... só porque eu escorreguei e fiz ela derrubar o suco. - cerrou os olhos

Tá, ela é idiota. Mas isso vai fazer você perder essa festa? Deixar de curtir com seus dois melhores amigos? Por causa dela? - Louis olhou em seus olhos tentando a animar.

E correr o risco de ser expulsa de lá? Não mesmo. - Malu levantou, ajeitou seus cabelos em coque. - Vou ficar aqui, começar a ler mais um livro do John Green e depois vou dormir.

Nossa, que legal. - ele revirou os olhos – Você não vai ser expulsa, a  Ellen enche a cara nessas festas e além do mais, estará comigo. Vamos, você nunca sai com a gente e... - assim que ia completar Harry surge no quarto. Ele está com uma calça e camisa social azul marinho com botões cor de pérola. Os cabelos levemente ajeitados para trás. Malu deu um sorriso bobo ao vê-lo.

Vamos? - ele disse e logo depois balançou a cabeça em sinal de reprovação ao olhar para a amiga – Você ainda não está arrumada! Vamos chegar atrasados! As ginastas já estavam saindo da ala quando eu cheguei, por favor!!! Eu preciso sair dessa seca, quero pegar alguém, preciso pegar alguém. - dizia em um desespero cômico.

Você ficou com alguém semana passada Styles!! - Black falou rindo

É verdade... - ele parou e refletiu pensando que sua ´´seca´´ não era assim tão grave e então algo lhe veio na cabeça – Mas para você... essa festa viria a calhar não é Senhorita Black? - ele ergueu a sobrancelha malicioso

Não! Não! Olha só, por que vocês não vão logo para essa droga de festa e me deixam aqui com a minha vida! - ela disse já perdendo a paciência.

Eu pensei que você nos amasse... - Louis falou desapontado.



Eu pensei que você ficaria sempre do nosso lado... - Harry completou e a garota riu debochada

Não, eu sei o que vocês estão fazendo e não vai funcionar! - e então viu os olhos de seus amigos pedintes... - Droga! Eu odeio vocês, saiam daqui, fico pronta em vinte minutos e se eu não gostar, venho embora! - os meninos gritaram em comemoração e começaram a abraçá-la. Ela os expulsou do quarto rapidamente.

E então uma pergunta veio à sua mente. ´´O que eu vou vestir?´´ Não fazia ideia do que as pessoas vestiam nessas festinhas. Quer dizer, já havia visto as meninas prontas mas afastou aquele tipo de moda da sua mente. Porque em sua opinião, uma saia que dá para enxergar até seu útero não iria ficar bem nela. Olhou-se no espelho, e lembrou que lá fora tinha dois garotos perfeitos que estavam esperando por ela. Isso só fez com que se sentisse pior. Seu armário não parecia ter nada... Nada que funcionasse.

As únicas roupas que tinha eram as que sua mãe comprava, roupas fechadas, roupas que pareciam para alguém de vinte anos a mais. Sentiu seus olhos arderem. Se bateu por se sentir uma estúpida. Já ia ir para fora e avisar que não iria mais quando avistou o guarda-roupa de sua colega de quarto e amiga, Kathy. Ela também era alguém que não parecia ter roupas tão ousadas mas sem dúvidas seria melhor que as dela.

 Abriu e se deparou com muitas roupas em tom de azul bebê, rosa, branco... E no fundo avistou algo que lhe chamou atenção, era um vestido preto com brilho, não tinha decote na frente e sim nas costas, as deixando quase toda nua, pairando um pouco antes da cintura, era um pouco rodado e marcava bem a cintura. Sorriu e puxou o vestido do armário. O colocou e parecia ser feito especialmente para que ela o usasse. Seu comprimento ia até um pouco antes do joelho, colocou uma sapatilha vermelha que sua vó lhe dera no último natal. Foi na sua bolsinha de maquiagem, não sabia usar direito, na verdade, não podia usar muita, por conta da sua religião ou melhor... da religião da sua família. Porém a poucos meses ela foi em uma lojinha de sua cidade e comprou os itens. Afinal algo a fez querer tentar ficar mais bonita. Seus sentimentos.


Blush, rímel, um pouco de lápis... e então olhou para o batom que comprara a poucos dias da última vez que foi para casa. Era vermelho. Não sabia porque comprou afinal. Mas só quis e não sabia que o usaria tão cedo. Passou devagar e viu que aquilo fazia uma enorme diferença em sua face. Era como uma quebra, uma ruptura da imagem de garota boazinha ou em sua opinião, sem graça. Aquilo a fazia ter graça, ter cor, ter vida. Soltou os cabelos que apesar de lisos, foram marcados pelo coque e ficaram com aspecto ondulado. Penteou e os jogou para o lado, soltos... Soltos e selvagens, como sempre quis que eles fossem. O perfume foi o último detalhe, não se virou para olhar novamente no espelho. Apenas saiu do quarto e foi de encontro aos seus amigos.

Harry foi o primeiro a vê-la, levou suas mãos na boca escondendo seu sorriso. Deu dois tapinhas no ombro do Louis que olhou para a expressão do amigo e depois se dirigiu para a direção em que ele olhava. Arregalou os olhos e sorriu. Ficaram observando a amiga que andava pelo corredor até eles.

Gente, cadê as inspetoras? Será que os Hemmings pagaram todos os funcionários de Wolverhampton para eles sumirem? - perguntou e olhou para os amigos que estavam com expressões estranhas. - O que? Ai gente, é a minha roupa? Está demais? Eu não sabia o que vestir e... - Malu sentiu quando as mãos de Harry pousaram na cintura dela e logo ele depositou um beijo em sua testa.

Você está linda. Para de ser tão paranóica. - ele riu

E o que você achou Louis? - ela perguntou receosa

Eu acho que você vai ser a garota mais linda da festa, sem dúvidas.

~ Malu On~


Quando eu ouvi aquelas palavras saindo de sua boca, acho que foi o momento mais incrível da minha vida. E da forma como ele falou, seus olhos sendo tão misteriosos e contidos. Não sei o que me deu mas quis fazer com que essa festa fosse a melhor da minha vida. De qualquer forma seria já que eu nunca tinha ido em nenhuma outra festa dessas em toda a minha vida. Os meus dois melhores amigos comigo, nós três juntos e felizes. Andamos pela trilha, até visualizarmos a pequena casa de madeira, com algumas luzes e uma música abafada ecoando de lá. Eu revirei os olhos quando vejo aquela figura parada em frente a casa, com os braços cruzados e batendo seu pé.

Louis se adiantou e foi na frente, erguendo os braços para abraçar aquela que era sua namorada agora. Mas ela recuou e começou a reclamar da demora e quando ele disse que era porque estavam me esperando, a garota me lançou um olhar mortal, me olhando de cima a baixo. Ela nunca tinha olhado para mim daquele jeito como se eu fosse uma... uma ameaça. Carly era bem bonita sempre me achei um patinho feio perto dela mas naquele momento eu não achei.

Como sempre quando estávamos na presenta da namoradinha do Tomlinson era Harry quem me fazia companhia, ele ergueu o braço para mim e então entramos naquela que seria minha primeira festa.



Nunca pensei que as festas eram daquele jeito, obviamente eu sabia que os esportistas, riquinhos e populares eram o público-alvo mas nunca pensei que eles parecessem assim tão normais. Eram como gente como eu e o Louis e Harry. Não nos olharam ou notaram tanto nossa presença como eu achei que fariam. Ao contrário, acredito que nem perceberam quando entramos, cada ser só estava se divertindo, ou conversando, ou bebendo ou fumando. A música era uma espécie de eletrônica misturada com Indie, eu achei bem legal. Algo que percebi era que nunca tinha visto tanto álcool junto na vida. Não acreditava que aquilo estava acontecendo ali na Wolverhampton, eu nunca quebrei qualquer regra daquele lugar e aquela festa quebrava pelo menos metade delas.

Styles me puxou para o que parecia ser a cozinha, não pude não perceber uma garota em cima da bancada parecendo fora de si, não me lembro de onde a conhecia, havia um garoto entre suas pernas, esse eu sabia quem era, Zayn Malik. Era impossível não se arrepiar com sua beleza e o jeito como ele a carregava, todos seus olhares, gestos, ajeitadas no cabelo pareciam uma tentativa perfeita de seduzir. Ele conseguia. Senti seus olhos me atingirem quando ele deu uma pausa dos beijos no pescoço da garota, fazendo com ela retribuisse agora. Nunca tinha trocado qualquer palavra com aquele garoto então meu coração foi de oitenta batimentos a cem ao mesmo tempo em que sua voz chegava aos meus ouvidos.

Vou terminar com essa aqui, depois se quiser, eu cuido de você também. - ele disse isso e pegou a garota no colo, a encaixando em sua cintura, mordeu os lábios para mim e saiu dali.

Isso realmente aconteceu? Zayn Gostoso Malik acaba de dar em cima de mim? Nem em mil anos achei que isso aconteceria. Tudo bem que ele não era do tipo que nunca tenha ficado com nenhuma menina dali mas era bem seletivo, só as mais bonitas... e agora eu. Minhas pernas ficaram bambas e eu provavelmente fiquei sabendo que estava pálida quando Harry comentou isso ao me entregar um copo de refrigerante.

Estava bebendo e logo ele me leva para uma salinha mais para os fundos, acredito que aquilo era um quarto mas agora eu nem conseguia ver o chão, haviam muitas pessoas ali, dançava, pulavam, cantavam. As luzes coloridas intensificavam tudo o que eu sentia. Depois de alguns minutos, vejo Louis novamente, ele tenta chegar mais para perto de onde nós estamos mas as mãos grudentas em seu pescoço surgem como âncoras. Uma música começa a tocar e é o bastante para todos começaram a se acalmar, alguns até sairam do local. Era uma música para dançar coladinho, eu olhei para Harry, achei que ele me daria a mão mas ao invés disso, ele acenou para alguém. Olhei na direção e vi um garoto se aproximar, já havia visto ele conversando com os meninos, isso quando estávamos brigados. Ele chegou bem perto e sorriu para mim.

-Malu, esse é o Will... - Hary falou sorrindo

Oi... - foi só o que saiu da minha boca, antes do garoto fazer um gesto como se para nós dois dançarmos.

Eu olhei para Harry assustada e ele deu um sorriso de incentivo e saiu. Logo sinto as mãos de Will pousarem na minha cintura. Eu sorri sem graça. Mas que droga, eu nunca vi esse garoto na minha vida, o que vou conversar com ele? Eu te odeio Harry. Meus pensamentos estavam revoltosos e eu devia estar dançando igual um zumbi. O garoto com traços asiáticos e sorriso fácil olhava para mim e eu apenas tentava não encontrar seus olhos. O silêncio era constrangedor apesar de não ser obrigratório conversar durante uma dança, até que ele falou.

Os meninos falaram muito bem de você, bem até demais – ele falou e eu ri por educação – Eu nunca reparei muito em você mas depois da insistência deles, resolvi vir e olha... você é muito linda. - completou e nesse momento a música parou para mim, eu parei, fiquei estática.

Como assim insistência? - eu perguntei

Não Malu, não quis dizer isso assim, é só que eles disseram que você estava carente e precisava de alguém, eu posso ser esse alguém. - Não! Não estou acreditando nisso...Eles não fizeram isso comigo...

Meus olhos começaram a pesar, eu queria gritar, sentar naquele piso amadeirado e chorar. Não o fiz. Estava envergonhada como nunca na minha vida, mal consegui olhar novamente para o garoto na minha frente, acho que ele falou mais alguma coisa antes de eu dizer que precisava ir no banheiro. Mas não ouvi. Não quis ouvir, só queria sair dali o mais rápido possível.

Não estava acreditando que os meus dois melhores amigos me fizeram fazer papel de ridícula, de alguém que não consegue fazer com que ninguém goste. Vi uma porta na cozinha e parecia ser uma saída pelos fundos, rapidamente fui até ela.  Assim que senti a brisa da noite no meu rosto me senti melhor, saí cambaleando pelo caminho de pedras e então ouço uma voz atrás de mim.

Você está bem? - Não a conhecia, me virei para mandar a pessoa cuidar da própria vida e então vi de quem se tratava.



Era o dono da festa. Luke Hemmings, nunca tinha nem ficado tão perto dele, nem trocado qualquer frase. Mas sei que ele me conhecia. No dia que eu derrubei o suco da irmã dele, fazendo ela sujar toda a roupa, vi de canto de olho que ele ria sem parar. Fora isso, sei que ele não se interessa por esportes, e eu nem sei pelo que ele se interessa.

Sim. Eu só vou embora. - enfim falei, então ouço sua voz novamente.

A festa está uma droga mesmo, mas você pode ficar aqui... comigo. - sua voz soou fraca mais decidida. E eu não compreendi o que queria dizer com esse ´´ficar´´ mas assim que ele fez sinal para que eu sentasse ao seu lado na escada de madeira, eu o fiz.



Ele estava com uma garrafa em uma de suas mãos e com um cigarro nas outras, tragava sem pressa alguma e estendeu para mim, recusei. Nunca tinha fumado e pelos poucos filmes que vi em que pessoas fumavam pela primeira vez, sei que nem todas conseguem fumar corretamente e acabam passando vexame. Não queria que acontecesse comigo.

Ficamos em silêncio, até que ele jogou a ponta do cigarro para longe. Eu estava com a cabeça baixa, com meus braços abraçando meu ventre, só pensando em como eu era estúpida por ter ido naquela festa. A insistência dos dois garotos para que eu vinhesse fez sentido, eles queriam me desencalhar... Isso soaria bem gentil se eu não suportasse isso, a ideia deles me cedendo de bandeja para qualquer um. Não que o garoto que eu dancei e nem me lembro mais o nome seja qualquer um mas para mim talvez fosse mesmo. Não o conhecia, não queria dançar com ele, não quero nada com ele e nem com nenhum outro a não ser... Respirei pesadamente e então ouvi a voz de Luke.

Eu ainda acho que você não está bem. Quer um pouco? - então ele me ofereceu aquela garrafa transparente. Li o nome ´´vodka´´ obviamente já ouvi falar mas nunca tinha bebido.

Sem pensar peguei entre as minhas mãos, estava pela metade, desenrosquei a tampa e levei até a minha boca. O cheiro invadiu minhas narinas e eu fiquei tonta só com isso. Como alguém pode beber algo assim? - pensei. Mas já era tarde demais, já estava com aquilo na boca, então virei rapidamente. Minha boca ficou dormente e rapidamente senti minha garganta queimar com o líquido. Fechei os olhos sentindo aquela sensação terrível. Estendi a garrafa de volta para o garoto ao meu lado e ouvi uma risadinha.

Você nunca bebeu não é? Realmente começar com vodka pura não é uma das formas mais confortáveis – e existia alguma forma confortável de beber aquilo? Não acredito.

Mas após alguns minutos, o efeito daquele líquido passou a ser bom, como se tivesse me acendido de alguma forma. Olhei para os olhos azuis do Luke e percebi que nós nunca tínhamos sido apresentados.

Eu sou a Malu. - eu falei mas logo me arrependi quando ele ergueu a sobrancelha.

Olá Malu, eu sou o Luke. - ele disse balançando a cabeça e dando mais um gole de sua bebida.

Eu já sabia quem você era mas você provavelmente não sabia meu nome né? - eu disse estupidamente. Por que as coisas não saiam da melhor maneira dos meus lábios? Abaixei a cabeça e pedi mais bebida com as mãos, ele cedeu. Talvez achando que isso me ajudaria a ser menos idiota. Bebi mais, agora tentando ir com mais calma.

Ele parou e me olhou profundamente outra vez, aquilo me incomodava, como se ele estivesse me analisando e bem... eu não me sentia bem ao ser analisada pois os resultados quase sempre eram ruins.

Eu quase não te reconheci sem a cara de medo e com esse batom vermelho nos lábios – ele riu debochado e aquilo me surpreendeu – Minha irmã mereceu aquele banho de suco, ela é insuportável quando quer.

Eu sei. - aquilo escapou da minha garganta e logo depois eu o olhei muda, com meus olhos pedindo desculpas silenciosas, ele riu.

Seria muita loucura se eu dissesse que eu queria muito te beijar agora?

Aquilo me pegou completamente de surpresa, senti uma onda de pavor e eletricidade percorrer todo meu corpo. Não sabia o que fazer ou o que dizer. Olhei para o chão, sinto que ele se aproximou e isso fez com que meu corpo ficasse rígido. E agora? Eu nem me lembro como faz isso direito. Beijar. Digamos, que das duas vezes que fiz isso, não foram boas, não, definitivamente foi horrível. E agora eu estava prestes a beijar um garoto lindo e super desejado, o dono da primeira festa legal que eu fui. Senti suas mãos no meu rosto, deixando carinho na minha bochecha.

Muito rápido, ergui meu olhar encontrando ele ali tão perto, com seus olhos pedindo por aquele momento, seus lábios rosados prontos. Virei meu rosto e ficamos frente a frente, era sua deixa. Ele deu um sorrisinho. Não sabia o que fazer com as minhas mãos, então deixei uma na minha coxa, a apertando para aliviar meu nervosismo e a outra funcionava como um suporte para meu corpo, já que estava no chão amadeirado e frio. Nossos narizes se tocaram devagar e então percebi que era o momento. Eu não gostava dele daquele jeito mas nessas horas sempre me dá um ataque no coração. Queria que não estivesse tão silencioso porque eu tinha a leve impressão, que meus batimentos podiam ser ouvidos.

Quando seus lábios tocaram os meus foi incrivelmente bom, ele mordeu o inferior devagar, e avançou, grudando-os e pedindo passagem com sua língua. Eu entreabri meus lábios e senti seu gosto de verdade, era álcool e algo que parecia ser baunilha, não sei explicar, era apenas bom. 



Ele não teve pressa alguma, senti suas mãos na minha cintura e fiquei com medo pelo toque. Sim, eu pensei em mil coisas, sabia que era só um beijo mas imaginei onde tudo poderia parar apenas por sentir seus dedos na minha barriga.


Ele foi aumentando o ritmo e sinto quando ele se aproxima mais e mais como se estarmos praticamente colados um no outro já não fosse o bastante. E então sinto meu corpo sendo puxado e eu fico no colo dele. Eu não me importava se aquele garoto nem desse a mínima para mim mas eu estava curtindo aquele momento. 



Então quando eu já estava quase pedindo por mais oxigênio, ouço a voz de Louis dizendo em um tom nada contente ´´Ela está aqui!´´ Abro meus olhos devagar e então encaro Louis de braços cruzados e depois Harry chegando e olhando atentamente para Luke e depois para mim.

Arregalo os olhos para eles e tentei dizer para saírem em silêncio mas eles continuavam parados, então peguei minha mão e fiz um gesto, os despachando dali. Quem é essa garota? E o que fez com May Lucianne? Eu não soube responder mas quando senti as mãos firmes de Hemmings me apertando, voltei a minha atenção ao seu rosto e continuamos a nos beijar.

Ele estava bêbado, eu estava tonta. Só que aquela noite e aqueles beijos valeram a pena. Tudo bem que eu cheguei a pensar sobre o dia de amanhã. Mas quando um ser tão lindo está depositando beijinhos em seu pescoço fica bem complicado raciocinar.

Uau... quem diria? - ele falou na pausa do nosso amasso e eu só ri daquilo. Eu com certeza não diria.

Ficamos por tempo indeterminado ali, bebemos o resto da garrafa de vodka. Sentia meu corpo extremamente mole e me sentia tão feliz. Nossos beijos começaram a ficar bem selvagens, nunca tinha beijado daquela forma, coloquei minha mão por dentro da sua camisa e senti sua pele. Sempre quis fazer aquilo quando via alguma garoto sem camisa, estava aproveitando o momento. Nem me sentia eu mesma. E isso era o melhor de tudo.

Vi quando alguns garotos chegaram e cumprimentaram Luke, eu só sorria como uma boba e dessa vez senti seus olhares me notarem. Eu não me sentia bem. E então lembrei dos filmes que eu assisti. Isso era estar bêbada afinal. Que sensação estranha. Perde-se o controle sobre o corpo. Consegui enxergar quando meu ficante é erguido pelos amigos e ele diz ´´ Volto já delícia´´. Eu assenti. ´´Delícia´´ eu ri disso e logo depois me senti apenas um objeto. Mas não seria hipócrita de dizer que não gostei de ser usada, e se fosse assim ele também foi um objeto para mim. Não queria que fosse ele ali, queria outras pessoas.

E essas outras pessoas logo chegaram. Sentaram ao meu lado. Harry me olhando preocupado e Louis me encarava zangado. Não me importava. Minha cabeça girava.

May, vamos embora, não sei como você vai entrar no seu dormitório desse jeito? A sua amiga está lá no quarto? Para cuidar de você? - Harry perguntava falando palavra por palavra, vagarosamente.

O que? - eu ri confusa – Sei lá, ela deve estar com o namoradinho... - falei e minha língua insistia em embolar.

Não podemos deixar ela assim. - Styles disse e olhou para Louis.

Já está tudo ferrado mesmo, vamos levar ela para o nosso quarto!- O modo como ele falou aquilo, nossa... ele estava realmente nervoso.
Sinto Harry me ajudando a levantar e me tirando do chão.

Hazza, eu preciso esperar o Luke porque... - não consegui terminar quando a Tempestade Tomlinson voltou a me molhar.

Foda-se esse cara, tá bom? Ele não liga para você, ele só queria te usar e já fez isso. - As suas palavras me magoaram de verdade. Senti meus olhos majerarem. Agora, chegou o momento depressivo dos efeitos da bebida.

Fui de Bêbada iniciante a bêbada alegre e depois bêbada safada e por fim bêbada chorona em questão de poucos minutos. Essa noite estava sendo bem intensa e o melhor ainda estava para o final. Aquele caminho não parecia tão difícil quando eu estava indo para a festa, agora era difícil andar sem torpeçar em algo. Por fim chegamos no Campus. Nenhuma alma viva. Uau... tantas coisas devem acontecer naquele lugar. Coisas que hoje eu qui mesmo fazer.

Chegamos na Ala XY, que eu já conhecia das várias vezes que visitei os meninos mas nunca tão tarde. Tinha um certo horário para visitas das garotas assim como na Ala XX. Louis girou a chave do quarto e rapidamente estávamos lá. Ouvi respirações fortes, olhei para Harry que não me disse nada.
O que aconteceu? - eu perguntei inocentemente – Por que estão com essas caras?

É que o Louis brigou com a namorada. - Styles falou e se estendeu na cama bocejando.

Por que Lou? - eu levantei num súbito me esquecendo da minha dificuldade para andar e fui cambaleando até ele, que me segurou antes que eu desse de cara no chão.

Ah não importa agora, vamos só tomar um banho e você vai dormir. - ele disse sem paciência me sentando em uma poltrona perto de sua cama.

Eu vou dormir aqui? - os meninos assentiram e aquilo só parecia bem surreal para mim.

Como eu estava tonta, nem conseguia ficar em pé direito. Eles me perguntaram se eu conseguia tomar um banho. Eu disse que sim porque achei que conseguiria mas depois de três minutos sozinha no banheiro, gritei por eles.

Hey, fala baixo. - Louis falou entrando e provavelmente me vendo presa no vestido. Eu não conseguia tirá-lo de jeito algum. - Harry vem ver isso! Ouvi as risadas deles. Mereço amigos assim.


CONTINUA...

Ahhhhhhhhh, eu queria muito que esse caps chegasse hahaha E aí gostaram???

Continuo com mais de 35 comentários e PRECISO saber o que acharam desse cap. E informo que o próximo tem mais emoção 

53 comentários:

  1. Primeira a comentar !!!!!!!!!
    Ainda não li a fic , mais sei que está perfeitaaa :33
    Luke Luke <3

    ResponderExcluir
  2. Awnn mds que perfeitooo ,

    mas eu fico pensando: Com quem o Hazz vai ficar se a Malu ficar com o Boo ?

    heuehueheu continua PER-FECT Drica Diwa <3

    #Continuaaa

    ResponderExcluir
  3. Perfeito Como Sempre <3 - Miih Styles

    ResponderExcluir
  4. Aaa continua esta perfeita.

    ResponderExcluir
  5. Mdss continuaaaa ta perfeito esse cap adorei a participacao do Luke

    ResponderExcluir
  6. AHHHHHHHHHH CONTINUAAAAA
    TÁ MUITO MARAVILHOSOOOOOO

    ResponderExcluir
  7. Ta mt perfeito drii...!!' Continua logo

    ResponderExcluir
  8. Eu SUPER AMEI #MALUKE Sim ela foi usada, mas convenhamos ela precisava disso *---* haha quero só ver esse trio no próximo capítulo *--* Tô com saudades do Liam e da Angel '-' Eu tô in love com #Maluke e isso mudou minha linha de raciocínio -não quero mais que a Malu fique com o Harry ou o Louis- Você sambou com esse capítulo haha AMEII *----*

    ResponderExcluir
  9. Ansiosa para o proximo caps kkkkkk so de pensar em ter q esperar uma semana, ja me da agonia

    ResponderExcluir
  10. AI sua DIVA oque foi esse capitulo ? Tipo muito perfeito Malu se soltou haha , ficou tipo muito divoso , vc escreve super bem ai serio vc é demais , mais emoçao no proximo capitulo ? serio to pirando , eu estou apaixonada por essa fanfic e POR FAVOR continua logo , posta antes de chegar quinta que vem eu imploro por favor , se ñ vou ficar louca é serio , mais enfim vc é DIVA e por favorr continua logo

    de :T

    ResponderExcluir
  11. Continuaaa ta muito perfeito

    ResponderExcluir
  12. Drica continua sua perfect

    ResponderExcluir
  13. Oque foi esse capitulo ? to até emocionada poxa foi tao maravilhoso eu te IMPLORO continua logo porque ta perfeito demais ai serio vc escreve lindamente fico até emotiva , mais serio continua logo , vc postou hoje e eu já to enlouquecendo querendo outro capitulo ta tao mais tao bom vc é divosa

    de: T

    ResponderExcluir
  14. Menina, eu simplesmente adorei o capítulo :) Você escreve muito bem viu? Tô adorando essa fic!
    Cara, acho que a mudança da Malu começou, acho *--* Lembro que na apresentação dos personagens, você pediu para que a Malu fosse imaginada como uma "seunome" e tipo: tô imaginando e muito :3
    E o Luke? O que falar de Lucas Roberto? Nada! - sou 5sosfam :3 - eu adorei a participação dele NESSE capítulo ♥
    E pode ter certeza que sua fic tá demais ;) E esse capítulo foi... lacrador *o*

    Beijos Drica - ♥♥ Xx

    ResponderExcluir
  15. MDS ELES VÃO DAR BANHO NELA E Q FOGO E AQUELE KKKKKKKK MINOS CHATOS DEIXA ELA CURTI A VIDA SO Q NE O Q MAIS ELA VAI FAZER N VI ANGEL NEM O LIAM NESSA HISTORIA SI TEM 😒😒😍😍😍😍 SO OBESERVO AS TRETA Q VAI TER BEJOS DRI
    -FLAVIA MALIK

    ResponderExcluir
  16. Aai meu josh!
    Nao creioo, menina você precisa postar logo, ta demaisss
    Malikisses <3

    ResponderExcluir
  17. Q perfeitoiio vc escreve tao bem continuaaaa

    ResponderExcluir
  18. Aah continuaaaa.. O cap ta perfeito como sempre.. Amei essa Malu ai kkk e a participação do meu Lukezinho foi prfeitaa.. Continuaa logo voc é perfeita ..
    Yanka xoxo''

    ResponderExcluir
  19. ta muitooooo perfeitooo, ameiii o lukee, nescessito de mais luke kkk amei o caps <3

    ResponderExcluir
  20. Continua dri eu quero muito saber o que vai acontecer meu Deus

    ResponderExcluir
  21. Continua pfv carioca mais linda

    ResponderExcluir
  22. Posta mais posta o próximo eu to amando

    ResponderExcluir
  23. Eu to amando muito essa fanfic sou sua fa dri! Posta mais

    ResponderExcluir
  24. Posta o próximo ta perfeito

    ResponderExcluir
  25. Se vc não postar eu vou morrer Pq quero muito ler essa perfeição dos deuses

    ResponderExcluir
  26. Dri posta o próximo pfv quero saber quem a Malu vai ficar

    ResponderExcluir
  27. Posta dri por favor eu não consigo ficar sem ler mais dessa história ta muito boa

    ResponderExcluir
  28. Eu sósei que eu preciso de continuação! Juroo amei demais ! Eu não sei fazer comentários críticos mas eu sei que a fic tá p e r f e i t a !
    Bjss
    Isa xx

    ResponderExcluir
  29. Maluke♥ .... Quem diria ,de todos os possíveis " casais " esse foi o mais surpreendente .... No começo queria q ela ficasse com o Louis ,mas agora devo assumir q realmente não sei ... Gostei muito desses dois ... Cara ela merece '' viver " quem melhor q o Luke pra fazer ela se divertir ?? Kkkk Darei uma chance a esse " casal " Continua Drica
    Vi ★

    ResponderExcluir
  30. OMG OMG OMG!!! LUKEEEEEE!!!♥♥♥
    CARA, TA INCRÍVELLLL!!!! O QUE EU ACHO DESSE CAP??!!! Ñ TENHO PALAVRAS PRA DESCREVER O QUANTO OS CAPS ESTÃO PERFEITOS!!!!♥♥♥♥♥♥
    CONTINUAAAAAA!!! TO MORRIDA AKI!!!♥♥

    ResponderExcluir
  31. SANTO NICKLAUSS HEMMINGS NA FIC!! CONTINUA SEM ÊXITO DRICA😱😱😱😍😍

    ResponderExcluir
  32. Está demais! Mal posso esperar para o próximo capítulo! Mais emocionante! Ahh!
    Não sei se aguento até quinta-feira!
    E eu já estava quase tendo um treco (um pouco exagerado eu acho) porque eu não pude ler antes esse capítulo, mas em fim, já li!
    Beijos Drica!

    ResponderExcluir
  33. Maravilhosamente BOM! CONTINUA RAPIDO!

    ResponderExcluir
  34. N gostei. N gostei
    Cabô na melhor parte pkosnfbck
    Esperando ansiosamente o novo cap.
    Beijos de uma admiradora secreta, rs

    ResponderExcluir
  35. Adrielle Fernandes você que me matar do coração? Eu já tô sonhando com o que vai acontecer com eles desde de quinta! pelo amor de Deus posta logo por favor!

    ResponderExcluir
  36. Saudades do Liam e da Angel! Desistiu deles? Só escreve sobre o trio. -Ma

    ResponderExcluir
  37. Omg Omg Malu e Luke <3 shippei <3 Esquece o Louis Malu , se joga no Luke amigaaaaaaaaa :3 Sdds da Angel e do Liam <3

    ResponderExcluir
  38. GENTEEEE, que bom que gostaram. Sim, o Luke veio para confundir mais as coisas para a Malu hahaha
    E eu não desisti de Angel e Liam, tem caps que a enfase será para os dois, como nesse o foco foi nesse trio lindo, divo que eu estou in love. Mas confesso que minha cabeça está bugando hahaha Malu é mil e uma possibilidades

    ResponderExcluir
  39. Fassa com que o Drew e a Malu fiquem juntos.

    ResponderExcluir
  40. Eiiiii, quando vai postar o próximo já to pirando *---* Raissa

    ResponderExcluir
  41. Com toda certeza eu sempre sou a bêbada safada Kkkkkk
    Amei o capítulo, estou com um pouco de dificuldade pra acompanhar a fic, me perdoe a demora pra comentar, amo suas fics, perfeitas como vc

    ResponderExcluir
  42. esse capitulo tá perfeito eu amei ta muitooooooooooooo perfeito

    *Maii*

    ResponderExcluir
  43. AAAAAAAAAAAAAAAH %%%% EU BEIJEI O LUKE AAH KKKKKKKK AMEI ESSA PARTE CARA

    ResponderExcluir

Não saia sem comentar. Dê sua opinião!!! Malikisses *-*