24 de junho de 2014

You And I - 5 (the end)


- você gosta pelo menos um pouco de mim?


- ri baixo - o quanto que eu gosto de você é bem mais que "um pouco" Nialler

2 DIAS DEPOIS 

Hoje já faz dois dias que Niall não aparece por aqui, não aparece na lanchonete, nem no meu apartamento, e vou admitir estou preocupada, porque Niall vivia na Inglaterra, não nos EUA muito menos em Nova York. 
Coloquei uma roupa e fui até a lanchonete, Josh estava terminando de servir os clientes e ao me ver sorriu. 

- você viu o Niall? 
- bom dia 
- ri - desculpa é que... conversei com ele faz dois dias, depois disso, nenhum sinal dele 
- ele apareceu aqui hoje de manhã, estava bêbado falando algumas coisas e etc.. chamou seu nome 
- onde ele está? 
- no meu apartamento, pode subir lá, com certeza ele largou a porta aberta 
- valeu - beijei seu rosto - depois eu volto aqui 
- riu - tudo bem 

Fui rápido até o prédio do Josh, que ficava do lado do meu, subi até o quarto andar, e entrei no seu apartamento que de fato, Niall havia deixado a porta aberta. 
Fui até o quarto de hóspedes e Niall estava jogado na cama, suspirei e notei ele ter alguns machucados no rosto. Sem querer acabei derrubando um porta retrato, que caiu, e quebrou. Logo Niall acordou assustado, ao me ver suspirou e se sentou. 

- o que está fazendo aqui? - perguntou coçando os olhos (deve ser a cena mais fofa do mundo
- você sumiu esses dois dias, fiquei preocupada 
- ah, eu... saí um pouco 
- tipo, bares e tal? - ri baixo 
- é 
- me aproximei e sentei-me do seu lado - não pensei que diria isso, mas eu morri de preocupação 
- e de saudades também - brincou 
- não se gabe - ri - por que sumiu assim? 
- eu estava meio confuso, porque eu queria tanto chegar em você e falar "por favor, vamos namorar de novo", mas ai eu lembrei que não é mais como antes, agora você tem um trabalho, e não teria paciência pra um vagabundo como eu - riu e me encarou - então eu fui para um bar, me diverti e dormi no meu carro, depois no dia seguinte procurei outro bar, então a noite fui pra uma balada, e no final me meti numa briga enorme
- deu pra notar - me levantei - vou arrumar isso pra você - procurei o kit de primeiros socorros 

Quando achei me aproximei dele, ele se sentou na ponta da cama, e tirou a camiseta, ele tinha uns arranhões no tórax, e no rosto, fiz alguns curativos, ele reclamava. 

- para de reclamar - eu ri 
- é que dói 
- ninguém mandou se meter em confusão 

Ele ficou quieto, terminei os do tórax, e fui para seu rosto, ele tinha um bem na maçã do rosto, quando fui mexer nele, Niall olhou bem nos meus olhos com aqueles olhos azuis únicos que ele tem, posso nunca ter comentado, mas não há nada mais nesse mundo que me faça querer beijá-lo mais que seu olhos azuis. 
Terminei os curativos e me afastei, indo guardar o kit. 

- você gosta de mim? 
- por que está perguntando isso de novo? - me sentei de frente pra ele 
- porque não consigo acreditar que uma  garota como você, que está tendo sucesso em um emprego, tem um apartamento próprio, ainda goste de um cara que passa dois dias foras e chega bêbado em casa 

Selei nossos lábios, e lhe beijei. 

- sim, eu ainda gosto 
- sorriu - você me deixa tão confuso, pode ser meio louco mas eu adoro isso 
- é bem louco - ri 
- vamos para um parque? 
- pra que? 
- sei lá, você adora parques, não é? 
- é - sorri - okay vamos.. não espera, vai tomar um banho 
- revirou os olhos - estou indo 

Ele tomou um banho (reclamando bastante, porque seus machucados ainda ardiam), colocou uma roupa e fomos até seus Mustang, fomos até o parque mais próximo, ele estacionou o carro, o parque estava fechado, mas pulamos a grade, e entramos mesmo assim, fomos até uma parte onde havia várias árvores, e nos sentamos entre elas. 

- por que quis vir a um parque? 
- porque a primeira vez que nos beijamos foi em um parque - sorriu 
- você tenta ser todo divertido, mas no fundo é romântico 
- sou, bem no fundo e só com você 
- deitei a cabeça em seu colo - queria voltar pra época do colegial era tudo tão.. divertido 
- não precisa voltar - me encarou - é só fazer com que agora seja divertido 
- sorri 
- sabe - olhou em volta - os parques da Irlanda são bem mais bonitos 
- Niall na Inglaterra você falava que tudo na Irlanda era mais bonito
- porque é - disse em tom óbvio 
- ri - Nova York é a local do trabalho, não parques bonitos 
- vamos - me ajudou a levantar - vamos andar mais - me puxou 
- pra onde quer andar? nem sei porque estamos aqui 
- porque quero passar meu tempo com você, como fazíamos à uns dois anos atrás 
- okay, mas não parece ser só isso 
- é que - parou de andar - eu vou voltar pra Inglaterra
- por quê? - meu sorriso se desmanchou 
- preciso ajudar meu pai, ele está meio velho, e ficar trabalhando não é muito bom
- Niall... eu... esquece, você está certo 
- volta comigo - pediu 
- não posso abandonar meu emprego 
- seu emprego, seu emprego - revirou olhos - você está feliz aqui? Está feliz em Nova York? não parece, eu te conheço, você não nasceu pra ter uma vida séria assim 
- como sabe? 
- porque nascemos quase juntos {seu nome} dividimos os mesmo sonhos, viajar pelo mundo 
- Niall.. 
- pede uma transferência pra Inglaterra... não quero mais ficar longe de você - aproximou seus rostos - de novo não dá, não consigo 
- me desculpe 
- por favor 
- me desculpe, Niall... eu não posso 

Ele se afastou dela, e deu um soco na árvore, sua mão ficou machucada mas ele nem ao menos ligava. Voltou a encará-la. 

- eu ... eu não queria gostar tanto de você porque é difícil demais gostar de uma garota que coloca um emprego acima do amor, mas eu te amo 
- se aproximou - eu também 
- não, não parece 
- Niall, já estou a um ano no emprego, eu preciso de um futuro, não posso ficar velha viajando o mundo, porque simplesmente não dá, uma hora vamos envelhecer e... 
- e daí? não se importe com isso, vamos envelhecer.. mas, juntos 

Fui até ele e o abracei depois de alguns segundos ele correspondeu ao meu abraço. Meu coração batia tão forte, minha cabeça girava, de tão confusa que eu estava, ir e ficar com ele, com um futuro incerto, ficar e ter um futuro certo. 
Ele parou o abraço e selou nossos lábios, ele tinha um beijo calmo, ele abraçou minha cintura, e eu seu pescoço, por que ele tem que ser tão apaixonante?

 Separamos do beijo e eu voltei a olhar nos seus olhos. 


- eu vou amanhã - ele disse 
- mas já? Niall eu... 
- vou a noite, espero... espero que você tome a decisão certa 
- eu preciso ficar 
- suspirou e abaixou o olhar - tudo bem, vamos voltar 
- Niall... 
- vamos - saiu andando 

Andei atrás dele e fomos em silêncio até o carro. 

DIA SEGUINTE 

Acordei, e tomei um banho gelado e coloquei uma roupa. Não sei o que fazer. Liguei para o meu chefe. Senhor Parker

- Olá, seu nome! Aproveitando as férias? 
- claro... eu ... preciso de um favor 
- pode falar 
- será que teria como você me transferir para alguma empresa na Inglaterra 
- que? como assim? 
- eu... preciso, voltar pra Inglaterra 
- Lá não tem vagas, mas, posso tentar 
- pode? - sorri
- posso, mas você tem certeza? 

Fiquei um tempo em silêncio e meu olhar foi até o porta retrato de meu com todos os meus amigos da Inglaterra, meu sorriso era grande, eu estava feliz... 

- tenho 
- então, vou tentar 
- obrigada,obrigada mesmo 

Desliguei o celular e o joguei na cama. 
Procurei minhas malas, e comecei a colocar minhas roupas nela, não tenho tantas roupas assim, em uma bolsa, coloquei meus porta retratos, fotos e outras besteiras. 
Liguei para Niall e nenhum sinal dele, mas Nash apareceu, fui até ele e o abracei forte. 

- o que foi? - ele perguntou 
- eu, vou voltar pra Inglaterra 
- como assim? 
- é - sorri de canto - preciso voltar, sinto falta de lá, muita falta 
- ah, okay - disse meio decepcionado 
- mas vou sentir o dobro de falta de você, vou voltar depois pra arrumar as coisas do meu apartamento, vender etc.. 
- vou tentar te visitar - sorriu 

JÁ DE NOITE 

Liguei para Niall e finalmente ele me atendeu. 

- Niall eu... 
- eu estou no aeroporto - me cortou 
- como assim? 
- não... não posso fazer você abandonar sua vida, não posso 

Desliguei meu celular e... não é por ele que eu quero ir pra Inglaterra, é por mim, minha felicidade, quero voltar e ter minha vida normal que eu tinha deixado pra trás. 
Peguei minhas malas, e fui até um táxi, pedi para que ele dirigisse rápido até o aeroporto que não ficava muito longe, assim ele fez, corri até o mesmo, e comprei minhas passagens para o próximo voo para Inglaterra, que ainda não havia saído, despachei minhas malas, torci mentalmente, e na sala de espera, Niall estava lá. 

- Niall! 

Ele me encarou e sorriu, corri e pulei nele o abraçando. 

- não acredito que você veio, você é louca eu.. 
- e eu te amo - sorri e me desprendi do abraço 
- sorriu - você é louca 
- então vamos ser loucos juntos, porque eu vou pra Inglaterra 
- sorriu - eu te amo 

Olhamos em volta, e várias pessoas nos encaravam com um sorriso, fizemos reverência e rimos. 
Fomos até o avião e finalmente... acho que vou tomar o rumo certo da minha vida. (pelo menos não custa nada tentar). 

 INGLATERRA -  CASA DO NIALL 

Narrador P.O.V. 

Todos esperavam por Niall em sua casa (sim ele transformou aquela garagem em uma casa). Zayn, Liam, Louis e Harry. 
Quando Niall chegou, jogou suas malas no chão. 

- Esperem, tenho uma surpresa pra vocês 
- qual? - Harry perguntou 
- junto comigo trouxe - abriu a porta - uma antiga moradora 

Seu nome entrou e sorriu. 

- Eu voltei! 

Todos foram abraçá-los pra dizer o quanto sentiram sua falta e etc.. 

- não acredito e... - Liam falou pensativo - vocês estão juntos de novo 
- exatamente - Niall disse abraçando a cintura dela 
- cara que louco, parece que voltamos pro colegial - Louis disse e riu 
- pois é, continuo fazendo sucesso com as garotas como no colegial 
- ah, Nialler bom saber 
- vai idiota, fala demais - Harry riu 
- é brincadeira - piscou 

3 MESES DEPOIS 

Os tempos foram se passando, {seu nome} conseguiu a transferência para Inglaterra do seu trabalho, Niall trabalhava tocando na boate do Harry e Louis, e decidiram morar juntos na garagem/casa. 
Estava tudo dando finalmente certo para os dois. 

Niall chegou em casa, e {seu nome} estava deitada lendo, ao vê-la ele foi até ela e a beijou. 

- oi - ela sorriu 
- tenho uma surpresa pra você 
- qual? 
- vem - piscou 

Ele a puxou até a sala, pegou um anel do seu bolso e mostrou. 

- não vou me ajoelhar, porque meu joelho ainda está machucado - riu  e mostrou o anel - mas acho que ainda vale né? 
- Niall, você não está dizendo que... 
- casa comigo? - sorriu 
- Niall, você ficou louco 
- olha, não era essa resposta que eu esperava 
- caso, claro - o abraçou e o beijou

Ele pegou o anel e colocou em seu dedo.

- acho que poderíamos comemorar nosso noivado não é? - Niall sorriu malicioso 
- o que tem em mente? - ela se fez de desentendida.

Ele sorriu e a puxou selando seus lábios eles se beijaram até cair no sofá. Começaram a rir, e logo Niall tirou sua camiseta, ajudando-a a tirar a dela, ele beijou seu pescoço e o mordeu de leve, fazendo a garota suspirar. Sem querer caíram no chão, fazendo eles rirem mais, ela tirou seu próprio shorts, ficando apenas de roupas intimas, Niall deslizou suas mãos pelo corpo da garota. 
Ela foi beijando seu peitoral até chegar a sua calça, ela a desabotoou e logo se livrou dela, ela massageou de leve seu membro, fazendo-o ele fechar os olhos e sussurrar seu nome. 

- sua tortura acaba comigo - ele disse 
- riu - eu sei 

Ele alcançou sua calça, até achar um preservativo, ficou por cima da garota, e tirou sua box, ela logo sentiu que ele estava visivelmente excitado, ele tirou sua calcinha e logo a penetrou, ele a beijou

 enquanto ela pediu para que ele fosse mais rápido e assim fez, logo chegou a ápice, e ele caiu ao seu lado, a garota lhe deu um último beijo e deitou em seu peito. 
Depois de alguns minutos ali deitados, foram para o banheiro tomar um banho. Depois foram até a cozinha, Niall a abraçou e beijou sua testa. 

- não acredito que depois de tudo isso nós vamos nos casar - ela disse 
- eu também não, mas nunca me imaginei pedindo outra garota em casamento além de você 
- sorriu - você tinha razão quando disse que eu seria mais feliz aqui 
- Niall Horan  sempre tem razão 
- só que não - piscou - 



5 ANOS DEPOIS 

Seu nome e Niall já estavam casados, arrumaram a garagem até se tornar em uma casa perfeita, seu nome passou a ganhar mais no seu emprego, e Niall gravou seu primeiro cd atingindo o sucesso, mas ambos não queria sair dali, porque ali tinha muitas histórias. 
Em uma sexta a noite, seu nome disse que queria jantar fora, então... foram em um restaurante, após um longo tempo comendo, eles foram para a parte de lazer, seu nome sentou-se em um banco, olhando a paisagem, e logo Niall sentou-se ao seu lado beijando seu rosto. 

- pensando? - perguntou 
- aham
- no que? 
- acho que daqui alguns meses vou ter que parar de trabalhar um pouco 
- por que? eles estão afim de te demitir? não se preocupe com isso 
- não - sorriu e o encarou - e acho melhor você começar a ganhar um bom dinheiro, sabe... - se levantou - ouvi falar que os preços de fraldas e roupas de bebe estão um roubo, bem caros mesmo
- ficou boquiaberto - não me diga que... 

A garota apenas assentiu com um sorriso, e logo ele foi até ela a abraçando forte, e a beijou. 

- eu .. eu não tenho o que dizer, nem acredito 
- pois é, parece que agora vamos ter um novo membro na família 
- sorriu - não consigo acreditar.. um .. ou uma.. mas .. filho, meu deus 
- eu também não estou acreditando ainda 
- me abraçou - eu te amo 
- eu também - sussurrou - muito .. 

Depois de tanto tempo, passou um flashback na cabeça de Niall, de como eles cresceram juntos, namoraram, se separaram, ficaram confusos, e voltaram depois se casaram.. nunca imaginou que daria tão certo mas.. deu, e parece que o destino realmente funciona com o amor. 

FIM 

-------------------------------------------------------------------------------------------------

Ficou fofo, eu achei que ficou muito fofo, MIL DESCULPA PELOS SÉCULOS PARA POSTAR! 
maaaas eu postei,e  espero que tenham gostado, não fiquem bravas, é que as vezes fico meio sem ideias pra certas fics. 
Comunicado básico: agora vou me dedicar só aos mini imagines e THG ... 
porém, como eu sei que vocês adoram uma ação, eu tive uma ideia pra uma fic que achei que ficaria muito legal, então comecei essa   http://socialspirit.com.br/fanfics/historia/fanfiction-one-direction-trouble-2100383 olha achei muito legal começar ela :v bem minhas lindas, é isso, fiquem com meu abraço virtual, amo vocês - mi 

14 comentários:

  1. OMG OMG Miiii que lindoo ficou perfeito juro! Aenn sério que vontade de chorar! Palavras não podem definir o quanto dr de lindo tá essr final! Ameiii awnn ahh e eu vou acompanhar sua fic nova *--* bjsss divaa
    Isa xx

    ResponderExcluir
  2. Ownn!! Ficou muito perfeito!!!
    To LOCAAAA para o próximo cap de THG!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. obg amor
      vou postar logo eu espero heuaah <3

      Excluir
  3. Dimais e em vez de colocar seu none coloca Clara pufavorrrrr e EU amei

    ResponderExcluir
  4. Ai cara, ficou fofo mesmo :3 Eu adoreiii <3 Continua logo com THG ;) \o/ :*

    ResponderExcluir
  5. sua fanfic no social spirit vc tem ela ja pronta ou vc vai escrevendo ao longo dis dias?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. n tá pronta, eu só tenho alguns capitulos prontos ..

      Excluir
  6. aceita parceria? seu blog ja está nos meus afiliados.
    ps: uma de minhas postadoras já havia pedido mas como eu não estava on não pude colocar seu blog.
    Gio || dreamofdirecitoner.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. wendy styles malik horan payne tomlinson6 de janeiro de 2015 20:19

    ameiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii estava pft agora esta mais q pft!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  8. Karamba esse blog é de dois anos atrás 2016 agr muito bom esse blog me responda pois (no sou burra escrevo assim msm)

    ResponderExcluir
  9. Karamba esse blog é de dois anos atrás 2016 agr muito bom esse blog me responda pois (no sou burra escrevo assim msm)

    ResponderExcluir

Não saia sem comentar. Dê sua opinião!!! Malikisses *-*