25 de outubro de 2013

Run Or Die - Capítulo 2. 2º temp.

~Você on~


Claridade. Merda de claridade. Lá em Londres não tinha sol no meu rosto quando eu acordava. Lá em Londres eu não acordava morrendo de calor e suando. Tá, to exagerando um pouco, não tá tãããão calor, tá um friozinho bom, friozinho que, se eu não colocar um casaco, começo a espirrar. Mas, fazer o que? Eu tenho que continuar vivendo minha vida. Minha vida não pode parar só porque eu voltei pra LA. Na verdade pode, mas eu não vou fazer isso comigo mesma. Vai adiantar? Não. Eu vou voltar pra Londres? Não. Meu estado só vai continuar sendo o mais deplorável possível. Só isso.
  
Voltar a frequentar a escola pode até ser legal. Conhecer pessoas novas e.. blá blá blá. Deus, eu preciso voltar pra Londres! Vamos lá, de novo.

 Não pode ser tão ruim assim. Eu só vou continuar a frequentar a mesma escola que eu frequentava a um ano atrás, nada demais. Talvez, seja até legal. Talvez, eu conheça um menino lindo. Talvez, eu faça novas amigas. Talvez, eu não morra até o fim do ano!

Mia: Vamos acordar, preguiça? - disse Mia entrando no meu quarto, com uma alegria que eu não conseguia definir, que tipo de pessoa acorda alegre em plena oito da manhã? Minha tia, Mia.
Você: Hum, a noite foi boa, Mia? - gargalhei. Detalhe, eu ainda estava debaixo das cobertas, com Mia abrindo minhas cortinas e janelas, colocando alguns livros em cima da minha cama, e procurando alguns cadernos, juntamente com minha mochila que ela acabará de colocar na minha cama.
Mia: Jack dormiu a noite toda, tive que aproveitar - ela riu maliciosa, e eu senti um enjoo. Eca.
Você: Ugh! - gemi - que nojo - ela gargalhou. Sou santa, tá. Sexo não é nojento, pensar nos seus tios fazendo é.
Mia: Chega de papo, 'bora' levantar que a escola te chama! - ela disse, dando um leve tapa na minha bunda, já que eu havia me virado e enfiado a cara no travesseiro. 
Você: Ain, tá - bufei. Ela saiu do meu quarto, sorrindo. 

Ain, que desânimo de levantar. Porra, eu não estou em Londres! Esfreguei um pouco os olhos, vendo o meu quarto a minha volta. E, aqui estou eu, de novo.



Levantei com uma preguiça maior que eu - que eu juro não saber de onde vem, mas eu bem que gostaria. Enfim, levantei e corri pro banheiro, controlando a vontade de fazer xixi. Cheguei a tempo, ouvi aquele barulinho de 'xiiii' e senti um alívio. Me despi, com muita calma, entrei no chuvei e deixei que a água escorresse sobre meu corpo cansado e preguiçoso.

Depois de um banho relaxante e gostoso, fiz minha higiente matinal e aproveitei pra fazer logo minha maquiagem, em seguida, mexi um pouco no cabelo, e coloquei essa roupa. Como vocês sabem, meu cabelo é liso na raiz, e bem nas pontinhas, ele cachea. Eu adoro isso. Fazer o que né, genética.

Brian: Bom dia, flor do dia - disse assim que eu entrei na cozinha.
Você: Bom dia, Brian e Mia - sorri para eles - bom dia menino gatinho que eu não conheço - olhei estranhamente para o menino que estava sentando ao lado de Brian na mesa do café. Ela era loiro, tinha meio um topetinho, algumas tatuagens, tinha o sorriso lindo. Ele era perfeito. Meu dia já começou bem.
Mia: Seuapelido, esse é o John, irmão do Brian - ela sorriu.
Você: Que legal, família é pra isso mesmo, te avisar sobre tudo - fiz um 'joinha' com o dedo polegar - prazer, John - me sentei ao lado dele.
John: Prazer, Seunome - ele sorriu. Me fazendo derreter. Sério, ele era muito lindo.



http://31.media.tumblr.com/c93e2ac5df23d03e79571c9eb8936034/tumblr_mr6jjaNsT51qcm0m3o1_500.gif

Mia: Vocês vão estudar na mesma escola, espero que se deem bem.
John: Otimo, te apresento meus amigos, Seunome, e minha namorada - ele sorriu.
Você: Sua.. oi? - eu ri.
John: Namorada - ele disse estranhando.
Você: Claro, sua namorada - ele tinha que ter namorada. Claro, um menino lindo desses solteiro? Não sonha né, Seunome.
Brian: Ahn, vocês vão se atrasar - disse tentando quebrar o clima tenso que se formou. Pelo menos ele entendeu.

Eu e John escovamos os dentes e fomos pra escola.

John: Onde você tá indo? - disse ao ver que eu ia em direção a garagem.
Você: Você acha que eu vou a pé? - gargalhei - os bons que me sigam. Entrei em minha Land Rouver, e John ficou boquiaberto - vai ficar só olhando ou vai entrar ai? - ele riu divertido e entrou no banco do carona.

Dirgi velozmente até a escola, e John ficou mais espantado ainda. E, ainda sou uma Toretto, baby. E, escola, ai está você.



John: Nunca demorei mais de dez minutos pra chegar na escola - ele disse rindo, e saindo do carro.
Você: Você não é como Brian?
John: Criminoso? - gargalhei alto com o que ele falou - não, sou só um líder do time de futebol, tentando ganhar uma bolsa de faculdade com o futebol.
Você: Pelo menos terá sua vida normal - ele ficou em silêncio, parecia estar procurando algo, ou alguém - tá procurando quem?
John: Minha namorada. Ela já devia estar aqui.
Você: Vai ver você chegou cedo demais, sempre vinha a pé - dei ombros.
John: Pior que é verdade - olhou em seu relógio de pulso - ela deve estar aqui por volta de dez minutos.
Você: Viu? - sorri - que série você é, John?
John: Terceiro ano.
Você: Se dermos sorte, seremos da mesma sala - sorri.
John: Eu espero - ele me abraçou de lado. Já temos essa intimidade toda?

Um grupo de meninas estava se aproximando da escola, eu e John ouvimos risadinhas e meninas falando. Eram quatro meninas e um menino. E esse menino, era Jake. Três meninas entraram e uma menina continuou com Jake, que vinham em nossa direção.

Menina: Amor! - disse a menina de cabelos escuros e lisos, abraçando John e logo depois o beijando.

http://25.media.tumblr.com/tumblr_lm0re0HNqb1qiu4gao1_500.gif

Jake: Seunome Toretto - disse sorrindo.
Você: Jake Spencer.
Jake: De volta a escola - me abraçou - como você vai?
Você: Jake, nos vimos ontem - ri.
Jake: Ontem foi ontem, estamos aqui hoje e agora - ele sorriu - já conheceu o seu acho que familiar.
Você: E, não sabia que Brian tinha irmãos - dei ombros - mas e você? Decidiu estudar de verdade agora?
Jake: E, resolvi dar uma chance pro terceiro ano, de novo - ele riu. Esse menino nunca vai deixar de ser lindo, né?
John: Seunome, Seunome! - John me cutucou.
Você: Oi, oi - sorri.
John: Essa é a Yara, minha namorada - ele disse sorrindo como um bobo.
Você: Ah, oi, Yara - sorri - prazer, Seunome Toretto - estendi a mão.
Yara: Prazer, famosa Seunome - me retribuiu o aperto de mão - o prazer é meu - sorri.

http://30.media.tumblr.com/tumblr_lqlwn4ozfI1qfosuyo3_500.gif

Você: Porque famosa? - ri.
Yara: Jake não para de falar de você lá em casa - ela riu e recebeu um peteleco de Jake. Ahn, 'lá em casa'? O que eu perdi?
Você: E, ele me ama, eu sei - disse brincalhona.
John: Literalmente - fingiu tossir e recebeu um peteleco novamente de Jake.
Jake: Vocês são dois otários - nós rimos.
Yara: Bom, vamos entrar, já bateu o sinal - disse e saiu ao lado de John, com as mãos entrelaçadas. Deixando eu e Jake a sós.
Você: Do que ela estava falando? - disse rindo, enquanto caminhávamos pra dentro da escola.
Jake: Mentiras da Yara - ele deu ombros e eu ri.
Você: E o que ela quis dizer com 'lá em casa'? Vocês moram juntos? - disse tentando parecer curiosa, e não com, hm, ciúmes. Confesso.
Jake: Ah, isso.. - ele foi interrompido por uma voz familiar - oi, Meg - sorriu sem graça. O que diabos Megan estava fazendo ali?
Megan: Oi, querido - sorriu pra ele - oi amiga, que me abandonou! - me agarrou.
Você: Oi, Meg - sorri - o que tá fazendo aqui em LA? Pensei que fosse seguir seu sonho lá em Paris.
Megan: Ah, amiga, meu sonho está aqui em LA - ela disse com um sorrisinho no rosto, encostando sua cabeça no ombro de Jake. Okay, eu perdi muita coisa.
Você: Ahn?
Jake: Seunome, eu.. - ele foi interrompido por Megan.
Megan: Sabe, amiga, eu não gosto de relacionamentos a distancia - continuou com seu sorriso, só que dessa vez, entrelaçando sua mão na de Jake.

Era isso MESMO que eu estava vendo? Jake Spencer e Megan namorando? Okay vida, pode parar com as pegadinhas. Eu já comentei sobre a roupa de PUTA que ela estava? Não? Ah, a roupa dela é totalmente de vadia. Megan, querida, é isso que você é, V A D I A. A roupa era até bonitinha, mas porra, barriga aperecendo, short colado mostrando metade da bunda e suas pernas SUPER finas, SALTO ALTO, em plena oito e meia da manhã, e pra piorar, batom vermelho. Saiu de onde meu amor? Do inferno, é? Pois então, volte pra lá, aqui ninguém te quer, piranha!

Você: Ah, estão namorando? Que ótimo - sorri sarcástica e olhei pra Jake. Jake conhece muito bem os meus olhares, e sabe muito bem quando eu ODEIO alguma coisa. Pela cara dele de 'desculpa' ele percebeu que eu ODIEI aquilo.
Jake: Seunome, espera.. - sem ele terminar de falar, eu sai pelo corredor da escola, rebolando, e atraindo os olhares maldosos masculinos, e invejosos femininos. Eu podia abusar, foda-se! Eu tinha uma puta bunda enorme, e pernas grossas, pra que esconder? Papai do céu me deu pra mostrar mesmo! Usar e abusar. E era isso que eu estava fazendo.


Entrei em minha sala. Continuava a mesma coisa. Mesa do professor, quadro negro, cadeiras e mesas para alunos, armários no final da grande sala, e um ar condicionado. Um quadro grande com várias fotos, fotos de 'Nossos alunos visitam Paris' ou 'A visita dos nossos alunos a Londre' e outra 'Nossos alunos entrevistam Miley Cirus'. Só faltou 'Nossos alunos são fodas e ponto final'.

Enfim, sentei-me em uma das cadeiras, logo chegaram Yara e John. Yara sentou do meu lado, e John atrás dela. Logo chegaram Megan e Jake. Megan sentou ao meu lado, acompanhado de Jake, que sentou atrás dela. Megan sorriu pra mim e disse 'oi amiga', eu apenas sorri. Com vontade de vomitar meu café da manhã todo na cara dela.

Yara: Pelo visto você já sabe do furacão nojento chamado Megan - ela chegou mais perto e sussurrou só para que eu ouvisse.
Você: E, sei - suspirei - mas eu quero que o Jake seja feliz, se ela o faz feliz, quem sou eu pra interferir?
Yara: Você é a menina que o Jake ainda ama - ela sorriu. E o professor entrou na sala. Obrigada, professor. E, seria uma longa semana.

~Narrador on~

 

Não muito longe dali, a família Toretto acordava. Mila e Amy tinham dormido juntas essa noite, e o pequeno Fred decidiu dormir junto com Tyler e sua namorada, Kate. (não lembram dela? foi citada uma vez no primeira capítulo). Kate, quando soube que Tyler estava vivo, não pensou duas vezes em voltar pro seu namorado, que ela tanto amava, e esse sentimento era correspondido. 

O despertador de Amy começou a tocar, e Mila jogou um travesseiro no mesmo. Ambas estavam com preguiça de acordar, mas, fazer o que? Tinham que levantar, e ir pra escola. 

Amy: Mila, levanta, porra - disse com a cara no travesseiro.
Mila: Só se você levantar primeiro - disse embolada em suas cobertas.
Tyler: As duas, vão levantar! - Tyler jogou um balde de água fria em Mila, e Kate em Amy.
Mila: Tyler seu filho da puta! - ela levantou com raiva e começou a correr atrás de Tyler.
Amy: Kate! - gritou e começou a correr atrás dela também.
Tyler: Foi o papai que mandou, foi o papai! - disse rindo enquanto fugia de uma Mila furiosa e molhada.

Todos ali estava rindo e se divertindo, mas, começaram a dar falta de uma menininha. Uma menininha bem marretinha, brigona, mandona e bastante possessiva. Mas, tudo isso pra que? Auto proteção? Talvez. É bem provável que seja uma forma de se proteger da vida. Se proteger das enrascadas da vida. No fundo, bem lá no fundo, existe uma menina meiga, e carinhosa, com os sentimentos a flor da pele, ainda descobrindo o sentido da vida, o sentido de viver, ainda tentando descobrir 'porque eu existo?' 'porque EU fui escolhida?' Ela fazia falta a todos ali, mas ninguém tinha coragem de dizer isso em voz alta, ninguém tinha coragem de enfrentar o pai e dizer 'eu quero minha irmã de volta' ninguém tinha. Não era por medo, talvez um pouco, mas não era só isso, ninguém sabia o que era também, talvez respeito, mas nada declarado. Tudo o que cada um ali queria, era ser feliz, independente do que aconteça, depois de tudo, eles mereciam ser felizes. Todos.

Letty: Tyler, pode deixar suas irmãs em paz agora - disse entrando na sala, onde Mila e Amy corriam furiosas atrás de Tyler e Kate, Dom só ria da situação - vocês duas - apontou para Mila e Amy - vão se arrumar - as duas fizeram biquinho e passaram pela mãe, beijinho em cada uma e elas subiram.

Mesmo não sendo mãe de Mila, Letty a tratava muito bem, ela sabia que Mila precisava de uma 'mãe' ou alguém que interpretasse esse papel, Letty era a pessoa exata pra isso. Claro que, nada se comparava a mãe biológica, a mãe verdadeira, mas a mãe dela tinha morrido, e ela precisava seguir em frente, não podia fazer nada. Infelizmente, ela teria que seguir em frente. Todos sempre perguntavam como ela estava, e ela sempre dizia estar bem. Mas será que estava mesmo? Será que ela sabe fingir tão bem que ninguém enxergou que ela não estava nada bem? Ou será que, as pessoas são tão egoístas, que são incapazes de olhar para o outro, e enxergar a verdade de seus sentimentos nela? Acho que a segunda opção. Mas ela tinha seu namorado, que se importava com ela, e que a conhecia melhor que ninguém. Diferente de todos, Niall prestava atenção em Mila, e estava com ela pra tudo. Apesar de Nialler ainda se sentir balançado por Seunome, o sentimento que ele sentia por Mila era maior, e mas forte.

Amy: Mila, será que tá frio lá fora? - disse enfrente ao seu armário, enquanto escolhia sua roupa pra hoje.
Mila: Provavelmente - disse enquanto escolhia as suas - se aqui dentro já está frio, imagine lá fora - ela riu baixinho - vou me arrumar - e foi pro seu quarto.

As duas se arrumaram, tomaram banho, fizeram a higiene matinal, colocaram suas roupas e desceram. Mila estava com essa roupa e Amy estava com essa. Ambas estavam lindas. Desceram a lá encontram Tyler e Kate conversando no sofá, Dom e Letty em outro canto brincando com Fred.

Tyler: Uau, nossa, vão arrasar no primeiro dia - disse indo até as irmãs e as abraçando. Tyler era um irmão muito carinhoso, principalmente agora, que tinha 'voltado' pra sua família, e também, Seunome, a 'irmã preferida' fazia falta.
Mila: Obrigada, Ty - sorriu. Tyler sentiu uma alegria maior em seu peito, Seunome sempre o chamava assim.
Amy: Será que você pode nos levar? - pediu gentilmente mas todos começaram a rir dela.
Dom: Uma Toretto pedindo isso? - ele disse em meio a gargalhadas.
Tyler: Como a Seunome disse, Amy, você é muito patricinha pra ser uma Toretto - abraçou a irmã de lado e ela riu, envergonhada.
Mila: Vamos com o meu carro, Amy - ela sorriu. Se despediram e foram pra escola. O caminho foi rápido, e logo chegaram.

Como seus namorados já eram 'velhos' não estudavam mais. Só quem 'estudava' era Harry, que na verdade era só pra proteger as irmãs Toretto.

Saíram do carro, arrancando olhares de meninos, e olhares invejosos da maioria das meninas. Claro, elas sempre arrasam.

Mila: Amy - cutucou a irmã - se a Seunome tivesse aqui, ia dar na cara dessas patricinhas ai - disse se referindo a umas patricinhas que vinham no corredor.
Amy: Ah, com certeza - as duas riram - odeio patricinhas - bufou.
Mila: Você é uma, Amy - gargalhou e recebeu um peteleco.



Mila: Vamos pra aula, 'patty'? - novamente gargalhou.
Amy: Vamos - iam indo pra sala de aula, mas pararam na quadra quando viram um ser lindo sem camisa, sentado, rodando seu skate. Elas pararam e o ficaram observando.



Uma senhora chegou perto dele e começou a lhe dar sermões.

Senhora: Tuddie, vista essa camisa, e já pra aula! - ela disse e saiu. Ele apenas bufou, colocando sua camisa, e foi em direção a Mila e Amy.
xx: É sempre a mesma coisa - ele disse chegando perto delas - eu ando de skate e soou, mas nunca posso tirar a camisa - ele fez careta fazendo elas rirem - vocês são? - sorriu. Ele era extremamente lindo.
Amy: Amy Toretto.
Mila: Mila Toretto, e você?
xx: Hum, vocês são as famosas irmãs Toretto? - ele riu - mas não eram três?
Mila: E são, mas a Seunome está em LA - disse tristemente.
xx: Ahn - fez biquinho - eu sou Greg Tuddie - sorriu - são do terceiro ano? - elas assentiram - vamos pra aula então - sorriu novamente, e eles foram pra aula ainda conversando.

~Você on~

Já tinha tido as três primeiras aulas, na companhia de Yara, John e infelizmente Jake e Megan se olhando toda hora. Foi muito insuportável. Acho que agora está sendo mais ainda, eu indo pra cantinha inocentemente quando tenho que passar pela cena mais ridícula do mundo, Jake e Megan se pegando no corredor. Passei de cabeça erguida, claro. 


Você: Cheguei - disse me sentando à mesa da cantina em que estavam John e Yara - oi casal - sorri para eles.
Yara: Tá gostando dessa escola?
Você: Eu já estudava aqui, a um ano, mas tive que me mudar.
Yara: Hum, porque? - disse curiosa.
Você: Me mudei pra Londres, fui morar com meus pais.
Yara: Seu pai e sua mãe? Dominic Toretto e Letty Ortiz? - abriu a boca arreganhada e John riu, provavelmente porque ele já sabia quem eram meus pais, óbvio.
Você: Sim - disse acompanhando a risada de John. 
Yara: Você também é como eles? 
Você: Sim, xiu - fiz 'xiu' com a boca e ela riu.
Yara: Eu sempre via nos jornais, aquela equipe que estava atrás de vocês, se não me engano, a equipe de Owen Shaw.
Você: É, essa mesma - disse um pouco triste, afinal, ele é o motivo de todos os meus problemas.
Yara: Puta que pariu! - disse mordendo um pedaço do seu sanduíche - naquela equipe só tem gostoso! - disse rindo e recebeu um olhar repreendido de John. 
Você: Que..quem? - gaguejei, já sabendo a quem ela se referia.
Yara: Aqueles dois, um tal de Louis Tomlinson e o outro Zayn Malik - ela disse sorrindo. Só de ouvir o nome deles meu estômago embrulhou. Fiz uma cara tão de 'estou incomodada' que acho que John percebeu.
Você: Ah, é, eles são lindos mesmo - dei um sorriso disfarçado, minha vontade naquele momento era chorar, chorar por não ter Zayn ou Louis ali comigo.
Yara: Alerta vadia, alerta vadia - disse olhando para alguém que estava atrás de mim, e mexendo em seu canudo.

http://26.media.tumblr.com/tumblr_lpf8aeCWJR1qbyfbso1_r1_500.gif

Você: O que?
Megan: Oi, genteeeee! - ouvi a voz nojenta e irritante de Megan ecoar em meus ouvidos, e ela sentou ao meu lado, e Jake ao seu lado.
John e Yara: Oi - disseram desanimados.
Você: Olá - disse seca.
Jake: Seunome, posso falar com você?
Você: Fala - disse ainda sem olhar pra ele. Se eu olhasse pra ele, era capaz de eu matá-lo só com o olhar.
Jake: É, a sós.
Megan: O que você não pode falar aqui na nossa frente? - ergueu uma sobrancelha.
Jake: Ahn, Meg, é sobre o Eric.
Megan: Ahhh ta - riu. Puta que pariu, como eu nunca percebi que a porra da voz da idiota da Megan era irritante? E sua risada? Parece que tem overdose - vai lá, amiga, o Eric é um gatinho! - riu e me abraçou de lado. N O J I N H O.
Você: Vamos logo, Jake, antes que eu me arrependa - empurrei a cadeira e me levantei, Jake veio atrás de mim.
Jake: Ei ei ei, me espera! - me puxou pelo braço.
Você: Fala, Jake! - disse impaciente. Ele me olhou com aquele olhar 'eu sei que você sabe o que eu quero dizer'. Já que ele é um franguinho, eu decidi tomar uma iniciativa - a Megan, Jake? Puta que o pariu! - bufei.
Jake: Seunome, eu explico, olha.. - o interrompi.
Você: O que você me deve, Jake? Nada. Vai me explicar o que se você não me deve nada? - eu ri, ele me olhou sem entender muito - se você escolheu aquilo - disse me referindo a puta de shortinho - sofra as consequências da sua escolha - sorri.
Jake: Vem cá, garotinha, vem - ele se sentou e eu me sentei ao seu lado - você sabe que, sempre foi você, e eu acho que sempre será - ele riu - mas ela acha que é minha dona.
Você: Deixa eu adivinhar, você tava bêbado?
Jake: No gol! - nós rimos - fomos em uma festa, eu fui com a Yara, né, e a Meg tava lá, eu fiquei bêbado, acho que ela também, e ai, nós fomos pro quarto, e o resto você já sabe - ele deu ombros.
Você: Ela já era totalmente gamadinha em você, né? - ri.
Jake: Se era, agora está mais ainda.
Você: Tá com ela por pena?
Jake: Mais ou menos, ela consegue ser bem legal, quando não é grudenta - rimos.
Você: Seja feliz - sorri.
Jake: Seunome.. - me abraçou de lado - sempre será você, e quando você quiser, eu estarei aqui - ele sorriu pra mim, e eu sorri pra ele, virando o rosto logo em seguida.

http://24.media.tumblr.com/tumblr_m2725s5f731qh7x4do1_500.gif

                                                          ~~~~~~~~~~~~~~

Você: Oi, tchau - disse assim que cheguei em casa, jogando a mochila pra John pegar. Eu não estava nem ai, tinha que arranjar uma roupa bem linda pra ir a festa de Jake.
Mia: Volta aqui, mocinhaaa! - Mia gritou.
Você: Fala - disse descendo metade da escada que eu já havia subido.
Mia: Onde vai com tanta pressa?
John: 'Eu tenho que ficar linda pra festa do Jake hoje, pra deixar a Megan no chão' - disse fazendo uma voz de menininha irritante.
Você: Hey, eu não falo assim! - o repreendi, e todos riram.
Brian: Ahhh, então quer dizer que ela resolveu ressuscitar o Jake? - ele disse saindo da cozinha, com Jack no colo.
Você: Jack, bebê da titia, vem cá, vem.. - disse pegando Jack no colo, tentando mudar de assunto.
Mia: Não muda de assunto, meu amor - se sentou no sofá - John, nos conte mais - riu.
John: Bom, ele pediu pra falar com ela em particular, e ela voltou toda felizinha! - todos começaram a rir.
Você: John, cala a sua boca! - joguei uma almofada na cara dele, e ri - esteja pronto as nove horas, John - entreguei Jack pra Mia e subi as escadas rapidamente.

Tranquei a porta do meu quarto, peguei meu MacBook no armário e o liguei, entrando rapidamente no meu Skype, encontrando Mila online, como o planejado.

Mila: Seunomeeeeeeeeeeee! - ela gritou.
Você: Oi Milazinha - sorri.
Mila: Nem um dia ai em LA e já me esqueceu?
Você: Cheguei aqui cansada né, Mila, e eu acabei de chegar da escola.
Mila: Ahn, acho bom.
Amy e Ash: Seunome! - as duas apareceram no quarto e pularam em cima de Mila.
Amy: Sai, Mila, você já falou com ela! - elas gargalharam.
Ashley: Não, não, minha vez! - as três começaram a 'brigar' e rir.
Niall: Seunome.. - Nialler, Lee e Hazza apareceram na tela do Mac.
Você: Meninos, já to morrendo de saudade de vocês! - disse animada, sorrindo.
Harry: Nós de você também - fez um biquinho muito fofinho que me deu vontade de morder.
Você: Como vão as coisas ai?
Liam: Tudo fora do lugar! 
Niall: É, gatinha, tá uma bagunça sem você aqui.
Você: Anw, eu também sinto muito a falta de vocês - fiz um biquinho escroto.
John: Seunome - ele entrou no quarto.
Você: Ah, oi, John.
John: A Yara quer falar com você.

'Quem é esse ai?' 'Quem é esse gato ai?' 'Já arranjou um peguete, amiga?' essas e mais mil perguntas que meus amigos idiotas faziam.

Você: Tá bom, daqui a pouco eu ligo pra ela - disse e ele saiu - esse é o John O'conner. Irmão do Brian.
Ashley: Irmão do Brian? - franziu a testa.
Liam: Novinho ele, né? 
Você: Muito.
Mila: Ta pegando, amiga? - soltei uma gargalhada alta.
Você: Ele tem namorada, e ela é muito legal! - sorri.
Amy: Meninos, já viram a Seunome, né? Podem ir agora, que nós vamos fofocar.
Harry: Afe, fofoca, odeio! - disse como uma bixa, e nós rimos.
Você: Mandem um beijo pro Ty, e pra minha mãe! - nos despedimos e eles saíram.

Eu e as meninas ficamos mais umas duas horas conversando. Eu contei sobre Megan e Jake, e sobre aquela conversa que tivemos, contei também sobre a festa dele, e o jantar que teria antes disso. Elas me deram a ideia mais perfeita do mundo, e eu ia colocá-la em ação agora.

Ta ai, amiga? xx

Oi, miga! To sim, fala! Meg xx

 O jantar na casa do Jake foi cancelado, vai ter só a festa. xx

Uhuuul, amém! \o/ não tava afim mesmo daquele jantar idiota! kkkk Meg xx

Kkkkk vai com que roupa? xx

Sei lá, uma bem curtinha! Tudo apertadinho. O Jake adoraaa! ahahaha Meg xx 

Hum, ta bommmm. Vou me arrumar, beijos! xx

Okay, amiga, beijos! Meg xx

Pronto, o plano perfeito! Agora Megan ia aparecer no jantar da casa do Jake igual uma vadia que ela é. A mãe do Jake vai pirar, pois a Sra.Spencer, é uma dama, uma senhora de classe, não suporta meninas que se vestem com metade da roupa. A casa do Jake parece um castelo, e sua mãe, parece uma rainha. Sem falar que, ela me adora! 

Enfim, fui pro meu banho, lavei a cabeça, fiz uma massagem no meu cabelo, e me enssaboei. Logo sai do banho, colocando meu roupão e uma toalha na cabeça. Tratei de pintar minhas unhas do pé, e da mão. 

Tirei a toalha da cabeça, e peguei o secador, comecei a secar meu cabelo. Sem querer me gabar mas, meu cabelo já era liso naturalmente, não precisava de chapinha, então eu só sequei ele no secador, fazendo uns cachinhos só nas pontas. Me olhei no espelho e ajeitei ele. Resolvi prendê-lo, fazendo um penteado lindo.



http://3.bp.blogspot.com/-NR3Ucw_CNmI/UkeDvqGgfgI/AAAAAAAAA-c/fVeTJbeQEes/s1600/tumblr_lkp1kjZsFm1qcik7yo1_500.gif

Comecei a fazer minha maquiagem, passando sombra, rímel, lápis, delideador, e um pouquinho de pó.

Mia: Oi - ela entrou no quarto, e ficou ao meu lado, enquanto eu fazia minha make.
Você: Graças a Deus você chegou - me virei pra ela - dá um retoque - entreguei o lápis de olho pra ela.
Mia: Tá bom - ela riu.
Você: Eu não levo jeito pra isso - disse olhando pra cima e rindo, enquanto ela retocava meu lápis.


http://31.media.tumblr.com/tumblr_lv3bjhkl7y1qmp4sno1_500.gif

Mia: Você tá perfeita - ela sorriu.
Você: Obrigada, Mimia - adorava chamar ela assim, era fofo, e carinhoso.
Mia: Cadê sua roupa?
Você: Tá ali - apontei pra minha roupa em cima da cama.
Mia: Uau, que linda essa roupa! - ela disse vindo em minha direção, me entregando minha blusa e minha saia. Coloquei as mesmas, em seguida colocando meus sapatos, e meus acessórios. Escovei os dentes, passei um perfuminho, e creme pras pernas. É, eu estava pronta.
Você: To pronta.
Mia: Falta o batom! - ela me entregou um gloss, e eu o passei.

http://26.media.tumblr.com/tumblr_lpy4qcr9d71qlmjnco1_500.gif

Você: Agpra sim, pronta - sorri. Eu estava assim.
Mia: Agora desce, porque o John só tá te esperando pra ir.
Você: Okay - desci as escadas, John e Brian estavam conversando na sala.
Brian: Tá linda em, gatinha - sorriu.
Você: Tchau, tio - sorri e dei um beijo em sua bochecha.
John: Vamos? - assenti. Nos despedimos de Brian e Mia e fomos.

Você: Vai buscar Yara? - disse entrando no carro.
John: Não - ele entrou no carro e deu partida. Fomos o caminho todo em silêncio, só ouvindo música.

Yara: Aleluia! - disse assim que abriu a porta da grande sala para entrarmos.
John: Oi, amor - deu um selinho nela e foi entrando. Yara estava linda, com essa roupa.
Você: Oi, Yara - sorri - você é parente do Jake? Sei lá - disse rindo e entrando na casa, que era muito linda, com um enorme sofá, um de cada lado, uma televisão quase do tamanho da parede, um carpete marrom e fofinho, que combinava com os sofás bejes, um enorme lustre no centro e uma mesinha. Era uma casa de reis e rainhas, afinal, o Sr e a Sra Spencer eram os mais ricos da região.
Yara: Ahn, longa história, no jantar eu te conto - piscou - vamos, John, Seunome, todos já estão na mesa do jantar.

Adentramos na sala de jantar, que também tinha uma mesa enorme, com espelhos pra todo lado, dois garçons, e claro, um lustre enorme e lindo.

Você: Oi, Sr e Sra Spencer, que prazer em revê-los. - disse sorrindo. Quando eu e Jake namorávamos, ele me 'ensinou' direitinho como tratar os pais dele, que eram muito formais, claro, e eu, aprendi tudo direitinho, por isso eles me adoravam.
Sr. Spencer: Ei, Seunome. - me abraçou sorrindo.
Sra. Spencer: Seunome, querida, sumiu de nossa casa. O que houve? - disse sorrindo e fizemos aquele cumprimento de dois beijinhos.
Você: Oi, Lai. - sorri para Laila, e irmãzinha de Jake, que devia ter uns quatorze ou quinze anos. E era linda.
Laila: Oi, Seunome. - me abraçou.

Falei com Jake, dei os parabéns e estava notando a falta de uma pessoa, Megan. Queria ver quando ela chegasse, com faça ideia de que roupa. Do jeito que a Megan é, é capaz dela vir sem blusa, ou quase sem.

xx: Oi amor, cheguei! Hoje sou todinha sua, pode fazer o que quiser comigo! - ouvimos a voz de Megan ecoar da sala, e quando ela chegou na sala de jantar, ficou com a cara mais vermelha que o batom. Como eu disse, ela estava com roupa de puta.

Me deu uma vontade de cuspir a água que eu havia bebido, já que a vontade de rir era imensa, não sei se eu ria da cara que Megan fez ao nos ver ali, ou a cara do Sr e Sra Spencer ao ver Megan com aquela roupa, e ter falado aquilo.

Jake: Meg, senta aqui. - puxou ela pela mão, com a cara roxa de vergonha. A situação só era mais engraçada.
Megan: Oi, tia e tio. - disse sorrindo, com seus dentes brancos e seu batom vermelho quase um roxo. Os pais de Jake odiava quando alguém os chamava de 'tio' ou 'tia' na frente de várias pessoas. A não ser eu, que podia chamá-los do que quisesse. Sou foda, eu sei.
Sra. Spencer: Tia? - fez uma cara de repreensão.

O jantar estava bom até agora, todos conversando, uma música clássica tocando em um som ambiente, e a comida estava deliciosa. Mas eu estava com uma pulga atrás da orelha.

Você: Sra Spencer.. - ela me interrompeu.
Sra. Spencer: Me chame de Marisa, por favor. - disse sorrindo.
Você: Marisa.. - rimos. - o que a Yara é de vocês?
Marisa: Ah, falando nela, Yara querida, porque você não mostra a casa pro John? - disse sorrindo.
Yara: Tá bom, mãe. - pegou na mão de John e os dois saíram.
Marisa: Jake, tira ela daqui. - disse rude se referindo a Megan. Jake empurrou a cadeira para trás e saiu, Megan foi atrás. - Graças a Deus, não aguenta mais olhar pra essa menina. - disse revirando os olhos.
Você: Mari, e a Yara? - disse rindo.
Marisa: Ah sim, nossa pequena Yara. - suspirou fundo. - eu tive que tirá-la da mesa pra contar a história dela, eu não gosto de falar sobre esse assunto com ela, ou perto dela, nem perto de Jake.
Você: Já vi que é uma longa história, e nós temos tempo. - disse sorrindo.
Marisa: Olha, eu confio muito em você pra te contar isso, quero que não conte a ninguém, tá? Confio em você. - assenti e novamente ela soltou um longo suspiro. - Teve uma época, que eu e o pai do Jake, nos separamos. Ele tinha uns dois anos.
Você: Hum, continua.
Marisa: Então, meses depois, nós voltamos, e depois de bastante tempo, eu descobri que no tempo que nós nos separamos, ele teve um caso com outra mulher, e essa mulher tinha tido uma filha. Eu fiquei uma fera com ele, quase nos separamos de novo, mas ele disse que não tinha mais nada com ela, e que nem sabia que ela estava grávida.
Você: Mas espera, se ela nasceu dois anos depois que o Jake nasceu, ela tem dezesseis anos, né? - ela assentiu. - então como ela está no terceiro ano do ensino médio?
Marisa: Ela é adiantada.
Você: Ah ta, continua.
Marisa: Enfim, quando nós descobrimos a existência dessa menina, resolvemos mandar pensão pra ela pelo menos né, todo mês mandávamos dinheiro pra ela, pagávamos a escola, o curso de inglês e o balé, tudo fazíamos por ela. Mas, no começo do ano, a mãe dela morreu, em um acidente. - ela abaixou a cabeça. - Yara ficou desesperada, a vida dela perdeu o sentido. Ficamos morrendo de pena dela, o Sr Spencer até queria trazê-la pra morar aqui, mas meu coração endureceu, eu pensava 'eu não quero que meu marida traga um filho de outra mulher pra morar aqui'. - ela suspirou. - Então, um dia fomos a um orfanato, como vamos todo ano, você sabe. - assenti. - Jake começou a conversar com uma menina, e ele gostou muito dela, ai eu comecei a conversar com ela também, e então, o Sr Spencer se emocionou um pouco, mas não nos disse nada.
Você: Vocês não sabiam quem era a Yara?
Marisa: Não, nunca tínhamos visto. Eu e Jake não, o pai dele já.
Você: Uau, que legal, vocês gostaram dela naturalmente. - ela assentiu.
Marisa: Enfim, decidimos adotá-la, foi difícil conseguir a guarda dela, pois parece que tinha uma tia má dela, querendo a guarda, mas conseguimos.
Você: E isso foi quando?
Marisa: Logo que você foi pra Londres. Algum tempo depois que ela já estava morando aqui, o Sr Spencer me contou a verdade, me contou que Yara era a filha dele com a outra mulher. Mas eu não pude fazer nada, em meses ela já tinha me conquistado, a mim e a Jake. Eu estranhava que o Sr Spencer gostava tanto da menina assim, mas logo eu fui entendendo, ela era filha dele.
Você: Você a ama? - sorri.
Marisa: Como se ela fosse minha filha. - ela sorriu.

Conversamos mais um pouco. Tadinha da Yara, perder a mãe deve ser horrível, se eu que tinha 'perdido' meu irmão quase morri, imagine perder a mãe. Seria bem pior. Bom, agora a festa ia realmente começar!

Você: Vamos, Yarita? Tem uma festa nos esperando. - disse animada.
Yara: Uhuuuul, vamos! - disse animada.
Você: Eu só vou no banheiro rapidinho, e nós vamos.

Ela assentiu e eu fui ao banheiro, caminhei em passos largos, já que eu queria muito fazer xixi e retocar a maquiagem. Cheguei no banheiro e vi a cena mais terrível do mundo.

Você: Da licença - passei por Megan e Jake se beijando, e os empurrei.



~Narrador on~


A festa mais esperada do ano começou, a festa de Jake Spencer. O garoto mais popular da escola, o garoto mais rico da região, o mais lindo para a maioria das meninas, ele era o cara, ele era o fodão. Meninas faziam fila para ficar com ele, para namorar com ele. E Seunome, já tinha tido essa sorte, Megan estava tendo, mas ele não gostava dela, ainda amava Seunome.

A música alta tocava e estrondava, as melhores músicas. Os convidados iam chegando, várias, milhares de pessoas. As melhores bebidas do mundo eram servidas, e várias pessoas já iam pra pista de dança, rebolavam até o chão, dançavam em sintonia. Assim como Seunome e Yara, que se acabavam na pista de dança. Megan bebia emburrada no open bar, só vendo Seunome dançar com Jake, e John dançar com Yara. Ela se mordia de raiva por dentro, mas não demonstrava. O que ela podia fazer? A garota que Jake gostava não era ela, era Seunome, e ela sabia muito bem disso.

Você: Jake, sua festa tá demais! - gritou, por conta da música alta.
Jake: Demais é você! - abraçou a garota, e ela sorriu.
Você: Hey, vamos beber algo?
Jake: Vem, vamos. - pegou a mão dela e a puxou para o open bar, que estava cheio.

Resolveram fazer uma competição de quem bebia mais rápido. Seunome ganhou, claro.



Já se passavam das duas da madrugada, Seunome estava completamente bêbada, e quase dormindo. John decidiu levá-la pra casa. Ela dormiu no quarto e ele a carregou até eu quarto, a colocou na cama.

Minutos depois, ela acordou, sentou em sua cama, um pouco bêbada ainda. Sentou em sua cama, esfregando os olhos e bocejando. Pegou seu Iphone e colocou uma música da Adele, Need You Now, que a fazia lembrar de Louis. - coloquem essa música.

Imagens de memórias perfeitas
Espalhadas por todo chão
Procuro o telefone porque
Eu não consigo lutar mais
E eu me pergunto, se eu passo pela sua mente
Comigo isso acontece o tempo todo

Louis: Seunome?
Você: Ah, oi, tava dormindo já? 
Louis: Não, estava vendo um filme.
Você: Desculpa ligar assim, é que.. - ela foi interrompida.
Louis: Eu sinto sua falta.

São uma e quinze
Estou completamente só e preciso de você agora
Disse que eu não ligaria
Mas eu perdi todo o controle e preciso de você agora
E não sei como sobreviver,
Só preciso de você agora

Você: Você não sabe como eu sinto a sua. - disse choramingando. - Louis.. - começou a chorar.
Louis: Não chora, por favor, se não eu choro também. - fungou.
Você: Eu preciso de você.
Louis: Eu quero você.

Outra dose de uísque,
Estou meio bêbada
E eu preciso de você agora
Disse que não ia ligar
Mas perdi todo o controle e preciso de você agora
E não sei como sobreviver
Eu só preciso de você agora

Louis: Seunome.. - sussurrou.
Você: Hum?
Louis: Tá doendo. - do outro lado do telefone, ele chorava, tentava segurar, mas era impossível.
Você: Dói em mim também, não te ter aqui.

Oh oh..

Louis: Por favor, faz parar! - chorou.
Você: Vem aqui, me ver.
Louis: Eu faria tudo pra te sentir.

Sim, eu prefiro me machucar do que não sentir nada
São uma e quinze da manhã
Estou completamente só e preciso de você agora
E eu disse que não ligaria

Louis: Seunome..
Você: Hum?

Mas eu estou um pouco bêbada e preciso de você agora 
E não sei como sobreviver
Eu só preciso de você agora
Eu preciso de você agora
Oh, amor eu preciso de você agora

Louis: Eu amo você.

::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

Heeeeey girls, demorei mas está ai (: fiquei muito triste, pois no outro capítulo, tiveram menos de vinte comentários, eu pensei 'minha fic está tão horrível assim?' fiquei muito triste :( 

Obrigada mais uma vez Eduarda Figueiredo, pelas roupas da Yara e da Megan. As da Seunome eu que faço (:

Espero que vocês tenham gostado.

Até o próximo
Beijosssss, Mila 





44 comentários:

  1. Sua fic é perfeitaaaa!!!!!!! continua logo please to muito ansiosa amooo essa fic bjussss
    Helena *-*

    ResponderExcluir
  2. Perfeito. Talvez,assim por acaso,possa ter acontecido de eu ter chorado com a s/n e o Louis outra vez...(não que eu seja manteiga derretida mas é que essa fic é muito perfeita) Não fica triste por causa dos poucos comentários no outro capítulo,sua fic é perfeita NUNCA esqueça disso! Continua logo por favor,beijos!

    ResponderExcluir
  3. Sua fic ta otima , como faz pra poder fazer os looks ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entra no Google e faz uma conta no Polyvore

      Excluir
    2. Isso eu sei , mas eu to perguntando pra fazer os looks da fic pra ela postar nela . MAS OBR MSM ASSIM

      Excluir
  4. continua logo pf!!! to louca pra saber quando o Jake vai se separar da Megan

    ResponderExcluir
  5. Cara eu amo mt sua fic acho tipo perfeita, continua por favor <333333333

    ResponderExcluir
  6. Perfeito não para de escrever , estou assiosa para o proximo capitulo

    ResponderExcluir
  7. Sua fic e muito perfeitaaaaa continuaaaaaa ta muito divo
    #amando

    ResponderExcluir
  8. Parabéns !! Como smp , ficou per-fect !! Continue assim :3

    ResponderExcluir
  9. sua fic é perfeiiita, ta realmente bom continua rapido pq eu to ansiosa :)

    ResponderExcluir
  10. Como assim menina? Sua fic não é ruim não! Muito pelo contrário, ela é linda, maravilhosa, viciante... Sério, eu amo a tua fic, eu acho que as pessoas não comentam por preguiça hahahahahaha, mas sério, sua fic é muito boa! Beijos e tiau.

    Nathaly

    ResponderExcluir
  11. Continuaaa, ta perfeitooo kkkk
    A Yara é quase igual a mim, se eu nao repetir de ano, eu vou fazer o terceiro ano do ensino medio com 16 anos

    ResponderExcluir
  12. Sua fic ta perfeita, continua eu amo essa fic

    ResponderExcluir
  13. Tipo......ta perfeita ...PERFEITA...PERFECT....TA LINDA...TA MARAVILHOSA...TA PERFECT
    CONTINUA PLEASE

    ResponderExcluir
  14. Ta perfeito continuaa logoo xxStefani

    ResponderExcluir
  15. Ta perfeito como sempre :)! Kkk o drama no comeCo desse cap. mas entendo londres eh vida! Kkk Bjs!

    ResponderExcluir
  16. Perfeitooooooooooooooooooooooooooooo, amo sua fic

    ResponderExcluir
  17. Perfeito cara amo sua fic de mais

    ResponderExcluir
  18. Paraabens sua fic é de mais <3

    ResponderExcluir
  19. Tá perfeito d+, quase chorei

    ResponderExcluir
  20. Fic maravilhosa escritora maravilhosa ;)

    ResponderExcluir
  21. Continua por favor :))))))))))))000

    ResponderExcluir
  22. Maravilhosa, continua hj ainda? pff

    ResponderExcluir
  23. Menina sua fic é perfeita, continuaaaaaaaaaaaaaaaaaaa plisssss

    ResponderExcluir
  24. Sua Fic é simplesmente perfeita!
    @sandraenaile

    ResponderExcluir
  25. Haaaaaaaaaaaaa que perfeição continuaaalborg!!

    ResponderExcluir
  26. Serio por favor nao fica triste sua fic is perfect.... estou muito ansiosa para ler o proximo capitulo, sinceramente eu admiro muito voce e o seu talento, sua fic sempre me inspira e eu sou grata por isso.... as vezes eu me pergunto de onde vc tira toda essa criatividade. Um big..... mega......super parabens, e por favor nao demora para postar se nao eu vou ter um heart attack todo dia.. toda hora... todo segundo. Beijocas
    De: amanda jjjjjjjjj
    .

    ResponderExcluir
  27. NOSSSAAAAA ta muito bom esse cap e a megan ta bem vadia!!!
    E é maldade sua cara vc me fes chorrar #totriste :'(

    bjs maryy clara

    ResponderExcluir
  28. Ameiiiii , vê se consegue postar com mais frequência , a fic é muito boa e continuaaaaaaaaa ! beijos

    ResponderExcluir
  29. Eu amo essa fanfic , posta logo o 3 capitulo *---*

    ResponderExcluir
  30. oooi eu sou nova leitora desse site e eu queria o link que mostra todos os capitulos,,pra eu poder ler essa fic.Tem como vc me passa ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. http://sonhoscom1d.blogspot.com.br/p/run-or-die.html

      Excluir
  31. Sua fic ta perfeita. Eu quase chorei agr no final. Continuuuuaa
    Malikisses Da Maria Eduarda Barros!!!

    ResponderExcluir
  32. Continuaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

    ResponderExcluir
  33. eu amo essa fic, mas de uns cap pra cá foi perdendo o encanto ficou muito desgovernado acho q posso dizer assim o começo era perfeita ainda é mas ñ como antes ñ to criticando mas vc podia melhorar mais pq tds nos sabemos q vc tem qualidade para isso, bom ñ to criticando so estou dando uma dica pf ñ interpreta de uma forma ruim so to querendo ajudar mais ainda
    continua rapido q eu to curiosa :)

    ResponderExcluir
  34. Ta perfect essa fic man' adoro ler ela tipo OMJ Continua Please >.<

    ResponderExcluir
  35. Ta perfeita a Best Fic Ever :D haha to amando, chorei cmg e Louis D: pq meu pai foi tao mal? '-'
    ah, só uma coisa: a musica Need You Now nao é da Adele amr, é da banda Lady Antebellum *-* rçrç
    Continuuua please
    P.S: desculpe a demora pra comentar, mas to muuuito ocupada ultimamente :(
    Bjs da Leh

    ResponderExcluir
  36. como assim??? sua fic é super legal!!!! eu amei o cap, pensei q a Meg ia ser expulsa da casa haha acho q ela vai querer vingança..... será q eu estava dramática no início haha amei o cap. E q final lindo c o EU TE AMO do Boo <3 By: Evely :)*

    ResponderExcluir
  37. Gentee!! Que perfeito! Eu estou amando essa fic é a melhor que eu ja li sinceramente e olha que eu leio faz 1 ano, todo dia leio várias "diferentes", mas a sua supera todas de uma vez pois vc foi muito criativa com tudo o que aconteceu, e aposto que com tudo o que vai acontecer também :D Eu realmente gosto muito do seu blog, é o melhor que eu ja visitei. Continue fazendo o que você faz pois isso é uma coisa que você sabe fazer muito bem :D Beijinhos...

    ResponderExcluir

Não saia sem comentar. Dê sua opinião!!! Malikisses *-*