24 de fevereiro de 2015

FLAWLESS 2º Temporada - 15




'Cause you're a sky, 'cause you're a sky full of stars
I want to die in your arms (oh, oh)
'Cause you get lighter the more it gets dark
I'm going to give you my heart


Depois de conversar mais um pouco, fomos dormir, nosso sono demorou pouco... Esqueci que bebês não tem hora pra dormir muito menos pra acordar. 
Nos levantamos e fomos ver o problema, de qualquer forma, estava feliz, porque finalmente me sentia totalmente encaixado em uma família, e essa é minha família. 


8 MESES DEPOIS 







Skyler P.O.V.



Acordei e olhei para o relógio, achei estranho Caleb não ter acordado, já era 09:00 horas, ontem ele estava meio mal, fiquei o dia todo cuidando dele, acabei dormindo na cama totalmente cansada, nem vi Zayn chegar, mesmo que ele esteja chegando mais cedo. 

Me levantei, fiz minhas higienes, aproveitei pra tomar um banho, coloquei um shorts e uma regata, achei incrível e ao mesmo tempo estou feliz por ter ficado no meu peso normal. 
Fui até o quarto do Caleb, e descobri porque ele não me acordou, Zayn estava junto com ele, Caleb estava no seu colo, enquanto ele jogava video game. 

- Bom dia - beijei seu rosto 
- bom dia - sorriu 
- e bom dia, meu amor - peguei Caleb no colo e ele sorriu - hum... 
- que foi? - perguntou 
- acho que ele ainda está meio doente - me sentei na poltrona 
- por que não me disse? 
- eu fiquei com sono, quando ele dormiu eu também dormi 
- quer ir no hospital 
- lembra que o médico disse? não posso ir pro hospital por tudo, liga pro médico 
- okay - se levantou 

Encarei Caleb, que já estava olhando pra mim, fiz uma careta e ele riu. 
Depois de um tempo, Zayn voltou. 

- ele disse que se continuar temos que ir no hospital - se sentou 
- mas você não vai precisar disso né mocinho? - olhei pro Caleb que continuou me encarando
- quer que eu fique em casa hoje? - ele perguntou 
- não precisa - sorri - qualquer coisa eu te ligo 
- então vou me arrumar - disse saindo 



Depois de dar de comer pro Caleb, voltei pro seu quarto e o coloquei no chão, ele ainda engatinhava, tentava andar um pouco mas acabava caindo, tenho que admitir que é engraçado vê-lo tentando, as vezes o ajudo, mas isso que gosta mais de fazer é o Zayn. 




- Já estou indo, tudo bem? 




Olhei pro Zayn que estava parado na porta, já arrumado, o encarei e sorri. 




- sim - me levantei e o beijei - tenta chegar em um bom horário, preciso terminar uma coisa que estou fazendo, certo? 

- claro - sorriu - e você - pegou Caleb no colo - vê se não fica doente em - eles sorriram e Zayn o beijou 



Ele o colocou sentado onde estava brincando, piscou pra mim e saiu. 

Esses últimos tempos, estou trabalhando em casa, me mandam as informações e eu elaboro uma boa notícia, no final mando pra corrigir e publicar. 
Peguei o notbook, e comecei a escrever. 


DE NOITE - 


Quando Zayn chegou, ficou olhando Caleb pra mim, enquanto eu me focava em outra coisa, o livro que estou escrevendo, é como se fosse uma história sobre mim mesma, um romance, porém uso nomes diferentes, nome do livro ainda não decidi mas estou me animando muito em escrevê-lo.

Noto a porta ser aberta e Zayn entrando. 



- finalmente dormiu, e eu espero que não acorde tão cedo, porque estou cansado - se deitou na cama 

- ri - pois é - deixei meu not de lado - como foi hoje? 
- ótimo - sorriu - será que minha linda mulher poderia me fazer massagem? 
- sua é? - ri debochada 
- pensava que você nem perceberia e que ganharia pelo menos uma vez 
- vai nessa 



Ele se virou de costas, me sentei na altura de sua cintura e massageei suas costas. Depois beijei seu pescoço, não demorou muito para que ele se virar e me encarar com um sorrisinho malicioso, me jogou na cama, ficou por cima de mim e me beijou. Porém fomos parados por um choro, Zayn caiu do meu lado na cama soltando um alto suspiro. 




- eu amo o Caleb, mas tem vezes que ele acaba com os meus planos 

- comecei a rir - deixa que eu vou lá - me levantei 



Fui até o quarto, e ele chorava sem parar, o tirei do berço e beijei seu rosto. 




- o que foi? - perguntei (como se ele fosse responder, mas é força do hábito) 




Não parecia ser fome, talvez fosse cólica, me sentei na poltrona, e o aconcheguei em meus braços. 


- shh... tá tudo bem


Acho que eu aprendi a ser bem mais amorosa com ele, e o mais legal é que foi algo totalmente espontâneo. 

Ele se calou,e aconchegou-se em meus braços, pousei minha mão sob seu rosto e notei ele estar bem quente, olhei pra ele já preocupada, eu sei que poderia ser muito bem só uma gripe, mas mesmo assim, já é o segundo dia, em vez de melhorar, só aparece algo novo. 


- Zayn - o chamei 


Não demorou para que ele aparecesse na porta. 

- acho melhor irmos no hospital... 
- vou pegar as coisas. - ele saiu 


(...) 


Quando chegamos no hospital, descobri que estava com início de pneumonia, mas era só início, então ele ficaria bem, mas teria que ficar essa noite no hospital. 




- pode ir embora - eu disse pro Zayn - vou passar a noite aqui 

- não - negou - vou ficar aqui com você - me puxou pra perto e me abraçou  
- como vai trabalhar amanhã? 
- posso faltar sem problemas - me encarou e sorriu de canto 



O abracei de novo, depois entramos no quarto, onde Caleb estava dormindo, nos sentamos no sofá. Zayn me encarou, me recostei no sofá, ele deitou-se do meu lado, abraçou me abraçou e deitou sua cabeça em meu ombro.




- Acho que não dá pra ser pais perfeitos, né? - ele disse baixinho 
- ele vai ficar bem amanhã 



Sei que Zayn está preocupado, por mais de ser forte, eu sei que ele não aguentaria perder mais ninguém, e com certeza, eu também não aguentaria. 

Quando menos notei, ele já estava dormindo, com certeza estava cansado, mas eu também com o tempo acabei acordando. 


DIA SEGUINTE 


Acordei com um choro, me sentei com cuidado para não acordar Zayn, me aproximei da cama do Caleb, a enfermeira chegou, e deu um novo medicamento, o alimentei, e depois, ele estava quieto. Estava bem melhor, seus olhos brilhavam, enquanto eu brincava com ele. Me sentei na cama e lhe dei vários beijos, fazendo-o rir muito, olhei pra Zayn que acordava. 




- bom dia - eu disse - a enfermeira trouxe uma escova de dentes 




Ele assentiu, foi até o banheiro e depois voltou. 




- parece que alguém está bem melhor - Zayn disse fazendo cócegas nele 

- acho que mais tarde, podemos ir pra casa, ele reagiu muito bem aos medicamentos 
- ah, que menino forte - sorriu - espero que ele não dê outro susto desse tão cedo - me encarou 



Depois de um tempo, pediram pra gente sair rapidamente, só pra últimos exames. 

Ficamos no corredor, esperando. Então finalmente, ele foi liberado, e mesmo tendo dormido quase o tempo todo, parecia tão cansado quanto nós. 
Ao chegar em casa, ele comeu e dormiu, eu e Zayn nos deitamos na cama. 



- como é ótimo estar de volta nessa cama - abracei os travesseiros 

- riu - e é ótimo sair daquele clima de hospital, eu odeio isso 



Então só agora que fui notar, foi um milagre Zayn ficar a noite toda no hospital, porque uma das coisas que ele tem mais pânico e odeia, é esse lugar.

Sorri pra ele, e o puxei pra perto lhe beijando. 



- acho que podemos aproveitar essa folga - ele disse baixo 




Assenti e fiquei por cima dela, beijei seu pescoço, até chegar em seus lábios, mordi e puxei de leve seu lábio inferior e ele sorriu. Tirei minha blusa, e as mãos de Zayn foram direto para o fecho da minha calça, ele me jogou na cama e ficou por cima de mim, se livrou da minha calça, beijou meus seios ainda cobertos, e foi até meu pescoço dando leves mordidas, ele tirou minha calcinha, senti seus dedos dentro de mim, joguei a cabeça pra trás e gemi baixo, Zayn mordeu o lábio inferior, tirou a camiseta e a própria calça, beijou meu pescoço, e o senti dentro de mim. Arranhei suas costas, e ele me beijou abafando os gemidos. Quando chegamos a ápice ele parou, deitou-se ao meu lado, suspiramos tentando recuperar o fôlego. 

Me cobri, ele me puxou pra perto e se cobriu. 



- essa vida de tecnicamente casado não é nada mal - disse por fim 




Acabei rindo, e o beijei de novo. Recostei minha cabeça em seu peito e fiquei em silêncio. 




- por que você não quer casar? - ele perguntou

- acho algo desnecessário 
- se casar comigo é desnecessário? muito obrigado - ironizou 



Me levantei, fui até o banheiro, me deitei na banheira e deixei a água caindo na banheira. Quando estava satisfeita, fechei o registro, Zayn entrou no banheiro e sentou-se na banheira de frente pra mim. 




- por que foge desse assunto? 

- só acho uma besteira - desviei o olhar 
- olha pra mim - segurou meu rosto - tem que ter um motivo - ficou perto de mim 
- não quero perder minha liberdade - olhei em seus olhos - tenho medo de perder minha liberdade, meu sonho não é entrar em uma igreja de vestido branco, meu sonho é ser feliz, acordar todos os dias e sentir que estou bem 
- acha que um casamento tira sua liberdade? 
- acho... sabe o que eu quero? 
- me fala? 
- continuar trabalhando, terminar meu livro, cuidar do nosso filho, uma vida sexual ativa, e te olhar todos os dias, tendo certeza que te amo... casamento pra mim, é só uma cerimônia, o que importa são os dias 
- eu não sabia que tinha tudo isso, pensava que só era a garota marrenta, que não quer um compromisso - riu 
- depois de tanto tempo, somos um compromisso - sorri - só acho que somos livres, e eu não quero nada que possa interferir nisso 
- só pensei que talvez alguém possa achar algo estranho, termos uma família e não sermos casados 
- peguei uma toalha - se alguém falar isso, mande ele se foder, problema resolvido - me enrolei na toalha 



Ele riu e pegou a toalha, sai do banheiro, procurei uma roupa e coloquei, , quando acabei de me sentar na cama, ouvi um choro, fui direto até ele e o peguei no colo. 



ZAYN P.O.V. 




Coloquei uma roupa, na verdade só uma calça, abri a janela do quarto pra entrar um pouco de ar, e fui até o quarto do Caleb, ao chegar, ela estava com ele no colo, e os dois dormiam. Peguei uma manta cobri os dois e desci as escadas até a cozinha.
Fiz um lanche simples pra mim, fui até a sala e liguei a TV. 
Olhei pela janela, notei Louis chegando,  fui rápido até a porta abri, queria evitar que a campainha acordasse os dois.

-virou vidente? - ele perguntou 
- só quero evitar que você fique apertando a campainha e acordar os dois 
- mas esse menino sempre dorme quando eu chego - revirou os olhos - opa, lanche 
- pode tirar essa pata do meu lanche
- bro, não fale assim comigo - se fingiu de ofendido 
- para de ser sinico - ri e me sentei - se quiser só fazer um pra você 
- me da só um pedaço, Zayn? 
- revirei os olhos - toma 
- valeu - sorriu e pegou um pedaço - e como está a vida? 
- bem, só ontem que eu me preocupei, Caleb ficou com começo de pneumonia, mas era só começo
- essas gripes etc, acontece - deu de ombros - minhas irmãs ficavam doentes sempre, era um saco 

Olhei pras escadas, Sky descia com Caleb nos braços.

- que milagre você demorar duas semanas pra aparecer aqui 
- estava ocupado com o trabalho

Não sei como ou porque, mas Caleb já reconhecia e adorava o Louis, primeira coisa que fez foi esticar os braços pra ele. Louis do jeito retardado dele, adora crianças, logo pegou Caleb no colo e começou a brincar com ele.

- pelo menos alguém me recebe bem nessa casa - Louis ironizou 
- só ele que gosta de você aqui - Sky disse e riu 
- au, Caleb, seja mais simpático que os seus pais - o encarou - eles são muito malvados 
- ri - ou você que é muito folgado 
- decidiram me atacar hoje - ele resmungou 



Depois de dar algumas risadas com Louis, ele foi embora trabalhar. 

Ficamos na sala assistindo TV e brincando um pouco com Caleb. 



- quero um cachorro - Sky falou - olha que amor - disse apontando pra tv

- eu prefiro gatos 
- mas olha que amor o cachorro 
- mas gatos também são adoráveis 
- melhor deixar esse assunto quieto sempre brigamos - riu 
- e isso não quero - a beijei



2 ANOS E 4 MESES DEPOIS 
SKYLER P.O.V.

- mãe eu quero um carro igual do papai de aniversário 

Olhei para Caleb que me olhava com os braços cruzados e um olhar de decidido, hoje é o aniversário dele, não fazemos grandes festas, ele não faz questão assim como eu. Pior que ele aprendeu a falar um dia desses e agora não para mais.

- você não pode ter um carro igual o do papai 
- por que não? 
- primeiro, você é muito novo, 3 anos, segundo muito pequeno, mas se quiser posso te dar um menor muito legal 
- ta... - concordou desapontando 
- não fica assim - beijei seu rosto - você vai ganhar um monte de presente legal hoje porque é seu aniversário 
- é mesmo - sorriu - cade o papai? 
- aqui - disse entrando na cozinha 

Caleb pulou em seu colo, Zayn o segurou.

- mamãe disse que não posso ter um carro igual o seu 
- e não pode mesmo 
- aí que coisa - disse emburrado 
- ri - por que não pensa em outros presentes legais? 
- porque eu quero esse 
- quando sua mãe diz não, é não - o colocou sentado na bancada 
- e um bolo grandão de chocolate?
- só se for dividir comigo - brinquei 
- e comigo também - Zayn falou enquanto pegava café 
- tudo bem - riu 
- vou passar na empresa rápido, depois volto e comemoramos seu aniversário, fechado? 
- fechado - fizeram um toque - tchau amor - me beijou 
- eca - Caleb fez uma cara de nojo 
- que bom que por enquanto é eca - riu 

Zayn saiu, e eu terminei de colocar a louça na pia.

- eu até faria seu bolo de aniversário, mas eu sou um desastre na cozinha, então vou pedir 
- tá, mamãe - bateu no meu ombro me confortando 
- ri - que bom 
- CHEGUEI! - Louis gritou 
- tio, Louis! 
- sem tio, estou no auge na minha juventude 
- poxa - fez beicinho 
- tá bom, tio pode ser 
- sorriu 
- Feliz aniversário! - o pegou no colo 
- tem presente? - perguntou com um sorriso esperançoso 
- mas esse é mais interesseiro que a mãe dele 
- ei! te expulso de casa em 
- com essa sua força é? - ironizou 
- não, com a maior faca da gaveta - sorri vitoriosa 
- okay, sem facas....mas, claro que te trouxe um presente - apontou pra caixa do lado da porta - abre lá - o colocou no chão 


Me sentei na bancada e olhei pros dois, Caleb abriu o presente e logo sorriu. Uma bola de futebol, e a camiseta do Real Madrid, time que tanto eu quanto ele torcemos, já que Zayn não é maior fã de futebol. 



- obrigado tio, Louis - disse chutando a bola 

- tem um campo lá fora pra você jogar, aqui dentro não 
- joga comigo mãe? 
- to cansada 
- por favor - sorriu 
- vamos lá - Louis me puxou - ou está com medo de perder pro melhor jogador de futebol? 
- acho que Caleb é muito pequeno pra ser o melhor - ri 
- engraçadinha - bagunçou meus cabelos - vem 


Fomos pro campo e começamos a jogar. 

Depois que eu cansei um tanto, fui descansar um pouco, peguei um copo d'água e escutei meu celular tocando. 


- alô? 

- Sky! sou eu, Josh 
- ah, oi Josh, tudo bem? 
- claro e você? 
- também 
- queria saber se não queria sair... pra falar de trabalho claro 
- ri - não posso, hoje é aniversário do meu filho 
- ah, claro, não sabia desculpa, queria falar sobre seu livro, você mandou pra editora, eu disse pra esperar a resposta 
- você não quer vir aqui? não vai ter festa, vai ser calmo na verdade 
- então tudo bem, mais tarde passo na sua casa
- okay, tchau 


Desliguei, e logo pensei "MERDA!". Zayn não vai nem um pouco com a cara do Josh, trazê-lo aqui em casa não vai deixá-lo nada feliz, mas agora já esta feito. 






CONTINUA...

-----------------------------------------------------------------------------------------------

OI OI! 
Espero que tenham gostado do capítulo gente, obg pelos comentários adoráveis do capítulo anterior, beijos - mi <3 amo vocês 

20 comentários:

  1. Oh meu Deus! Que lindo! O Caleb é tão fofinho!
    Acho que vou sentir muitaaa falta dessa fic :'(
    Está perfeito Mi, continua!!!! Beijos <3
    Duda xX

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. pois é, juro que vou tentar escrever ainda mais <3

      Excluir
  2. Aiinn muito liindo esse ccapítulo
    tá muito perfeito ♥
    continua logo *-*

    ResponderExcluir
  3. Mdss perfeitoo
    Mas pena q vai acabar :'(
    Continua logoo
    XxBambi

    ResponderExcluir
  4. Ta perfeito!!!!!!! pena q vai acabar vou fica triste quando acabar
    Continua.... Xxluci

    ResponderExcluir
  5. Como ta o Caleb agora com 3 anos? To curiosaaaaaa

    ResponderExcluir
  6. Isso e tãooo romantico kkk
    ta legal :) *-*

    ResponderExcluir
  7. Miiii *-* Ta tão fofo, tão legal, tão perfeito...
    Na vejo a hora do próximo, valeu por postar rápido. *----*
    -Jú

    ResponderExcluir
  8. Socorro! Não quero que termine :"""""( ai Mds! Lembro quando você postou o primeiro capítulo! Ai meu ❤
    Cooonntinua! Da lindaaao!
    Caleb lindo ❤❤❤❤
    Bjs, amo Você ❤

    ResponderExcluir
  9. Eu estou sentindo uma briga nessa não-festa de aniversario do Caleb!! Kkkk Quando a fic acabar vou chorar muito :'(, pq eu amo essa fic!! Foi a primeira que eu comecei a ler no blog!!

    Caly and Luly

    ResponderExcluir
  10. Perfeito ! Perfeito ! PERFEITOOOO !!!! Amo essa fic continuaaa logo por favor

    ResponderExcluir
  11. Continuaaaa ta mt cute ^-^ Caleb ♥ tao mordível pena q vai acabar :'( melhor fic everrr ♥~
    Amanda ^/

    ResponderExcluir
  12. NÃO ACABA CM A FIC ='( está é a minha vida perfeita hahahaha

    ResponderExcluir
  13. Continua!!!!! Ta muito perfeito!!!!!

    ResponderExcluir
  14. Ta perfeito!!! Posta logo!!!

    ResponderExcluir

Não saia sem comentar. Dê sua opinião!!! Malikisses *-*