7 de maio de 2014

Give Me Love – Capítulo 10 – LET’S GO!


Seunome On:


A semana havia se passado e junto com ela as outras duas, hoje era o grande jogo do Zayn e dos garotos do time de Basquete, toda a escola apostara neles, e com o talento que vi neles durante essas duas semanas de treinamento intenso, certeza que eles sairiam de lá com o troféu. Fui a alguns dos treinamentos junto com Allana e Cindy que adorava gritar e mandar beijos no ar pra ele. Cindy e Zayn tinham uma ligação incrível, depois da festa eles ficaram mais vezes, a química que rolava entre eles era pura, e nessas três semanas eles se curtiram muito, e o jeito como Zayn falava dela era fofo, você via seus olhos brilharem cada vez que o assunto se direcionava a ela, ele muitas vezes se referia a ela como “perfeita” e como seus olhos se iluminavam cada vez que a via. Cindy era do outro 2° ano e com isso a maior parte do tempo eles ficavam separados, porém depois da aula era um grude só, eles tinham muito ciúmes um do outro também, mas isso é normal. Agora que as coisas estão ficando sérias, mas ainda não é exatamente um namoro. Nessas semanas também aproveitamos pra conhecer Cindy melhor, ela era uma garota encantadora, e muito extrovertida, diferente de Zayn que era mais reservado mesmo sendo capitão do time de Basquete, ela definitivamente chamava atenção por onde passava por conta do seu corpo bem estruturado, porém agora com Zayn ao seu lado, os caras da escola disfarçavam, afinal o zaza era um cara forte, moreno, e sério, se você não o conhecesse sentiria medo, mas depois de algumas conversas de longo tempo aliás, percebi que ele era incrível, desenhava muito bem e tinha uma voz potente, o tipo de garoto com múltiplos talentos, a gente se deu super bem e agora o vejo como um grande amigo. Mas toda a vez me lembro do fato de eu conversar com o cara que ele mais odeia e que Cindy foi ex de Christopher e Zayn ainda não saber de nada disso fazia eu me sentir mal, Cindy havia pedido pra mim não dizer nada sobre aquilo, ela temia muito que Zayn se afastasse dela depois que soubesse sobre isso, e eu dei a minha palavra de que não diria nada, mas nós sabíamos que um dia ele iria descobrir.
Paul passou aquela segunda toda comigo. Conversamos sobre tudo e claro que não é imprevisível que eu dessabesse em lágrimas em seu abraço quando comecei a falar dos meus pais, mas, ainda bem que depois conseguimos mudar de assunto e ele me contou mais um pouco de sua vida em Londres, pra quem me ouve dizendo, parece até que fica em outro país, mas é só umas duas horas e meia de viajem, não é um tempo muito longo e nem muito curto também, é uma distancia longa, mas voltando, sua vida era o estágio, e morar com seu irmão, e ele também havia terminado um namoro com uma garota de lá, e estava livre, leve e solto (como ele mesmo se referiu, estranho? Talvez...) E coloquei algumas pessoas em minha mente na qual eu pudesse apresenta-lo, ou fazer como eu fiz com Cindy e Zayn, dar um empurrãozinho... hahahaha.
Allana e Niall continuavam sendo os mesmos, apenas amigos. Afinal ele não queria que se fosse comentado mais sobre o que havia acontecido entre eles dois, pois pelo pensamento dele “foi tudo um erro”. Por nossa sorte Liam havia se conectado muito ao Irlandês, e com isso percebemos que não era que ele quisesse esconder seus sentimentos pela Lana, mas sim que ele tinha medo de tudo que seus pais e os dela fossem pensar, afinal eles praticamente viviam juntos, e temia, de acordo com Liam que pudessem separar ele de Lana.
Josh não me ligou em todo esse tempo, e nem eu o encontrei em algum lugar por ai, por um lado foi bom, pois eu pude me aproximar do grupo na qual e realmente pertencia, não que Josh, Christopher e os outros garotos não fossem legais e me tratassem muito mal, mas poxa, os meninos eu iria ver todos os dias, enquanto os outros quase nunca. Allana começou a me “atormentar” nessa ultima semana, sobre Liam, ela falou tantas qualidades que via nele que eu tive que mandar ela calar a boca, eu sei que ele é completamente fofo, compreensivo, carinhoso, inteligente, e tem um estilo in-cri-vel! E além disso ela fazia menções de como seria se eu e Liam começássemos a namorar, o que até o momento eu nunca havia parado pra pensar, mas depois que ela começou a falar sobre isso eu disse que era impossível porque minha avó não gostava dele (Que até hoje ela não havia me dito o porque embora eu tivesse implorado pela explicação), e que eu não tinha feito muita merda pra ele e por isso ele devia me odiar (tipo na vez que eu o fiz pagar o maior mico na lanchonete onde ele trabalha), bom, isso foram os principais que eu citei porque digamos que eu havia “aprontado” um pouco mais nessa semana com ele, sem intenção, é claro.

Narrador On:



Estavam todos em uma sala, jogadores e amigos, faltavam apenas alguns minutos até o jogo começar e todos se dirigirem ao ginásio. Liam, Niall, Seunome, Harry e Louis davam força pra Zayn

- Cara você consegue! E sabe disso – disse Niall dando tapinhas nas costas do amigo que estava apoiado em um balcão.

-É, e a gente vai gritar muito pra você! – disse Seunome com um sorriso e com empolgação.

-Principalmente eu! – Disse Cindy entrando pela porta lateral seguida por Allana. Zayn no mesmo instante ficou em pé e sorriu pra Cindy que vinha de braços abertos para abraça-lo e depois depositando um selinho em seus lábios. Todos em volta sorriam com aquela cena.



-Toma aqui cara, isso vai aliviar a tensão – disse Liam trazendo uma barrinha de chocolate para Zayn, que aceitou, abrindo o lacre e mordendo um pedaço do chocolate ao leite.

-Pessoas normais trariam água com açúcar, mas Liam, bom... Liam não é normal – disse Louis aliviando ainda mais a tensão arrancando algumas risadas de todos que estavam á volta. 

Logo depois o treinador entrou na sala e chamou o time para que fizessem uma roda.-LET’S GO! – todos os jogadores colocaram as mãos ao alto com um grande grito e se direcionaram correndo ao ginásio gritando e sorrindo para liberar um pouco de energia, mas Zayn esperou um pouco até Cindy vir até ele e depositar o beijo de boa sorte em seus lábios.

-Boa sorte amor! Agora vai! – disse sorrindo e observando seu amado sair pela porta sorridente em direção aos seus amigos e seus inimigos também.

- Calma Julieta ele vai voltar! – disse Louis irônico a puxando pelo ombro e indo na direção da entrada de torcedores do ginásio.

-Cala a boca Lou!!

(...)

O barulho era realmente alto, gritos, vozes conversando, som de instrumentos em sincronia, assim estava o ginásio de Basquete da escola onde o jogo começava a se iniciar, de um lado East High, do outro Wolverhampton recebendo o primeiro time em sua casa. Os garotos do time da casa, por estarem em sua quadra e conhecerem cada centímetro dela, estavam em vantagem, porém para os visitantes, ansiavam por vencer em território inimigo. O barulho era grande, mas a voz do narrador era forte, e com a ajuda de seu microfone a tornava potente. Anunciando o jogo que começava, e nisso os gritos as torcidas ficaram ainda mais empolgadas. Seunome, Cindy, Allana, Niall, Harry, Liam, Louis e Zayn estavam sentados na segunda fileira, onde tinham uma ótima visão dos jogadores. Jogadores que alias se encaravam frente a frente á espera do arbitro lançar a bola pra cima e uma das equipes a obter e avançar em direção a cesta do adversário. Enquanto isso na torcida Cindy gritava muito torcendo por seu amado, que se mantinha em posição e em concentração pura. O jogo começou e a torcida parou o barulho e começou a prestar atenção no movimento dos jogadores, e num piscar a primeira cesta foi feita e os gritos voltaram por alguns instantes, assim se seguiu até o final dos 10 primeiros minutos. Seunome estava desconfortável. Josh jogava no time rival e ela ao mesmo tempo que torcia para o time de sua escola, se sentia confusa, pois o beijo que havia rolado entre ela e Josh, havia mexido de com os seus sentimentos, e isso a fazia querer mudar de ideia, mas levando em consideração que todas as pessoas em sua volta na qual a conhecem e que ela  adora, poderiam começar a odiá-la, e perto deles Seunome se sentia confortada, eles a distraiam e era disso que ela precisava, se distrair ao máximo para que a dor não retornasse, mesmo que depois de semanas ela houvesse quase sumido, mas assim como dependentes de drogas, ela também poderia ter uma recaída, ela continuava onde deveria estar.  O placar estava melhor para o East High, eles estavam vencendo com 6 pontos a mais. No meio intervalo, quando estavam todos saindo claro que um dos jogadores tinha que jogar uma indireta a um certo garoto de grandes olhos castanhos.

-Sinto cheiro de vitória no ar... – disse Christopher bem pertinho de Malik. Malik o olhou como se colocasse fogo em seu corpo apenas com o poder da mente. E continuou indo em direção as garrafas de água que o aguardavam assim como sua futura namorada, que o esperava ao lado dos jogadores reservas.

-Aquele Musk... – Zayn resmungou baixinho.

-O que tem ele amor? – Cindy ficou um pouco nervosa, talvez muito.

-Me provocando... pra variar

-Aah! Ignora ele Zayn! Você sabe que vai virar esse jogo. São só seis pontos - dizia Cindy com olhos fixos aos do garoto.

-Duas cestas de três... Eu vou fazer! E elas vão ser pra você! – ele disse com convicção e sorriu. Ela derretida depositou mais um selinho em sua boca e o som avisando que o jogo iria voltar apitou.

Na arquibancada os amigos de Zayn gritavam por ele e ele apenas acenou e voltou ao campo.
Quando Cindy se sentou ao lado de todos novamente o jogo já se iniciara. E sem tirar os olhos do amado ela respondeu a pergunta de Seunome.

- Pareceu que algo tava incomodando ele, o que era? – perguntou Seunome olhando pra amiga que estava vidrada nos movimentos dos jogadores.

- Christopher está enchendo o saco de Zayn, por causa dos pontos. Mas isso já vai acabar, ele me disse que faria duas cestas de três pra mim – ela sorriu sem tirar os olhos do jogo.

-Zayn, não promete coisas q não pode cumprir. – disse Liam, que prestava literalmente atenção na conversa disse e sorriu também.

Enquanto isso na quadra, parecia que Malik, nunca decepcionava ninguém, em apenas quatro minutos ele fez 3 cestas de ponto máximo, e não apenas duas como havia prometido a Cindy, e sim três! Em todas ele fez questão de piscar, ou mandar beijos pra Cindy que aplaudia muito entre gritos e sorrisos.

- Parece que alguém aqui estava errado... – disse Malik quando passou ao lado de Christopher correndo de volta a posição técnica com um sorriso debochado no rosto.

Musk quando se virou, viu a pior cena que poderia ter visto na vida, Malik fazia um coração com as mãos para alguém e quando ele olhou na mesma direção que ele, viu que era para Cindy, só podia ser ela, foi a única que se levantou aplaudindo muito ele inclusive. Christopher se sentiu pequeno, ferido, mas ao mesmo tempo seu sangue ferveu, como ela foi capaz? Sempre soube como ele gostava dela e tem a coragem de fazer isso com ele, o trair com o cara que ele mais odeia. Independente dos dois não estarem mais juntos Christopher se sentiu traído, como se um grande buraco tivesse acabado de abrir em seu peito. Então Josh chegou ao seu lado vendo seu amigo com a expressão quase branca de puro choque.

-Cara você ta legal? – disse colocando a mão em seu ombro.

-To, to sim! – agora ele fuzilava Malik com o olhar.

- O que você tava olhando? – Josh perguntou confuso

-Não era nada... Fica tranquilo!

Então Christopher foi para a sua posição de jogos, e seu time avançou para a cesta fazendo três pontos depois de um belo passe de Christopher para Josh. Musk passou dando uma grande esbarrada ao lado de Malik, e voltando a sua posição de quadra. E Depois observando atentamente aos movimentos do moreno seguiu em sua direção, interrompendo a sua jogada e derrubando Malik contra o chão.

-HEY! TA MALUCO MUSK? – o garoto de olhos castanhos grandes, se levantou e avançou pra cima de Christopher, ficando cara a cara com o rival. O juiz do jogo então decidiu punir Musk com um cartão. Mas isso não fez com que Zayn parasse de encara-lo. Até uma garota invadir a quadra e o afastar de perto de Musk.

-Amor, não vale a pena... – ela falou baixo para que só Malik ouvisse, porem não foi baixo o suficiente.

-Amor? – Christopher interferiu na conversa – Você me trocou por ele? – Musk estava incrédulo, não conseguia acreditar que Cindy havia feito aquilo.
CONTINUA...




Olaaa genteee
Vocês devem estar me odiando nesse momento por eu ter demorado pra postar, me desculpem mesmo, é que ta tudo uma loucura por aqui...
Se eu errei em alguma coisa, qualquer coisa que seja me avisem aqui plis <3 

Desculpem tambem pela pobreza de gifs... Não achei nenhum que ficasse legal...
Espero que tenham gostado do cap :3
E o próximo promete! Vou escrever ele com todo carinho pra vcs! <3<3<3

ELES NO BRAZIL PORRAAAAAAAAA!! EU TO CHOROSA CARA, NÃO ME TOQUE! AI SEM OR EU NÃO VOU SUPERAR ISSO *0000000000*
MINOS VEM NI MIM QUE EU DEIXO! HAHAHAHA :3333

Malikisses <3
Liam's Girl 


14 comentários:

  1. Perfeito ame continua agora, Dona Débora u.u

    ResponderExcluir
  2. Poxa foi tao pequeno, mas eu adorei como smp! Pf n demo pra continuar
    Letícia M.

    ResponderExcluir
  3. Perfeitooooo continuaaa logo! Essa é uma das minhas fics favoritas! Entao nao abandone ela! Bjsss te amooo
    xoxo thata

    ResponderExcluir
  4. Cara que fic é essa? Eu nem lembro se eu acompanhava ou não O.o

    ResponderExcluir
  5. Eu também to pirando com os minos no Brasil,pena que não vou no show. Já tava com saudades de vc e da fic. Não demora pra postar,beijos!

    ResponderExcluir
  6. Perfo , agr continua !! Laurinha

    ResponderExcluir
  7. SE VOCÊ NÃO CONTINUAR LOGO ! ai sim que eu vou te odiar eternamente CONTINUAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA ! Eles estão no Brasil HARRY ME CHUPE .. ta parei kkk

    ResponderExcluir
  8. SE VOCÊ NÃO CONTINUAR LOGO ! ai sim que eu vou te odiar eternamente CONTINUAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA ! Eles estão no Brasil HARRY ME CHUPE .. ta parei kkk

    ResponderExcluir
  9. CONTINUA LOGOOOOOOOOOO!!!!!!! tá ótima a sua fic, to mega ansiosa!
    Vick xoxo

    ResponderExcluir

Não saia sem comentar. Dê sua opinião!!! Malikisses *-*