23 de fevereiro de 2015

Gardênia - Cap - 39 parte 2 (penúltimo)



:)

Anteriormente

Ela suspira e fala:

- Tudo bem, não posso exigir isso de você, mas por favor tente. Por mim.

Sabe o que é ficar numa corda bamba? Não, é claro que vocês não sabem, mas devem imaginar como é. Pois então, estou me sentindo assim agora.

Agora

(Seu Nome) P.O.Vs
           Depois que Jason me deixou em casa naquela tarde, eu me tranquei no quarto e fiquei assim a tarde inteira, pensando no que eu iria fazer da minha vida. Como eu podeira terminar com Harry? De onde eu tiraria forças para fazer uma coisa dessas? E pior, como eu poderia ir embora com Marvin? Como eu poderia deixar toda a minha vida pra trás? Vida que por sinal, eu estava reconstruindo agora. Como vou conseguir ser feliz? Perguntas, perguntas, perguntas. São tantas e não tenho resposta pra nenhuma delas.

             Peguei meu celular e logo de cara, vi Harry e eu no papel de parede. Eu havia segurado o choro a tarde toda mas agora eu simplesmente não consigo mais suportar. As lágrimas começaram a cair incessantemente e eu lutava para não deixar escapar nenhum soluço. Como eu poderia me convencer de que deixaria essa vida perfeita que estava vivendo pra trás? Pra viver com a pessoa que eu mais odeio nessa vida? A pessoa que me fez viver uma mentira durante dezessete anos da minha vida! Só de pensar sinto meu peito doer. 

           Quando o relógio marcou 19:00 eu me obriguei a sair da cama e ir me arrumar, afinal, Harry me pegaria às 20:00 para jantar. Tomei um banho bem gelado e escolhi minhas roupas. Optei por qualquer coisa que fosse quentinha, eu não estava no clima pra escolher uma roupa bonita. Me olhei no espelho e meus olhos estavam vermelhos e inchados, como vou reparar isso? Corri até o quarto de minha mãe, que por sinal havia saído pra jantar com o namoradinho dela. Avistei sua maleta de maquiagem e peguei o que eu pensava que poderia esconder um pouco do inchaço dos meus olhos. À quem estou tentando enganar? Eu não sei nem passar maquiagem direito que dirá disfarçar um inchaço. Passei um gloss rosa e um blush pra que eu parecesse mais corada, já que não havia comigo nada o dia todo.

           A campainha tocou, olhei no relógio e ainda era 19:45, não podia ser Harry. Por favor que não seja Harry, por favor demore mais um pouco. Abri a porta e lá estava ele, todo lindo com uma camisa de manga até os cotovelos e uma calça jeans preta. Ele sorriu pra mim e eu só queria chorar, não posso acreditar que estamos tão prestes a não se ver mais. Fiz um esforço pra sorrir de volta e falei:

- Está adiantado. -falei entrando de volta, não me atrevi a beijá-lo-
- É... Eu achei que você já estivesse pronta e não queria deixá-la esperando. -ele falou mas sua voz está diferente, magoada?- Mas se não estiver eu espero.

            Porque ele tem que ser tão perfeito? Deus me ajude!

- Não, já estou pronta. Podemos ir. -afirmo e pego minha bolsa no sofá-
- Tudo bem... 

            Eu sei que ele se magoou, eu fui tão seca com ele, como consegui fazer isso? Já no carro, fiquei em silênico o tempo todo, eu estava pensando. Essa é minha ultima noite com o Harry, ela deveria ser especial, deveria ser perfeita, preciso aproveitar a oportunidade que tenho de ser feliz pela última vez. E é exatamente isso que vou fazer:

- Como... Foi seu dia? -pergunto e ele sorri no volante-
- Foi muito bom, só conseguia pensar em você.

            Okay, definitivamente não dá pra conversar com o Harry sem que eu seja obrigada a engolir o choro. Nunca passei por uma situação tão difícil na minha vida. E olha que já passei por muita coisa!

- E o seu? -ele pergunta-
- Normal. -dou de ombros-

             A quem estou tentando enganar? Nem que eu queira vou conseguir fingir que nada aconteceu e agir normalmente esta noite. Me remexo desconfortavelmente no banco não sabendo exatamente como prosseguir com isso. Como eu poderia passar a noite toda com ele fazendo planos para o futuro e conversando sobre o quanto estava feliz com o passo que demos no nosso relacionamento e aí no fim da noite eu termino tudo com ele? É impossível! Harry me olha pelo canto do olho e pergunta:

- Está tudo bem?
-suspiro pesadamente- Na verdade não. -falo- Pode parar o carro?
- Aqui? -ele pergunta.
- Sim. -falo-
- Tudo bem. -ele dá de ombros-

             Harry estaciona o carro em frente ao Richmond Park, eu nem havia percebido que estávamos passando por ele, nesse momento eu me lembro de tudo que já passamos juntos. Aqui começou e aqui vai terminar, isso realmente é uma grande ironia do destino. Harry se aproximou de mim descendo do carro e acariciando meu rosto.

- O que você está sentindo? -ele pergunta, seu rosto cheio de preocupação-

              Eu sacudo a cabeça negativamente e fecho os olhos sentindo sua mão quente em meu rosto, uma lágrima escorre e eu digo:

- Não estou sentindo nada. -falo- Só quero que me dê um abraço.

              Então eu o abraço com toda a força que sou capaz, como se esse fosse o nosso último abraço, o que não deixava de ser. Ele acariciou meu cabelo e beijou o topo da minha cabeça, eu me senti tão amada que chega doer.


- O que está acontecendo? -ele pergunta docemente-
- A gente... A gente precisa conversar Harry. -falo olhando nos olhos dele-
- Ta. -ele responde desconfiado- O que foi?

              Suspirei profundamente tomando coragem pro que viria a seguir. Eu tinha uma história.

- E-Eu... Estou querendo te falar isso desde hoje cedo mas não consegui antes. Só que... Não dá mais pra esperar.
- Tudo bem, pode me falar. 
- Eu... Eu quero que a gente... Que a gente volte a ser só amigos.

             Fechei os olhos esperando que ele falasse algo, mas o silêncio era amedrontador. Arrisquei ver sua expressão mas era de total incredulidade. Ele soltou um riso sem humor e falou:

- Está brincando comigo, não é?
- Não. -falo baixo- Não estou, desculpa.

             Não chora, não chora, não chora. Repito à mim mesma essas palavras tentando conseguir forças pra não cair nos prantos. O rosto de Harry toma uma expressão de raiva e ódio e eu me encolho toda achando que ele gritaria comigo, mas pelo contrário, ele está bravo consigo mesmo.

- Eu sabia! -ele diz- Sou um idiota, eu sabia que tinha te machucado! -suas palavras são puro ódio-

             Ele caminha até mim e me segura pelos ombros.

- Porque não me falou nada? Eu pedi pra você (Seu Nome), eu teria parado. -seus olhos estão vermelhos e tristes-
- Não Harry, não é nada disso. -sacudo a cabeça sentindo as lágrimas de aproximarem-
- Então o que é? -ele pergunta com os olhos encharcados-
- Eu... Harry por favor, não torne as coisas mais dificeis pra mim por favor.
- E você acha que não está sendo difícil pra mim? Meu Deus! Se eu não te machuquei então porque você está terminando comigo? -ele eleva a voz.
- Harry... -tento inventar outra desculpa mas ele me interrompe.
- Não (Seu Nome)! Eu não vou perder você de novo tá legal? Não vou! -ele grita e me beija-



- Não pode fazer isso comigo de novo, não tem esse direito. -ele chora.
- Eu preciso Harry... 
- Precisa porquê? Porquê?

           Fiz de tudo para não olhar em seus olhos e desistir de tudo ali mesmo. Então me lembrei das palavras de Marvin e de ver George tão perto de fazer mal ao Harry. Fui tomada por coragem e falei a primeira coisa que veio na minha mente:

- Eu acho que posso estar gostando de outra pessoa Harry, é isso.
- Você... -ele começa e eu assinto- 
- Desculpa.

          E com isso eu corro pra longe deixando-o parado em estado de choque e entro dentro de um táxi chorando. Olho pra trás uma última vez a tempo de vê-lo com o rosto no meio das mãos, ele não se moveu um centímetro. Viro pra frente de volta e começo a chorar como nunca havia chorado antes. O taxista me olha pelo retrovisor e pergunta:

- Está tudo bem moça?

           Sacudo a cabeça negativamente, não consigo encontrar voz pra falar. O taxista é um senhor idoso, deve ter por volta de setenta anos de idade e ele me parece ser gentil e bonzinho.

- Quer desabafar? -ele pergunta-
- Acho que sim. -respondo fungando-
- Tudo bem, estou te ouvindo.

            Enxugo minhas lágrimas e tento me acalmar por um momento. Jogo meu cabelo pra trás para não ficar grudando no meu rosto molhado de lágrimas e começo a falar:

- Acabei de terminar com o meu namorado, mas eu não queria. -e aí eu começo a chorar de novo.
- E porque terminou? 
- É um longa história. -soluço- Eu meio que fui obrigada a fazer isso.
- Ninguém é obrigado a nada menina.
- Mas não existe outra solução para o meu problema.
- Não diga isso, sempre existe uma outra solução, mas as vezes é preciso contar com a ajuda de outras pessoas.
- Como assim?
- Estou dizendo que você não precisa aguentar o fardo sozinha, existem pessoas que te amam mais que tudo e estariam dispostas a te ajudar com isso. Como o Harry.
- Mas é complicado sabe... Espera, o senhor conhece o Harry?
- Claro que conheço! -ele responde sem hesitar-
- Como? -pergunto-
- Na verdade eu o vi algumas vezes, quando ele te levou uma florzinha que você amou, eu estava com ele quando escolheu-a. Quando vocês andaram juntos de bicicleta, eu aluguei a bicicleta pra ele. Ele te ama muito, sabia?
- Eu sei. -respondo e abaixo a cabeça-
- Você vai arranjar uma solução pra isso, é uma menina inteligente. Chegamos.
- Obrigada. -respondo sinceramente- Quanto eu te devo?
- Não me deve nada, pode ir.
- Mas...
- É melhor não discutir. -ele diz como se fosse um avô mandão-
- Tudo bem. -sorrio- Obrigada por... Conversar comigo.
- Sempre que precisar. -ele sorri-
- E onde eu te encontro?
- Não não, eu é que encontro você. Agora anda, estou com pressa.

         Eu saio do táxi e fico olhando enquanto ele se afasta e me pergunto atordoada o que acabou de acontecer. Subo pelo elevador ainda com a cabeça cheia de pensamentos, mas tudo isso acaba quando entro no apartamento e minha começa a falar.

- Nossa você chegou filha, pensei que você e Harry iriam demorar. Como foi o jantar?
- Foi bom mãe. -respondo sem entusiasmo-
- Hey. -ela fala se aproximando de mim- Que desanimo é esse?
- Não é nada mãe. -respondo- Só estou com sono, posso ir dormir?
- Claro, claro que pode. Eu também já estava querendo ir. Boa noite meu amor. -ela beija minha testa-
- Boa noite, amo você.
- Também te amo.

Harry P.O.Vs

           Demorei quase dez minutos pra conseguir sair do lugar e por fim me vi sentado no velho banco do parque pensando em como foi que chegamos à esse ponto. As coisas estavam tão perfeitas hoje cedo, como podem ter mudado tão rápido? Tem alguma coisa errada nisso tudo[...]

           Era por volta da meia noite quando meu celular começou a tocar, olhei na tela e era Jason. O que raios Jason queria comigo uma hora dessas? Eu não vou atender, recuso a chamada e volto a pensar, eu deveria estar chorando mas não consigo porque eu sei que tem algo errado nessa história, quero dizer, isso não é real, é? Meu celular volta a tocar e vejo Jason no visor novamente. Porque as pessoas não respeitam o sofrimento das outras? Atendo o telefone e falo:

- O que você quer Jason?
- Harry, a gente precisa conversar.
- Agora não dá, eu...
- Harry eu preciso. Passei o dia todo louco pra te contar e só não fiz antes porque a (Seu Nome) não queria que você ficasse sabendo.

             E nesse momento o entendimento me atingiu como uma bala. (Seu Nome) disse que estava gostando de outra pessoa e por isso terminou comigo, agora está tudo mais claro, Jason se considera meu amigo e se sente na responsabilidade de me contar que sempre foi apaixonado pela minha namorada e agora ela correspondeu aos sentimentos dele. Como eu pude ser tão idiota? Estou furioso por dentro e com vontade de bater em alguém. Interrompo Jason antes que ele comece a falar.

- Eu sei. -digo- Você e a (Seu Nome)... -não consigo terminar mas Jason continua-
- Sim, hoje cedo. -ele responde e acho que vou chorar-

              Hoje cedo? A cada segundo me sinto mais idiota ainda. Passamos uma noite inteira juntos e quando fui embora de manhã ela já foi correndo para os braços do Jason. Não consigo imaginar uma coisa tão baixa vindo de (Seu Nome).

- Eu não queria cara, juro pra você que não. -ele tenta se explicar- Mas a (Seu Nome) é implacável, não consegui dizer não.
- Não tem que me explicar nada. -respondo amargo-
- É claro que tenho, você é o namorado dela e...
- Namorado dela? Acha mesmo que ainda somos namorados depois de hoje? -pergunto incrédulo-
- Hey calma aí não precisa exagerar também, não acho que é ruim à ponto de você terminar com ela.
- Não é ruim a ponto de... Ela terminou comigo! -grito- O que você acha disso?
- Ela terminou com você? -ele pergunta incrédulo- Mas porque ela faria isso? Será que o Marvin fez alguma coisa?
- O que o Marvin tem a ver com você e a (Seu Nome) estarem juntos?
- Eu e a (Seu Nome) juntos? Você ficou louco cara?
- Ela terminou comigo porque disse que estava gostando de outro e agora você vem e me fala que estavam juntos hoje de manhã e vem me dar explicações, o que quer que eu pense? -falo amargo-
- Que tal que parasse de tirar conclusões precipitadas? Eu e a (Seu Nome) não temos nada juntos, ela ama você mais que tudo nessa vida e você é um completo idiota se não sabe disso!
- Mas então... O que aconteceu hoje cedo? -pergunto nervoso-
- Vou te contar desde o começo[...]


#Spoiler do capítulo 40 (FIM)

       E foi com o nosso primeiro beijo que eu tive certeza que nada mais no mundo importava além do amor que eu sentia por ela. Aquele primeiro beijo que demos no dia em que eu não aguentava mais ficar longe dela, não suportava mais aquele desejo carnal dentro de mim de a tomar em meus braços e colar nossos lábios. E quando ela terminou tudo comigo porque não acreditou em mim, com certeza foi um dos piores dias da minha vida, eu senti como se o meu coração tivesse sido arrancado do meu peito e tivesse ficado nas mãos dela quando eu fui embora, e ele só ficaria inteiro de novo quando ela o colocasse de volta dentro de mim.

Até que enfim eu postei hein?! Desculpa é que as aulas começaram e já do primeiro dia nos encheram de tarefas, segundo ano não é fácil, oh sofrencia. Mas enfim, esse é o penultimo capítulo, o 40 vai ser o ultimo e depois o epílogo okay? Estou feliz pelos comentários de vocês e por outro lado estou triste por saber que perdi muitas leitoras ao longo da fic, sinto falta das minhas Isa/Iza's que não vejo mais comentários e tinha bastante Iza/Isa e muitas outras meninas que sempre comentavam nos primeiros capítulos e não comentam mais, é triste. Mas por outro lado de novo, tem aquelas que desde o começo da fanfic nunca deixaram de comentar e eu agradeço de coração, não sabem o quanto me fazem feliz. Amo todas vocês, inclusive as fantasminhas haha. -Deh♥

24 comentários:

  1. Cara nem acredito que agora só falta mais um capítulo. ��������

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um capitulo e o epilogo, tbm nao acredito que estou terminando :-)

      Excluir
  2. Aiin Deh nn estou acreditando q só falta um capítulo �� mds passou tão rápido!! Essa fic é perfeita, sempre será, vc escreve mto bem okay �� e por favor não me diga q o final dessa fic será triste, eu NÃO aguento um final triste pra mim e pro Harry ta legal. Enfim, bjss e poste logoooo ������
    -Ket

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Passou rapido mesmo apesar de eu ter demorado bastante kk eu jamais faria um final triste pra Gardenia. Bjss ♥

      Excluir
  3. PERFEITA SEM PALAVRAS AMEI MESMO ....SUPER PAIXONADA AKIEE ....PUNULTIMO CAPITULO VOU CHORAR TO ANSIOSA PARA O ULTIMO ......Deh Ja flei que suas fics e super perfeitas se nao to flando agr Linda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amr vc vai fazer segunda temporada??? Continuaa Pleasee....

      Excluir
  4. Ta...incrível, demorou mas valeu a pena...
    Ainda não acredito que é o penúltimo capítulo.
    Tô ansiosa e ao mesmo tempo triste pelo último capítulo.
    Sem dúvidas continua!

    ResponderExcluir
  5. Deh tá incrível(como sempre)não sei o que vou fazer da minha vida quando essa fic acabar!

    ResponderExcluir
  6. Sabe, eu tô jogada no chão frio da sala da minha casa depois desse capítulo... Como você tem coragem de dizer que é o penúltimo? Eu me recuso a acreditar que não vai ter mais Gardênia, vou ter que reler ela várias vezes pra matar a saudade :( Ainw Jesus, que vida difícil, essa minha... Agora eu não sei se quero que você poste logo, ou fique enrolando pra eu ler a fic todinha novamente -_- Dúvida cruel... Mas para todos os casos: Eu amo gardênia mais que demais...

    ResponderExcluir
  7. Esta... INCRIVEL! Mais uma vez você me surpreendendo, e acabando com meus sentimentos. Ta muito bom!! Não demora pra postar, por favor! Eu entrei no site todos os dias pra ver se você tinha postado. :(
    Massss finalmente! Ehh. Não vejo a hora do próximo capitulo *-*
    -Jú

    ResponderExcluir
  8. Esaa fic e perfeiita pena q ta acabando mais e linda :3 contiinuaa #eve

    ResponderExcluir
  9. Perfect <3 Sem palavras :') Aiii Gardênia tá acabando, que dorzinha no core <3...
    Ai meus deuses, me segura, tô chorando Deh :')
    Quero saber logo o que acontece no final :3
    Continua logo viu? por favor
    Beijos :*
    P.s.: tô relendo ela no wattpad :3 é tão bom :')

    ResponderExcluir
  10. OMG! NÃO CREIO!!!!! Gardênia ta acabando? É isso mesmo produção? Como eu vou viver sem essa fic?!?!?!
    Sorry por não ter comentado antes, pq né, net lenta não é de Deus!
    Ai eu vou... chorei!
    100 OR! De onde vc tira tanta criatividade menina?!?!?! Tá parei
    Continua logo, pelo amor de Deus! E pensa com carinho na possibilidade de fazer uma segunda temporada, ok flor?
    Malikisses pra vc Liamda

    xxx Gih Caceres

    ResponderExcluir
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  12. Eita kkk eu me definindo quando eu digo "Perguntas, perguntas, perguntas. São tantas e não tenho resposta pra nenhuma delas." bem eu kkkk. Bom, sou leitora nueva *-* hahahahahah parei, sou leitora velha, desde o cap 16, que orgulho de ser Gardener!!! Apesar de eu está sem net, pois a Vivo está me magoando muito, eu sempre consigo um WiFi principalmente da minha vó só para ler um cap de Gardência da minha, apenas, SÓ, minha Marida!!!! Bom, confesso que quando entrei no táxi e aquele velhinho que ajudou o Meu Hazza ( falo Hazza por que sim, 2bjs ) disse que eu poderia desabafar com ele e não precisaria aguentar fardo sozinha, eu imaginei que ele fosse um ex capanga do Marvin e que ele me ajudaria a me livra dessa barra. Kkkkkkkk, agora eu virei o Harry falando no coment e vou dizer o que achei do cap.
    Bom Marida da Jull...
    Eu quase surtei quando o Jason disse que eles " ficaram juntos " na hora eu fiquei super arrrg mas quando ele se explicou melhor ficou mais tenso o clima, mas enfim eu entendo que ela precisou fazer isso para me salvar. Agora vou deixar a Jull continuar aqui.
    -----Eu P.O.Vs-----
    Ah hahahahahahah desculpa dar uma de maluca mas precisei kkkkk, bom, nem acredito que esse post só tem 14 coments, 15 com o meu! Cadê as Gardeners? Esse é o penúltimo cap gente! Precisamos tornar ele especial!!! E as leitoras fantasminhas que não comentam ( não julia, leitoras fantasminhas são as que comentam ) podem começar a comentar hein! Deh, ficou lindo como você, perfeito como você e maravilhoso como você!!! Te amo, te adoro, você sempre estará no meu coração, apesar da distância você sempre consigo estará no meu coração, obrigada por nos fazer felizes com um simples ato de escrever! Obrigada por nos amar, e por me amar hehehe, obrigada por responder nossos coments com carinho e tudo mais! Amo você demais DEH, MINHA MARIDA QUE TEM O MEU CORAÇÃO! Ah e quando eu casar com o Harry, não fica com ciumes não, ele disse que pode me dividir com você kkkkk, enfim deh, amo você, obrigada por fazer parte da minha vida! E por escrever coisas maravilhosas!
    Xx Jull, amo você! Ah e lembra que te mandei 100 línguas de como dizer "eu te amo"? Então, finge que eu escrevi Eu te amo em 100 línguas nesse coment. E nem acredito que Gardência está acabando, vou chorar, ops, estou chorando, e se precisar de mim, sabá que estou no chão mordida, mas infelizmente queria está viva para está morta só de saber que Gardência ( quem diz Gardência é outro nivel hehehe *-* ) está em pleno fim.
    Agora sim vou me despedir kkkk
    Xx Jull, Aloha wau ia oi dlç
    P.s.: bom, esse p.s. seria o segundo por que quando eu me despedi na primeira vez eu tinha posto o que seria nesse p.s., masssss, bom kkkkk, falta 1 capitulo, nãooooooooooo, e um epílogo hehehe para acabar Gardência, não :'( :'( :'( amo voxê!!! ❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤
    P.s.2.: e que spoilerzinho é esse de acabar com os feels? Hein? Hein? Hein? Sua menina má.
    P.s.3.: se tiver algum errinho, Culpe o corretor, hein #EuApoioProcessarOCorretorOrtográfico
    P.s.4.: esse meu comente está cheio de p.s.

    ResponderExcluir
  13. Meeeu Deuuuuuus EU TÔ MORTA!
    Caaara eu comecei a ler a história ontem de noite, por que eu não tinha o que fazer (tô sendo sincera) daí eu li o 1°,2°,3°,4°,5° capítulo... E quando eu fui ver já tava completamente apaixonada! Nossa, parabéns por essa história simplesmente perfeita! Sabe, eu sempre quis fazer uma fic, pensava tipo "Ah, deve ser fácil. Qualquer dia desses eu começo uma." mas agora eu vejo que não é bem assim, acredito que escrever uma histórias boa, não é pra qualquer um(a). É quase um dom, é, é isso! Um dom! Enfim, só queria te parabenizar pra essa história lindaaa ♥ AGORA POSTA O PRÓXIMO ( E ULTIMO :ccc) CAPÍTULO! aahhhh vou morrer de saudades da fic! :( Af, acho que isso aqui tá grande, vou poupar umas palavrinhas pro próximo capítulo! hahah :v
    -Julyana Esther *-*

    ResponderExcluir
  14. Li o capitulo escultando Amnesia do 5SOS :'( depois dessa eu n sei se eu tenho lagrimas ainda. Penultimo capitulo?! É, eu acho q ainda tenho lagrimas o bastante pra ler o ultimo *---*
    Xx. Bell's

    ResponderExcluir
  15. Deh me perdoaa por favor!! Eu comecei a trabalhar e ficou taoo difícil acompanhar mas eu quero que você saiba que eu li cada capítulo e não te abandonei pq eu jurei que seria Gardener forever (aliás eu que sugeri o nome Gardener!!) e eu só sei que nunca vou esquecer essa fic. É com certeza a mais criativa que eu já li tão linda mágica pura romântica e eu queria que durasse pra sempre ♡♡ I love YOU and sorry por de uns tempos pra cá comentar tão pouco. #Gardener here
    bjss amoree
    Isaxx

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desde o primeiro capítulo :)) ☆

      Excluir
  16. Não vou negar, sou uma leitora fantasma. o//
    Eu realmente amo Gardênia. Eu realmente odeio o Marvin, tomara que um caminhão passe por cima dele. AAAAAAAAAAAAAH!! Se eu e o Harry não ficarmos juntos eu faço a vida do Marvin um inferno!!!!
    Desculpa por ser bem fantasma, mas além da minha rotina em época de aulas ter voltado a ser a tão gostosa correria que amo. *-* Sim eu gosto de vida agitada, cheia, atarefada... kkkkkkkk Estranha Eu? Imagina. Mas como falava, além de ter voltado a vida corrida de segundão, eu as vezes não sei o que escrever... Tipo dias em que minha vida está tãaaaaao tristinha que ler me anima, ou eu estou cansada, ou com preguiça, ou simplesmente não sei escrever comentários divos. Kkkkkkkk' Porém pode crer que vou te acompanhar com suas fics porque você é uma das minhas escritoras divosas. *-* Bjos.

    ResponderExcluir
  17. ooooo menina se vc n posta issu eu vo te processar tah kkkkkkkkkkkk brinks posta logo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. olha eu aki enxendo o saco dnv kkkkkkkkkkkkkkkkk anda fia postaaaaa logooooo #ansiedadeamil
      bjos pfta

      Excluir

Não saia sem comentar. Dê sua opinião!!! Malikisses *-*