14 de novembro de 2015

✡ A Assistente Sexy - Capítulo 1 : Choices ✡


HARRY P.O.V.

          Minha cabeça estava doendo. O sono estava me dominando e eu não podia dormir. Bem, não agora. As dívidas da Phoenix só aumentavam a partir de cada conta feita, eu estava com fome, cansado e sem assistente pra ajudar.

          - Ashley. - A chamei quando vi ela passando por minha porta.

          - Diga, Sr.Styles - Ela se aproximou.

          - Pode me fazer um favor? - A encarei e ela assentiu. - A Jéssica se demitiu e eu estou precisando de outra assistente o mais rápido possível.

          - O que eu vou ter que fazer então?

          - Sei lá. - Me levantei. - Espalha por aí, marca algumas entrevistas de emprego, você é boa pra fofoca mesmo.

          - Suspirou. - Okay... Deseja mais alguma coisa?


          - Não, só isso mesmo, pode ir.

          Ashley saiu da sala e fechei a porta. Voltei para minha poltrona e sentei na mesma para terminar o orçamento da editora. Batidas na porta começaram a surgir. Me levantei e a abri. Pensei que era Ashley, mas era meu pai.

          - Bom dia. - Falei.

          Meu pai não respondeu, apenas entrou na sala e ficou reparando em tudo que estava a sua volta, como se tivesse algo estranho no local.

          - Como você é rápido - Falou e eu o encarei. - Mal saí daqui e você já bagunçou meu escritório inteiro.

          - Seu não, meu escritório. - O corrigi.


          - Onde está a Jéssica?

          - Se demitiu. - Respondi.

          Ele começou a rir. Cada risada soava como uma humilhação. Eu estava me sentindo um idiota naquele momento.

          - Você é um inútil. - Me encarou. - Só está na presidência quase uma semana e já fez uma de suas funcionárias se demitirem?

          - Por que você vive duvidando da minha capacidade? - Perguntei. - Eu não sou esse lixo inútil que você pensa que eu sou.


          - Você não consegue cuidar nem de você, como vai conseguir cuidar da Phoenix?

          - Então por que me colocou como presidente?

          - Eu pensei que você fosse capaz, mas acho que estava errado. - Disse.

          Aquele foi um dos piores momentos que eu já tinha passado. Eu sabia que meu pai era meio rude e um pouco cruel, mas não sabia que era tanto assim.

          - Eu vou te dar uma escolha, pra você não falar que eu sou um pai ruim.

          - Então fala logo.

          - Largue a presidência, você sabe que não é responsável o suficiente.

          - O que? Não!



          - Eu estou falando sério, vai ser melhor pra todo mundo.

          - Eu não vou fazer isso.

          - Bem, então eu vou indo embora. Não vou ficar insistindo. Você tem uma semana pra se decidir, e eu espero que você faça a escolha certa.

          Andei até a porta e a abri para meu pai ir embora. A raiva estava me dominando. Assim que ele foi embora bati a porta com o máximo de força o possível. Sentei na minha poltrona, respirei fundo e tomei um pouco de água para acalmar os nervos.

         - Harry? - Niall abriu a porta.

         - Pode entrar. - O chamei.

         - O que aconteceu? Acabei de ver seu pai saindo daqui resmungando igual um doido.


         - Ele quer que eu largue a presidência da Phoenix. - Bufei.

         - O que? Por que? Foi ele que te colocou como presidente.

         - Ele disse que achou que eu tinha capacidade de cuidar da editora, mas achou que estava errado.

         - Relaxa um pouco, você deve estar muito nervoso. Eu vou saindo. Vê se acalma um pouco.

         - Mas o que você queria? - Perguntei.

         - Nada não, bobeira.

         Niall foi embora. Fechei a porta e sentei em frente ao computador. Olhei as horas e já estava tarde. Peguei meu casaco, desliguei tudo e fui para meu apartamento.

LIZA P.O.V.

        O dia havia passado muito rápido. O céu estava lindo, cheio de estrelas. Uma noite bela como aquela era bem rara de se acontecer em Seattle, por mais que o calor estivesse dominando o local... E Barbara estivesse reclamando da vida depois de perder o emprego.

         - O que eu vou fazer, Liza? Minha vida acabou. - Ela começou a choramingar.



         - Relaxa, eu já passei por isso. - Falei sorrindo. - E olha agora onde eu estou.

         - Ela riu. - Liza... Como que eu te falo...

         - Desembucha logo criatura.

         - Não leva a mal, você sabe que eu te adoro, você é minha melhor amiga. - Suspirou - Mas você é...

         - Prostituta? - Completei. - Parece ruim, mas foi uma das melhores escolhas que eu já fiz.

         - Sério cara? - Começou a rir.


         - Super sério cara, pensa só - Me sentei ao seu lado - Você faz uma coisa que gosta, no qual no caso é sexo e ganha dinheiro. Cara, ganhar dinheiro só pra transar, tem coisa melhor?

         - Sim. - Me encarou. - Não viver na vida do crime.

         - Por que crime? - Perguntei confusa.

         - Não se faça de santa, Lisa. - Colocou uma de suas mãos em minha bochecha. - Prostituição é crime e dá cadeia, sua anta.

         - Eu sei cara, mas depois que você começa, não quer parar mais. - Desabafei - É como uma droga, vicia.


         Barbara suspirou e me olhou com pena. Ela nunca apoiou minha profissão, por mais que respeitasse. Mas eu entendo ela. A preocupação, medo de acontecer alguma coisa. Se eu fosse ela iria agir da mesma forma. Cheguei mais perto dela e a abracei. Perguntei a ela se estava com fome, e Barbara falou que sim.Pedimos uma pizza, comemos e dormimos um pouco.

                                      [...]

BARBARA P.O.V.

         A noite havia passado muito rápido, mas dormi como um anjinho. Andei até o banheiro, escovei os dentes e molhei o rosto com água gelada para espantar o sono. Fui para a cozinha e Lisa estava mexendo o celular, totalmente paralisada.

         - Lisa? Você tá bem?

         Ela não respondeu. Continuou mexendo e quando parou, me encarou com um grande e largo sorriso no rosto.

         - O que aconteceu que você tá tão feliz assim?

         - Adivinha aonde estão fazendo entrevistas de emprego?

         - O que? Que lugar? fala logo. - Me animei.


         - Na editora Phoenix amorzinho. - Me entregou seu celular. - Parece que alguém aqui vai trabalhar logo, logo.

         - Sério? Trabalhar como o que?

         - Assistente do presidente querida. - Ela me olhou com um sorriso. - Trabalhar para Harry Edward Styles.

         - Mas não era o pai dele que era presidente? - Perguntei confusa.

         - Como você disse, era. Ele passou a presidência pro filho - Explicou.

         - Ri - Pra você ver como o mundo dá voltas.

         - Por que?

         - Uma vez eu falei para a Sara que nunca colocaria os pés na Phoenix, já que era nossa concorrente... E agora eu estou indo lá para arranjar um emprego - Comentei


         - Mas essa é uma volta boa que o mundo deu - Sorriu - Agora vai se arrumar que eu marquei uma entrevista pra você.

         - Que horas que vai ser a entrevista?
  
         - 12:00 em ponto você tem que estar lá, então anda logo que já é 10:30 - Me apressou

         Corri em direção ao banheiro. tomei uma ducha rápida e fui para o closet. Comecei a olhar roupa por roupa, mas nenhuma estava me agradando. Chamei Lisa e ela começou a ajudar a escolher o que eu iria usar para a entrevista. Lisa pegou uma sacola de compras da BECCO e começou a olhar o que tinha na mesma. Me aproximei e ela me olhou com um sorriso.

         - Acho que achei a roupa perfeita - Me mostrou
     
         - Como assim cara, eu nem me lembro de ter comprado essas roupas - Comentei

         - Bem... - Olhou a nota fiscal - Essa compra é do ano passado.

         - Ano passado?

         - É, ano passado - Afirmou - Lembra que você tinha dado uma crise de compras e saiu comprando o shopping inteiro?

         - Não, não lembro - Comecei a rir

(Ignorem o copo)

         Lisa olhou no relógio. O tempo estava passando muito rápido e eu ainda nem tinha colocado a roupa. Peguei a sacola e coloquei a mesma em cima da cama. Tirei tudo que tinha dentro dela e comecei a vestir. Andei até o espelho ao lado do closet, dei meia volta e olhei para Lisa.

         - Ficou bom? - Perguntei

         - Ficou perfeito - Falou animada - Agora, senta aqui em frente ao espelho que eu vou arrumar essa cara adormecida.

         Dei um leve tapa em seu ombro e me sentei. Lisa abriu todas as gavetas que tinha naquele quarto para achar minhas maquiagens. Pegou tudo que tinha conseguido achar e colocou em cima da penteadeira. Girou a cadeira onde eu estava sentada para sua direção e começou a me maquiar. Fiquei um bom tempo sentada naquela cadeira. Abri meus olhos e Lisa sorriu pra mim. Me virei para o espelho e vi como fiquei.

         - Você tá perfeita. - Sorriu

         - Você acha? - Perguntei

         - Claro, e também, fui eu que te arrumei - Se gabou - óbvio que ia ficar bom.


         Encarei Lisa e comecei a rir. Olhei no relógio e já estava atrasada. Dei tchau para ela e Lisa me desejou boa sorte. Peguei um táxi e alguns minutos depois cheguei lá em cima da hora. Entrei no prédio e andei em direção a uma atendente que estava sentada ao lado de duas grandes escadas.

         - O que deseja? - Ela perguntou gentilmente.

         - Olá, vim aqui para uma entrevista com o Sr.Styles - Sorri

         - Você que é a Srta.Scodelario? - Me olhou

         - Sim, sou eu mesma.

         - Terceiro andar, ultima sala à esquerda - Informou.

         - Obrigada - Agradeci e fui para o elevador.

         Entrei no mesmo um pouco tremula. Talvez fosse o nervosismo, ou aflição, não sei como explicar. O elevador parou e eu segui as instruções da gentil atendente. Parei em uma grande porta de madeira preta com uma placa que parecia prata pura escrito "Presidente". Bati na porta e abri a mesma.

         - Pode entrar - Uma voz rouca soou no local.

         Assim que escutei aquela voz meu corpo inteiro arrepiou. Ele se levantou e me encarou da cabeça aos pés, dando um leve sorriso.

        - Você é a... - Falou

        - Barbara Scodelario - Sorri - É um prazer conhecê-lo

        - O prazer é apenas na cama Srta.Scodelario. - Ele sorriu maliciosamente


Heeey meninas, tudo bem com vocês?
Desculpem mesmo a demora do capitulo, fiquei sem pc por um tempinho e ficou meio ruim escrever pelo celular, tive que ficar escrevendo aos poucos e só hoje consegui pegar meu pc do conserto e arrumar o capitulo inteiro.
Comentem o que acharam ♥

Spoiler do 2° capitulo - Suas curvas eram incrivelmente atraentes.

                                                                                                                              Malikisses :*

5 comentários:

  1. Continuuuuuaaaa <3 <3
    tá simplesmente Pft <3

    ResponderExcluir
  2. Esta perfeito,continuaaa estou ansiosa

    ResponderExcluir
  3. Continua por favor eu necessito do próximo capitulo por favor posta o quanto antes

    ResponderExcluir

Não saia sem comentar. Dê sua opinião!!! Malikisses *-*