30 de agosto de 2015

Unbreakable Connection - 1° Temporada - Capítulo 05 - Accidental Meeting Again?

"- Alguém não te disse que é feio espionar os outros?"

Capítulo anterior

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Maya Lawrence P.O.V

(Essa mulheeer <3)

Aquela voz era muito bem conhecida, e no momento que percebo que ele me viu observando-os meu coração acelera, porém mantenho minha postura, virando-me para encará-lo.

- Não estava espionando – Minhas palavras soam num tom indecifrável. – A cena me chamou a atenção.

- Sinceramente, essa não é uma boa desculpa. – Ele diz, como se suas palavras estivessem na ponta da língua. – Sou Zayn. – Ele acena levemente com a cabeça.

- Você já deve saber o meu nome, não é? – Digo em disparada.

- Sim, é bem fácil de descobrir o nome de alguém quando se é gritado no meio de estacionamento vazio pelo seu namoradinho. – Ele é mais direto que eu, o que realmente me assusta por um segundo.

- Ele não é meu namoradinho, se quer saber. – Falo colocando uma mexa do cabelo atrás da orelha por impulso. – Você me assustou naquele dia.

- Quem deveria te deixar assustada aquele dia, não era eu – Ele diz subitamente. – Era ele. – Zayn aponta para algum lugar, meus olhos acompanham seu movimento, e meu olhar cai sobre Kyle, que estava com alguns outros garotos ali, de bobeira.

- Que droga. – Falo baixinho. – Faria um favor pra mim? – Viro-me de volta para ele.
- Depende, quer que eu faça ciúmes pra ele? – Ele ri pelo nariz. – Não seria ruim – Ele abre um sorriso com o canto da boca, o que me faz derreter por dentro.


- Kyle ainda está no meu pé, quero mostrar que já acabou e que... – No mesmo instante que as palavras saem da minha boca, Zayn me puxa para perto dele, alinhando nossos quadris, encaixando os mesmos, sua boca toca na minha com rapidez, suas mãos passeiam pela minha cintura, subindo e descendo, muito devagar, o que estava começando a me deixar nervosa a certo ponto.


Bagunço seu cabelo com minhas mãos que antes estavam pousadas em sua nuca, sinto parte de minhas costas encostarem-se a meu carro, as mãos de Zayn descem tão rapidamente que quase não noto, elas param abaixo das minhas coxas e ele em ergue sobre o capo do carro, o que foi por certo lado surpreendente por que eu realmente não esperava.


Nossas línguas dançavam em completa sintonia, como que houvéssemos nos beijado antes, mas o incrível fato era que não, havíamos nos conhecido a poucos minutos atrás.

- É o suficiente para você? – Zayn separa nossos lábios, e por alguns segundos eu sinto falta dos mesmos.

- Eu creio que sim... – Falo baixinho, muito perto de seu rosto, tão perto que poderia beijá-lo novamente, mas não o faço.

- Sempre que você quiser – Ele diz, voltando a posição normal, me puxando pelo braço junto a ele. – Eu adoro fazer ciúmes. – Ele solta aquele mesmo sorriso, que me derrete por inteira.

- Não é ciúmes – Falo baixo, mais uma vez – Só quero mostrar pra ele que acabou.
Zayn assente com a cabeça.

- Bem, essa é a minha deixa – Ele fala calmamente, afastando-se gradativamente. – Se cuida, Maya – Ele cria ênfase em meu nome, e automaticamente seu nome vem em minha cabeça.

“Zayn”

Volto a observá-lo e assinto em seguida, ele acena, e sai caminhando em passos firmes, exatamente como antes. Viro meu corpo, abro a porta do carro e pego a mochila, esperando não estar atrasada, começo a caminhar até a entrada, evitando olhar para o clubinho de Kyle, e quando passo por eles, não tenho a mínima idéia do que ele estava pensando, eu simplesmente o ignorei.


Sigo da secretaria até o corredor, paro para pegar alguns livros e sigo a sala onde provavelmente seria a minha aula de sociologia, adentro a mesma, e espero a aula ser iniciada.

~*~

Livro-me de meu casaco, pousando-o sobre o sofá, retiro meu coturno em seguida. Jogo a mochila sobre o sofá também. Caminho de meias até o quarto, e tomo um banho quente e relaxante, enrolo-me em uma toalha e assim que saio do banheiro, meu celular começa a tocar em ritmo frenético sobre a cama, ainda com as mãos úmidas, pouso minhas mãos sobre mesmo, sem ao menos olhar de quem era a ligação.

- Alô?

- Maya? É o Harry – Ele da risadinha, no final da fala.

- Ah, oi Harry, quer vir aqui hoje começar a pesquisa?

- Seria muito bom, porém essa noite nós iremos à festa da Lexi, e eu quero saber que horas quer que eu te pegue hoje. – Harry ri pelo nariz.

- Mas não seria amanhã à noite?

- Ela mudou hoje – Ele responde a minha pergunta. – E então que horas quer ir?

- Harry, quem disse que eu vou? – Falo num tom de brincadeira, esperando sua reação.

- Eu! – Ele ri novamente – Brincadeira, só se quiser ir – Ele muda o tom de voz, um pouco mais sério, porém ainda risonho.

- Tudo bem... Ham... Que tal as nove? Posso levar uma amiga também?

- Sim, claro que pode – Ele diz calmamente.

- Okay, então... Até daqui algumas horas Harry – Finalizo a fala ouvindo sua risada novamente, porém de um jeito mais calmo.

- Até, Maya. – Sorrio de canto sem perceber finalizando a ligação.



Troco-me de roupa em seguida, coloco um moletom e me deito na cama, relaxando minhas costas, chegando até doer um pouco, fecho meus olhos por alguns segundos, e meus pensamentos pousam sobre Zayn.

Mesmo que o beijo que trocamos era totalmente não real, deixou seqüelas em meu corpo que eu não sei bem como expressar. O modo com que ele tocava meu corpo era extraordinário, se olharmos pelos sentidos e não pela razão. Talvez tenha sido um erro tentar mostrar a Kyle que tudo tinha acabado beijando outro homem, porém, eu gostei da sensação de estar fazendo-o de idiota, talvez por que Kyle me fez de idiota primeiro, mas isso não vem ao caso.

Se ao acaso eu continuar a me encontrar acidentalmente com Zayn, talvez a coisa não pare por ai. A final das contas, eu não tenho certeza se fiz a coisa certa, minha cabeça estava uma confusão, não só por causa de Zayn, mas uma possível não boa reação de Kyle, mas um dia ele terá que entender que eu não quero mais nada, eu apenas quero que ele fique longe de mim.

Abro meus olhos novamente e pouso os dedos sobre o aparelho celular, disco o numero de Alice e conversamos por aproximadamente cinco minutos, sobre ela ir à festa dessa tal de Lexi comigo, por que sinceramente, sinto que ela precisava sair um pouco da sua casa.


~*~

Zayn Malik P.O.V


- Então, você a beijou, para fazer ciúmes para o ex-namorado dela? – Tyler pergunta num tom calmo, com uma leve risada no final da frase.

- Sim – Faço uma pausa e trago o cigarro. – Ela é gostosa, não queria perder a oportunidade.


- Só você Zayn – Tyler ri. – A propósito, você é o único dos rapazes em que eu ainda não disse que iremos a uma festa essa noite – Tyler diz e em seguida toma um gole de sua bebida, esvaziando o copo.




- Ah, obrigado por avisar – Falo com certa ironia. – Festa aonde?

- Sabe aquela garota que eu trafico, naquela faculdade perto da saída da cidade?

- Ham... Lexi? – Pergunto puxando o nome da memória.

- Sim – Tyler responde. – Ela dará uma festa na Cabana no sul. Lembra-se de lá? Fomos algumas vezes.

- Acho que sim – Forço a mente para tentar me lembrar de algo – Acho que fiquei bêbado na maioria das vezes – Rio pelo nariz.

- Provavelmente – Tyler ri levantando-se. – Vou tomar um banho, faça isso também. – E então ele evapora da sala, me deixando sozinho com o meu cigarro.


~*~


Maya Lawrence P.O.V


Praticamente eu estava toda de preto, minha saia era preta, no estilo de couro, minha blusa era escura, cobria até metade da minha cintura, o resto a saia tratava de cobrir, e para finalizar usava um salto, comum como qualquer outro.

Alice estava ao meu lado, no banco de trás, Harry dirigia, pelo o que ele disse, não parecíamos estar muito longe, o que eu agradecia.

- Chegamos – Anuncia Harry, retirando as chaves, destravando as portas.

- Finalmente – Comenta Alicia, saindo do carro. – Parecia estarmos indo para fora da cidade.

- Esse lugar é quase na saída sul da cidade – Diz Harry, enquanto eu começo a caminhar ao lado de Alice. – Bem, suponho que nunca vieram aqui, então, vou mostrar algumas partes do local pra vocês.

- É bom mesmo, por que você praticamente me arrastou até aqui – Comento com certo riso, Harry vira-se para nós, com um sorriso bobo na boca.


- Talvez – Ele analisa. – Aqui é geralmente aonde as pessoas se pegam e ficam bêbadas.

- Ótima explicação – Comenta Alice rindo.

- Harry! Que bom que veio – Alguém exclama um pouco longe, fazendo minha atenção voltar para o som agudo que invade meus ouvidos.

- Olá Lexi – Harry sorri, enquanto a garota que é chamada por Lexi o abraça de leve. – Essas são Maya e Alice – Harry faz o favor de nos apresentar.


- Oi meninas – Ela sorri ao mesmo tempo em que coloca uma mexa do cabelo atrás da orelha – Espero que se divirtam hoje.




Sorrio a Lexi, Alice parece fazer o mesmo.

- Volto já, tente não ficar bêbada antes que eu ache você, Maya – Harry diz olhando diretamente para mim, mesmo naquela escuridão, iluminada por poucas luzes más distribuídas eu conseguia enxergar o brilho de seus olhos.

Harry sai juntamente a Lexi, o que por um lado achei suspeito.

- Aposto que vão se pegar no banheiro – Alice comenta, começando a caminhar.

- Achei suspeito – Falo um pouco mais alto, já que agora alguém colocou música.

- Quer? – Alice pergunta, estendendo um copo vermelho, nego com a cabeça.

- Não bebo – Digo logo em seguida, ela me olha com ar de reprovação.

- Maya, você está numa festa, é meio obrigatório que você beba – Ela diz, pegando bebida para ela.

- Não, eu passo – Falo começando a olhar em volta, tentando reconhecer alguém que supostamente conhecia através da pouca iluminação.

Alice faz uma careta, enquanto toma um longo gole de cerveja.

- Vem, vamos dar uma volta – Ela diz me puxando, para o interior da cabana.

- Aonde vai me levar? – Pergunto enquanto ela abre a porta de madeira.

- Vou confessar, eu já estive aqui poucas vezes, então, só relaxe. – Ela diz. O que por um lado me deixa calma, mas segundos depois me faz pensar bem em no que Alice estava me enfiando.

Alice abre outra porta, já dentro da cabana, parecia dar em um porão, e um homem estava na escada, com uma caixa de isopor. Descíamos tranquilamente, quando o homem pousa sua mão sobre meu ombro.

- Desculpe gatinha, ninguém entre no porão sem antes estiver bebendo – O homem na qual eu não sabia quem era diz.

- Ah, eu não bebo... – Falo um pouco baixo.

- Deixa a garota passar, vai Tyler? – Alice sabia o nome dele, o que me surpreendeu.

- Olá para você também, Alice – Ele dá um sorriso irônico a ela. – Lamento. – Ele diz abaixando-se, e pegando uma garrafa de cerveja, erguendo-se de volta a estica para mim. – Se não estiver bebendo não passa.

- Tyler – Alice olha para ele. – Qual é? – Ela faz uma careta.

Antes que ele dissesse alguma coisa a mais, eu pego a garrafa de cerveja, retiro a tampa facilmente, e tomo um gole.

- E é assim que faz – Tyler solta um sorriso com o canto da boca, e Alice me puxa pelo resto das escadas.


- Da onde você o conhece? – Pergunto assim que chegamos ao tal porão, alguns sofás, duas mesas de sinuca, um bar improvisado, algumas pessoas fumando e outras jogando, e não reconheço nenhuma delas.

- Já comprei bebidas dele – Ela diz, caminhando até uma das mesas de sinuca. – Se lembra daquela festa no ano passado, na minha casa?

- Sim, me lembro.

- Então, todas as bebidas vieram dele. – Ela comenta, e me sento numa mesa, vendo-a se enturmar com alguns rapazes que jogavam sinuca. Era o que ela fazia muito bem.

Minha posição dava direto para a escada, e para as pessoas que estava fumando, e por algum motivo em que eu ainda não havia compreendido o tal de “Tyler” não desgrudava os olhos de mim, o que era definitivamente estranho, e me fez até pensar que vir para essa festa não foi pra lá umas das minhas melhores idéias.

Tomo mais um gole da cerveja, quando várias pessoas aparecem na escada, tamanho era o número delas que fez aquele lugar parecer mais apertado e quente.

“O que tinha de tão legal naquele lugar?”

Faço essa pergunta a mim mesma, quando percebo que o homem que estava na escada não estava mais lá, ele estava caminhando, em direção a mesa de sinuca que Alice jogava. A direção onde eu estava sentada em uma mesa, pela falta de cadeiras.

- Parece que você não consegue tirar os olhos de mim, não é? – Tyler diz desta vez mais próximo de mim.

- Eu? Você que não para de me olhar – Disparo, como um tiro.

- É uma possibilidade. – Ele diz, e por conta do aglomerado de pessoas naquele lugar, alguém o empurra, e Tyler chega ainda mais perto.

- E o que você quer? – Sou mais direta do que parecia ser.

- O que eu quero? – Ele analisa a situação com uma expressão de estar pensando. – Eu quero que você se solte – Fala, esticando-me um copo de bebida.

- O que é isso? – Pergunto olhando seu copo.

- Tequila. – Diz rindo. – Já tomou isso?

- Na verdade não.

- Então experimente.

Com certeza um “nada” deve ter passado pela minha cabeça no momento em que eu tomei um gole longo daquela bebida, que desce raspando minha garganta, mas depois deixa uma sensação boa.

- É bom. – Falo num tom normal, ainda olhando para a bebida no copo.

- Maya? – Uma voz aparece em cena, e essa eu reconheço.

- Zayn? – Pergunto ainda boba.

Quantas vezes nós iríamos nos encontrar “acidentalmente”?


----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Hey!

Capítulo prontinho! Espero que tenham gostado, foi mais longo do que eu costumo fazer, enfim, comentem hoje?

O que acharam do começo do capítulo? Foi inesperado o Zayn ter aparecido, até mesmo pra mim hauhahau

Comentem o que acham vai acontecer no próximo?

Beijinhos da Mandy :*

6 comentários:

  1. Gostei muuuuito! Vc escreve muito bem e a história ta ficando muito bacana. Estou doida para o próximo capítulo! Parabéns

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada amore! Vou postar esse final de semana, muuito obrigada por comentar!

      Excluir
  2. Ameii *-*
    Continua rapidinho *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou continuar esse final de semana! Obrigada amor! :v

      Excluir

Não saia sem comentar. Dê sua opinião!!! Malikisses *-*