31 de outubro de 2015

HAUNTED 18 - I Fucking Love You

Do you feel what I feel?


Desculpa algum erro <3 


Capítulo anterior...


Ele riu e se deitou do meu lado, abracei sua cintura e me aconcheguei. 


– Eu sei que você é marrenta, mas eu tento as vezes – brincou 
– Você é mais marrento que eu 
– Vamos dormir antes que só isso se transforme em uma discussão de horas – apagou a luz 
– Tudo bem – ri – boa noite 
– Boa noite... 


DIA SEGUINTE



Estava no banheiro terminando de colocar minha roupa depois do banho, saí dali e fui até a cozinha, abri a geladeira do Louis que estava uma completa bagunça que não é nenhuma surpresa pra mim, peguei algumas coisas pra preparar um café da manhã, já que estava morrendo de fome. 
Quando já estava terminando e colocando a mesa, Louis apareceu na cozinha parecendo ter acabado de acordar ainda se espreguiçando. 


– Acordou cedo – ele comentou – bom dia
– Bom dia... estava morrendo de fome, então decidi levantar 
– Parece que essa vai ser uma das poucas vezes que eu como algo descente em casa – riu 
– Quando você quer consegue ser o maior preguiçoso do mundo – me sentei 
– Faço isso sem o menor esforço – se aproximou de mim – acordou bem? 
– Sim, só quero esquecer que ontem a noite existiu e focar na nossa missão 
– Com certeza isso é melhor – se sentou do meu lado 
– Mas – o encarei – nunca vou esquecer o que você fez por mim 
– Não foi nada  – sorriu de canto e começou a comer

Tomei o café e olhei para o relógio notando ser quase oito horas, mas não estava preocupada afinal ainda estava dentro do horário. 

– Expliquei mais ou menos pro Benjamin o que tinha acontecido, liguei pra ele mais cedo e voltei a dormir, falou que podemos chegar mais tarde enquanto resolve o que vai fazer 
– Ótimo, não queria ir tão cedo pra lá – me espreguicei 

Levantei e peguei as coisas colocando na pia, apoiei as mãos na mesa e o encarei. 

– Já fiz o café da manhã, melhor lavar a louça 
– Você não aguenta ser dona de casa, não é? – riu e se levantou 
– Não, só faço o básico e apenas cozinho porque gosto 

Ele começou a lavar a louça, me aproximei dele, abracei sua cintura e beijei seu pescoço. 

– Tem certeza que vai me deixar lavar a louça? – disse com bom humor 
– Não te prometo nada – ri baixo 

Ele fechou a torneira e virou-se pra mim segurando na minha nuca logo me dando um beijo imediato. 

– Se queria me provocar conseguiu – me puxou pra perto colando nossos corpos 
– Tão fácil assim, Tomlinson? – Sorri provocativa 
– Você consegue isso fácil demais 

O beijei e pousei a mão sob seu peitoral, ele me empurrou até sentir minha cintura estar contra o balcão, cravei minhas unhas nas suas costas e ele rompeu o beijo puxando meu lábio inferior, segurou firmemente nas minhas coxas me impulsionando e eu fiquei sentada no balcão, entrelacei minhas pernas na cintura e voltei a beijá-lo. 
Quando sua mão estava prestes a tirar minha camiseta escutamos o interfone tocar, Louis rompeu o beijo e revirou os olhos se afastando de mim. Arrumei meus cabelos e ajeitei minha blusa enquanto ele atendia e dizia que poderia subir. 

– Surpresa – ele disse e bufou 
– Quem é? 
– Minha mãe 
– Oi? – quase engasguei 
– Calma, ela não tem problemas com isso, só vai te tratar como uma nora 
– Mas eu acabei de acordar, estou horrível 
– Ela não vai se importar – riu – relaxa 

Fiquei em silêncio e a campainha tocou, não tem jeito de ficar apresentável quando se acaba de acordar, mas de qualquer forma o acompanhei até a porta, ao abrir a mesma, sua mãe o esperava sorridente e o abraçou lhe dando um longo beijo no rosto. 

– Quanto tempo não te vejo 
– Das últimas vezes brigamos, preferi dar um tempo 
– Brigar é normal – passou a mão pelos seus cabelos – está bem? 
– Sim e a senhora? 
– Ótima
– Entra – lhe deu passagem 
– E essa garota bonita, quem é? 
– Franky Edwards, prazer – estendi a mão 
– Johannah Poulston – apertou minha mão e beijou meu rosto – não sonhava que estava com uma garota aqui, não queria atrapalhar – encarou Louis 
– Ela é uma amiga do trabalho, longa história na verdade – ele tentou resumir – quer alguma coisa? 
– Na verdade eu e Daniel estamos viajando, decidimos vir pra Nova York te ver, ele foi ver o irmão, e eu decidi passar aqui 
– Onde estão hospedados? 
– Em um hotel muito longe, domingo poderíamos fazer um almoço, o que acha? Franky poderia vir também, faz muito tempo que não almoço em família com você 
– Ahn... pode ser, se eu não tiver nenhum imprevisto no trabalho, o que acha? – me perguntou 
– Eu adoraria, mas acho que isso é uma coisa de família 
– Que é isso – Johannah riu – claro que você tem que estar aqui, fora que quando Daniel e Louis começam a falar de futebol é insuportável – revirou os olhos – então combinado? 
– Por mim, tudo bem – Louis concordou 
– Então, pra mim também – sorri 
– Agora preciso ir, que combinei de me encontrar com a minha sogra – beijou o rosto do Louis – se cuida em garoto... e bom te conhecer, Franky – piscou pra mim 
– O mesmo – tentei ser simpática 
– Já vai? – ele questionou 
– Só passei aqui essa hora porque precisava te ver – sorriu – agora eu vou, porque estou atrasada, beijos – acenou e saiu 

Foi muito rápido achei que ela ficaria mais e em algum momento eu arruinaria tudo, por fim ela me odiaria, mas foi tudo até que perfeito e rápido. 

– E essa é minha mãe, sempre atrasada – fechou a porta – viu, não foi tão ruim assim 
– Mas pode ser ruim no almoço 
– Meu deus, como calma – riu – onde paramos mesmo? – se aproximou 
– Você estava lavando a louça – o empurrei – vou me arrumar 
– Não precisa fazer isso agora – abraçou minha cintura
– Na verdade sim, o tempo passa e precisamos trabalhar – pisquei 
– Você é má quando quer – fingiu estar ofendido 
– Você é cínico quando quer – ri – mas sabe me convencer muito bem 
– Acho que isso é muito bom de escutar – beijou meu pescoço 
– Mas dessa vez não – me afastei – vou me arrumar – fui até o quarto 

O escutei provavelmente me xingar, apenas soltei uma risada e coloquei uma das roupas que eu trouxe, penteei meus cabelos, Louis chegou ao quarto e foi direto para o banheiro, logo escutei o som do chuveiro. 
Me sentei na cama e seu celular estava sob a mesma desbloqueado. 

– Não vou fazer isso – disse a mim mesma 

Mas quando pensei novamente já estava com o celular em mãos, fui até suas mensagens e depois do Liam, estava a Amber, sua ex namorada, mordi o lábio inferior tentando não clicar na mensagem só que a curiosidade me venceu novamente. Então comecei a ler as mensagens de hoje. 

Amber - Por que não quer me ver? 
Louis - Não tenho tempo pra te ver 
Amber - Está com outra não é mesmo? 
Louis - Estou ocupado com o trabalho, só isso 
Amber - Eu não queria terminar com você! Você estava trabalhando com outra mulher fiquei com ciúmes demais, mas pelo que sei, está com ela, não é?
Louis - Só fiquei com ela uma vez, relaxa 
Amber - Você ainda me ama? 

Ele não respondeu, porém, só o jeito de como mentiu pra ela e falou de mim posso ter certeza que odiei, fui até mensagens bem antigas de quando ainda namoravam. 

Amber - Boa noite, te amo <3 
Louis - Também te amo 


Me sentia mal, estava parecendo que eu havia atrapalhado um namoro que até então parecia perfeito, bloqueei o celular e me levantei. 
Parecia que mais uma vez minha paranoia de estar sendo enganada por alguém vai acabar com minha paz, só que qualquer não quer ser tratada como "uma garota que só fiquei uma vez", ainda mais no meu caso, eu estou praticamente me entregando pra ele, mas se é capaz de mentir assim pra ela, por que seria verdadeiro comigo? 

– Franky? – ele me chamou e eu o encarei – está sonhando acordada? – riu 
– Ah, não... só estava pensando – sorri de canto 
– Acho que Thomas ainda não conseguiu descobrir o que são aqueles números – colocou a camiseta 
– Deve ser difícil – fechei minha bolsa 
– Não está pensando em voltar pra sua casa hoje não é? 
– Acho que vou 
– Franky você esqueceu o que aconteceu ontem? 
– Aconteceu na minha casa como poderia ter acontecido em qualquer lugar 
– Eles sabem onde você mora, podem colocar fogo enquanto você dorme, já parou pra pensar nisso? 
– Quem tem que se importar com isso sou eu – o encarei – não você 
– Eu vou até você, te tiro daquele lugar, tento te animar, pra você me tratar assim do nada? Qual a porra do seu problema? – se aproximou 
– É que... – hesitei – não sei quando você está falando a verdade e eu não quero me magoar, porque tenho uma missão que mudou minha vida sem mais nem menos pra me preocupar 
– O que aconteceu pra você ficar assim do nada?

Não respondi, enquanto ele cruzou os braços esperando que eu falasse algo e eu tinha que falar a verdade. 

– Você deixou o celular encima da cama e eu li suas mensagens 
– Está brincando? Arrumou uma briga por uma conversa que leu sem nem ao menos me perguntar nada 
– Eu não arrumei uma briga, eu só disse que queria ir pra casa e você agiu como se eu fosse matar o presidente 
– Garota você deve ter algum problema sério! – perdeu o controle 
– Por que? 
– Eu comecei uma discussão pelo simples fato de que eu me preocupo com você, não vou te deixar ir, sendo que eu sei que pode acontecer alguma coisa! 
– Então por que mente pra Amber?! 
– Porque todo esse tempo eu estava aqui cuidando de você e não tive tempo pra falar com ela, então preferi encurtar minhas respostas, hoje eu pretendia ligar e explicar tudo 
– Mas não precisava me tratar como uma garota que você ficou uma vez, para de mentir! 
– Eu estou tentando não magoar essa garota que reapareceu do nada! Estou tentando concluir a merda de uma missão e acima de tudo estou tentando cuidar de você porque eu te amo!

Ele mesmo soltou aquilo sem nem notar, parei de argumentar naquele mesmo momento, não tinha como contrariá-lo, senti meu coração bater tão forte que não sei o modo certo de descrever, parece que toda a discussão passada se passou, afinal só conseguia focar na sua última frase. 

– Vai ficar em silêncio? Ótimo, me sinto um pouco mais idiota – revirou os olhos 
– Só não esperava escutar isso
– O que vai dizer agora? Que também é mentira? Me fala, por que eu mentiria tanto assim? 
– Eu me precipitei, Louis – me aproximei 
– Ah, sério? – ironizou – pensava que não iria notar isso nunca

Louis se afastou de mim e pegou seu celular o colocando no bolso, depois saiu do quarto fechando a porta com força. 
Palmas pra mim, consigo estragar tudo com esse meu jeito, odeio ter que admitir que dessa vez eu estava errada. 
Abri a porta e fui até ela que estava olhando para a tela do celular. 

– Louis... – fiquei frente a frente com ele

Fez um sinal com o dedo indicador para que eu esperasse e colocou o celular no viva-voz. 

– Amber? 
– Sim... 
– Sou eu, Louis... te liguei pra conversarmos sobre voltar 
– Pensou? 
– Eu nunca cheguei a pensar, não vamos voltar 
– Por quê? Está com outra? Admita logo 
– Sim eu estou, não sei porque, já que ela não confia em mim
– Como assim? 
– É, ela não confia em mim e quer ter sempre razão... só que eu gosto dela assim, mesmo me tirando do sério em uma fração de segundo 
– Só pensei que ainda gostava de mim, deveria ter me falado isso antes 
– Não queria te magoar 
– Tarde demais, idiota – desligou 

Ele jogou o celular no sofá e me olhou. 

– Por que está fazendo tudo isso? – perguntei 
– Nem eu sei, só quero que você acredite em mim 

Suspirei e fui até ele o abraçando, que não correspondeu, ainda com os braços em volta do seu pescoço olhei em seus olhos. 

– Eu errei, odeio admitir, mas você está certo 
– Só não suporto que desconfiem de mim, se eu menti, foi porque precisei 
– Eu acredito em você e invadi sua privacidade 
– Não tem problema, só me deixa ver seu celular que ficamos kits – piscou 
– Mais uma coisa, não vou esquecer do que você me disse 
– Não? – ergueu uma sobrancelha – só estava nervoso 
– É mesmo? Eu iria dizer que também te amo, mas vou deixar isso pra lá 

Ele riu e me beijou colando nossos corpos. 

– Se tivesse aceitado minha proposta e não ter se arrumado a briga não teria acontecido – disse convencido 
– Vai arrumar esse cabelo – me afastei e ri 
– A noite conversamos, vamos logo trabalhar antes que eu não responda por mim – piscou 


continua... 



ooooi! 
Espero que gostem do capítulo <3 
Desculpa se não está muito bom, tive que colocar as ideias super rápido no capítulo porque estou sem tempo, infelizmente esse bimestre está me complicando junto com minha internet. 
É isso pessoal! Se quiserem entrar no grupo de HAUNTED do wpp só deixar seu número no meu facebook por mensagem - https://www.facebook.com/michele.maia27


17 comentários:

  1. Ain o 1° Eu te amo ♡
    Perfeito
    Só essé capítulo para salvar esse meu dia desastroso
    Continua

    DS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ah que amor, muito obg <3 espero que esteja melhor agora :*

      Excluir
  2. Lindo
    Pft
    Tá demais!!
    Amando a fic!!!
    São MT perfeitoos S2 S2
    Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Mari <3 fico feliz que esteja gostando

      Excluir
  3. Hoje o capitulo ficou Top de perfeito mih, que lindo o lou dizendo que a ama, pensei que a primeira pessoa dizer isso era a franky, suas ideias foram geniais hoje, parabéns, obrigada por me distrair hoje com esse capitulo lindo... Bjs ❤
    Xx juh

    ResponderExcluir
  4. PPPEEERRRFFFEEEIIITTTOOO!! NADA MAIS A DECLARAR! Filha que Treco que tive agora MDS na hora do "eu te amo" eu surtei no sofá meu irmão ficou com medo de mim kkkkk aliás foi uma confusão pensei tipo " OMJ FINALMENTE QUE PERFEITO! OMJ QUE MERDA ELA FEZ! OMJ AMO A MIH! OMJ ELA ATENDEU NOSSOS PEDIDOS! OMJ A AMBER VAI SE JUNTAR A GANGUE (#ficadica #atualmatandoex) OMJ EU AMO O LOUIS! OMJ AMO ESSA FIC! " sério melhor impossível, e me ajudou bastante depois de um dos piores dias da minha vida kkkkk é bom pra melhorar o humor e não matar alguém. Aí MIH vlw. E oi NEH? Esqueci kkk bjs gata delícia gostosa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi neh haha :* <3 seus comentários sempre <333
      se seu dia foi ruim pode chamar no fb ou sei lá pra falar comigo ;) muito obg amor

      Excluir
    2. Obrigada você, mas infelizmente não tenho facebook só tumblr ( meu pai não gosta) e desculpa ter colocado o comentário duas vezes... Foi sem querer.... Haha mas sério sua FIC ta perfeita

      Excluir
  5. PPPEEERRRFFFEEEIIITTTOOO!! NADA MAIS A DECLARAR! Filha que Treco que tive agora MDS na hora do "eu te amo" eu surtei no sofá meu irmão ficou com medo de mim kkkkk aliás foi uma confusão pensei tipo " OMJ FINALMENTE QUE PERFEITO! OMJ QUE MERDA ELA FEZ! OMJ AMO A MIH! OMJ ELA ATENDEU NOSSOS PEDIDOS! OMJ A AMBER VAI SE JUNTAR A GANGUE (#ficadica #atualmatandoex) OMJ EU AMO O LOUIS! OMJ AMO ESSA FIC! " sério melhor impossível, e me ajudou bastante depois de um dos piores dias da minha vida kkkkk é bom pra melhorar o humor e não matar alguém. Aí MIH vlw. E oi NEH? Esqueci kkk bjs gata delícia gostosa

    ResponderExcluir
  6. nossa !!!! eu estava loca pra ler esse cap e está perfeitooooooo , annnwww tão fofo o 1° eu te amo <3 rsrs <3 <3 <3 estou IN LOVE cm essa fic <3

    ResponderExcluir
  7. Amando!!! <3
    Visitem meu blog. nova fanfic <3 <3
    http://imaginesecomonedirectionrodrigues.blogspot.com.br/2015/11/o-melhor-acidente-da-nossa-vida-sinopse.html

    ResponderExcluir
  8. Amando!!! <3
    Visitem meu blog. nova fanfic <3 <3
    http://imaginesecomonedirectionrodrigues.blogspot.com.br/2015/11/o-melhor-acidente-da-nossa-vida-sinopse.html

    ResponderExcluir
  9. MIH querida! Cade a FIC manooo por favor!!! Vai mesmo ficar uma semana sem postar?! Me matando aos poucos?!? TT-TT to de mal também partiu meu coração....

    ResponderExcluir
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

Não saia sem comentar. Dê sua opinião!!! Malikisses *-*