21 de maio de 2014

Gardênia - Cap - 2

                     Não precisa ser perfeito, para ser especial!
                   anime | Tumblr
  

Harry P.O.Vs

               Cheguei ao apartamento aquele dia e não sabia discernir se me encontrava feliz, triste, inteiro ou vazio. Eram tantos os sentimentos que me invadiam ao mesmo tempo, Niall jogava vídeo game na sala e não vi os outros ainda, eu poderia conversar com Niall. Poderia mesmo, mas acho que ele não é sério o suficiente, e quem é que liga pra seriedade em uma hora dessas? Sentei-me ao seu lado e ele parece nem ter notado minha presença.

- E então Niall...? -chamei-o
- E aí? -falou sem tirar os olhos da TV -
- Sabe eu estava pensando em conversar.
- O Louis saiu com a Eleanor.
- Eu não estava falando do Louis.
- Estava falando do Liam? Acho que ele está tomando banho.
- Eu to falando de você Niall! -falei-
- De mim? -me olhou incrédulo-
- ....
- E porque não? -jogou os controles na mesinha-
- Então, é o seguinte... -comecei-
- Só um segundo.

               Ele se ajeitou no sofá, pegou minhas mãos e segurou nas dele. Quê? Puxei-as de volta e falei incrédulo.

- O que você está fazendo? -perguntei-

                                          

- Eu sei que é difícil mais você precisa ser forte. -falou-
- Mas o quê?
- Ta ok -suspirou- Eu estou nervoso cara.
- Por quê?
- Nunca ninguém me pediu conselhos.
- Ta nervoso por isso? -perguntei-
- Sim, desculpa não consigo.
- Tudo bem, vou pedir ajuda para o Liam.
- NÃO - a voz dele saiu esganiçada- Quer dizer... Não vai não, pode desabafar comigo.
- Mas você disse que...
- Eu não disse nada, para de frescura e senta ai.
- Ta bom então.
- Conta para o amigão aqui o que aconteceu?!
- Eu... Estava no parque hoje de manhã.
- E...?
- E conheci uma garota.
- Ah, uma garota. -falou maliciosamente-
- Não Niall, não assim.
- Você não gosta dela? Ela não é bonita?
- Ela é linda, e eu gosto dela sim, mais não do jeito que você está pensando, ela é uma amiga. E também não era isso que eu queria falar.
- Então o que era?
- É só que... Ela é muito boa, a pessoa mais graciosa que já conheci.
- E você acha isso ruim?
-Não. -suspirei- Só que... Estou me sentindo um pouco culpado.
- Por quê? -perguntou-
- Eu meio que... Fiz ela chorar.
- Cara, não se faz uma garota chorar.
- Eu sei, mas é que ela se perdeu de mim e ficou assustada.
- Ta brincando? Quem é que chora por uma coisa dessas?
- Ela é cega. -suspirei-
- Um cego choraria com certeza! -admitiu-
- Eu sei.
-...
-...
- O que eu tenho que falar? -perguntou-
- Não sei, você deveria saber.
- Mais eu não sei, dá uma dica.
- Sei lá, diz que eu tenho que falar com ela de novo. -falou batendo a mão no meu ombro-
- Cara, você devia falar com ela de novo.
- É isso! -pensei- Você tem toda razão Niall.
- Eu sempre tenho.
- Nossa obrigada mesmo.
- Precisando de conselhos já sabe aonde encontrar.
- É, você é o melhor.

               Vou em direção a cozinha e poxa! Não sabia que Niall era tão bom com conselhos, não ‘pera. Fui eu quem me aconselhei, nossa Harry você é tão lento às vezes, deveria ganhar um Oscar por sua idiotice.

(Seu Nome) P.O.Vs


               Naquele dia, Nana me buscou no parque não muito depois que voltei com Harry, ela chegou tão nervosa pensando que ele estava me persuadindo a alguma coisa. Até explicar que ele era uma boa pessoa, o coitado já devia estar com medo dela. Depois de apresentados e já “amigos”, finalmente voltamos pra casa. Eu realmente não queria que este dia tivesse acabado, nunca tive alguém jovem, um amigo, pra conversar comigo como conversei com Harry hoje.

                Mas tudo isso acabou por que nunca mais o verei de novo, é sempre assim, as pessoas me conhecem, descobrem que sou cega e se afastam novamente. Pode parecer que não, mas dói. Na mesa para jantar eu quase não mexi a comida do prato, estou me alimentando apenas dos pensamentos, se é que isso é possível. Minha tentativa falha de parecer que está tudo bem não funciona com Nana, ela me conhece muito bem pra não perceber meu humor depressivo.

- Porque está com essa carinha? -pergunta ela-
- É a única que eu tenho.
- Aprendeu a ser ignorante agora é?
- Desculpa. -suspirei- Não é nada.
- Tem certeza?
- É só que... Nana por que não tenho amigos?
- Que pergunta boba (Seu Nome), você tem amigos.
- Quem? -pergunto- O cara do cachorro-quente? A senhora que vende flores? A dona do barzinho da esquina?
- Você nunca se importou com isso.
- Mais agora eu me importo Nana, por que não posso ter amigos da minha idade?
- Você pode ter amigos da sua idade querida, você só não tem por que... -parou de falar-
- Por que ninguém quer ser meu amigo, por que sou cega!
- (Seu apelido) eu não...
- Deixa Nana.

               Levantei-me e percorri o caminho até meu quarto com cuidado para não bater em nada, as lágrimas já brotavam em meus olhos e no momento em que fechei a porta e deitei em minha cama, elas caíram sem cessar como um riacho. Por que Deus me fez assim? Por que eu tive que nascer cega? Por que eu? Isso não é justo Meu Deus. Eu não me importava mais agora percebi o quão injusto é o mundo. Gostaria de pelo menos uma vez enxergar o mundo, ver os pássaros e as flores, a lua e as estrelas, Tudo. Com o passar do tempo e o decorrer de meus pensamentos, acabei adormecendo[...]

No outro dia...

               Marvin chegou logo que terminamos o café, disse que estava com saudades de mim e queria me ver, ele perguntou se estávamos precisando de alguma coisa e antes que eu pudesse me pronunciar, Nana já havia dito que estávamos em ótimas condições, o que é uma mentira. Depois de muita -meia hora- conversa, finalmente Marvin foi embora, eu gosto muito dele mais não da maneira que ele quer. E às vezes sua presença me incomoda um pouco e acho isso péssimo da minha parte já que Marvin nos ajuda tanto. Ainda assim não me sinto muito confortável ao seu lado.

No sábado...

               Acordei assim como todas as manhãs, só que desta vez não estava nem um pouco animada para qualquer que seja os planos de meu dia, principalmente em ir ao parque, isso nunca acontece mais por algum motivo aconteceu hoje. Levantei-me e fiz minhas rotinas diárias, tomar banho, escovar os dentes, pentear o cabelo, trocar de roupa e aquela coisa toda.

                Depois que falei aquelas coisas pra Nana no sábado passado, senti que foi algo terrível da minha parte, ela faz tudo por mim e não tem nada a ver com o fato de eu ter nascido assim, na verdade ninguém tem culpa disso, são coisas da vida simplesmente.

                Sento à mesa para o café e ela não diz uma palavra, o que me deixa encabulada já que nos falamos normalmente a semana toda. Coloco chá calmamente, me sirvo de pão com manteiga e o silêncio predomina. Depois de comer o que havia pegado, ela finalmente diz da maneira mais tensa o possível.

- Elliot nos deixou um aviso de despejo, se não pagarmos o aluguel até mês que vem.
- Vamos ser despejadas? Nana pra onde iremos? -perguntei preocupada-
- Eu não vou deixar que isso aconteça, vou fazer hora extra e conseguir mais dinheiro.
- Mas...
- Confie em mim querida.
- Tudo bem -suspirei- eu confio em você.

               Eu confio em Nana mais do que em mim mesma, mas sei que ela pode não conseguir o dinheiro e aí ficaremos na rua. Só de pensar nesta hipótese sinto-me sufocada, meu oxigênio foi totalmente sugado do meu alcance e meus vasos sanguíneos devem estar brancos. Termino o café e digo a Nana que não quero ir ao parque hoje.

- Ah querida, se não for ao parque terá que ficar sozinha aqui. E, aliás você adora ir ao parque. -ela diz-
- Eu sei tudo bem, você me buscará às 11:00?
- Claro.
- Okay, podemos ir logo?
- Sim, vou só pegar as chaves do rabecão.

               Tudo bem que o rabecão não é um carro elétrico ou nada moderno, mais ele nos leva aonde queremos e isso é o que importa. Depois de ter as chaves em mãos, Nana pisa fundo na estrada íngreme até me deixar no banco do parque finalmente. O vento está mais forte que o normal aqui, o que torna o tempo um pouco gelado, e estamos no verão puxa.

                Meu corpo inteiro está tenso e meus músculos suplicam pra que eu me levante e ande, mais sei que não posso, estico uma perna que está dormente para massageia-lá com as mãos mais acho que acabei acertando alguém em cheio e só o que ouvi foi um líquido sendo derramado no chão.

- Garota estúpida -gritou uma voz masculina - Olha o que você fez!
- D-Desculpa, me perdoa.

                Senti um nó sendo formado em minha garganta, é isso o que acontece quando as pessoas gritam comigo, é involuntário. O homem me segurou com força pelo braço me fazendo ficar de pé e gritou comigo novamente.

- Viu o que você fez? Agora vai me comprar outra camisa e outro café.
- Eu não tenho dinheiro, me desculpa, por favor, eu não vi você.
- Eu não estou nem aí, eu quero outra camisa e agora, sua inútil.
- Tira suas mãos dela! -gritou uma segunda voz que não me é estranha-
- Quem você pensa que é? - falou o homem que me segurava-
- Sou o cara que ta mandando você tirar as mãos dela. - gritou com a voz explodindo de raiva-

                O cara tirou as mãos de mim e os dois começaram um diálogo.

- Ela não enxerga cara, percebe o quanto foi idiota? -perguntou a voz conhecida-
- E-Eu não sabia.
- Então procure saber melhor, (Seu Nome) não merecia o que você fez, ela é a melhor pessoa que já conheci e seu coração é o maior de todos. Ela é a pessoa mais doce, graciosa e meiga que se pode imaginar e você não sabe o quanto sou capaz de fazer por esta garota, então tome cuidado com o jeito que vai tratá-la.
- Calma cara, foi só uma camisa, eu vou embora e pronto.
- Eu iria amar se você sumisse da minha frente agora.

                   

               Eu não acredito que ele fez isso, eu pedi, eu disse que não queria que sentisse pena de mim e ele fez de novo, falou todas aquelas palavras a meu respeito expressando pena. Gostaria de sair correndo e não voltar a falar com ele, mais como sei que não posso, sentei-me novamente no banco e não disse uma só palavra.

               As lágrimas ainda escorriam no meu rosto por causa do nervoso, mas não tenho mais vontade de chorar. Harry se sentou ao meu lado e passou a mão sobre minha face perguntando docemente:

- Você está bem? -perguntou-

               Tirei sua mão do meu rosto e não respondi à sua pergunta.

- Você não vai falar comigo? -perguntou ele-
-...
- O que foi que eu fiz?
- É o que você não fez Harry, tínhamos um trato, seríamos normais um com o outro.
- Mas...
- Você fez isso de novo, sentiu pena de mim. Como posso confiar em você?
- E-Eu não sabia que estava fazendo isso.
- Mas estava.
- Olha me perdoa ta legal? Eu não quero que fique brava comigo.
- suspirei - Tudo bem.
- Sério?
- Sim -sorri- É o que os amigos fazem, perdoam.
- Obrigada.

                Ele me abraçou e isso me deixou super feliz, nunca fui abraçada por um amigo, talvez porque eu nunca tive um amigo, mas isso não vem ao caso neste momento.


Harry P.O.Vs

  Cheguei ao parque naquela manhã à procura de (seu Nome), caminhei diretamente para o local da semana passada, mas não me aproximei muito quando percebi que ela estava com um homem, admito que pensei coisa errada, mas aí ele segurou forte em seu braço e começou a gritar com ela que já chorava, porque as pessoas não fazem nada? O sangue do meu corpo inteiro subiu em segundos para minha cabeça e eu estava à ponto de explodir. Saí pisando duro em direção a eles e já cheguei gritando com o homem, quem ele pensa que é pra falar assim com ela? [...]

   No momento em que sentei ao seu lado e ela me rejeitou foi como se tivessem me dado um soco no rosto e meus olhos se encheram com lágrimas. Eu não faço por mal, eu não estava sentindo pena dela, eu só queria protegê-la, é isso que os amigos fazem. Apesar de aquele cara ser bem mais forte do que eu e bem mais alto e com músculos espalhados por todo seu corpo e aquela cara de mal e aqueles punhos grandes que poderiam ter me matado num segundo, eu não me segurei, a raiva foi mais forte do que meu medo, não que eu estivesse com medo, mas eu estava.

- Harry? Tudo bem? Você está calado. - (seu apelido) falou-
- Não, não. Quer dizer, estou bem sim, não se preocupe.

   Pego sua mão que está um pouco fria, exatamente como aquele dia terrível em que a perdi.

- Você me parece distante. -ela diz-
- Olha sobre hoje, me desculpa mesmo. -falo-
- Olha, vamos esquecer isso ok?
- (Seu Nome)? -chamou uma voz feminina-

   A mulher da semana passada acho que seja sua mãe talvez, chegou pegando (seu nome) pelo braço e puxando-a para ir embora. Se não me engano ela se chama Nana.

- Calma Nana. -falou- O Harry está aqui, lembra dele?

     Estendi minha mão para ela, mas a mesma não a pegou, me olhou apenas por uns 5 segundos e então se voltou para (seu Nome). Educação sua linda, já pode voltar para o corpo dessa senhora, que ignorância viu.

- Querida precisamos ir, vem vamos embora.
- Deixa eu me despedir primeiro? -(seu apelido) pediu-
- Estou esperando. -Nana falou-

     Me aproximei dela pegando uma de suas mãos, então ela levou a outra até minha bochecha esquerda, enquanto depositava um leve beijo na direita. Ela me dirigiu um sorriso meigo e então se foi. Caminhei até uma barraquinha que vendia hot dog no outro lado do parque e comprei um pra mim, estava faminto.

Mais um capitulo lindass, espero que estejam gostando da fic. Agora papo reto, fiz uma longfic e queria saber com quem vocês querem que seja, então deixem nos comentários o nome do boy, ta bom? E digam o que estão achando também, vou ficar muuuito feliz! Quem quiser me add no face ta aqui : Andressa Umbelino <-- clica. Chama lá pra gente bater um papo ta bom? Acho que sou bem legal kk, enfim é isso. Bjssss meninas lindas. ♥ -Deh

39 comentários:

  1. Ai essa fic fica mais perfeita a cada dia, como isso é possível?! To amando, mas pf faz capítulos maiores
    Letícia M.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem eu vou tentar ta bom? Obrigada por comentar linda *--*

      Excluir
  2. Ai, continua, ta um amor essa fic. Faz a longfic com louis, quase n tem fic com louis aqui.

    ResponderExcluir
  3. Aiii sua linda to amando sua fic!!
    Queria que a longfic fosse com o Louis!! Psé, continua logo!!♡_♡

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awnnn linda é você amor, amanhã sem falta tem mais!

      Excluir
  4. Muito perfeita !!
    continuaaaaa
    e o meu gato favorito é o Harry mas a longfic faz com o Niall amo essa gazela ❤❤❤
    perfeito continuaa!

    ResponderExcluir
  5. ♡♥♡♥♡♥♡♥ mdsss, continua kk amei

    ResponderExcluir
  6. Ai cara, tá PERFEITO! Amei de verdade! E sobre a sua logfic, faz com o Liam, eu amo o Daddy <3!
    Angélica Pontes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, que bom que você ta gostando. ♫

      Excluir
  7. Caramba,capítulo 2 e já estou apaixonada pela sua fic. Eu te chamaria no face se não sentisse tanta vergonha,então vou apenas mandar solicitação de amizade rsrs. Sobre a longfic,faz com o Zayn. Continua logo,beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem problemas amor, quando você tiver eu te chamo, sou bem legal vc perde a vergonha rapidinho kk Beijoss ♥♥

      Excluir
  8. Em geral eu gosto de ler coisas com o Harry então Harry! Sobre o capítulo de hoje WOW que fofo! Tão lindo sério seu talento é incrível. Vc é super criativa, eu nunca vi uma fic como a sua! ♡♡ ansiosa pro próximo *----*
    Isa xx

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ok eu sei que essa fic é com o Harry mas é que eu gosto mesmo de ler fics, imagines e tal com ele :P
      Isa xx

      Excluir
    2. Meu terceiro comentário! :P mas só quero dizer que o boy pode ser o Louis. Sabe né sou apaixonada por aquele moreno de olhos azuis *-* ok hahah
      Isa xx

      Excluir
    3. kkk Você gosta mesmo de comentar Isa kk Sobre a longfic vou fazer com Lou mesmo, depois eu faço mais com os outros. Bjsss

      Excluir
  9. Awnn ti bunitinho!! To viciando ja noss muito divo...
    Kisses de Nutella

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que você está gostando, isso me deixa muito feliz! ♥

      Excluir
  10. Perfeitoooooooo!
    Como q vc consegue cara fzr uma fic cm uma protagonista deficiente n er nada fácil e as veses sai uma merda. E a sua? Bem, a tua ta perfeitaaa.
    Ok! O boy eu acho q pode ser o Niall.
    Entao e so isso bjs e continuaa logo!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Logo logo vou fazer uma longfic com o Niall, mais essa já decidi que será com Lou. Obrigada por comentar amor, é muito importante pra mim! *--------*

      Excluir
  11. Ai como eu to amando essa fic, não sei eu me sinto tocada quando leio ela fico super sensivel quando termino de ler...mais é ótimo, só me da vontade de ler mais ♥♥♥
    Continuaaa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awnnn obrigada linda, amanhã com certeza eu posto mais ta bom? Bjsss ♥♥♥

      Excluir
  12. Sua fanfic é inspiradora posta logo deh

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada amor, amanhã prometo postar mais um! *-------*

      Excluir
  13. Essa história está cada vez mais linda continua logo
    XxXAndressa

    ResponderExcluir
  14. primeira vez que estou comentando aqui, quero te dizer que sua fic é maravilhosa, é diferente de todas as que já li sei lá eu acho que é o seu jeito de escrever que me encantou.
    tô amando cada vez mais viciada e ansiosa para o próximo capítulo vê sê posta logo linda ta perfeitoo <3

    ResponderExcluir
  15. Leiiiitora Nova :3
    hEYY , boom .. é a primeira vez que eu comento em uma fic daqui sem ser da Drica . Mais a sua eu tive que comentar , quero te falar que vc está de parabéns ! Suaaa fic está muito diva , tomare que voce continuuuue ..
    BJS , SUA FÃ N°1

    ResponderExcluir
  16. tá perfeitaaaa!!! xoneii por ela!!
    continua, flor!!

    ResponderExcluir
  17. Continuaaaaa , você é uma diva , sua fic é perfeita , bem que poderia postar diariamente :( mas ok , perfeitaaa , sou sua fã ♥

    ResponderExcluir
  18. Porfavor continua essa fic é muito perfeita, me emocionei muito lendo. Continua please. ♥ Ass: Diandra Machado

    ResponderExcluir
  19. Porfavor continua essa fic é muito perfeita, me emocionei muito lendo. Continua please. ♥ Ass: Diandra Machado

    ResponderExcluir
  20. Mds to ansiosa , postaa logo flor , você é tão diva que eu nunca comentei nem uma fanfic , essa é perfeita , emocionada aqui , sou sua fã malikisses ^^
    XX Gabriela Souza

    ResponderExcluir
  21. MUITOOOOOOOOOO LINDOOOOOO!!!!!!!!!eu ñ sou pessoa de chorar vendo filme,lendo livro mais nesse imagine!!nossa foi o primeiro que consegui fazer eu chorar!

    ResponderExcluir

Não saia sem comentar. Dê sua opinião!!! Malikisses *-*