18 de janeiro de 2015

MINI IMAGINE - Girl Amighty (2)

MINI IMAGINE COM HARRY STYLES PARTE 2/3



O puxei pra perto e o beijei, ele agarrou minha cintura colando nossos corpos.

- provado? - sorri
- acho que vai ter que provar mais vezes - riu



DOMINGO -

Sábado eu tive que sair, então acabei não vendo o Harry, acho que o clima ficou meio estranho, porque nesse mês ficamos muito próximos mas como amigos, então nos beijamos... resumindo, eu estou bem confusa (imagine ele).
Hoje, vou ter que esquecer essa confusão e tentar dar um jeito nele, não sei se já estou cega ou algo assim, mas não tenho problema nenhum em ficar com ele desse jeito, ou qualquer jeito. Meu deus! estou começando a gostar dele.
Depois de tomar um banho coloquei uma roupa, desci as escadas e peguei um copo de suco da mesa de café da manhã.

- bom dia filha - meu pai disse entrando
- bom dia pai - sorri
- qual milagre de acordar essa hora pronta em um domingo?
- vou ajudar o Harry
- no que exatamente?
- compras
- riu - você mal chegou, Seu nome
- e daí? e foram os meninos que deram a ideia, só quero ajudar
- eu sei, querida.... então vai lá
- e vou mesmo - beijei seu rosto - e pegar seu carro emprestado
- oi?
- peguei as chaves - tchau pai, te amo

Saí de casa e fui até a casa do Harry, depois de tocar a campainha, Ele atendeu.

- vejo que você não desistiu da ideia - ele disse
- não mesmo - sorri - vamos?
- deu de ombros - vamos
- peguei o carro do meu pai emprestado

O puxei pela mão, fomos até a garagem, tirei o carro e comecei a dirigir até o shopping.

- até que você dirige bem
- obrigada
- melhor que eu pelo menos - riu
- ri - quem sabe não te dou umas aulas?
- quando eu tiver um carro, seria uma boa

Ficamos um tempo em silêncio, notei Harry um pouco tenso, mas não queria dizer nada, porém ele disse.

- Seu nome, sobre sexta... eu... na verdade não sei o que dizer, só queria saber o que você acha
- eu acho que foi bom, por mais de estranho porque somos amigos
- é eu também achei - disse baixo
- mas foca no dia de hoje, Harry...

Tentei mudar o assunto, e até que deu certo.
Quando  chegamos no shopping, estacionei o carro e andamos até ele.
Primeiro uma ótica, eu já tinha feito o pedido ontem cedo, então conseguimos as lentes hoje. Depois de pagar saímos.

- quer colocar? - perguntei
- isso não vai incomodar?
- no começo incomoda, mas você se acostuma e nem sente mais - pisquei
- você usa lentes, não é?
- sim - assenti - vá por mim, depois se acostuma, se não gostar mesmo, procuramos outro óculos
- okay, vou no banheiro
- te espero aqui

Ele foi ao banheiro, depois de um bom tempo, ele voltou.

- Já estava indo te buscar - ri
- eu não sabia direito como colocar - deu de ombros - ficou bom?
- ficou ótimo - sorri - vamos pra loja de roupas

O puxei pela mão e fomos até a loja de roupas masculina mais próxima.
Ao chegar, escolhi algumas camisetas, camisas, calças jeans, etc... Depois de experimentar, o convenci de sair da loja já vestido, ele colocou uma camiseta do Ramones, e calça jeans. Olhei pra ele e sorri.

- acho que você gostou
- claro, espera
- o que?
- o cabelo - baguncei um pouco - eu te disse, sem gel
- okay - se rendeu - e agora...sapatos?
- sim - assenti

Fomos até a loja de sapatos, peguei um all star, e uma bota, até que ele gostou.
Depois da última loja, peguei um refrigerante e saímos do shopping.

- então o que achou da mudança? - perguntei
- por mais das lentes serem estranhas, eu gostei, me sinto bem - sorriu
- ah, eu te comprei isso enquanto você escolhia suas coisas - lhe entreguei
- sério? não precisava
- claro que sim, você foi muito legal comigo pelo mês, por mais do começo ter rolado um desentendimento
- um anel? - colocou no dedo - eu gostei - obrigado
- não foi nada - abri o carro
- é sério - segurou minha mão - obrigado, porque não me lembro de conhecer uma garota que se importasse assim comigo
- ah... Eu me importo com as pessoas

Harry me puxou pra perto, tirou o cabelo do meu rosto e me beijou. 

- você é muito especial, sério - me olhou nos olhos
- você também é - sorri - agora vamos pra casa, porque sua mãe vai adorar esse seu estilo

Ele apenas sorriu e entramos no carro.
Depois de um tempo dirigindo e conversando um pouco, finalmente chegamos em casa, disse para que ele esperasse do lado de fora, levei as sacolas até a sala, onde Gemma e Anne estavam sentados juntas.

- trocou meu irmão por sacolas? eu adorei - Gemma disse divertida
- ri - não, ele está lá fora, tenho certeza que vão adorar
- okay, estou confiando em você - Anne deu um voto de confiança

Abri a porta e chamei Harry, quando notei os olhos das duas brilhando, já sabia que tinha acertado.

- ficou tão estranho assim? - ele perguntou
- claro que não, meu amor - Anne disse - você está mais lindo ainda
- mãe, não ilude ele - Gemma ironizou

Acabei rindo, olhei para Harry que piscou pra mim e sorriu.

- vou sair um pouco com a Seu nome, depois volto - ele disse indo até a porta
- tudo bem, só não volte tarde
- sim, senhora

Saímos de sua casa, e eu olhei pra Harry confusa, aonde iríamos.

- pra onde vamos?
- casa do Liam, me mandou uma mensagem, disse que todos estão lá esperando "pelo milagre"
- ri - como eles são exagerados - começamos a andar
- é... será que eu vou virar um daqueles caras rodeados de meninas populares?
- não sei, é isso que você quer? se quiser, acho que consegue - desviei o olhar
- não - me encarou - quero algo bem mais complexo que isso
- o quê? - olhei pra ele
- que uma garota fique comigo, porque eu notei que eu só quero ela e mais ninguém
- não duvido nada que essa garota aceite

Continuei andando porém Harry parou, olhei pra trás com um olhar de duvida.

- que foi Harold? viu um fantasma - eu disse cínica
- está dizendo que eu tenho chances com você? que não me beijou por simplesmente beijar?
- ri e parei de andar - por que não teria?
- espera, eu sempre tive chances?
- não sempre - o puxei para voltar a andar - mas acho que... desde semana retrasada você tinha chances, porque ficou mais simpático comigo, e eu gostei muito
- meu deus, eu sou muito idiota
- por quê?
- fiquei desde a semana passada parecendo uma menininha pros garotos perguntando se teria chance, em vez de simplesmente arriscar
- pois é... talvez você devesse arriscar mais
- tem razão, já perdi tempo demais

Ele me virou pra ele e me beijou, por que ele tinha que ter um beijo tão viciante?
Não sei o que tornava seu beijo tão bom, talvez fosse a forma que ele tocasse meu rosto, ou do jeito que ele me puxa pra perto dele. Desse jeito, talvez eu estivesse errada, acho que ele sempre teve chance.

- Harry - ri - vamos pra casa do Liam, vamos nos atrasar
- só mais um - me beijou - você vicia sabia?
- sorri - na verdade não, mas vamos, quero saber o que eles acharam
- okay, vamos - se deu por vencido

Casa do Liam não era nada longe, então demoramos pouco pra chegar.
Toquei a campainha, e depois de um tempo Liam atendeu.

- senhor, quando você disse que era boa com isso não estava errada - olhou Harry dos pés a cabeça 
- de nada - eu disse entrando 

Entramos na casa dele, e os garotos que estavam sentados em volta da mesa do jantar voltaram seu olhar imediatamente para Harry, mas acho que ele já começou a se acostumar com o olhar de surpresa de todos.

- uau, ainda quer os vinte?
- apostaram? -  harry perguntou
- mais ou menos, só estava brincando 
- hum... - se sentou 

Estava estampado no rosto dele que não havia gostado disso, mesmo que ele não tenha dito nada dá pra saber.
Bem depois de conversar tanto com eles sobre coisas aleatórias, decidimos voltar pra casa.
O começo foi em silêncio, que por um acaso eu não estava agüentando.

- ficou bravo pela aposta não foi?
- pensava que tinha feito porque queria 
- e eu fiz, para de tirar suas próprias conclusões 
- suspirou - foi mal é mais forte que eu 
- tudo bem... Te ajudar me cansa estou morrendo de sono 
- eu iria na sua casa passar um tempo com você, mas já que esta cansada 
- esquece o cansaço passou - ri 

Chegamos na minha casa abri a porta, nenhum sinal do meu pai, então subimos até meu quarto. 
Me sentei na cama e ele se sentou ao meu lado.

- sua mãe? - apontou para a foto 
- sim - assenti - ela é bonita não é? 
- sim, parece com você
- é, um pouco 

Harry me abraçou, eu me aconcheguei e abracei sua cintura.

- queria ter te conhecido antes - ele comentou 
- o importante é que nós conhecemos agora 
- você esta cansada e eu tagarelando 
- ri - não se preocupa com isso, eu gosto de conversar com você 

Ele beijou o topo da minha cabeça, tempo foi passando, comecei a me cansar e acabei simplesmente dormindo.

(...) 

Depois de um tempo, acordei com alguém mexendo em mim, abri os olhos lentamente, e me sentei.
Bem na minha frente? Anne e o meu pai, talvez estamos ferrados.

- acho que vocês devem explicações - meu pai disse sério
- pai não é bem isso que você está pensando
- estamos pensando que vocês dois estão juntos e não nos contaram nada - Anne disse e cruzou os braços
- talvez vocês estejam um pouco certos - me dei por vencida
- Harry acho que você devesse ir pra sua casa - meu pai falou
- sim, senhor... - se levantou - qualquer coisa me liga - disse saindo
- Anne suspirou - vou pra casa também, querido
- tudo bem preciso conversar com minha filha

Olhei para Anne com uma expressão de "ferrou", ela apenas sussurrou "boa sorte" e saiu.

- pode explicar o que está acontecendo?
- pai, não fica bravo comigo
- como não? com tantos garotos justamente o Harry? quero me casar com a Anne
- mas...
- será que você não pensou nisso? - me cortou
- será que você parou de pensar um pouco em você e seu casamento feliz? - me levantei - talvez seja por isso que minha mãe te abandonou

Ele ficou em silêncio e eu notei que falei demais.

- pai... eu...
- não, você tem razão... se sua mãe me abandonou deve ser porque sou egoísta... sou tão egoísta que gastei todas as minhas economias pra comprar uma casa pra ela morar junto com você quando saíram daqui, sou tão egoísta que não casei até agora pra não te ver magoada, sou tão egoísta que deixei de viajar pra ajudar a sua mãe a te sustentar, realmente, sou um péssimo pai
- pai, espera - entrei na sua frente - me desculpe, não queria te magoar é que... eu gosto de verdade do Harry, e não quero ter que me afastar dele porque você está com a mãe dele
- suspirou - só não quero que acabe se magoando
- o abracei - eu sei me cuidar
- espero que saiba
- me desculpa
- riu - pais não se magoam por muito tempo

DIA SEGUINTE 

Acordei cedo, afinal hoje é segunda, paciência.
Tomei um banho, coloquei uma roupa e meu tênis, desci as escadas e peguei minha mochila.

- bom dia, pai - me sentei
- bom dia, filha... vou sair com a Anne, não sei que horas volto, tudo bem?
- sim - assenti
- por favor, não quero chegar e ver o Harry no seu quarto, certo?
- e na sala?
- Seu nome - suspirou - bem... eu vou conversar um pouco com a Anne, mas tente de noite, cada um dormir em sua casa, okay?
- okay, pai - terminei meu suco - tchau

Saí de casa, e encontrei Harry também saindo da dele, por um momento nem tinha o reconhecido.

- Oi - sorriu e se aproximou - tudo bem?
- tudo e você?
- também... e seu pai? - começamos andar até a escola
- está ainda desconfiado, acabamos brigando ontem
- desculpa, eu deveria ter ido embora
- não... culpa não é sua, e já nos resolvemos, espero que sua mãe ajude
- na verdade... ela adorou
- sério?
- sim - assentiu - ficou toda animada falando que estávamos namorando, que o menino dela estava crescendo, e ainda tive que aguentar minha irmã
- ri - bem, sorte a sua

Quando chegamos a escola, acho que não teve uma pessoa que não olhou para Harry, ele tentou agir normalmente, mas estava totalmente envergonhado.

- que bom que minha primeira aula é com você - ele disse
- sorri - você se acostuma, vou pegar minhas coisas...

continua....


---------------------------------------------------------------------------------------------------

OI OI! 
CONSEGUI ARRANJAR UM TEMPO PRA ESCREVER, SE ESTIVEREM CURTINDO COMENTEM AQUI O QUE ESTÃO ACHANDO, QUANDO PUDER EU POSTO O PRÓXIMO CAPÍTULO, E MUITO OBRIGADA PELOS COMENTÁRIOS DO ÚLTIMO CAPÍTULO - BEIJOS - Mi

18 comentários:

  1. OWN!!!! viciada nesse imagine, eu provavelmente fico com cara de besta lendo ele, mais é muito OWN(oque seria muito OWN? nem eu sei)
    ta muito perfeito ou muito OWN, se preferir
    continua a mais rapido que der pf pf pf :D

    ResponderExcluir
  2. CONTINUAAAAA❤️
    TO AMANDO❤️
    VISIADISSIMA❤️

    ResponderExcluir
  3. Ameiiii, isso me lembrou um pouco LT no sentido dos pais se casarem, mais tá perfeito! Continua logo

    ResponderExcluir
  4. Anwts❤♥ amei amei amei ! Continua PF mds ta perfeito! Ansiosa pra parte 3... Se imagine já ta bom Magina se for fanfic mds ♥♥

    Uma coisa... Alguem lembro no niver do nosso amor? (Zayn) dia 12?

    ResponderExcluir
  5. Ouuuuuuu esse Imagine tá simplesmente PER-FECT,continua (Realmente acho que me viciei nesse imegine) CONTINUAAAA PLEASEEE

    ResponderExcluir
  6. Continua..Está perfeito!!

    ResponderExcluir
  7. Owwwwn esse imagine é muito fofo! Estou amando, quase pirei quando vi que vc tinha continuado hahaha. Continua logo!! Tá perfeito! Beeeeeijos! Duda <3

    ResponderExcluir
  8. Awnn ta perfeitooo , continua

    ResponderExcluir
  9. Por favor continua logo kk to morrendo aki!!!!! Ta mt perfeito flor ��

    ResponderExcluir
  10. Aiiii ta mt lindooooo!!!!! Continua please

    ResponderExcluir
  11. Vc escreve super bem!! Continua essa semana

    ResponderExcluir
  12. Mdssssssss sou nova akiie o// nunca vou abandonar esse blog qe isso....PFV continuuua eu to morrendo aqui

    ResponderExcluir
  13. Continua pelo amor de Deus ta perfeito garota *-*

    ResponderExcluir
  14. Continua logo por favor... tá perfeito

    ResponderExcluir
  15. wendy styles malik horan payne tomlinson29 de janeiro de 2015 19:30

    mds ta pft contt logo

    ResponderExcluir

Não saia sem comentar. Dê sua opinião!!! Malikisses *-*