7 de maio de 2015

La$ Vegas - II Capítulo

 Gorilla






Malia’s POV

  Bufei entediada tentando ignorar as buzinadas dos carros atrás de mim. Parece que justo hoje todo o bendito cidadão da nossa maravilhosa Las Vegas resolveu sair de casa. Meu celular não parava de tocar um minuto sequer, Niall deveria estar arrancando os cabelos a essa hora de tão estressado. E ainda eram apenas 7h da manha, ninguém deveria ter que sair da cama tão cedo. Parece que hoje seria um dia bem agitado...
                                                          

                                                                        [...]


  Estacionei o lindo luxuoso sedã esportivo, minha mais nova aquisição, e me olhei rapidamente pelo retrovisor antes de sair apressadamente do carro. E lá estava ela, meu maior orgulho, meu maior feito, Gorilla, a maior e mais luxuosa boate de Las Vegas. Há alguns anos Gorilla não passava de um prédio velho caindo aos pedaços, com um par de putas mal vestidas rebolando no colo de velhos bêbados. Havíamos evoluído muito desde então, graças ao apoio da poderosa família Devine. Agora, eu tinha sobre meu comando uma grande rede de boates luxuosas por toda parte da cidade, recebendo homens e mulheres ricos de toda parte do país, alguns até mesmo de outras partes do mundo. A boate já fervia em movimento.

 Os garotos estavam carregando caixas pra cima e pra baixo enquanto as meninas ensaiavam no palco. Tudo precisava estar perfeito para hoje a noite, os sábados sempre nos davam os melhores movimentos. E sem querer me gabar nem nada, minha equipe era de fato maravilhosa. Lindas garotas, rapazes extremamente sexy e ótimos no que faziam. Afinal, naquela boate, incompetência era sinônimo de demissão.

 - Onde caralhos você estava? Eu te liguei a manha toda! Eu acho que estou tendo um colapso, não sou pago pra isso não... _ Niall estava andando de um lado para outro enquanto falava e sua cara estava mais vermelha que um maldito tomate. Respirei fundo tentando não rir da situação.

- Niall, pelo amor de Deus, respira fundo. Nós vamos conseguir arrumar tudo a tempo okay? E a propósito, sim, você é pago para isso. _ O irlandês puxou o ar com toda força que podia e pareceu relaxar um pouco. Agarrei sua camisa o levando comigo até o escritório. – O que é tão importante que eu precisei levantar as sete da manhã?

- Josh esta aqui. _ Parei abruptamente o lançando um olhar confuso.

- Quem?

- Josh Devine, em carne, osso e gostosura. Esta esperando no seu escritório. _Balancei a cabeça afirmativamente digerindo a noticia. Josh esteve longe por muito tempo. Desde a morte de seu pai na verdade, seria estranho vê-lo agora.

- Certo. Continue supervisionando o trabalho lá fora para mim. E lembre-se de respirar fundo._ O loiro me lançou um meio sorriso e deu apenas alguns passos antes de voltar.

- Érr... Tem outra coisa.

- O que?

- Outro... Cara. Ele chegou essa manha, parecia mal, nós cuidamos dele. Lorenna o achou.

- Deixe-o onde esta, resolverei isso depois. Agora vá._ Massageei minhas têmporas enquanto caminhava lentamente até meu escritório, tentando evitar a todo custo meu reencontro com Josh. Nunca pensei que ele voltaria a Las Vegas, já fazia 5 anos desde a morte de seu pai e ele parecia estar muito ocupado onde quer que estivesse já que não dava as caras nem no natal, o que deixava Rebeka desolada. Os dois sempre tiveram uma ligação muito forte, ao menos era o que eu pensava antes de Josh praticamente desaparecer durante todo esse tempo. Eu não conseguia pensar no que o teria feito voltar agora.
   Empurrei a grande porta de madeira maciça e forcei meu melhor sorriso antes de finalmente entrar no escritório.

- Aí está você, achei que estivesse se escondendo de mim. _ Josh rapidamente levantou-se quando notou minha presença na sala e me abraçou. Um abraço apertado que durou alguns bons minutos. 




- Eu jamais me esconderia de você baixinho. _ Ele franziu o cenho com o apelido, o que me fez rir. Josh não é realmente muito mais baixo que eu, mas estou metida nesses saltos enormes que o fazem parecer minúsculo ao meu lado. – Por onde andou esse tempo todo?

- Você sabe... Estive trabalhando duro. _ Me soltei de seus braços e sentei confortavelmente em minha enorme poltrona vendo Josh sentar-se a minha frente.

- Você trabalhando duro? Isso ai é novidade.

- Haha, muito engraçada. _ Enchi meu copo com um pouco de whisky e balancei a garrafa para Josh, o oferecendo, ele balançou a cabeça em negação, recusando.

- Então, voltou só para matar a saudade?

- Gostaria de poder dizer que sim. Mas na verdade... Bom, eu soube que você está tendo problemas com o FBI. Achei melhor acompanhar a situação de perto, não quero que Rebeka meta os pés pelas mãos. _ Revirei os olhos em descrença. Homens, nunca nos dão a credibilidade que realmente merecemos...

- Você deveria dar um voto de confiança a sua irmã, afinal, ela esteve muito bem sem você durante esses cinco anos. Sem querer ofender, é claro. _ Josh abriu um pequeno sorriso de canto sacando logo de cara o sarcasmo em minha voz.



- Não ofendeu querida. É só que... Todo cuidado é pouco com o FBI, espero que aceite minha ajuda.

- É claro que aceito. Uma ajudinha extra nunca é uma mal pedida. _ Pisquei para ele e sorri. Josh mordeu o interior do lábio inferior e apenas me observou por um tempo, acho que estava tentando anotar mentalmente quantas mudanças existiam em mim. Fomos interrompidos por batidas fortes na porta.

- Acho que alguém quer muito falar com você. _ O mais velho falou olhando para porta.

- Entre! _Gritei. Onde foi mesmo parar a educação das pessoas dessa boate? A porta foi aberta com força exagerada e logo o furacão loiro invadiu a sala.

- Eu entraria mesmo que não tivesse deixado. Você já viu aquela merda? Ela trouxe outro maldito drogado para cá. O que ela acha que é isso aqui, a porra de uma reabilitação? Se eu fosse você eu...

- Cale a boca! Por Deus, onde deixou sua educação? No útero de sua mãe? Eu estou com um convidado Alison. _ Ela bufou e só então notou a presença de Josh ali na sala. Ela o analisou por um bom tempo, notou o rolex em seu pulso, avaliou suas roupas, e só então o olhou e sorrio.

- Que seja. Eu só acho que você deveria...

- Você não tem que achar nada. _A interrompi novamente. – Deixe que os assuntos da minha boate eu mesma resolvo. Agora saia daqui.

- Mas isso é importante, você não pode...

- Alison! Saia, agora! _ A loira apertou os punhos tentando controlar os impulsos que a faziam receber tantas reclamações e saiu pisando duro da sala.

- Uau isso foi... Quer dizer, ela é bem persistente. _ Suspirei concordando

- É uma cobra, uma cobra com lindos olhos azuis. Teimosa demais, mais cara demais também. Não posso perde-la, e ela sabe quanto vale.

- Ela é realmente incrível. Na verdade, suas garotas são todas esplendidas Malia. Não me lembro de tantas garotas bonitas assim antigamente. _Gargalhei notando o quanto Josh avia se impressionado com minha cobrinha. Ela sempre causava esse efeito nos homens, mas só dormia com os melhores.

- Isso se chama dinheiro Josh, quanto mais dinheiro se tem, mas bonitas elas ficam. _ Ele concordou ainda parecendo encantado. – Eu acho que ela gostou de você.

- Você acha?

- Bom, ela estava secando o seu rolex... _ Ele abriu um sorriso de dentes brancos e perfeitos.

 - Você acha que pode fazer algo por mim? Sabe, pelos velhos tempos.

- Posso pensar no seu caso. Mas agora eu realmente preciso resolver isso. Niall vai acabar enfartando se tiver que lidar com isso sozinho.

 - Oh sim, claro. Você precisa trabalhar, eu preciso ver minha irmã. _Ele levantou-se e se esticou sobre a mesa para deixar um beijo em minha testa. – Apesar de todo o sarcasmo e tudo mais Malia, eu senti sua falta. Nos vemos hoje a noite.

- Também senti a sua nanico. Vá, Rebeka vai chorar baldes quando te ver. _ Ele gargalhou e partiu, deixando no ar um cheiro de perfume importado. Suspirei pesadamente lembrando-me do problema que tinha que resolver. Seria um dia extremamente longo...

   

                                                                                                                     Continua ...

________________________________________________

Oi amores,o que estão achando até aqui? Bem intrometida essa Alison não?! Iram ver mais o Josh no próximo capitulo,então nós vemos na próxima quinta-feira.

Desculpa qualquer erro ortográfico,beijocas Andressa Reznick!  


P.S: Lembrem-se que se quiserem ver outras postagens em relação a fanfic, cliquem no marcador "La$ Vegas" que fica no final de cada postagem! 


4 comentários:

  1. ����������

    ResponderExcluir
  2. MDS QUE PERFEITOOOO ❤ Gzuis *--* continuaaa logoooo *00* como so quinta que vem ? Ah....te amoo
    Xxx Lii

    ResponderExcluir
  3. Perfeito... Continua.

    ResponderExcluir

Não saia sem comentar. Dê sua opinião!!! Malikisses *-*