16 de abril de 2014

DNA - Capítulo 5 - Bowling

No último capítulo...

Olho para os olhos de meu pai, depois olho para Sam que estava sentada chorando. Não poderia causar nenhuma dor para eles. Eu vou cuidar deles se estiver longe. Sinto uma coragem sem aviso prévio. O fogo que me fez beijar o Louis me faz falar a seguinte frase...

- Tudo bem, quando vamos?



- Hoje. – Fala Fred.
- Hoje? Eu não posso, tenho um jantar.
- Ai guria vê se você se toca, você está em perigo, estamos tentando te salvar e você fica fazendo esse drama? É só um jantar. – Fala Zayn impaciente.
- Ei Zayn o que deu em você? – Pergunta Liam.
- Não é um simples jantar, é meu primeiro jantar com meu... – Penso, bem talvez se eu falar... – namorado.

A sala ficou em silencio. Samantha olhou para os rapazes e sorriu. Ela tinha entendido meu plano.


- Deixa a menina ter o último jantar com o namorado, amanha levamos ela até o campo. – Fala Samantha.
- Ei, - Fala Zayn mais irritado que antes. – nem tente entrar em minha mente e me fazer aceitar isso.
- Zayn se aquieta. – Fala Fred sorrindo. – Você sabe onde fica Tony.
- Claro. – Fala meu pai.
- Amanha às oito nos veremos de novo. – Fala Fred que se levanta do sofá e se retira.
- Até amanha SeuNome. – Liam fala sorrindo.



Zayn apenas sai sem olhar para ninguém.

A sala fica em silencio. Era muita informação para todos.

- Faça a janta Samantha. – Falo tentando continuar a mesma menina de minutos atrás. – Vou tomar banho e me arrumar, pai vai até o quarto da Sá e brinque com ela.
- Está tudo bem SeuNome? – Pergunta minha irmã desconfiada.
- Sim, tudo certo. – Sorrio forçadamente.
- Desculpa não termos contado isso antes. – Fala meu pai.
- Não tem problema. – Sim tem. – Vocês fizeram isso para me proteger.
- Do mesmo jeito que você faz todo dia. – Fala Sam que anda até a cozinha.


Meu pai sorri e sobe as escadas para cuidar de Sabiny. Eu subo também, mas para me arrumar para meu encontro com o Louis. Tomar meu banho, arrumar, tentar ficar apresentável.
Assim que termino meu banho fico um tempo olhando para minhas roupas e minhas maquiagens. Eu realmente não tenho nada para usar para meu primeiro e talvez último encontro com Louis. Porque eu o conheço bem, ele não vai acreditar em nada disso.

- SeuNome? – Sam aparece na porta com um conjunto de roupa e um kit de maquiagem. – Acho que vai precisar disso.
- Esta lendo minha mente? – Falo sorrindo, com essa frase com duplo sentido.
- Nem que eu quisesse conseguiria. – Sorriu e deixou as coisas na minha cama. – Acho que vai gostar dessa roupa.

Olho a roupa dela em cima de minha cama. Ela era muito bacana, com certeza fazia bem meu estilo e é bem melhor que as roupas que eu tenho no meu guarda-roupa.

- Obrigada Sammy. – Sorri.

Sam se aproxima e me abraça.

- Vai ser um saco não ter você todos os dias.
- Achei que você não me suportasse.
- Às vezes. – Riu.- Mas a maioria do tempo eu te amo.
- Também te amo. – A abracei forte.
- Se vista que eu vou fazer sua maquiagem.

Concordo e me visto rápido. Samantha faz uma maquiagem em perguntando que história é essa de eu namorar Louis. Explico o que aconteceu, para minha surpresa, ou melhor não, ela já sabia que Louis gostava de mim assim como sabia que Tamara gostava dele.

- Deve ser chato... saber tudo.
- Não sei tudo. – Falou. – Tem muitas pessoas que evito ler a mente, como por exemplo, o papai, eu nunca acessei a mente dele.
- Por quê?
- Porque eu não acho que seja certo.
- Que orgulho de você Sam, já está tão crescida. – Sorrio. – Às vezes esqueço que você já tem 15 anos.
- Tudo bem, eu já estava me acostumando. – Ela para. Olha-me e sorri. – Estás mais linda que o normal.

Olho meu reflexo no espelho. Sorrio. Eu estava realmente bonita. Nada comparada a minha irmã ou minha mãe.

- Obrigada Sam. – Abraço.
- O Louis acabou de chegar. – Fala ela. – Escuto os pensamentos dele. – Sorri. – Eles esta ansioso, tem medo que algo de errado. Quer que a noite seja inesquecível.
- Você nunca conseguiu ler minha mente?
- Nunca, você é um escudo, é algo raro.

A campainha toca.

- Vai lá atender seu “namorado”. – Riu.

Sorrio e vou até a porta. Abro e vejo Louis vestindo uma blusa branca, uma jaqueta jeans, um jeans preto e usava um par de belos dentes brancos. Estava realmente elegante.



- Nossa SeuNome, você está linda. – Ele se inclina e me beija rapidamente.
- Você está muito elegante. – Sorrio.
- Vamos? – Fala.
- Claro. – Fecho a porta e seguro as mãos dele.

Algo que ficarei um bom tempo sem sentir. Sua mãe é macia e passa uma segurança. Não sei como vou ficar sem isso. É estranho ter uma relação. Não que tivéssemos. Porque agora mais que nunca eu não quero ter nada com ninguém. Não deveria ter aceitado esse jantar. O que me deu na cabeça ter beijado ele?

Não posso fazer Louis sofrer. Nunca deveria ter dado esperança. Agora além de ele perder uma amiga ele vai perder uma, bem, namorada? É algo forte para apenas um dia, mas eu sei que se tivéssemos mais alguns dias acabaríamos namorando. Não por minha opção, Louis iria me pedir em namoro, na praia, a noite, com estrelas e comida. Tenho certeza absoluta disso.

Louis tenta puxar assunto comigo, mas eu estou mais distante que o normal. Meu pensamento vai de tudo que eu descobri hoje a, por incrível que pareça, Zayn. Não cheguei a perceber que cor eram seus olhos, mas tenho quase certeza que são escuros. Eu me arrepio ao lembrar sua voz.

- Aconteceu alguma coisa SeuNome? – Pergunta Louis
- Nada, só estou com dor de cabeça novamente.
- Você me deixa preocupado com essas dores de cabeça.
- Vamos não falar sobre isso? – Forço um sorriso. – Vamos aonde?
- Eu sinceramente não fiz planos.
- Como assim? – Um sorriso surgiu em meu rosto.
- Eu te conheço bem, não quero que esse jantar caia no clichê. Quero fazer algo que você quase não faz.

Eu quase não faço nada. Quando eu saio de casa é para ir na casa de Louis ou de Tamara. Hoje vai ser meu último dia que posso escolher algo, vai demorar muito até poder fazer algo que eu realmente queira.

- Quero... – Sorrio. – Quero ir no boliche.
- Achei que você detestasse boliche. 

Sim, detesto, mas não sei quando vou poder ir novamente para o boliche.

- Acabei de gostar. – Sorrio.

Louis me leva para o boliche. Logo me lembro porque eu detesto tanto o boliche. Joguei diversas bolas para a canaleta. Minhas habilidades eram tão "ninjas" que consegui a proeza de jogar a bola na pista ao lado. O que levou a uma risada histérica do pessoa da outra pista assim como Louis. 

Toda vez que o Louis ia jogar a bola ele a erguia para cima e fazia um ritual. Eu honestamente, achei a coisa mais adorável dele. Nunca tinha reparado em como era fácil gostar dele. Ele tem todo seu jeito único e engraçado de ser. Por que eu não poderia estar apaixonada por ele?



Durante uma jogada o outra Louis me beija e me abraçava. Estava realmente agradável os carinhos que ele me dava. Contudo eu não conseguia sentir nada. Era como estar beijando alguém por beijar. Sem sentimentos. Apenas por conveniência. Isso estava me machucando, pensar que ele acha que estou correspondendo me machuca. Ele é meu melhor amigo, jamais quero vê-lo sofrer. Talvez seja bom estar dizendo adeus amanhã.

Quando o relógio marca 8h Louis me leva para comer na Pizza Hut. O Lugar preferido de Louis. O meu também. Principalmente o Pizza Hut perto de minha casa. Tem um pequeno parquinho, sempre comemos rápido para podermos aproveitar o balanço e o escorregador. Ele paga a conta, comemos rápido e corremos para o parquinho como duas crianças.


Rimos muito. Louis me contou diversas histórias que eu nem sequer sabia. Me conta sobre as coisas que suas irmãs já aprontaram para cima dele. Contou seus segredos que eu não conhecia. Como o fato dele ter algumas tatuagens escondidas pelo corpo, sobre sua primeira vez, sobre seu primeiro beijo. De todas às vezes que ele se pegou pensando como era o gosto de meus lábios. Das vezes que sonhou com nós dois casando, tendo filhos. As noites que ele prometeu que no dia seguinte contaria o que sentia por mim, só que no momento que eu aparecia ele fraquejava que nem uma criancinha medrosa. Todos aqueles segredos me davam a suspeita que Louis sabia, no fundo, que aquilo era um encontro de despedida. Só não sabia como ele sabia. Eu apenas sentia que ele sabia

Nos deitamos na grama perto do balanço e ficamos um ao lado do outro deitados de mãos dadas olhando as estrelas. As estrelas que podia estar mortas e apenas vemos o brilho dela. Vagamente me lembro de uma das muitas questões de física onde estávamos aprendendo a velocidade da luz. Que eu aprendi que a luz das estrelas demoram em media 4 anos para podermos ver a olho nu. Ou seja, as estrelas que estamos vendo, podem estar mortas. O que me levou a conclusão que não existe estrela cadente que realiza pedidos, afinal, ela já esta morta há tempo. Mas se tivesse como fazer um pedido para algumas daquelas estrelas que brilhavam, eu teria pedido mais um dia ao lado de Louis. Talvez com uma dia a mais, eu poderia me apaixonar por ele.

Seus dedos entrelaçados aos meus se tornam mais fortes. Sua cabeça vira encontrando nossos narizes. Me viro de lado para ficar mais confortável.

- No que vocês está pensando? - Pergunto.
- O que vai acontecer amanha? – Ele me pergunta. Antes que eu pudesse pensar em alguma mentira, ele pega a minha mão. – Eu sei de tudo.
- Como?
- Samantha me pediu para cuidar de você.
- Você cuidou. – Sorrio.
- Sei da Samantha. – Sorri. – Eu sei de tudo.
- Sabe de amanha?
- Sei. – Me olhou. – Sammy se comunica comigo por pensamentos.
- Ela não consegue fazer isso comigo.
- Eu sei. – Me beija. – Eu que a ajudei pesquisar sobre isso.
- Como você soube?
- Eu estava na sua casa esperando você pegar sua irmã mais nova e Sam estava correndo pela casa e esbarrou em um vaso e ela segurou o vaso no ar. – Riu. – Foi estranho, pois o vaso estava no ar. Sem ninguém estar segurando.
- O que você fez? – Sorrio.
- Eu fiquei pasmo então a senti em minha mente, me mostrou toda a história. Fiquei feliz, pois ela podia ter simplesmente ter me feito esquecer isso, mas ela decidiu me contar. Percebi que confiava em mim.
- Eu confio em você.
- Você promete que não vai esquecer de mim?
- Como eu me esquecerei? – Sorrio. – Você é uma das pessoas mais importantes de minha vida.
- Eu te amo.
- Louis...
- Não espero que sinta o mesmo por mim, eu só quero que saiba disso. - Eu apenas o beijo.

Naquele momento eu fiz um pedido para as estrelas. Naquele momento eu pedi algo que eu não saberia que teria consequências. Eu nem ao menos esperaria que se torna-se uma verdade. Era a coisa mais verdadeira que eu consegui desejar. Era meu pedido mais puro.

Voltamos para casa de mãos dadas. Em completo silêncio. Era como se ambos estivessem com medo de falaram palavras erradas e estregar a nosso, então, momento perfeito. Uma palavra dita sem pensar poderia estragar tudo. Estávamos nós comunicando sem problemas. Apesar do silêncio. Sentir a mão dele nas minhas já estava tudo certo. Não precisaria de mais nada.

A porta de minha casa nunca teve a aparência tão melancólica. A impressão que eu tinha, que no momento que eu abrisse aquela porta e entrasse seria o adeus de tudo. Olhar para os olhos tristes de Louis não estavam ajudando muito aquela situação. Preciso por um final nisso. Antes que tudo piorasse.

- Vou sentir sua falta. – Beijo ele delicadamente. – A gente se vê. Não vamos prolongar isso, não gosto de despedidas. Vamos nós ver ainda, não vou ficar para sempre lá.
- SeuNome, leva seu celular, preciso saber de noticias sobre você. – Ele acaricia meu rosto.
- Claro, tchau. – Saio sem beija-lo ou abraça-lo. Isso só iria me machucar mais.


Olho para trás via seus olhos ficarem vermelhos. De todos os possíveis fins de um relacionamento que nunca realmente saiu do papel, esse era o que ele menos queria.


Olá meus anjinhos, tudo bem com vocês? Então esse capítulo me parte o coração, porque é o último de muitos capítulos que temos a SeuNome com o Louis assim tão amorzinhos </3 O próximo capítulo teremos a vinda de dois novos personagens, um deles um dos nossos meninos preferidos. Pelo menos, Louis acertou com o encontro, não é mesmo?
Fiquei feliz, tão feliz, com os comentários do último capítulo, chorei, de verdade. Já vou responde-los, vou chorar de novo, já estou vendo. Teve uma menina que falou que deveria aumentar o tamanho de meus capítulos. Então, eles já estão prontos e eles realmente não são grandes. Por isso, já estou acrescentando algumas coisas para aumentar os capítulos <3
Então anjos de minha vida, quem vai ser o boy que vai aparecer no próximo capítulo? Harry ou Niall? Façam suas apostas.


Cya Babys :*
- Aninha

29 comentários:

  1. Respostas
    1. Minha aposta pra o próximo boy:
      Acho q é o Harry...

      Excluir
  2. Agora mudei de boy kkkk acho q deve ser o Zayn ,fiquei com pena do Boo :( Enfim esta maravilhosamente Diva Continuua

    ResponderExcluir
  3. QUE LINDO, QUASE CHOREI NA PARTE DO BOO ♥ CONTINUA AMOR, TEM TWITTER??

    ResponderExcluir
  4. Aí que lindoo eu quase chorei!! Vc escreve MT bem, esse Cap foi perfeito!! Obg por ter respondido a minha sugestão sobre o tamanho dos caps, espero n ter enchido o saco.
    Letícia M.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Magina leti, eu já cheia das intimidades, nem encheu amor <3

      Excluir
  5. Massa vlh!! Posta o próximo mais rápido possivel; e acho q o próximo deveria boy da fic deveria ser harry
    *o*

    ResponderExcluir
  6. Continuaaaaaaa perfeitoooo. Aninha.... pra mim o boy que vai aparece e o Harry♥♥♥♥

    ResponderExcluir
  7. Que fofo :3 ,eu to viciada na sua fic.Eu aposto no senhor cachos
    Continua flor <3

    ResponderExcluir
  8. Acho que vai ser o. ..Niall! Hqhah to amando sua fic!! Auper ansiosa para os próximos capítulos *---*
    Isa xx

    ResponderExcluir
  9. Está perfeitamente Divo! Eu quase chorei. Eu estou apostando no Hazza. beijosss e continua flor! <333

    ResponderExcluir
  10. Porque faz isso comigo? Continua logo, pelo amor de Zeus <3 Ta perfeito

    ResponderExcluir
  11. Own't,existe um casal mais shippavel do que s/n e Louis? Quase chorei comesse capítulo. Acho que o boy que chaga amanhã é o Nini. Continua logo,beijos!

    ResponderExcluir
  12. Mds que perfeito ! Nao creio que vc me fez chorar cara ;( que peninha do boo
    Continuaa
    Iasmin Xx sua fa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sofro sempre com isso, detesto escrever o Louis sofrendo <3 minha fã nossa eu to no ceu

      Excluir
  13. To amando sua fic mais coitadinho de Boo :( !!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fiquei mal pelo Louis, principalmente por ser Louis girl </3

      Excluir
  14. Continua da mara...vilhoso
    Acho que é o Niall
    Malikisses

    ResponderExcluir
  15. Meus sentimentos estão rasgados pelo boo. Gostei muita da sua criatividade, porque quase ninguém faz uma fic que o principal seja o lou. E dessa vez fiquei muito feliz que ele apareceu. Fiquei com uma dó dele. :'(

    ResponderExcluir

Não saia sem comentar. Dê sua opinião!!! Malikisses *-*