10 de maio de 2015

FIRE 2º Temporada - 2



REMEMBER?

LINDSEY O' SULLIVAN P.O.V.

Quando já havia terminado a reunião, estava indo embora da revista.

- não vai querer uma carona,baby?

Me virei pra encarar a única pessoa que me chama de "baby" e não fica completamente rídiculo.

- Chuck - sorri - o que está fazendo aqui?
- Greg pediu para que eu ajudasse em uma coluna, eu não neguei - sorriu - então, quer carona?
- claro que sim, vamos

Entramos no carro e começamos a conversar, é ótimo conversar com Chuck, por mais de ser sério muitas vezes, quando estamos sozinhos ele parece relaxar.

- está gostando de Londres?

Chuck vive em Londres mas nos conhecemos em uma viajem que tive que fazer para NY, acabamos virando amigos, e quando menos esperei, ele apareceu em Bradford, acabamos namorando, mas à uns três meses, acabamos tudo, admito que de vez em quando temos algo, mas nunca mais foi algo sério.

- estou adorando - respondi - apesar que é meu primeiro dia aqui
- ah, então você vai adorar ainda mais... vira nessa rua? - perguntou
- sim - assenti

Ele parou na frente do meu prédio, me encarou e sorriu.

- quer subir?
- não vai te atrapalhar?
- me atrapalhar em comer? acho que não - ri

Chuck estacionou o carro e depois subimos até meu apartamento. Quando chegamos, fui até a cozinha pegar algo pra comer, afinal estava morrendo de fome, ele se encostou na parede e ficou me olhando.

- o que foi?
- por que não voltamos em?
- parei de comer - porque se deu errado uma vez, pode dar errado duas
- você é muito chata - ele ironizou e se aproximou
- muito realista, eu prefiro
- sorriu - sabe que eu nem ligo?

Acabei rindo, ele se aproximou e me beijou, nada me impede mesmo, só não quero me magoar, ou magoá-lo, de novo, gosto de evitar problemas futuros.

- e mesmo assim me beija? Lindsey, você é a garota mais confusa que eu conheço
- ri - que bom que sabe - o beijei
- e eu continuo gostando de você
- isso eu só lamento - sorri
- riu - preciso ir - disse olhando para o relógio - antes que eu me atrase de novo por sua causa
- por que não me sinto culpada? - ironizei
- me beijou - tchau, depois tento te convencer - piscou
- vai precisar de muita sorte pra isso - ri

Ele sorriu, e aos poucos foi saindo.
Voltei a comer, e quando me senti satisfeita, fui até o banheiro, tomei um banho, coloquei uma roupa confortável e liguei para Mary.

- onde a senhorita está?
- me encheram de trabalho - suspirou
- ah, entendi... então vou pedir uma comida pra você
- valeu, Lind
- ri - beijo - desliguei

Pedi comida japonesa, porque sei que ela adora, e escutei a campainha tocar inúmeros.

- NOSSA, CALMA! - fui até a porta

Quando abri a porta, Cook estava bem ali, acho que fazia mais de um mês que eu não o via. O abracei de imediato, e ele me abraçou forte fazendo que por um segundo meus pés não se encontrassem no chão. 

- que saudades de você - beijei seu rosto 
- eu também - ele sorriu e saiu do abraço- quando se mudou? 
- hoje... e só hoje reencontrei tanta gente - revirei os olhos 
- senhor Malik? - riu 
- sim e entre outros... entra aí - dei passagem 
-nossa Mary está aqui a uma semana e já fez o apartamento parecer melhor que o meu - riu 
- dons da Mary - me sentei - como está indo? 
- conheci uma garota - me sentei 
- você apaixonado? acho que o planeta para de girar - debochei 
- haha, besta... não, ela é tão louca quanto eu, divertida mas... 
- mas.. 
- não quer ser magoada por ninguém então é complicado chegar junto
- isso é natural, entendo ela, não desiste que uma hora vai dar certo 
- riu - eu espero, mas e aí? Chuck ou Malik? 
- nenhum dos dois! apesar que eu beijei o Chuck hoje mas é uma coisa boba 
- ah claro - ironizou 
- acontece - bocejei 
- esta cansada não é? - questionou 


- um pouco, o dia foi cheio
- você vai conhecer Londres e vai adorar, só está começando

DIA SEGUINTE


Havia acabado de chegar na revista, quando Mary me chama, ela sempre consegue chegar mais cedo.

- Está...
- só dez minutos atrasada - revirei os olhos
- um tal de Harry deixou recado pra você, ele disse que tentou ligar no seu celular mas deu caixa postal
- descarregou - fiz uma careta - Harry?
- ele falou "sou Harry Styles, fala pra ela que liguei, ela deve lembrar de mim"
- Harry - eu disse pensativa - claro! ele foi um dos últimos a sair de Bradford
- é...
- um dos melhores amigos do Zayn - suspirei - o que será que ele quer?
- liga pra ele e pergunta - me entregou um papel - esse é o número que ele deixou

Peguei o papel em mãos, procurei um telefone da empresa e liguei.

- Harry Styles
- ah, Harry sou eu, Lindsey
- sim! como está, Lindsey? muito tempo que não nos falamos
- estou bem, é acho que uns dois anos e meio mais ou menos
- bem, o que acha de uma reunião? eu e os garotos vamos sair pra beber, seria bom lembrar os velhos tempos
- fala como se fossemos a terceira idade do colégio - ri
- você entendeu
- bem... parece uma boa, quando?
- hoje, sexta feira
- a noite? que bar?
- me fala onde você mora, passo na sua casa e te levo
- bem... - eu disse pensativa - acho que não tenho nada pra fazer, vou levar o Cook, tudo bem?
- claro, Lindsey... te busco as oito
- fechado, te mando mensagem com o endereço,  tchau, Styles

Desliguei, e fiquei pensativa se isso ainda era uma boa ideia.
Mandei uma mensagem para Harry com o endereço, para Cook mandei uma comentando de queríamos sair na sexta, afinal eu não pergunto, já comunico. Só espero que eu não me arrependa.

DE NOITE

ZAYN MALIK P.O.V.

Estava saindo do banho, quando Chloe me parou.

- vai sair com os garotos? - me perguntou
- vou - eu disse enquanto secava os cabelos - Harry chamou
- e... vai alguma garota? - perguntou tentando parecer que não tinha segundas intenções
- suspirei - não sei, Chloe, mas não se preocupa com isso - ri baixo
- tudo bem - passou a mão pelos cabelos - vou terminar meu trabalho
- precisa relaxar um pouco - a beijei - saímos um dia desses, okay?
- sorriu - claro, meu amor

Terminamos de conversar e eu coloquei uma roupa, me despedi dela, e fui direto para o bar. Ao chegar, olhei em volta e avistei a mesa onde estavam Liam e Niall rindo de algo aleatório, me sentei do lado deles e coloquei um pouco de Whisky no copo.

- e ae pessoal - eu disse
- nossa, Zayn é sempre tão animado - Liam comentou irônico
- Niall riu - e aí, Malik
- cadê a Lauren? ela fazia parte do grupo - perguntei pro Liam
- ela preferiu ficar em casa - disse tomando um pouco da bebida
- cara, olha os quatro que estão entrando ali - disse Niall

Direcionei meu olhar para a entrada, Harry, Louis, e pra variar Sullivan e Cook. Eu queria agir normal, mas meio difícil, então virei meu copo de Whisky e tentei relaxar.

- E AÍ CARAS! - Louis gritou - quanto tempo não vejo vocês - se sentou do meu lado - fala ae, casado - me debochou
- revirei os olhos - pode passar meses a piada é a mesma
- e aí, gente - Harry disse se sentando entre Liam e Niall
- E aí manos, muitos anos que não vejo vocês - Cook falou e sentou-se
- e aí, gente - Lindsey disse e logo sorriu - como vocês estão? - sentou-se entre Cook e eu
- bem - todos responderam
- então vocês vem beber pra aguentar a vida de velhos, que merda em - Cook relaxou na cadeira e pegou uma bebida
- ah, você sempre colocou a gente pra cima - Eu ironizei
- e esse DJ só vai tocar essa música chata? - Lindsey reclamou
- meu Deus, como vocês reclamam - Harry revirou os olhos
- depois reclamam de mim - Louis sorriu sínico - mas eu concordo com eles
- deixa eu beber um pouco que resolvo isso - Lindsey disse pegando uma bebida
- mas e aí, Lindsey, muito tempo que não conversamos como está a vida amorosa? - escutei Harry perguntei

Olhei para Harry que sorriu da forma mais adorável pra mim, como se eu não tivesse sentido a indireta. Lindsey apenas riu, pra ela parecia tudo simples e natural SERÁ QUE SÓ EU ESTOU DESCONFORTÁVEL?!


- Ah, eu estou com um amigo aí, já namoramos - bebeu um pouco - mas agora só enrolamos, sou ótima nisso, e vocês? me falem um pouco, não sei quase
- bem - Liam começou - me casei com a Lauren, você deve saber
- ai, desculpa não ter ido no casamento - ela se desculpou - estava viajando
- e eu também, mas agradeça eu sempre bebo demais em casamento - Cook comentou nos fazendo rir
- e agora eu tenho uma filha
- sério?! - ela arregalou os olhos - nossa mais que... que lindo, Liam

Na hora lembrei do filho que deveríamos ter, passei a mão no rosto esquecendo isso na hora, e olhei de relance pra ela, que sorriu de canto pra mim e desviou o olhar pra todos da mesa.

- então... me casei também, nem cheguei te chamar porque, bem... você estava em todas as revistas em outros países - dei de ombros
- entendo - ela disse - você Tomlinson, - sorriu pra ele - estou torcendo pra você - riu
- é a única, também
- ah, vai se ferrar, Louis - Niall disse - claro que torcemos pra você
- e até demais - Harry falou rindo
- não gosto de futebol - Cook disse revirando os olhos - Niall você que é animador de eventos vai deixar isso aqui?
- sou organizador, Cook - revirou os olhos enquanto a maioria ria

Por mais de me desentender muito com James Cook, eu o adorava, sempre tirava o clima pesado da maioria das coisas, assim como Lindsey fazia antes...

- vem, Cook - Lindsey o puxou - vamos mostrar como Bradford faz, porque estou entediada com essa música

Eles foram até o DJ, o ignoraram totalmente e pararam a música, todo o bar olhou pra eles, esse bar é enorme, de vez em quando há grandes festas, dias como hoje, não, mas quem disse que eles ligavam pra isso? Colocaram uma música eletrônica em nível ensurdecedor, acho que é Born to get Wild, Steve Aoki, então puxaram as pessoas que estavam sentadas pra começar a dançar.
Eu não sabia se ficava com vergonha, ou ria dos dois que parecem que nunca vão mudar, nem que passe 5 ou 10 anos.

- VEM! - Ela gritou puxando a mim e Louis - acham mesmo que vão escapar da gente?! - riu

Quando notamos as luzes estavam piscantes e aquilo que era um bar parecia mais uma boate.

- WE'RE BORN TO GET WILD - ela cantava e dançava com todo mundo

Sempre a mesma - pensei
Ela olhou pra mim mostrou a língua porque eu estavam meio parado, e me puxou pra dançar.
Meu Deus, eu desejo tudo, menos vontade de beijá-la, mas parecia inevitável. Porém me afastei um pouco mas tudo continuava animado.

(...)

As horas se passaram, e quando o bar todo havia se acalmado, e a música voltou ao normal, voltamos a nossa mesa ainda rindo do Louis e Cook que estavam os mais alterados.

- gente, já deu minha hora - Liam disse olhando para o relógio de pulso - mas valeu mesmo - riu
- ah, nem comentei - Lindsey disse antes que ele saísse - vai ter a festa da revista, gostaria que todos fossem - sorriu
- claro que eu vou, tudo bem se levar a Lauren?
- óbvio né, Liam
- então tchau - beijou seu rosto - tchau pessoal

Depois de se despedir ele saiu, com o tempo acabamos todos indo ao estacionamento.

- agora, me resta cuidar do Cook - Lindsey reclamou
- e eu do Louis - Harry revirou os olhos
- está sem carro? - Niall perguntou
- sim, achamos melhor - Cook conseguiu dizer
- eu dou uma carona pra vocês, não bebi muito - eu finalmente disse

Lindsey hesitou um tempo, mas acabou aceitando, falou onde moravam e eu os levei. Ela sentou-se no banco da frente ao meu lado, enquanto Cook estava deitado no banco de trás provavelmente tentando não vomitar.

- antes quem bebia demais era você - eu finalmente disse
- tento manter a saúde, diferente de você que ainda fuma
- ajuda no stress - parei no sinal vermelho e olhei pra ela
- você se engana um pouco - ela riu - mas já não é problema meu
- está meio fria, sabia?
- deu de ombros - um pouco - acabou rindo - sinal abriu

Continuei dirigindo em um breve silêncio.

- Lindsey, acho que ainda podemos ser amigos não? - eu disse com medo de sua resposta
- suspirou - claro, Zayn - sorriu - sempre tentamos isso desde sempre - notei ela me olhar
- realmente
- dá pra parar com o papinho de casal separado? tá me dando vontade de vomitar

Acabei rindo junto com ela. enquanto Cook parecia ter voltado a dormir. Com o tempo, paramos na frente do seu condomínio, olhei pra ela que não demorou para fazer o mesmo.

- foi divertido - ri baixo- você continua a mesma
- fico feliz por isso - sorriu - será que pode me ajudar com o bêbado ali atrás? - perguntou

Assenti, e fomos até o banco de trás, o acordamos, e subimos até seu apartamento. Não conseguimos achar a chave do Cook, e nem ele, então o levamos até o apartamento dela e o deixamos no sofá. Respiramos fundo, e ela me olhou.

- quer um café? - perguntou - acho que deve estar com sono
- vou aceitar, tudo menos um acidente de carro essa hora

Caminhamos até a cozinha, e ela deixou o café preparando na cafeteira, sentou-se no balcão e me olhou.

- como está a vida, Malik?

Poderia mentir, mas a bebida tinha um efeito em mim de "fale-a-verdade".

- é, mais ou menos - dei de ombros - e a sua?
- acho que ótima - sorriu - se está ruim agora depois melhora - piscou
- você ficou sentimental quando Liam falou da filha dele, não é?
- é - dei de ombros - parece que é meio difícil de esquecer aquilo
-  seria tudo diferente  - olhei em seus olhos
- ou não, podíamos nos separar da mesma forma, afinal assim é melhor, estar com quem você ama
- ri baixo - eu te amava demais, não me decepcionaria
- então por que foi embora? - finalmente perguntou
- suspirei - porque eu pensava que um futuro igual todo mundo era o melhor

Ela ficou em silêncio, olhei em seus olhos azuis, senti saudades de apenas olhar pra ela e... Chloe, não posso esquecê-la.

- ah, o café - foi até a cafeteira - fica pronto rápido, sempre esqueço

Lindsey pegou duas xicaras, colocou o café e entregou uma pra mim, depois colocou leite no café dela.

- ainda faz isso? - sorri de canto
- eu adoro - disse tomando o café

Terminei meu café, ela me levou até a porta.

- já vou, apareço na festa da revista
- tudo bem, Zayn - sorriu - tchau

Beijei sua testa, então ela me abraçou, correspondi ao seu abraço, não resistia, acho que ela tem um dos melhores abraços, mas se desprendeu de mim, então decidi finalmente ir.

DIA SEGUINTE -

MARY P.O.V. 

Acordei meio cedo, desci as escadas e encontrei Cook esparramado no meu sofá, eu já até imagino o quanto ele bebeu noite passada o suficiente para nem conseguir entrar na própria casa. 
Fui direto para a cozinha e peguei um copo de leite e achocolatado, me sentei e fiquei mexendo com a colher no leite pensativa, acho que eu preciso sair um pouco mais. 

- Bom dia! - Lindsey entrou na cozinha interrompendo meus pensamentos 
- bom dia - sorri de canto 
- isso tudo porque está de manhã? 
- só estava pensando que deveria sair mais, sei lá - dei de ombros e tomei leite 
- por isso você tem sua amiga aqui - sorriu - só não te levei ontem porque era uma reunião dos amigos de colegial - riu 
- falando nisso... e o Zayn, hein? - perguntei 
- riu - acho que o clima ficou estranho, mas foi divertido 
- notei pela pessoa jogada no sofá
- ele nunca se controla - riu - mas vamos aproveitar a festa da empresa, e... vou te apresentar os meus amigos, só um é casado 
- nem vem com esses seus amigos - revirei os olhos - quero me divertir, não um encosto 
- relaxa, Mary - sentou-se do meu lado - não confia em mim? 
- eu tento bastante 

Lindsey acabou rindo novamente, adoro quando ela está de bom humor de manhã, isso não é sempre, mas quando está é divertido. 

- estou morrendo de sono ainda - ela se jogou sobre a mesa 
- por que não dorme mais? 
- perdi o sono, como de costume - pegou uma maçã - sabe... ontem Zayn lembrou de algumas coisas antigas - sorriu - isso me deixou nostálgica 
- sério? odeio nostalgia, meu passado era tão chato - revirei os olhos 

Eu era a invisível do colégio, invisível na faculdade, em quase tudo. 

- mas o presente é ótimo - beijou meu rosto - vamos aproveitar o sábado pra ver filme e comer? acho que o Greg e o pessoal se viram com a festa né? 
- acho ótimo - me espreguicei - esse friozinho acaba com minha coragem - sorri
- vai escolhendo um filme no seu quarto, que vou pegar um analgésico e deixar do lado do Cook, porque já imagino a ressaca dele - riu 

LANA P.O.V. 

Estava no shopping escolhendo uma calça nova era o que eu mais precisava, apesar de que odeio ficar comprando roupas, não tenho paciência, nem ao menos chamo alguma amiga porque como disse não tenho paciência, na realidade o lugar que menos gosto é shopping. 
Enquanto ia ao caixa olhando para a calça, trombei em alguém. 

- ah, me desculpa, eu... Harry? 
- senhorita formalidade - sorriu - que prazer te ver de novo 
- sorri - bem, eu vou ao caixa 
- te acompanho 
- nossa que cavalheiro - ironizei 

Escutei sua risada, havia umas seis pessoas na fila, parei na mesma e olhei pra trás onde Harry estava parado, ainda me perguntava qual era a dele. 

- veio na loja pra procurar garotas e acompanhar até o caixa? que hobbie 
- pra senhorita formalidade você é bem ácida - riu - não, estava olhando em algo pra minha mãe - deu de ombros - e encontro uma coisa linda dessa vindo pro caixa, sou obrigado a acompanhar - sorriu adorável 
- que cantada ruim - ri 
- pensava que funcionaria - disse decepcionado - gosta de fazer compras? 
- odeio - revirei os olhos - só vim porque preciso 
- interessante, também preciso comprar algumas roupas 
- notei - o encarei 
- notou? 
- essa calça rasgada e a bota surrada mostra isso 
- você é difícil em... 
- Lana - suspirei - nem meu nome você sabe
- e precisa? eu gosto da sua pessoa, não do seu nome 
- mas meu nome faz parte da minha pessoa - sorri 
- mas eu só lembro de você pelo sorriso lindo 

Admito que essa cantada foi boa, acabei rindo envergonhada e segui até o caixa, paguei a calça, e  ao sair da loja, logo senti a presença do Harry ao meu lado. 

- não vai largar do meu pé, não? 
- não - negou - me passa seu telefone vai 
- não passo meu telefone pra estranhos 
- por quê? 
- você pode ser um assaltante, estuprador... 
- riu - arrisca mais, eu posso ser um assaltante como também posso ser o melhor homem que você já conheceu 
- o encarei - sabia que você é um sedutor barato? 
- barato não, sou ótimo - sorriu - vamos lá 

Suspirei e peguei o celular da sua blusa, disquei meu número e salvei. 

- feliz, agora? 
- posso te pagar um café? 
- ri - você está querendo demais 
- já tenho seu número 
- então boa sorte, agora tchau - eu disse saindo 
- bom dia pra você também - ele gritou logo atrás 

Apenas ri dele, tenho que admitir que ele tem um jeito até que divertido, mas não deixa de ser louco, então melhor eu seguir direto pra minha casa. 

continua...
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

OI OI! 
ESPERO QUE ESTEJAM GOSTANDO DA FANFIC! Deixa um comentário aí pra me deixar feliz pessoal! amo vocês - beijos 

4 comentários:

  1. AII Miii muito perfeito, está ótimo, não tem nada de ruim, tudo perfeito, continua logo baby, você sempre sendo uma escritora muito responsável, postando sempre, e quem sabe um dia encontro uma das minhas escritoras preferidas.
    Rayla ^^

    ResponderExcluir
  2. continuaaaaaaaaaaaaa

    ResponderExcluir

Não saia sem comentar. Dê sua opinião!!! Malikisses *-*