15 de dezembro de 2014

Rocket Love- Capítulo 16: Sozinho...

~ Malu On~



Já tinha decorado cada cantinho do teto do meu quarto, a cada dia que passa presa ali me sentia mais confusa. Não tinha ideia do que aconteceria, eu não estava mais tão horripilante, dava até para sair em público sem causar espanto. Porém o que me afligia era qual seria meu futuro? O que aconteceria? Será que um dia Drew pagaria pelo que me fez? Eu tinha tanta vontade de acabar com a vida dele assim como ele destruiu a minha.

Sabia que o Internato já estava de férias, me recordei dos planos que tinha com os meninos. Íamos tentar passar juntos, pura ilusão. Seria um sonho e o que eu vivo se aproxima mais de um pesadelo.

Era uma tarde de quarta quando meus pais e minha irmã disseram que iam sair para visitar uma Instituição Carente. Nem perguntaram se eu queria ir. Sabiam a resposta. Não sou contra ajudar os necessitados mas obriga-los a ter a mesma religião e só com isso ajudar? Isso para mim era errado.

Estava apenas com um short de patinhas de cachorro e um moletom preto e pude enfim ter a sala só para mim. Fiz pipoca e um copo grande de coca-cola e me espalhei. Como era bom poder assistir qualquer filme com a faixa etária maior que 10 anos... Minha mãe não gostava nem que eu e minha irmã víssemos cenas de beijos. Ou seja, não eram todos os filmes da Disney que eu podia assistir. Chata.

E por ironia do destino estava passando ´´Cisne Negro´´, o filme que começou uma verdadeira guerra pessoal e familiar aqui em casa. Não podia mesmo perder a oportunidade de assisti-lo por completo agora.

Quando acabou, eu estava imersa na magia daquele filme. Simplesmente genial. E sim tinham algumas poucas cenas mais calientes mas não tirava os méritos cinematográficos perfeitos da obra. Ia me levantar para fazer mais pipoca quando a campanhia da porta faz um barulho que me fez pular.

- Droga. Quem será? Se for a tia Bettany de novo, vou me suicidar - disse pensando alto e fui abrir a porta.

Sem paciência nenhuma e pouco me lixando em olhar pelo olho mágico, apenas abri. Podia ser um bandido ou um estuprador, mas naquele bairro acho muito raro que isso aconteça. Mas coisas raras acontecem...
Assim que vi quem estava parado em minha frente. Juro que quase caí para trás. Não podia ser.

Entreabri minha boca e acho que pisquei umas setenta vezes em segundos. Ia falar alguma coisa mas quando dou por mim já estou sendo levantada do chão e tendo braços circulando minha cintura. O cheiro dele invade minhas narinas e só sei que nada sei. O que eu senti foi inexplicável.

Harry. Harry Edward Styles, meu amigo, meu melhor amigo, estava ali na minha casa, na minha sala, me abraçando e isso já durava uns dez minutos.
Quando me separei dele para tentar recuperar minha consciência, percebi que ele estava lacrimejando.

- Eu fiquei com tanto medo... - foi o que ele disse com a voz entrecortada e logo me abraçando outra vez. A essa altura eu já chorava igual uma criança. Meu coração doía demais.

Fiquei chorando com as mãos no rosto e ele se levantou, foi até a porta e a fechou. Só então vejo uma mochila em suas mãos. Harry tinha vindo mesmo atrás de mim. Olhei-o com tanta admiração, ele se sentou ao meu lado no sofá e ficamos chorando por alguns minutos. Quer dizer, eu fiquei. Ele apenas ficou lá acariciando meus cabelos. Oh droga, meus cabelos...Ou a falta deles.

- O que aconteceu? - ele perguntou baixinho.

Eu não queria dizer, não mesmo. Não queria dividir aquela mágua com mais ninguém. E sabia que ele ficaria abalado por eu ter passado por aquilo tudo por defende-lo.

- Eu só não queria ficar mais lá. - Disse essa meia verdade. Ele fez uma careta instantânea.

- Mas algo deve ter acontecido... Você sumiu de madrugada. - seus olhos se arregalaram.

- Harry, eu não quero falar mais disso okay? Eu vim para casa porque eu precisava. - falei sendo até meio grosseira. Acho que ele ficou magoado com meu jeito.

Ficamos em silêncio por alguns minutos. Apenas nos olhando, então ele começou a reparar e pegar mais uma vez nos meus cabelos. Ele devia estar me achando horrorosa.

- Resolveu mudar? - ele perguntou divertido.

- Sim, pra valer. - eu tirei suas mãos dos meus cabelos e segurei uma delas bem forte, olhando no fundo daquele olhos cor de esmeralda. - Vou sentir falta de você.

Então ele ficou inquieto, largou minhas mãos. Se levantou do sofá e caminhou pela minha sala. Passou as mãos pelos seus cabelos cacheados.

- Malu, seja o que for, podemos superar juntos, eu te prometo que... - ele se ajoelhou na minha frente e eu fiquei sem saber o que fazer, novamente suas mãos estavam segurando as minhas - Louis me disse que você gosta de mim e se isso for por minha causa, eu...

Ai jesus.
Ele está entendendo tudo errado ou não... Parte naquilo era verdade, o fato de eu ter praticamente me declarado para Harry e ele ter me rejeitado foi ruim, meu deixou péssima. Mas agora era muito mais que isso. Pena que não pretendo mesmo contar a ele o que houve com o Drew e o grupinho dele.

- Harry, não é isso... - eu falei super constrangida tentando fazer ele se levantar mas ele me ignorou.

- O que eu preciso fazer para você voltar? Me fala. Eu faço qualquer coisa. Não consigo ficar sem você. - aquelas palavras estavam mexendo comigo...

E então ele fez algo que fez tudo mudar. Mudar de verdade. Seus movimentos foram rápidos, ele apenas se levantou rapidamente, segurou dos dois lados do meu rosto e devagar encostou seus lábios carnudos e avermelhados nos meus. Fechei meus olhos com o toque.
Logo ele estava sentado no sofá e começou a apreciar meus lábios,  tocando-os, dando selinhos e mordendo-os de leve.

Eu estava assustada mas depois de um tempo relaxei com sua suavidade. Suas mãos foram para minha cintura e eu comecei a massagear sua nuca. O beijo se aprofundou e sua língua me invadiu tão quente e sagaz. Nos beijamos devagar mas de um jeito tão carinhoso, fiquei arrepiada. No meu interior eram como se pequenas flores desabroxassem todas ao mesmo tempo. Era tão bom. Nos separamos depois de minutos no paraíso.

- Eu serei seu, somente seu se voltar para o Internato depois das férias. - ele sussurrou no meu ouvido. Aquilo era uma tentação, cheguei a sorrir para ele que sorriu junto. Mas logo depois lembrei que aquilo não era meu sonho perfeito e sim uma realidade muito difícil.

- Não vou voltar. - falei rápido. Ele esmureceu - Mas por favor Harry, fique aqui comigo, vamos passar nossas férias juntos...

Não sei o que me deu, eu só queria ficar ao seu lado pelo máximo de tempo que conseguisse. Apesar de sua tristeza aparente com a minha resposta incisiva, ele me abraçou.

- Foi para isso que vim. - ele respondeu. É... espera, como ?

- Como você me encontrou? - questionei curiosa.

- Clã. - aquela palavra me deixou em choque. Ele sabia? O que? Minha mente girou, minha expressão ficou rígida - Paguei a eles por informações suas, onde você morava e aqui estou. - Ahh sim... Entendi. Aqueles demônios sempre arranjando formas de ganhar dinheiro às custas dos outros.

- Não devia ter gasto seu dinheiro comigo.

- O que? Como pode dizer isso? Olha para mim - ele me segurou pelo queixo fazendo eu encara-lo- Eu faria isso e muito mais por você, entendeu? - eu assenti - O Louis também queria vir mas eu...

Ele parou e fez uma cara estranha... Algo como malícia.

- Você o que? - ergui minha sobrancelha.

- Eu disse que queria vir sozinho. - disse firme. - E queria mesmo.

Não demorou muito e já estávamos nos beijando outra vez. O que estava acontecendo? Agora definitivamente meus dois melhores amigos estavam vivendo uma amizade colorida comigo. Era isso? Foi a melhor definição que encontrei. Afinal era isso ou eu estava sendo uma enorme vadia ficando com os dois.

Uma coisa passou pela minha cabeça. Tinha um garoto me agarrando no sofá da sala, um garoto gostoso mas nada convencional. Meus pais logo iam chegar e digamos que minha relação com eles nunca esteve pior. Também não posso expulsar Harry de casa, ele acabou de chegar, quero passar dias ao seu lado.

Com isso, uma coisa veio a minha mente. Eu passava praticamente a maior parte do tempo sozinha em csa, trancada no quarto, alguns dias nm via meus pais, porque nem abria a porta do quarto.

- Harry, meus pais não pode saber que está aqui okay?- falei como se fosse super normal e ele me olhou espantado.

- Oi?

- Eles não iam gostar de te ver aqui.

- Mas Malu, eu moro a quilômetros de distância, já é tarde, não sei - ele estava falando e eu interrompi com um beijo.

- Você vai ficar aqui. Comigo. Mas ninguém pode saber que está aqui. Vamos para o meu quarto, vai dar tudo certo.

- Para o seu quarto... - ele repetiu e eu olhei para a cara de safado dele.

Aquilo era simplesmente estranho. Harry estava descaradamente dando em cima de mim, claramente. Não era algo da minha cabeça. Não podia ser mais louco.

Graças ao bom lord, eu tinha um quarto só meu e um banheiro só meu. Isso seria perfeito. Minha cama era grande e daria perfeitamente para dormimos. Espera... Meu coração parou. E se ele quiser fazer aquilo? Meus olhos se arregalaram e eu resetei por um instante no corredor, até que ele puxa minha mão e pergunta se estava tudo bem, eu apenas assenti.

- Nossa, quantos livros... - ele disse olhando para a minha instante.

Sim, eu tinha bons livros ali. Tantos romances e acho que agora poderia escrever um.



CONTINUA...

Capitulo muito pequeno, sem gifs porque eu tava viajando e cheguei hoje, chateada porque enviei esse capítulo para vocês a uma semana atrás pelo celular e só quando cheguei descobri que tinha falhado '-'

Sorry e essa semana vou fazer maratona

Malikisses


20 comentários:

  1. fic perfeita e escritora mais perfeita ainda ...Drica continuaaaa..
    di regi *-*

    ResponderExcluir
  2. MT pft, amei esse capitulo, escreve mais pelo amor, os pais dela vão chegar? E p Daddy e a Angel eu quero saber deles, amo esse casal, que ainda n é casal kkk bjss

    ResponderExcluir
  3. Q perfeito continua , quero saber mais sobre Liam e Angel , to ansiosa , e me desculpa por n postar comentarios !!!

    ResponderExcluir
  4. Awnti que fofinhooo, vai ter maratona! !! Uhuhuhuhu continua Driii!

    ResponderExcluir
  5. Ownti muito cute, ameii, continuaa, quero ler mais, queria o Louis ai com eles, e rolar algo entre os três kkk

    ResponderExcluir
  6. CONTINUAAAAAAAAAAAAA DRIIIIIII TÁ PERFEITOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO

    ResponderExcluir
  7. Nuas quero ler mais, poderia continuar logo, pois perfeição define

    ResponderExcluir
  8. oi amr, estava vendo o seu blog e amei ele e queria saber se pode fazer parceria com o meu, caso queira, avise aqui http://imagines-4-directioners.blogspot.com.br/ muito obg!

    ResponderExcluir
  9. AI MEU DELS!! *-*
    TO DEFINITIVAMENTE IN LOVE COM ESSE CAP, APESAR DE SER PEQUENININHO...
    <3
    nem preciso dizer que to ansiosa pra caramba pro próximo né? ajdhusgdfudl

    malikisses <3
    sdds vc em Sampa :ccccc

    ResponderExcluir
  10. Oh mds!!! RL ❤❤tava morrendo de saudade:33 adorei que vai ter maratona :) e tipo: Malu com o Harry num quarto sozinhos... Hahahaha oh sorte ;)

    Continua logo hein :D Beijo - x

    ResponderExcluir
  11. Continuaçaaaaaaaaaaao :) -Ashiley

    ResponderExcluir
  12. Aaaaameeeiiii... Driiii amr continua plmds!!

    ResponderExcluir
  13. cara eu estava em prantos ,é sério , todo o dia atualizada o blog , já li pela 3° vez TQSV , e nesse tempo Little Things dnv. TA PERFEITAAAAAAAA , CONTINUA LOGO PLMDS ihegfwlgblwrrhlnyr
    xx

    ResponderExcluir
  14. Eeeh ! Pode continuar postando, eu deixo... :)

    ResponderExcluir
  15. Drica amor da minha vida, eu li bem? MARATONA?????! TÔ JOGADA, MORTA FEAT ENTERRADA! TE AMO CARA! 😍😍😍😍😍😍😍😍

    ResponderExcluir
  16. :3 tava esperando esse momento da Malu e do Harry <3 eles são muito fofinhos juntos. Agora, eu tô na dúvida Harry ou Louis? Eis a questão! Continue logo, please...

    ResponderExcluir
  17. Omg o que foi isso amizade colorida ??? Hmmm... Sei... Kkkkk ta ótima essa fic tudo um show amo demais
    Ps: Will *-*

    ResponderExcluir
  18. Capítulo perfeito Dei <3 Mais Marty shippers além de mim haha?
    Jesus! Malou ou Marry, esi a questao ashuahsau <3 Maratona uhulll

    ResponderExcluir
  19. nossa amei, amei a cena do beijo, amei Harry sendo tão carinhoso e protetor, amei o capítulo, enfim.. quero mais! *-*

    ResponderExcluir

Não saia sem comentar. Dê sua opinião!!! Malikisses *-*