23 de abril de 2015

Longfiic Zayn Malik - Intocável

 Para ler o Capítulo 1 <--clica  | Capítulo 2


            Se ela queria me deixar intrigada, com certeza conseguiu! Porque eu acho que para um começo de segundo dia de aula as coisas estão mais estranhas do que deveriam ser?

Capítulo 3

No fim da tarde...

(Seu Nome) P.O.Vs

         Quando as aulas terminaram no fim da tarde, corri para o dormitório para tomar um banho rápido e me arrumar antes que Zayn chegasse. Não sei se por que já está para anoitecer mas de repente o tempo ficou gélido à ponto de eu colocar um moletom. Estava arrumando minha bolsa quando Manoela entrou no quarto com um sorriso no rosto, e o mesmo logo desapareceu quando ela me viu pegando a bolsa para descer.

- Aonde você vai? -perguntou.
- Eu... Vou sair com o Zayn. -porque eu estava com medo do que ela pensaria?.
- Você vai sair com o Zayn? -ela repete num tom de voz incrédulo- Eu realmente não sei o que você têm na cabeça.
- Eu estou fazendo um favor pra ele, apenas retribuindo por ele ter me ajudado no primeiro dia de aula.
- Ele deve estar fazendo uma lavagem na sua cabeça (Seu Nome)! Ele começa como o gatinho malvado e aí quando você estiver caidinha ele dá o bote!
- Manoela está tudo sob controle, tá legal? A gente se vê mais tarde, beijo.

         Dou um beijo no rosto dela e a deixo emburrada no quarto. Ta, essa insistência pra que eu me cuide e fique longe do Zayn é realmente muito estranha vinda da parte de uma pessoa que me conhece há um dia! Desço as escadas e vejo Zayn sentado nos degrauzinhos que levam à porta de entrada. Eu desço dois deles e me sento ao lado dele.

- Nem doeu me esperar aqui viu?!
- É claro que doeu, meu orgulho está machucado.
- Ah para com isso! -dou um soquinho no braço dele- Não faz mal ser gentil de vez em quando Zayn.
- Tá tanto faz. E não fica se achando pensando que vou te esperar aqui todo dia.
- Eu nem pensei nisso. -ergo os braços em sinal de rendição e ele revira os olhos se levantando-

         Ele fica de frente pra mim me olhando com aquela cara de tédio esperando eu me levantar.

- Tá já vou. -falo me levantando-

        Fico de frente pra Zayn e vejo o rosto dele totalmente tomado por uma fúria repentina, mas ele não está olhando pra mim, está olhando acima da minha cabeça, bem acima. Ergo meus olhos e para olhar na mesma direção que ele e vejo Manoela do quarto andar nos encarando com o mesmo olhar de fúria, ou melhor, encarando Zayn. Qual o problema desses dois? Sinceramente os dois são estranhos! Ou será que as pessoas de Seattle são assim mesmo? 

- Haam... Então? -tento sorrir- Podemos ir?
- Podemos. -Zayn responde ainda com os olhos cravados em Manoela.

           E então ele faz algo que eu nunca imaginei que faria, ele pega na minha mão -por vontade própria, devo acrescentar- e sai em disparada comigo para longe dos alojamentos. O que raios está acontecendo por aqui? Mesmo depois de estarmos bem longe do meu prédio, Zayn continua à frente me puxando pela mão. Eu travo meu pé e puxo a mão com força da dele.

- Para Zayn! -falo irritada- Pode me dizer o que está acontecendo? Porque você e a Manoela ficaram se encarando daquele jeito sinistro?
- Você conhece ela? -ele pergunta parecendo alarmado.
- Claro que sim, ela é minha colega de quarto?
- O quê? -ele parece desacreditado agora.
- Qual o problema? -pergunto- O que tem de errado Zayn?
- Escuta, -ele se aproxima de mim e olha nos meus olhos- precisa ficar longe dela, tá legal?
- Engraçado porque ela me disse a mesma coisa, só que pra ficar longe de você! 
- Ah, é claro que ela disse. -ele sorri sem humor.
- Pode por favor me explicar?
- Olha, você... -ele suspira- Você é uma boa garota e ela não é exemplo pra você.
- Legal, só que isso não me explica nada.
- Vai ter que se contentar com isso. Só... Não saia com ela se ela te chamar pra sair, não vá a festas com ela ou em qualquer outro lugar, ta bom?
- Porque? -pergunto.
- Você não precisa saber porque! -ele grita e eu me encolho.

              Sinto meus olhos se enxerem de lágrimas e viro as costas pra que ele não veja. Eu não suporto que gritem comigo, fui criada num lar perfeito e não estou acostumada a ser tratada com desprezo, raiva, falta de educação e muito menos com gritos! Eu não tenho que tolerar isso, aproveito que já estou de costas e começo a caminhar de volta para os alojamentos. Talvez eu não devesse mesmo te aceitado ajudá-lo.

- Espera. -ele fala correndo até mim e parando na minha frente. 

                  Ele suspira vendo minhas lágrimas e diz:

- Desculpe.

               Ergo meus olhos para fitá-lo desacreditada do que acabei de ouvir, ele pediu mesmo desculpas? Isso quer dizer que talvez exista mesmo um coração aí dentro? Não consigo evitar um sorriso em meio as lágrimas e falo maravilhada:

- Você pediu desculpas.


- Não se acostuma. -ele fala e parece envergonhado.
- Você ficou com vergonha? -sorrio.
- Não eu não fiquei. -ele fala,mas vejo o esboço de um sorriso se formar em seus lábios.
- Ficou envergonhado, awn. -tiro sarro.
- Para tá legal? -ele sorri.
- Não vou parar logo quando consegui arrancar um sorriso de você.
- To rindo de tão sem graça que foi.
- Mas você gostou. -sorrio largamente.


- Vai sonhando. -ele diz.
- Então tá, vamos trabalhar! Aonde nós vamos primeiro?
- Na verdade eu pensei da gente gravar aqui na escola mesmo hoje, afinal seu primeiro dia foi aqui.
- Tudo bem, o que eu tenho que fazer?
- Você não leu o roteiro?
- Bem... Eu...
- Ta já entendi. -e aí está o mal humor de volta- É só você agir como se tivesse acabado de chegar na escola e hoje fosse o seu primeiro dia, você vai descrever o que já aconteceu e o que está acontecendo, deu pra me entender? -ele pergunta debochado.
- Perfeitamente. Pode começar.
- Sério?
- O quê?
- Já está pronta?
- Estou.
- Não quer um tempo pra se preparar?
- Me preparar pra quê? Eu estou super pronta, tenho o dia de ontem fresquinho na minha memória.
- Então ta. -ele fala desconfiado e abre a câmera focando no meu rosto- 3,2...

              Ele começou a gravar e as palavras jorraram da minha boca. Eu descrevi exatamente como foi o meu dia, desde a parte em que cheguei atrasada, pedi informação para um grosso, passei vergonha na frente da turma, esqueci minhas malas no carro do meu pai e fui salva por Manoela que me mostrou onde ficava o meu quarto porque nem isso eu sabia. Essa parte Zayn não gostou muito e aposto que ele vai cortar do filme, mas enfim, não importa.  Finalizamos a gravação e eu me senti orgulhosa de mim mesma por ter tido uma desenvoltura tão boa.

Zayn P.O.Vs

          Eu sorria à medida que (Seu Nome) contava os acontecimentos do primeiro dia dela na universidade, realmente foi um péssimo primeiro dia! Ela falava tudo sem gaguejar e sem pensar muito, algumas vezes sua expressão ficava completamente séria e em outras um sorriso tomava conta do seu belo rosto. Espera, eu disso belo? Quis dizer... Quis dizer... Não importa o que eu quis dizer, ela não tem um rosto tão belo assim. Tá tá legal ela tem. Não acredito que ela colega de quarto da Manoela, isso é apenas mais um motivo pelo qual eu não posso me tornar tão próximo dela e muito menos criar algum tipo de vínculo. Sei aonde isso tudo vai dar se eu me permitir ter algum tipo afeição por essa garota, e não vai dar em coisa boa. Não vou comprar outra briga com Manoela, certas cobras a gente não observa nem de longe.

              Já terminamos tudo então não vejo motivo para continuarmos aqui. Guardo minha câmera e começo a caminhar de volta em direção aos alojamentos. Me viro e digo:

- Você não vem? -pergunto assim que vejo que (Seu Nome) não me segue.
- Não. -ela balança a cabeça- Pode ir, eu vou procurar alguma lanchonete pra comer algo.

              Não Zayn, não se ofereça para ir junto. Se ela quer ficar vagando por aí sozinha à noite pelas ruas de Seattle à procura de uma lanchonete você não tem nada haver com isso. Deixa ela, cuide apenas da sua vida.

- Se quiser... Posso te mostrar uma.

             Não, não acredito que falei isso, será que dá pra engolir de volta as palavras? Não, é claro que não. Olha só o sorriso dela, é tarde demais pra voltar atrás amigão. Eu sou um idiota, devia ter ficado quieto, não posso mais ser idiota dessa maneira, ela vai começar a pensar que estamos virando amiguinhos com toda essa merda de gentileza da minha parte.

- Seria perfeito! -ela diz- Quer dizer, eu não conheço nada aqui e é legal da sua parte se oferecer pra me mostrar a cidade.
- Eu não me ofereci pra mostrar a cidade.

         Não foi isso que eu disse e ela sabe! Oferecida. Reviro os olhos. Ela parece aqueles cachorrinhos fofos loucos por um pouco de carinho na barriga.

- Vamos logo estou ansiosa. -ela me puxa pelo braço sorridente.

            E era esse tipo de intimidade que eu temia, porque ela acha que pode me tocar? Quer dizer, não tem nada demais nisso, mas eu gosto que as pessoas me vejam como o vilão e não como o mocinho. E definitivamente não é isso que eu pareço sendo arrastado pelo braço por uma louca no meio de Seattle! Só queria poder começar esse dia de novo e fazer tudo diferente.

Mais um capítulo pra vocês, não ficou muito grande mas como eu postei um ontem acho que dá pro gasto kshfnorl. Beijos meus amores. -Deh ♥ 

24 comentários:

  1. Annnnnnw está perfeito, to amando a long, continuará logo *-* bjos..
    Ps: Primeira a comentar que emoção *-----*

    ResponderExcluir
  2. Oh lord ta PERFEITO esse cap
    Eu to in love com essa longfic

    Malikisses
    XxBambi

    ResponderExcluir
  3. Owwwn mds! Me apaixonei por essa fic! Tá muito fofa! Continuaaaa! Bjsss Deh <3
    Duda xX

    ResponderExcluir
  4. perfeitooooooooooooooo Adorei o capitulo adoreiii tudo ,mas pf continua logo bjuu da isa

    ResponderExcluir
  5. continuaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

    ResponderExcluir
  6. Continuaaaaaaaaaaaaaaaaa pfv!

    ResponderExcluir
  7. Aaaah perfeittooo!!Continua to amando Andressa!! *-*

    ResponderExcluir
  8. CCCOOOOOOOONNNNTTTIIIIIIIINNNNNUUUUUAAAAAA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  9. Eu preciso ler o resto, kra, eu amei, continua, pfvr, krl AMEI d++ ���� /Viih ��/

    ResponderExcluir
  10. Meu Deus, continua mulher! Que perfeiçao... XxGigi

    ResponderExcluir
  11. perfeita !!!! continua pfvr ?!!!

    ResponderExcluir
  12. Continua pf eu sou muito curiosa e quero saber logo o q acontece e pq ele tem tanto ódio da Manoela e ela tem tanto ódio dele, amei continua pf... ����

    ResponderExcluir
  13. Pfv continua...estou morrendo de curiosidade...

    ResponderExcluir
  14. OMG, isso está realmente muito perfeito!!! por favor continue <3

    ResponderExcluir
  15. Continua por favooorrr ta perfeito

    ResponderExcluir
  16. Continua por favooorrr ta perfeito

    ResponderExcluir

Não saia sem comentar. Dê sua opinião!!! Malikisses *-*