14 de abril de 2015

Unbreakable Connection - Prólogo


*Maya Lawrence P.O.V*

Foram exatamente dois dias, para alguns, dois dias é um curto período de tempo, mas fazia completos dois dias em que meu namorado, havia me traído com uma mulher que ele encontrou em qualquer esquina.

Estou rejeitando todo tipo de comunicação que ele possa ter comigo, exclui seu número, aproveitei para bloqueá-lo também, apaguei todas as nossas conversas, e espero que ele me deixe em paz na faculdade.

São aproximadamente umas dez horas da noite, visto meu pijama e deito-me em minha cama, entro debaixo dos lençóis, fecho meus olhos, minha visão é escura, fazendo com que eu não visse nada, apenas o preto.

Mas é então, que naquele momento, eu me lembro daquele dia, na qual eu havia pegado Kyle se atracando com outra, e o dia na qual um garoto havia me tirado de um possível horrível acidente.

Eu me pergunto por onde ele anda, o que está fazendo, se tem uma namorada que o ama. Se ele vai á faculdade, ou se... Ele já traiu alguém...

*Flashback On*

Aquele lugar parecia tão vazio e frio, exatamente como Kyle é, e eu realmente não sei como acabei por me apaixonar por ele...

“Ele traiu-te, traiu-te... Traiu-te...” – Uma voz soa em minha mente, mas eu simplesmente ignoro-a, pensando realmente o contrário.

“Ele me ama, não faria algo do tipo” – Penso, mas o que eu havia visto há poucos minutos atrás, mudava absolutamente tudo.

O céu denunciava que água logo cairia, e eu tratei de apressar o meu passo, aperto meu casaco longo contra meu corpo, eu sentia frio, eu sentia a falta de Kyle me abraçando por trás, esquentando meu corpo.

Viro a avenida principal com uma rua qualquer na qual eu não me lembrava do nome, por que nesse momento quem ocupava a minha mente era Kyle, e várias outras perguntas que eu não sabia a resposta.

Apenas duvidas e duvidas rondavam a minha mente confusa.

A essa altura meu corpo estava fardo de tantos pensamentos, e que a única coisa que eu conseguia fazer era chorar, chorar como se minha vida dependesse daquilo.

Minha visão é embaçada, exatamente quando você coloca os óculos de outra pessoa, e não consegue ver nada com nada. Eu não deveria ter começado a chorar, por que quando as lágrimas escorrem, eu não tenho a mínima noção do que meu corpo está fazendo, eu apenas penso em quanto mais eu consigo chorar.

“Por que Kyle havia feito isso comigo?” – Pergunto a mim mesma, não tendo nenhuma resposta vaga na mente, alias, eu nunca havia pensado nisso, ou nunca me passou pela mente em que Kyle pudesse fazer algo do tipo comigo... Eu sempre fui uma namorada carinhosa, estava em todos os momentos com aquele cafajeste, quando sua mãe morreu, eu estava lá dando suporte a ele, como se a dor de perder alguém que ele ama, me afetasse também.

Mas o que foi que eu recebo?

Um grande, tapa na cara.

Desço até o final da rua, fungo enquanto enxugava as lágrimas que haviam escorrido durante o percurso que fiz até aqui, espero o sinal estar vermelho para os carros, e foi nesse momento em percebi que haveria escapatória para a chuva.

Para a minha má sorte, eu não trouxe um casaco ou um guarda chuvas, vejo que o sinal se tornou verde para mim, puxo minha bolsa de meu ombro, tento cobrir sem sucesso minha cabeça, mas eu não me importei, recomecei minha caminhada, olho para frente, vendo um garoto vindo em minha direção, ou a direção oposta da minha, um som capta minha atenção, parecia ser um pneu quando se dá uma freada brusca, mas o que realmente foi esquisito, é que nenhum carro havia parado com aquela freada, e o único carro que estava vindo, não tinha nenhuma intenção de parar.

Em choque eu não me movo, era como se um campo eletromagnético me fizesse ficar parada naquele exato lugar, a luz forte dos faróis do carro pareciam me cegar, foi quando eu senti um grande puxão pelo meu braço esquerdo.

Tudo aconteceu tão rápido que eu não parecia perceber, meu corpo desaba sobre o de outro 
alguém, poderia ser de qualquer pessoa, mas era justo aquele garoto que vinha em minha direção.

No momento em que eu vi seus olhos negros, eu tive certeza de que havia visto a escuridão...

Eu realmente me senti assustada, de longe não conseguia enxergar seus olhos escuros com um contorno vermelho, ele me segurava pelos braços e se não fosse exatamente por ele, talvez eu pudesse explodido em milhares de pedacinhos por aquele carro em alta velocidade...

Por um breve momento nenhum disse nada, apenas os sons daquela rua.

- Você deveria olhar por onde anda mocinha. – A voz do garoto invade meus ouvidos, ele havia me chamado de mocinha?

- O carro apareceu do nada. – Rebato levantando-me.

- Que seja – Ele diz. – Você está bem? – O garoto pergunta e eu provavelmente deveria estar branca exatamente a um fantasma.

Forço para abrir minha boca e dizer um “sim”, quando eu realmente queria dizer um “não”.

- Sim. – Respondo a sua pergunta. – Obrigada por... – Ele se vira para mim, interrompendo-me.

- Não se importe em dizer “obrigado”, tome mais cuidado da próxima vez que for atravessar uma rua. – Mordo o lábio inferior enquanto ele dizia aquelas palavras com um leve tom de rispidez.

- Tudo bem... – Digo baixinho, enquanto ele acenou para mim, deu a mim as suas costas e simplesmente foi.

Eu fiz o mesmo, exatamente o mesmo.

*Flashback Off*

Eu não sabia mais o que pensar, aquela pensamento já me deixou confusa demais, viro meu corpo, encarando a janela branca de meu quarto, puxo minha coberta e tento dormir, mais de certa forma, aquele garoto não escapou dos meus pensamentos durante longas e longas horas.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Oi oi, tudo bem? 

Gente, primeiramente quero agradecer pelos comentários e que bom que estejam gostando... Pelo menos até agora... Hueheheu, bem gente, na sexta-feira ou sábado postarei o capítulo um! Okay? Okay.

*Respondendo a pergunta de uma leitora, o ator que irá interpretar o "Alex Hill" é o Daniel Sharman*

Bejinhos da Mandy

Visitem meu blog *-*

8 comentários:

  1. Aiii adorei!!!
    Posta logo Mandy

    Malikisses♡
    XxBambi

    ResponderExcluir
  2. NOSSA, que perfeitoo! <3
    XXGab's

    ResponderExcluir
  3. Continua Linda !! Tá muito perfeito <3
    Hoje fazem cinco anos da audição do Niall para o X Factor :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Siim, ai Deus, obrigadaa! Continuo siim '-'

      Excluir
  4. Ai ameiii, muito bom, continua, já apaixonei, ai e obrigada por responder meu comentário anterior sobre o nome do autor

    ResponderExcluir

Não saia sem comentar. Dê sua opinião!!! Malikisses *-*