9 de setembro de 2013

Moments - 12º Capítulo: Private Teacher?

~ Especial Mês de Aniversário Sonhos com One Direction ~


 Passei a ajudar Julie nas matérias da escola três vezes por semana enquanto Andy ria toda vez que ela fazia careta de quem não estava entendendo. Como é de se esperar dessa maluca de pavio curto, um dia, depois de duas semanas que eu estava a ajudando, ela se revoltou e o segurou forte no braço, completamente brava. Acho que, se ela tivesse usado um pouquinho a mais de força, o braço do coitado ficaria com uma incrível marca roxa. E isso não seria nada legal...

- Ri de mim mais uma vez e eu quebro a tua cara – disse ela, em um tom de voz que me arrepiou inteiro.


Andy, além de ser maluco como a irmã e um pouco idiota como qualquer garoto da nossa idade, também é provocador e adora um desafio. Resultado? Ele olhou sério nos olhos dela por alguns segundos e então sorriu. Seu sorriso acabou virando uma risada escandalosa logo em seguida, o que enfureceu a garota. E então ele correu. Depois de rir na cara dela de propósito, era o melhor que ele poderia fazer, certo? Julie se levantou, mas só não foi atrás dele porque a segurei pelo braço, assim como ela fez com o irmão. Quer dizer, quase. Não apertei seu braço nem nada disso, apenas o segurei.

- Se você correr atrás dele por causa disso, eu saio por aquela porta e não volto mais pra te ajudar. Se quiser reprovar, fique a vontade – disse tão sério que vi seus olhos se arregalarem. Lentamente, ela voltou a se sentar à minha frente, quieta, me olhando nos olhos.



- E aí? – a voz alegre de Niall ecoou pelo quarto, afastando minhas lembranças.

Notei que Harry, Louis e Zayn estava sentados ao meu lado, no chão do quarto, e Niall estava em pé de frente à porta que nosso segurança acabara de abrir. Estávamos todos na expectativa. Paul entregou um pequeno papel para o irlandês e sorriu, saindo. Em seguida Niall fechou a porta com olhos brilhando.


- Desembucha, Nialler – berrou Harry, quase pulando em nosso amigo.
- Seu nome é Mariane, tem 19 anos, é estudante de medicina e mora no Rio Grande do Sul – seu rosto demonstrou surpresa com essa última informação. – Ah, e ela também passou o número do celular pra mim – um sorriso empolgado surgiu em seus lábios. Louis não conseguiu mais segurar Harry, que saltou para cima de Niall, tomando o papel de sua mão.
- Liga para ela – disse Zayn, tirando o papel de Harry e devolvendo a Niall, junto com um celular.
- Farei isso – ele sorriu. – Mas não agora e longe de Harry – só pudemos rir da careta que Niall lançou para o caçula, que bufou.


Descemos para encontrar Paul. Ele nos levaria a um restaurante delicioso esta noite. Aproveitamos, afinal, nosso próximo show era em dois dias, mas, dessa vez, no Rio de Janeiro.


Durante o jantar, Niall ficou apreensivo. Sinceramente, todos nós ficamos um pouco, por ele, pois sabíamos que a qualquer momento a garota poderia aparecer do lado de fora do restaurante. Assim como qualquer outra fã, ela tinha o dom de saber exatamente onde estávamos a qualquer horário. Era assustador e maravilhoso ao mesmo tempo. Um sentimento esquisito, de medo com admiração. Mas essas são nossas meninas, e as amamos ainda assim e por esse motivo. Confuso? É, também achei...
Jantamos tranquila e animadamente, apesar de tudo. Ficamos rindo horrores das piadas mais idiotas de Harry e mais ainda de como ele tinha o dom de estragá-las. Niall mal conseguia comer, estava ansioso e esperançoso para ver aquela morena. Louis e Zayn gargalhavam alto das piadas do caçula – ou apenas do caçula – e eu, bem, eu estava tentando mandar mensagem para Dani, mas ela não me retornava.


Na saída, me juntei a Niall, e esperamos que os outros saíssem na frente. Assim que ouvimos os primeiros gritos, olhei para ele, que sorria de nervoso, e assim passamos pela porta. E então seu olhar se perdeu. Seu andar suavizou, assim como a expressão em seu rosto, e seu sorriso virou um sorriso extremamente tímido. Segui a direção em que ele olhava e avistei uma garota especial em meio a multidão, mas que se destacava como a maior estrela no céu. Mariane.

- Dá um sorriso gigante pra ela, o maior de todos – sussurrei, o assustando. Lentamente, o mesmo sorriso tímido que Niall abriu, estava estampado nela. Ponto para o loiro? Espero que sim.



Depois do ocorrido com Andy, que havia sumido, fiquei mais alguns minutos ensinando algo de matemática para Julie. Estávamos sozinhos, mas não pensei muito nisso. Ela me mostrava o caderno sempre que terminava um cálculo, e eu consentia ou fazia que não com a cabeça, dependendo se estava certo ou não. Ela já estava terminando os cálculos que eu passara como exercício. E eu somente a observava, atento.

- E... Terminei – anunciou ela ao resolver seu último cálculo, virando o caderno para mim, como já estava fazendo. Sorri, consentindo, e a olhei nos olhos novamente, demonstrando que ela, enfim, havia aprendido.


Por instinto ou sabe lá Deus o quê, ela gritou alto e soltou o caderno em qualquer lugar. Bateu palmas de felicidade e se jogou em cima de mim para um abraço, me derrubando no chão. Seus braços rodearam meu pescoço e ela ria de olhos fechados. Segurei sua cintura com minhas mãos, segurando-a para que não caísse. E assim ficamos. Rindo por um tempo, com ela ali, caída sobre mim, até que nossos olhos se encontraram. E então foi tudo muito rápido.


Tirei uma mecha de seu cabelo, que tapava seus brilhantes olhos, e coloquei atrás de sua orelha enquanto dava um sorriso tímido. Ela desceu seu rosto, se aproximando ainda mais do meu, tocando gentilmente uma de minhas bochechas com a mão que tirara de seu abraço ao meu pescoço e acariciou o local. Sua respiração estava bem próxima de mim e nossos corações batiam em sincronia. Senti seus lábios se aproximando lentamente dos meus, arrepiando completamente meu corpo. Coloquei uma mão em sua nuca, puxando-a para mim e acabando com qualquer espaço entre nós até nossos lábios se colarem em um beijo delicado e um pouco demorado. Seu beijo fez uma corrente elétrica percorrer por cada milímetro de meu corpo, me fazendo querer que aquele momento nunca acabasse.


Mas nada dura para sempre. Quando a soltei, sorrisos tímidos surgiram em nossos lábios e ela se levantou, estendendo a mão para que eu fizesse o mesmo.
Sua bochecha estava vermelha, assim como seus lábios, e seus olhos continham um brilho especial, tornando-os ainda mais bonitos. Ela era completamente assim: linda. Cada delicado traço de seu corpo, cada pequeno olhar, cada sorriso discreto. Como não pude vê-la dessa forma antes?
Esse beijo foi totalmente diferente daquele na praça. Primeiro porque não fui pego de surpresa – aliás, nenhum dos dois foi. Segundo que ela gostava de mim. E terceiro que eu descobri que também gostava dela todo esse tempo, mesmo quando ela ainda me olhava com desprezo e saíam apenas palavras de ódio e xingamento de sua boca para mim.




Finalmente o beijo desses dois! Meu Deus, eu não aguentava mais de ansiedade :33
Para os próximos capítulo, tentarei falar mais sobre Louis e Eleanor, Zayn e Perrie, Harry e Nathalie, Niall e sua possível Mariane. Espero que gostem do que está por vir!
E os barracos que vocês tanto me pediram também não vão demorar para aparecer, então, fiquem atentas haha

Muuuuuito obrigada a quem lê e comenta sempre, e também a quem só lê.
Espero que tenham gostado do Mini Imagine com o Liam que fiz alguns dias atrás...


E um parabéns atrasado ao blog, que ontem completou seu primeiro aninho. É uma honra estar participando nessa comemoração tão especial e importante para todas nós :3





(*Liam colocou um lápis na calça do Niall*)

(Niall: Eu não tenho certeza se gostei disso.)

Niam <33

12 comentários:

  1. Primeira a comentar *-*
    eu adorei sério , achei mto fofo a parte do beijo..

    ResponderExcluir
  2. Mto perfeito, espero q continue assim, pqe algumas fic começam bem e ficam com um final mto sqn.. :P #Amandoo

    ResponderExcluir
  3. Awn, A fic ta fofa, mas não melosa, AMEEI :)
    Larissa :)

    ResponderExcluir
  4. Adorei, a parte do beijo foi muito fofa! Vc escreve muito bem msm! Bjs e preparada pro barraco kkk

    ResponderExcluir
  5. Awwwnt, que fofis *-* aiin, morri aqui amor, sério :3 haha
    Ta mt pfto, gosto mt mt mt da sua fic, sua diva <3
    Só me esclareça uma duvida: qual a idade do Liam e da Julie nesse cap??
    Continuuua
    Bjs da Leh xx

    ResponderExcluir
  6. Até q enfim um beijoooo haha e o nini mds MT fofo.... Continuaa

    ResponderExcluir
  7. amei esse cap :) foi super fofo :333 quando as coisas tão emocionando vc para e deixa a gnt nesse suspense?? #QueMaldade haha parabéns !!!continua logooooooooooooooooooooooooo

    ResponderExcluir
  8. Ta meio tarde pra comentar mas ta!!AMMEEII,o nome da menina q talvez vai ficar com o Niall e Mariane,quase Mariana,ela faz faculdade de Medicina,como eu quero fazer e é morenaaaa,como euuu,e ela vai ficar com o Niall,meu preferidoo!!Amei,amei!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mariana Araújo,tb amei a menina Mariane ficar com o Niall,meu nome é Mariane,e o Niall é o meu preferido,mas,eu n sou morena,e tb n quero fazer faculdade de medicina :(
      Tamo na mesma situação!

      Excluir

Não saia sem comentar. Dê sua opinião!!! Malikisses *-*